Ir para conteúdo

milla_pf

Membros
  • Total de itens

    6
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. De Roma você pode ir para Pompeia, a cidade petrificada pelo Vesuvio. Em Paris, além dos pontos turísticos tradicionais cabe lembrar que existem os parques Disneyland Paris e Asterix e Obelix. Também tem a visita ao Palácio de Versalhes e a possibilidade de passeio pelos castelos do Vale do Loire - O ideal seria fazer esses passeios em vários dias de carro, mas existem empresas de turismo que fazem excursão de um dia saindo de Paris com visita à alguns dos castelos.
  2. Fiquei 7 dias em Londres, segue o meu roteiro: Dia 1: Chegada em Londres as 16:40, encontrar hostel, ir no mercado, jantar. Dia 2: viagem a Windsor (recomendo muito! eu acho que você vai perder de ver muita coisa se for nessas excursões, eu fui por conta, de trem e adorei. Pegue o audioguide. Já está incluso no preço de entrada, tem em português brasileiro e é bem legal) Dia 3: Tower Bridge (só tirei fotos na saída da Torre de Londres, que tem uma vista linda pra ponte), Torre de Londres (acho que vale a pena entrar, não gostei do audioguide- era em portugues de portugal e mais me atrasou do que ajudou) dá pra reservar umas 3 horas pra torre, se conseguir, em determinados horários tem visita guiada, pareceu ser bem interessante, mas como tinha muita gente na visita guiada quando eu fui, escolhi por fazer uma visita independente. Compre os ingressos online, você evita filas e deve ser mais barato, London Museum: achei meio difícil de encontrar a entrada do tal museu, mas encontrei. O museu é muito legal, as salas estão em ordem cronologica. Acho que fiquei umas 2 horas lá e sai querendo ver o resto. St Pauls Cathedral: Não deu tempo de ir. A entrada é 14,50, acho demais pra ver uma igreja. A grande dica é ir as 17h de seg a sab ou as 15:15 de domingo, quando acontece a missa evensong, na qual o coral canta. é gratis! (segundo o site mapadelondres.org, que eu super recomendo.) Dia 4: Imperial War Museum e British Museum. Os dois museus são ótimos e mais uma vez sai querendo ver mais e me odiando por não ter acordado mais cedo. Vá na sexta ao British Museum, nesse dia ele fica aberto até as 20:30. Dia 5: Science Museum: é bacana, mas tem bastante coisa voltada pras crianças, tem coisa legal pra ver: carros antigos, máquinas médicas antigas (radiografia, quimioterapia...). Mas não reserve muito tempo aqui, o Museu de História Natural, que fica do lado é muito mais interessante e muito maior. Em frente ao Museu de História Natural fica o Victoria and Albert museu, mas não o visitei. Há também a possibilidade de visitar o Hyde Park que fica ali pertinho. Dia 6: Viagem à Bath e Stonehenge Dia 7: London eye (não andei, só tirei fotos), Big Ben, Parlamento Inglês (não fui), Abadia de Westminster(só dei uma olhada por fora) a entrada custa 18 libras. A tal da missa evensong ocorre as 17h de seg, ter, quin, sex ou as 15h de sábado e domingo. Troca de guarda no Buckingham Palace (chegue com bastante antecedencia, quanto ao lugar para ficar tenho minhas dúvidas, fiquei em fente ao palácio virada para a rua, pude ver a marcha, a chegada, mas não vi nada do que aconteceu lá dentro, teve pessoal que ficou na frente do palácio mas virados pro palácio, viram o que aconteceu lá dentro, mas não viram as chegadas e saídas.Tem também a opção de ficar na parte mais alta da grande estátua que fica dentro do palácio. Você vai ver a parte que acontece fora do palácio e talvez o que acontece lá dentro. Quando eu fui, o início estava marcado para as 11:30, mas coisas acontecerem uns 15 minutos antes, como a chegada da banda. Por último visitei os estudios do Harry Potter. Compre o bilhete de entrada com bastante antecedência. Eles não vendem bilhetes no local. Saia com bastante tampo livre. Tem trens que demoram 20 minutos e outros que demoram muito mais. Tente pegar o trem que tem menos paradas. Se você pedir pro pessoal das informações qual o trem mais rápido, eles te indicarão. Compre o bilhete de ida e volta juntos, sai mais barato. Eu fiquei inacreditáveis 5 horas dentro do estúdio. Quis ver tudo detalhadamente, ler as placas, escutar o audio-guia. Nem eu sabia que gostava tanto de Harry Potter assim! Encaixe em alguma noite em que você esteja livre e não tão cansada a visita à China Town e a Picadilly Street. Elas são muito próximas. A China Town é resumidamente duas ruas com enfeites chineses, restaurantes chineses. Talvez seja uma boa idéia fazer uma refeição por lá. Todos os restaurantes tem o cardápio exposto, assim você pode definir o que é caro, o que não é. Eu comi num restaurante muito bom, ficava perto da loja de doces (numa esquina), na outra esquina ficava esse restaurante, relativamente pequeno, com uma moça simpatica como