Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

carlosfredericoabreu

Membros
  • Total de itens

    12
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. carlosfredericoabreu

    Japão - Sapporo 2014

    Oi Fernanda. Os preços no Japão já não mais me assustam. Para quem é turista, para quem vai estar ali uma vez na vida talvez, vale a pena pagar um pouco mais pela experiência. Ao menos eu penso assim. Hakodate parece legal, mas como eu nunca estive no Japão no inverno, e muito menos no norte, onde este é mais intenso, então eu tenho sempre que me lembrar que certas atrações não funcionam neste período. Ouvi falar muito bem de Otaru, que é um porto a noroeste de Sapporo. http://www.tripadvisor.com.br/Tourism-g298153-Otaru_Hokkaido-Vacations.html#38547269 O interessante é que dá para pegar o trem em Sapporo pela manhã (deixando as malas no hotel), a viagem leva +- 30 min. Dá para passar o dia passeando e pegar o trem no final do dia, sem precisar hotel reservas, bate-e-volta mesmo. Talvez eu faça o mesmo com Hakodate, apesar de ser um pouco longe. Mas sem dúvida, que este passeio de quebra-gelo seria inesquecível, rsrsrs... Um abraço. Carlos.
  2. carlosfredericoabreu

    Japão - Sapporo 2014

    Também acho que uma semana em Sapporo seria muito, se fosse apenas para o festival da neve, por este motivo estou vendo outras opções partindo de lá. Você chegou a fazer algum citytour ou pacote de turismo quando em Sapporo, Fernanda? Vi alguns interessantes, como esta travessia em um quebra-gelo https://www.traveljapan.com.au/packages-view/sapporo-snow-festival-ice-breaker-cruise-tour-1795 Museu do chocolate e história de Hokkaido http://www.sapporo-tourguides.com/tours/3-hrs-sapporo-half-day-tour-chocolate-museum-okurayama-ski-jump-hill-hokkaido-shrine.html Eu não conheço Hokkaido, já estive várias vezes no Japão, mas nunca tão ao norte, portanto quero aproveitar a oportunidade. Abraço.
  3. carlosfredericoabreu

    Bota anti-escorregão (gelo)

    Salomon é sempre bem indicada, mas difícil achar tamanhos acima de 43. Levando em conta os quesitos aderência (solado) e isolamento, qual seria mais indicada entre estas 4? Bota Trilogia III Impermeável Bota Impermeável Snake Blox Bota Impermeável Tronador II Bota Impermeável Snake Blox II Estas Snakes tem solado "Rocca" (??) Desculpe insistir na pergunta, mas para um leigo, todas parecem iguais nos quesitos técnicos... Abraço.
  4. carlosfredericoabreu

    Bota anti-escorregão (gelo)

    O solado Contagrip é melhor que o Vibran, nestes casos de gelo? Não conheço muito na prática...
  5. carlosfredericoabreu

    Bota anti-escorregão (gelo)

    Obrigado pelas recomendações, Mineirim. Estas botas são as que vi em lojas na web, e que possuem um tamanho que me sirva (45). Quais os modelos ou marcas vc me aconselharia, desde que eu pudesse na volta, utiliza-las no Rio de Janeiro? Tive um modelo Timberland (Chochorua?) que apesar de macia e impermeável, não acho que tenha uma sola aderente. Também já tive uma Finisterra, que a sola era tão dura que eu não me acostumei. Eu tinha pensado em comprar por lá (Hokkaido, norte do Japão), mas como chego a noite, e parto para exploração ainda pela manhã, não creio que vá dar tempo para passar em um shopping, ou coisa parecida. Por este motivo, quero já sair daqui do Brasil, se possível, já preparado. Abraço.
  6. carlosfredericoabreu

    Bota anti-escorregão (gelo)

    Olá! Como bem já disse um colega no fórum, 'não existe bota à prova de escorregões no gelo', mas... Acho que o maior medo de quem está distante do país de origem, e em uma situação de isolamento em um lugar de temperatura muito baixa, é sem dúvida ter o pé ou parte dele, congelada. O segundo maior, eu acredito, seja a questão de escorregar e se machucar feio, comprometendo o restante da diversão. Ainda mais para nós brasileiros, nada acostumados com situações de baixa temperatura, lidar com gelo parece um cenário, muitas vezes, de terror. Bom, apesar de disso tudo, apesar de todos os perigos (falei da possibilidade de ser atacado por um snowmobil descontrolado?) estarei em breve partindo para territórios gelados, e gostaria de uma ajuda dos colegas de fórum, na escolha de uma bota que me mantivesse na vertical (na maior parte do tempo). (Acredito que esteja falando aqui de aderência, não tanto de isolamento, mas vamos lá.) Para um cenário urbano , com bastante neve e ocasional gelo,entre estas botas qual seria a melhor escolha? Ou vcs indicariam outra similar? Bota Impermeavel Armet Vento Bota Impermeável Titã Masculino Vento Bota Impermeavel Caos Vento Bota Salomon Explorer GTX (Já tenho uma bota finisterra, da qual não gosto, pois o solado é muito duro, chegando a ser desconfortável, depois de algumas horas.) Um dos motivos de restringir a estes modelos acima, é a possibilidade de continuar com o uso normal, uma vez aqui na Brazuca (portanto, estou deixando de fora as 'patinhas de elefante' e as profissionais para Evereste,etc, ok?) Agradeço desde já qualquer ajuda! Abraços.
  7. carlosfredericoabreu

