Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Lívia Mara Silva

Membros
  • Total de itens

    49
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutra
  1. @MIREIS Oi, Michele! Enviei a planilha! Menina.. Se eu pudesse voltar, voltava sempre! Faz lá e dps conta pra gente como foi!
  2. @thiagodantas Oi, Thiago! Que pena! Acho que fiquei um pouco distante do site e acabei não respondendo a tempo.. Me desculpe! Em relação ao que colocar na mochila, leve repelente. O segundo dia é cruel em relação aos mosquitos... E se tiver como: Fôlego! ahahahaha
  3. @rebeca_carvalho Rebeca, enviei a planilha! Sim... Eles são ótimos! Você não vai precisar se preocupar com nada! Eu não fiz a tirolesa não. Confirme com eles, mas acho que a essa empresa não permite a tirolesa. Você ainda vai pegar o novo acampamento deles, que deve ser mágico! Aproveite e depois conte para gente como foi! QQ duvida, só falar!
  4. @Wesley_Justino Claro! Natureza faz parte, né? Tem que respeitar... Mas tudo foi muito bonito!
  5. @amauryoliveirabatista Amaury, Atacama é tudo de lindo! É bem diferente da parte que fui no Peru.. Na verdade, eu acho que é diferente de tudo que há no mundo. Vale muito a pena. Vou enviar a planilha... Se precisar de algo, tiver alguma duvida, pode falar....
  6. @linemlima Espero que ainda dê tempo... Olha.. Não vou mentir pra você não. A trilha não é fácil, mas eu acho que todo mundo consegue... Eu não sou exemplo de vida esportiva... Longe disso... Mas um mês antes, mais ou menos, eu comecei a fazer umas caminhadas e a correr um pouco.. Mais para trabalhar a respiração do que pra ficar forte msm... No meu grupo, tinham uns europeus mto rápidos. Acompanhá-los seria um tiro no pé pra mim... Então o lance é ir no seu ritmo... Sem estressar de andar junto ou chegar primeiro... Eu acho que todo mundo consegue fazer a trilha sim, talvez com um pouco mais de dificuldade, mas consegue sim!!!!!
  7. Marina, verifique se o email está correto! Não consigo enviar para você.. tentei Gmail, mas tbm não deu... Abraço!
  8. Planilha enviada. Lá fala certinho onde estávamos cada dia, mas precisar de algo mais.. Só falar!
  9. Dia 21 - Rainbow Mountain Bom... Então o lance era esse: olhos ardendo, nariz entupido, respirando só pela boca, tossindo mais que tudo e cansaço ... Acima de tudo: medo. As pessoas me falaram: "Own.. a Rainbow Mountain é sem condições..." Inclusive, duas meninas que fizeram a Salkantay com a gente, falaram que nem se comparava... Que a RM era bem mais difícil.. . O passeio foi feito com a empresa Aita Peru e custou 90 soles com tudo incluído.. Não precisa reservar esse passeio antes.. Tem todos os dias e várias agências fazem... O preço é mais ou menos esse mesmo! E assim eu acordei e já estava pronta às 3 horas da manhã para ir... Aquela situação: tá ruim, não aguento nem respirar direito, mas tô aqui! Fui. Fomos... O guia foi nos buscar de manhã no hostel.. Aí descemos caminhando até as proximidades da Plaza de Armas para chegar ao local de encontro da van. Aqui vale a pena eu falar do lugar que passamos! Acredito ser o ponto mais badalado de Cusco... Um ruazinha só com boates... e a galera tava muito mal, gente... Tinha gente vomitando, gente desmaiando, gente dançando, gente bebendo... Enfim... Geral na noite! Eu não imaginava que havia um lugar assim em Cusco... Então a van chegou e logo conhecemos nossos companheiros do dia.. Além de nós dois, haviam 3 brasileiros, 2 peruanos e 3 chilenos, o motorista e dois guias. O caminho até Q’eseunu, leva mais ou menos 4 horas... Lá paramos para tomar um café da manhã! O café da manhã não tem nada de chique, sempre aquele pão massudo, manteiga, marmelada, chá, cafe, leite... O básico, mas o bom! Lá há algumas mulheres vendendo chales, cachecóis, toucas, calças de alpaca, meias... essas coisas quentinhas... Não eram caras.. Como já haviam nos dito anteriormente, lá faz muito frio... Então fomos preparados ... Algumas pessoas precisaram comprar coisas por lá... Nessa parada