recepcionista. Comi arroz com 2 carnes a escolha ao molho barbacue. Peçam o pato, é ótimo! Paguei mais ou menos 10 libras com a bebida. A Picadilly Street é uma delícia, muitas lojas, restaurantes. Indico a visita ao M e Ms World (tudo muito caro, mas é legal) e a Hamleys, que é a maior loja de brinquedos do mundo (é cara também, mas você vê bastante coisa legal) DICAS GERAIS: talvez seja legal colocar Big Ben, London Eye nos primeiros dias...eles são os principais símbolos de Londres e é meio estranho só ver eles no final. Planeje suas visitas aos museu! Eu achei que isso era bobagem, mas não é. Os museus são enormes, é impossivel ver tudo. Defina suas prioridades e visite primeiro oq você mais quer ver, se sobrar tempo e disposição, você visita o resto. Espero que isso ajude alguém. Foi feito com muito carinho e foi uma delícia seguir esse roteiro. Londres é linda e já estou morrendo de vontade de voltar! Aproveitem! Muitas das informações aqui foram retiradas do site mapadelondres.org
  3. Eu fiquei hospedada no astor victoria. Adorei a localização (entre a victoria e a pimlico station- tem vários hoteis e hosteis nessa região), dá pra ir a muitas atrações a pé (palácio de Buckingham 15 minutos), região bem servida de metrô e de ônibus. Não sei se indicaria o hostel: os staffs eram legais, o pessoal era legal, os quartos eram limpos. Os banheiros eram sujos e isso pra mim tira muuuitos pontos deles, o chuveiro era bom. O café da manhã era 3 tipos de cereal, leite, café, pão fresquinho que eles assavam no forno da própria cozinha e uns 4 ou 5 tipos de geléias. Sem presunto, sem queijo, sem manteiga. Um dia cheguei um pouco tarde pro café, mas não depois do horário de fechar e não tinha mais pão nem leite. O edificio é antigo, não tem elevador e as escadas são estranhas, fora da medida normal sabe? o que torna a sua subida um pouco mais dificil que o normal. Não indico para pessoas portadoras de alguma deficiência física ou para pessoas que tem problemas no joelho, tornozelo que tem problemas em subir escadas.
  4. Pessoal, se forem pra Londres com uma folga de tempo, ir até windsor, visitar o castelo de Windsor vale muito a pena. O castelo é lindo e ainda é usado pela rainha, normalmente nos finais de semana, mas mesmo assim dá pra visitar tendo em vista que eles ficam numa parte isolada do prédio. Ver a troca de guarda em Windsor é muuuito melhor do que em Buckingham. Tem menos pessoas, não tem grades de contenção, os guardas são menos nervosos. Com a saída da banda, fomos todos caminhando atrás dela por umas 2 quadras até que ela chegasse no pavilhão, muito legal. http://www.royalcollection.org.uk/visit/windsorcastle - site com informações sobre o castelo de Windsor http://www.royal.gov.uk/RoyalEventsandCeremonies/ChangingtheGuard/Overview.aspx - dias e horários da troca de guarda (de windsor e de Buckingham também) Dica 2: Para ajudar com o metrô tem um aplicativo ótimo pra iOs, pra android não sei se tem, mas deve ter. O nome do aplicativo é tubemap, você clica em routing, preenche a estação de saída e de chegada e ele te diz que linha pegar, onde trocar de linha, quanto tempo demora, uma maravilha. Nos primeiros dias escrevia a rota num papel já que não tinha plano 3g em Londres, depois fui me acostumando com a lógica do metrô, mas minhas dicas escritas sempre facilitaram muito a minha vida. Dica 3: Se você precisar de telefone para falar com o Brasil, recomendo comprar um chip da empresa Lebara, as ligações são muito baratas. Não sei o preço do minuto na Inglaterra, mas na França você paga inacreditáveis 1 centavo de euro por minuto com telefone fixo no Brasil e 16 centavos de euro para ligar para celular. Se informe nas tabacarias, as promoções podem mudar e pode aparecer alguma opção melhor. No momento o Lebara parece ser a melhor opção.
  5. Ah! outra coisa! Guarde suas garrafinhas de água, ou leve uma squeeze para viagem. Água na Europa é cara se comparado ao Brasil, e nos pontos turísticos é pior ainda. Carregue 2 garrafas de água, que além de você ter água disponível quando quiser, isso já ajuda pra quem está indo com o orçamento apertado
  6. Para ter uma noção de preços: Estive em Londres semana passada e passei a base de sanduiche e comida resfriada. Fiz compras no mercado Sainsbury's, você vai encontrar vários em Londres. Para fazer sanduiches: 1,10 por 4 paninis, 2,00 por peito de peru defumado e 1,85 por um pote de philadelphia. Quanto à comida pronta, comprei pratos por 2,30 para uma pessoa. Confesso que não era muito bom, mas era barato e prático. Se você decidir cozinhar, tem opçoes mais em conta, por exemplo a lata de feijão heinz pequena sai por 0,45. As vezes que comi fora meu gasto foi na media de 10 libras, prato + bebida. Espero ter ajudado, Abraços!
×
×
  • Criar Novo...