    JAPÃO 30 dias (fevereiro/2014)

    Oi Luisa Para passagens de onibus, vc pode dar uma olhada neste site http://willerexpress.com/en/ Eu ainda não comprei as passagens, mas irei fazê-lo até Dezembro. Meu roteiro basicamente é Guarulhos-Tokyo-Sapporo (onde fico 5 dias para o festival de Inverno), depois volto a Tokyo (De avião tbm. As passagens por companhias aéreas locais são super em conta, quase de graça!rsrs). Em Tokyo passo mais uma semana (já reservei um hotelzinho em Shibuya, bem em conta) depois encontro com minha esposa, e ai vamos de onibus para Hiroshima-Miyajima (ferry), e depois Kyoto (2 dias em cada cidade). Por fim voltamos para Tokyo, para passar a ultima semana passeando pela cidade (batendo perna se o frio deixar), antes de embarcar de volta para o Brasil. Já estou hiper ansioso!!rsrsrs Qualquer coisa, é só perguntar, ok? Abraços.
  8. carlosfredericoabreu

    Japão - Sapporo 2014

    Obrigado pelas sugestões, realmente espero pegar bastante frio mesmo, mas já estou bem preparado. Quero muito voltar a Kyoto, pois nas vezes anteriores, uma foi no Verão, e estava insuportável andar na rua, e a outra, fiquei um dia só, e para meu azar, coincidiu de ser naquele atropelamento em massa, em 2012, e Guion praticamente fechou. (Fechou mesmo). Será que conseguirei chegar aos lugares turísticos (Kiyomizu-dera, Enryaku-ji, Santuário de Kamigamo...), ou estarão fechados por conta do inverno? Não tinha pensado nisso... Quanto ao JRPASS, para quem passa muito tempo viajando pelo Japão, sai em conta, mas, voltando de Sapporo (avião), farei base em Tokyo, e vou apenas dar um pulo e Kyoto e Miyajima, bem rapidinho. Sendo assim, o passe para duas pessoas não é tão negócio assim. Em Tokyo eu ando muito, a pé, de metrô e taxi, principalmente a pé. Como será inverno, será de metrô, na maioria das vezes... Já me disseram que passar uma semana em Sapporo no inverno é tempo demais, pois tem pouco para ver (além do festival e da fábrica de cerveja, é claro). Será que é verdade? Abraços.
  9. carlosfredericoabreu

    Meios de Transporte no Japão

    Olá Alguém conhece ou utilizou o passe de ônibus (somente para estrangeiros) da Willer Express? No site da companhia (http://willerexpress.com/en/) os ônibus parecem muito confortáveis e com várias opções de preço e grau de conforto. Daria para viajar confortavelmente à noite e acordar na cidade seguinte. E a diferença do valor de um passe de trem bala e o passe do ônibus, entre Tokyo e Hiroshima, é absurda! Pelo valor do passe do trem para 7 dias, dá para viajar um mês ou mais de ônibus! Agradeço qualquer ajuda! Abraço. Frederico.
  10. carlosfredericoabreu