há banheiro, mas sempre carreguem o papel de vcs! O lugar é lindo... Passa um rio bem límpido e tem várias crianças lindas. As pessoas curtem tirar foto com as crianças, mas eu não sentiria bem se fosse cmg.. Então preferi guardá-los na memória... Nesse lugar tbm vendem chá e folhas de coca... Como a altitude é elevada, comprem. Na entrada do parque, vendem as balas de coca. Comprem tbm! Depois do café da manhã, seguimos de van para a entrada do parque. O guia dá algumas orientações, como o horário que precisamos voltar, olha quem quer alugar cavalo.. essa coisas... O pessoal lá aluga cavalo por 50 soles. Nós fomos andando msm... O caminho é muito bonito... A trilha é bem aberta e sim, é um subidão! Mas cá entre nós, meus amigos! Nunca! Nunca será igual a subida para o Salkantay! Na verdade, a subida é muito rápida. O que mata msm é a sensação de peso no corpo devido à altitude! Quando eu cheguei lá, eu pensei: mas já? Nós levamos 1 hora e 40 para subir... Fomos num ritmo bom, paramos umas 4 vezes para respirar.. Mas de novo: cada um sabe do seu ritmo. Como estávamos vindo de uma séria de trilhas puxadas, já estávamos acostumado... Lembre-se que o importante não é chegar primeiro e sim, chegar bem! Ao chegar lá em cima, é difícil saber para qual lado olhar! Tem o lado maravilhoso da Rainbow Mountain e na frente tem as montanhas gigantescas de gelo! Eu não esperava que o outro lado tbm fosse tão bonito, pq em geral as pessoas só postam foto da Arco-Íris! Dica: não se enganem! Lá fica lotado! Para fazer aquela foto, o lance é achar o lugar onde o seu corpo cubra a multidão! ahahahah Quando chega a hora, os guias passam chamando para iniciar a descida... Se pra subir, foi de boa.. Imagina pra descer, né não!? Descemos cantando.. brincando.. super bem... :'> Qdo chegamos na van, vimos que uma das chilenas não estava bem... A menina precisou até de oxigênio. Acho que ela acabou desesperando por estar passando mal e ficou ruim mesmo.. Então, moçada... Eu não sei se por estar em altitude por mais tempo, se por chupar a tal bala de coca, nós não sentimos nada... Mas se você sentir... Não fique com vergonha... Chame o guia e ele vai te ajudar... Eles forneceram oxigênio, chocolate e uma tal de água perfumada para a moça cheirar... O guia foi contando umas histórias que ajudaram a menina a aclamar... Depois que passou o susto, perguntei o que era a tal água perfumada para inalar.. Pingava na mão e cheirava... O cheiro era bom, mas muito forte.. Eu estava perto e já senti a dilatação respiratória... Até meu nariz ficou bom! ahahah O guia me disse era uma mistura de ervas, que ficava em maceração (extração) alcoólica com (pasmem! ) uma serpente! Eu: "como é que é?!" Pois é... Uma serpente, ervas e álcool . Ele ainda me disse q estava muito difícil de conseguir a tal água... Parece ser uma coisa feita pelo nativos locais e hj em dia não era mais tão comum. Disse que curava dor de cabeça, dor de estomago, mal de altitude... Só faltou falar que curava até câncer... ahahahah Bem... Eu até hoje me questiono o que seria essa água! O importante é que a moça melhorou... Voltamos para o mesmo local onde tomamos café e no meio do caminho, muitas pessoas passaram um pouco de mal... Parece ser comum passar mais mal na descida do que na subida! Principalmente, porque as pessoas descem rápido demais... Um brasileiro que estava conosco se sentiu bem mal... Então a primeira coisa que todo mundo oferece é a coca. Mas o menino não quis tomar o chá. Eu não sei o motivo, mas algumas pessoas tem um certo preconceito com o chá/folha de coca ... Eu sou farmacêutica, gente.. E posso dizer para vocês que ninguém vai ficar doidão por causa de folha de coca. Na folha há mais de 17 alcaloides presentes, sendo todos em concentração muito baixa. O conjunto do que tem ali faz com que você respire melhor e diminui um pouco a sensação de enjoo . Não faz milagre tbm, mas não precisa de frescura não. Se conseguir mascar a folha (eu não consegui), bom! Masque. Se quiser só o