Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

AlfaBravo_X2

Membros
  • Total de itens

    34
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Outras informações

  • Lugares que já visitei
    Brasil
    Paraguay
    Argentina
    Bolívia
    Peru
  • Meus Relatos de viagem
    [b][color=#0000FF]Trip Advisor:[/b][/color] http://www.tripadvisor.com.br/members/AntonioBarbosa
    [color=#FF0000][b]Mochilão Bolívia/Peru em 15 dias - Set/Out 2013 - Roteiro em Excel + Fotos : [/color][/b]http://www.mochileiros.com/bolivia-peru-em-15-dias-set-out-2013-roteiro-em-excel-fotos-t88571.html
  1. AlfaBravo_X2

    Equipamento próprio - por onde começar?

    Por falar em câmera, alguém aqui usa/usou a GoPro? Se afirmativo, usou algum acessório como flash/iluminação e pastilhas anti-embaçantes? Nitidez razoável? Tenho uma Hero 3 Black e tenho interesse em usar para mergulhar tão breve faça meu curso. Vlw glr!
  2. AlfaBravo_X2

    Bate papo entre mergulhadores e simpatizantes

    E aí moçada, blz? Primeiramente gostaria de agradecer as valiosas contribuições de Karenldc, xaliba, murillus, andre amaral e todos os outros que constroem esse fórum e ajudam os entusiastas do assunto, como eu. Há algum tempo venho "estudando" o tema, lido quase todos os tópicos que pude, visitados sites de escolas de credenciamento e ainda visto equipamentos e etc. Já fiz snorkeling em Nobres/MT e em Maracajaú/RN, mas pretendo ser mergulhador básico (e quem sabe avançado). Tenho encontrado certa escassez de cursos aqui para essas bandas de MT, mas acredito que até o meio do ano que vem eu tenha conseguido ir até o litoral fazer o Básico, preferencialmente PADI. Algumas dúvidas: - Para fazer mergulho em caverna, é necessário ter o Avançado? - O que é a "equalização"? Ensinam isso no curso? - o mergulho em rios/lagos é substancialmente diferente do realizado em mar aberto? Obrigado a quem puder ajudar.
  3. Tks pelo relato sintético. Poderia descrever melhor como é essa ida a MP chegando pela hidrelétrica? Fui até Ollantaytambo de van, de lá peguei o trem p Águas Calientes; ficou beeem caro e eu gostaria de saber mais dessa sua alternativa. Obrigado.
  4. Caramba, sabe p onde mudou o Loki? Fiquei lá quando fui em Setembro/13. Sobre a bike no Downhill de Coroico, esse é um dos grandes "gargalos" que vi na contratação do passeio: a gente vai na confiança escolher a agência, achando que virá uma bike em perfeitas condições, até porque não temos condição de conferi-las na hora de comprar o pacote, e no dia seguinte vem uma bike que não está 100%, aí lá se vai a confiança e a segurança na aventura. Eu dei sorte ao contratar o meu, passei a noite toda torcendo para no dia seguinte cedo a agência não me dar o cano e ainda por cima aparecer com boas bikes. A única coisa que ficou a desejar foi a qualidade das fotos feitas pelo guia: câmera com resolução média, vídeos curtos e tal... Sorte que eu estava com uma Canon de 10.1Mpixels e deu pra fazer umas imagens legais... a Go Pro ainda era um sonho pra mim, mas já consegui a minha e na próxima aventura só vai dar "ela", hahaha. Tks pelo relato!
  5. Então "biodanubia", não que seja inseguro... mas há lá os riscos de sempre. Na verdade me sinto mais inseguro em algumas cidades brasileiras do que me senti na Bolívia ou no Peru. Tudo é questão de vc tentar minimizar os riscos, por exemplo, ao andar pela cidade, explorar alguns cantos, não dar muito na cara que você está perdida. Se tiver que olhar um mapa, por exemplo, entre em algum recinto (restaurante, etc) para o pessoal da rua não notar (mais do que já nota) que você está ali sem rumo (rs). Evite passar por lugares ermos, evite acessar agências de turismo "escondidas" demais, com pouca cara de comércio estabelecido. Ainda que você esteja a insegurança em pessoa, use sua autoconfiança e pareça estar tranquilona (rs), ajuda bastante a te tirar de roubada. Vale a pena visitar a Bolívia; até hoje eu sonho com aquele cenário pitoresco de La Paz, pode acreditar... é uma experiência hiper válida.
