Ir para conteúdo

fefrocha

Membros
  • Total de itens

    1
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que fefrocha postou

  1. Oi, Claudio, Estive em Cuba em set/2011 passei 4 dias em havana, 3 dias em trinidad e 3 dias em cayo santa maria. Queriamos conhecer a ilha, mas também relaxar, então optamos por passar mais tempo em poucos lugares. 1- Como em 3 dias já tínhamos visto bastante de Havana, no quarto dia fizemos um passeio de ônibus de 1 dia a Pinar del Rio, para conhecer a produção de charutos, achei que valeu a pena, se vocÊ estiver pensando em ir para aquela região, não deixe de passar por lá. 2- Em Havana, uma opção mais barata do que o taxi é o Coquito, um triciclo de fibra. Em Havana Vieja, é claro que vc não pode deixar de ir na rua Obispo e na Bodeguita del Medio. Me hospedei em Vedado, pois foi onde consegui indicação de uma casa particular. Foi legal, porque é um bairro residencial, não ficam te cercando para vender coisas, mas achei triste a noite, ninguem nas ruas, ficar na parte historica deve ser mais animado. O Hotel Havana Libre ficava em frente a nosas casa e foi um ótimo local para programar as viagens, alugamos carro, agendamos passeios, telefonamos, tudo por lá. 3- Se for comprar charutos, não adianta pesquisar preço, lá não tem concorrência, é tudo do governo. Aliás, isso serve para tudo o que quiser comprar. 4- O melhor lugar para ficar em Trinidad é, sem dúvida nenhuma, na casa do Sr. Miguel Suarez, um casarão lindo, super conservado, quase um museu da época dos engenhos de açúcar, dentro da parte histórica. Ele é super educado, uma pessoa encantadora, virou um amigo. Fizemos todas as refeições na sua casa, em um patio interno. O quarto é enorme, banheiro idem, e dão para esse pátio. A comida era deliciosa, quase sempre com direito a lagosta fresca e até vinho (o que é raríssimo nessas casas), pelo mesmo preço que vc pagaria qualquer refeição simples por lá (aliás, as refeições não costumam ser lá muito boas...) Se vc quiser, procuro o contato dele. Vi vários anuncios de casa por lá, mas vc vai ver que a maioria fica fora da parte historica, parece um favelão. 4- Na península Ancon (em Trinidad) tem uma marina, de onde sai um passeio para cayo blanco, uma ilhota onde podemos fazer snorkel em um recife de corais negos, com almoço. Foi um passeio super gostoso. Tem uma serra bem próxima (Toppes de Collantes), de onde pegamos uma trilha (que tb pode ser feita a cavalo) até uma cachoeira muito linda, foi o Sr. Miguel quem deu essa dica. Trinidad é uma cidade histórica, próximo está o vale de los ingenios, onde eles mantém um engenho turístico, com um mirante e uma lojinha, um passeio super rápido e bem bonito que conta um pouco da historia de Cuba. Em resumo, acho que vale a pena você passar pelo menos dois ou até mesmo 3 dias em trinidad, curtir esses lugares e a noite de lá, que é bem animada. 5- Fizemos a viagem toda de carro e foi excelente, as estradas passam pela maioria das cidades legais, não trocaria por ônibus nunca, pois o serviço de ônibus parece ser péssimo, com atrasos, o calor e os problemas com ar condicionado. Os cubanos não tem acesso sequer a um desodorante, então os locais fechados costumam cheirar mal... Conhecemos um casal que vinha de Santiago de Cuba e reclamou muito da viagem de onibus. Mesmo assim, deve tomar cuidado, porque, embora seja simples andar de carro, nem sempre a sinalização é certa e a situação das estradas é pessima, péssima mesmo, algumas chegando a estar interditadas. Então, procure se informar bem com os locais, antes de sair, para não perder a viagem. Lembro que perdemos 2h de viagem, de trinidad a Cayo Santa Maria, porque pegamos uma estrada interditada. Lembro também que tinha uma cidade, acho que Santa Clara, que na ida e na volta nos perdemos e não coneguiamos sair dela, só com ajuda dos moradores, surreal. Outro aviso que tivemos da pessoa que nos recebeu em Havana é para nunca dar carona a ninguém, nem aos amarillos. E, de fato, nós vimos dois golpistas pelo caminho. De toda forma, sobrevivemos e repetiríamos tudo. 6- Cayo Santa Maria é muito lindo, mas naquele esquema só resorts. eu fiquei no MEliá, é ótimo, apesar de não ser o meu estilo. De toda forma, acho que por lá não tem opção diferente e o Melia ofereceu um preço ótimo na época. Talvez teria aproveitado mais se tivesse ficado em Cayo Coco, que tem moradores, uma vida local... Cayo Las brujas tem um hotel mais barato, que estabva fechado na época. 7- Me arrependi de não ter ido a Isla de La juventud, uma amiga amou, disse que foi o melhor mergulho da vida dela, tem um ferry para lá, mas li que é péssimo, mas parece que de avião não é caro, parece sair o mesmo preço do ferry. Espero ter ajudado. bjs e boa viagem!
×
×
  • Criar Novo...