    Japão - Sapporo 2014

    Olá. Comecei a escrever o roteiro para minha próxima viagem ao Japão. Esta será a quarta vez,.a primeira viagem onde estou indo 100% por conta própria. Nas outras, preferi a comodidade de pacotes pre-acordados, o que dá muita segurança e tem muitas vantagens, como no valor das diárias (quase 40% mais em conta), e a comodidade de um guia,e de transportes confiáveis (principalmente em um país onde não se domina o idioma), mas ao mesmo tempo, os pacotes acabam te privando de ter seu próprio tempo para relaxar e conhecer algo em especial. Como dizia uma guia que eu conheci no Japão, "vamos, vamos !! Trem bala não espera..." Desta vez, portanto, pretendo o menos de correria possível! Não sou muito o tipo mochila nas costas (atualmente as costas não aguentariam, rsrs), mas também não me hospedo em hoteis de luxo, pois hotel para mim é somente para tomar banho e dormir(pouco). Pretendo passar no Japão, boa parte do mês de Fevereiro e o início de Março de 2014, praticamente 28 diias. Vou de férias. O custo da viagem (tirando passagens aéreas, transporte interno e hoteis) está na média de 2.000 ienes por dia (média, levando em conta comida, ingressos e presentes). Da última vez (2012) passei 22 dias, levei 60 mil ienes em dinheiro, e devo ter gasto mais 30 mil, no cartão VTM. Isso cobriu (sem economizar) todas as refeições, passeios e presentes, para duas pessoas. Como eu conheço bem as principais cidades japonesas, estou me planejando para conhecer uma região que ainda não estive. Hokkaido, mais propriamente Sapporo. Como será inverno, estou aproveitando para conhecer o Festival da neve (Yuki matsuri) que começa dia 5 de fevereiro. Fora Sapporo, pretendo curtir muito Tokyo e Kyoto e, se possível, ir até Miyajima (próximo a Hiroshima). O primeiro rascunho do meu roteiro hoje é: 1/2 - Rio de Janeiro-Guarulhos (voo em aberto) 2/2 - Embarque em Guarulhos com destino a Tçkyo (aeroporto Narita) (vôo em aberto) 3/2 - Tokyo-Sapporo (vôo em aberto) 3/2 - Chegada ao hotel em Sapporo (Hotel Route Inn - reservado) 4 dias de passeios variados, festival da neve, etc 8/2 - Sapporo-Tokyo (voo em aberto) 8/2 - Chegada ao hotel em Tokyo (Hotel em aberto) 7 dias de passeios variados, Skytree, Asakusa, passeio de barco no rio Sumida, etc. 15/2 - Tokyo-Kyoto (transporte m aberto) 15/2 - Chegada ao hotel em Kyoto (hotel em aberto) 3 dias de passeios 18/2 - Kyoto-Hiroshima-Miyajima (transporte em aberto) 18/2 - Hotel em Miyajima (hotel em aberto) 2 dias de passeios 20/2 - Miyajima-Hiroshima-Tokyo (transporte em aberto) 21/2 - Tokyo (hotel em aberto) 7 dias de passeios e compras 1/3 - Tokyo-Guarulhos (voo em aberto) 1/3 - Guarulhos-Rio de Janeiro (voo em aberto) Alguém me dá alguma boa dica para transportes? Não pretendo comprar passe de trem, só o do metrô. Nunca andei de ônibus, e estou um pouco receoso da dificuldade do idioma. Abraços, Carlos Frederico
  11. carlosfredericoabreu

    JAPÃO 30 dias (fevereiro/2014)

    Olá! Também estou planejando viajar nesta época ao Japão, e como foi dito pelos colegas de forum, o inverno é rigoroso e certas atrações ficam fechadas, ou não serão tão aproveitadas por vc. Não é a toa que o ano no Japão, começa em Abril.Rsrs. É preciso pensar bastante no roteiro. O monte Fuji por exemplo, quando estive em Hakone em Abril de 2012, a neve impedia de subir até a estação mais alta e aproveitei pouco, pois a estrada estava fechada. Mas a visão, mesmo de longe, vale a pena e existem bons e baratos hoteis em Hakone. Nikko no inverno, quase não tem o que ver...e a viagem é longa e pouco se aproveita. se passa mais tempo viajando. Yokohama, somente se tiver algum objetivo específico, pois não tem grandes atrações (nada que vc não veja em Tokyo ou Osaka). O passe de trem, acho que só vale a pena se vc pretender viajar muito em curto espaço de tempo. Uma opção mais barata e em conta, é usar dos ônibus, comprando pela internet. Seria uma economia que vc poderia usar para experimentar comidas e bebidas, que só vai ver por lá. Nara, Kyoto e Osaka valem muito a pena conhecer. As melhores estações para se ir ao Japão, são primavera (imbatível) e outono (muito agradavel e bela). De qq forma, vc vai adorar o país, com certeza, e vai querer voltar muitas vezes. Abraço. Carlos Frederico.
  12. carlosfredericoabreu

    Roteiro para Japão Novembro/Dezembro 2013 (era Maio 2013)

    Oi Marcello. Fiz um roteiro parecido com o seu em 2012, em Abril, durante o hanami, na primavera. Não andei muito de transporte público, por que comprei um pacote que me garantia preços melhores (hoteis 40% mais baratos), transporte (com guia falando português) e tranquilidade (para quem não fala japonês). Já estive tres vezes no Japão, e estou planejando viajar a Hokkaido no inicio de 2014. Não conheço o norte do Japão, nem o inverno, então, a ideia é enfrentar o frio mesmo.rsrs. Nas cidades grandes, só metrô e taxi (que apesar do que falam, não é tão caro assim). Vou colocar meu roteiro aqui no fórum em breve. Se precisar de dicas, no que eu puder ajudar, é só falar! Fred.
×