  6. Caraca, que viagem absurda de legal. O vídeo na primeira postagem dá pra ter uma ideia do quão incrível foi... sem contar que com uma GoPro na mão a parada é outra. Infelizmente só adquiri a minha agora, depois de ter feito a viagem, mas felizmente ela se traduz em um convite para uma próxima aventura. Parabéns pelo relato.
  7. Muuuuitas informações preciosas. Se possível, dá pra detalhar como é esse lance de ir de van de Cusco pra Hidrelétrica e de lá pra Águas Calientes? O amador aqui achou que só se chegava a MP por trem... Tks
  8. Pohan! Cada fotos massa; as do salar então... ô arrependimento de não ter ido. Também fiquei no Loki La Paz, inclusive quando saí de lá já deixei reservado o Loki Cusco, porém quando cheguei a Cusco e vi que ele era na ladeira, desanimei. Fiquei no Pirwa Suecia, que é bem do lado da praça e me poupou várias caminhadas morro acima. Vi a foto do tiozinho guia na Isla del Sol e me lembrei dele. Deu um show de apresentação pra gente, muito educado e honesto. Parabéns pela riqueza do relato e pelas fotos incríveis.
  9. Du baralho. Em muitos pontos sua viagem foi parecida com a minha. Parabéns pelo relato e fotos.
  10. Com absoluta certeza o Downhill foi a melhor atividade que fiz na viagem (pois a caminhada na Isla de Sol é chique, porém muito cansativa). É tudo muito intenso, os cenários e as fotos são incríveis; experiência única. Tks pelo coment Não há de q! A intenção aqui no fórum é essa: colaboração mútua. O fórum me ajudou muito a montar a viagem e tenho a obrigação implícita de voltar aqui e deixar minha contrapartida. Tks pelo coment Luana, obrigado pelo coment. A planilha é individual. Dentre os itens discriminados, pouca coisa variou entre mim e minha esposa, então isso aí é um valor referencial. Abs!
  11. Du baralho. Me empolguei aqui agora para fazer o salar numa próxima viagem. Excelente seu relato e as fotos, parabéns!
  12. Obrigado Emerson. Se eu fosse excluir algo, na verdade eu excluiria os deslocamentos de ônibus/trem. Na verdade, quando eu for fazê-lo novamente, inverterei a rota; eu iria para Lima, de lá desceria para Cuzco, iria a Machu Picchu, depois retornaria a Cuzco e deixaria a Bolívia por último, retornando ao Brasil de lá. Perdemos muito tempo até chegar a Sta Cruz de La Sierra, mas conseguimos tirar um pouco a diferença qdo optamos no dia e na hora em ir de avião de lá para La Paz, mesmo sendo a passagem um pouquinho mais cara. A planilha tem os valores individuais discriminados, havendo pouquíssima diferença entre o meu gasto e o dela. Vlw, abs!
  13. Pootz, vários dias escrevendo o texto (com uma mão, pois a outra estava quebrada), fazendo upload das fotos (poucas, eu sei, mas quase todas as outras são muito pessoais), trocando ideias com minha esposa pra relembrar algumas histórias; depois um tempinho fazendo revisão pra não submeter um texto com erros gramaticais e o feedback é: 2 PESSOAS COMENTARAM! Colegas de fórum, fiz algo de errado? Vejo vários tópicos com diversas páginas, todo mundo trocando experiências, complementando assuntos... Enquanto eu estava na viagem uma das minhas grandes expectativas era voltar e escrever logo o relato e tal, achando que ia render como os outros; mas no fim das contas vi que foi trabalho perdido. #Frustração
×