chá, bom! Tome! Se não suportar o gosto, compre as balas ou chocolates de coca... Se ainda não rolar, compra a pílulas de soroche na farmácia e toma! Ou faça como eu fiz alguns dias: começou a doer a cabeça? Paracetamol e pronto. Almoçamos e em seguida fomos para a van retornar à Cusco... A van nos deixou próximo a Plaza de Armas! O trânsito tava aquela coisa doida, né??? Fomos direto para o hostel, tomamos banho e já voltamos para o centro de novo... Comemos e compramos mais lembrancinhas! Voltamos rápido para o hostel... Arrumamos as cargueiras com o maior peso de saudade no peito. Afinal, 03 horas da manhã já era hora de voltar casa... Dia 22 - Brasil Então nós nem dormimos, apenas cochilamos no hostel... Quando foi 3 horas, fomos para o aeroporto de taxi.. O pessoal do hostel cuidou de chamar um taxi para nós... Até o aeroporto, deu uns 12 soles... Fomos para Lima e tomamos café da manhã lá!... Lá fizemos o embarque internacional... Tudo certo.. Ainda me restavam alguns soles e bolivianos e eu resolvi comprar td de chocolate (pq né? ) no Free Shop... ahahaha De Lima fomos para SP, onde fizemos o desembarque internacional... Aí aconteceu algo doido... chegando em SP, a aeromoça falou que iria passar um spray no avião por ordem do Ministério da Agricultura (ahn? )... E tacaram o spray em todo mundo! Se o olho já tava ruim, piorou! Fizemos o desembarque e dps embarcamos de novo para BH... Chegamos em BH, fomos recepcionados pelos entes queridos... tudo é festa... Mas no fundo do coração, fica aquela pergunta: "Deus, pq q eu voltei?" E você já sabe a resposta... É muito bom ter um lugar para voltar tbm. Um lugar onde o pouso é seu. Um trabalho que te permite planejar, ansiosamente, a próxima viagem... Mais uma vez, agradeço a todos que colocam os seus relatos aqui! Pra mim foi essencial! Sempre que viajo, aqui pro lado ou pra longe, recorro aos relatos dos amigos mochileiros! Agradeço ao grande companheiro de aventuras, Átila Arthur... Sem ele, não seria possível. Obrigada por toda paciência, incentivo, cuidado, todo companheirismo, por fazer o meu sonho mais perfeito ainda, pelas fotos, pelo carinho sem igual. Todas as fotos postadas aqui, no instagram e no facebook são sem filtro nenhum e a grande maioria foi feita pelo Átila.. Os álbuns estão abertos para público no facebook... Atacama: https://www.facebook.com/livia.m.silva.58/media_set?set=a.10154592559527409&type=3 Santiago: https://www.facebook.com/livia.m.silva.58/media_set?set=a.10154609478727409&type=3 Bolívia: https://www.facebook.com/atila.arthur/media_set?set=a.1575757539104094&type=3 Peru: https://www.facebook.com/livia.m.silva.58/media_set?set=a.10154690112972409&type=3 Qualquer coisa, é só falar!!!
  10. Continuando... Dia 20[/b - Cusco Bom... Após toda a adrenalina envolvida em Salkantay e Machupicchu, restava o cansaço. Então nesse dia acordamos mais tarde e tiramos o dia para descansar! Acordamos tarde e tomamos o café do hostel... Eu acordei com uma conjuntivite e uma gripe forte.. Estava bem mal msm... Em seguida descemos para a Plaza de Armas.. Lá estava tendo um festival muito bonito! Várias crianças se apresentando na praça... A praça estava toda enfeitada com a bandeira de Cusco... Comprei um colírio lubrificante na farmácia... Ajudou um pouco... Aproveitamos para comprar as lembrancinhas do pessoal... Se quer comprar touca, vai encontrar na praça mesmo por 5 soles... Se chorar, sai mais barato... Tem várias feiras de artesanato, então o lance é bater perna e chorar um pouquinho.. ahahah... Há de tudo para vender.. Pequenas garrafas de pisco, camisas, imãs, jogos, cachecóis, mantas, toalhas de mesa... enfim... Tem para todos os bolsos e gostos.. O que mais de chamou a atenção foram os chocolates de uma loja que se chama La Cholita... Fica bem atrás da praça.. Parece ser mto cara, vista de fora... Mas não é... Na cidade existem mtas casas que vendem chocolate artesanal, mas são muito caras... nessa encontrei bombom por 1,50 soles... E tem de pisco, de coca, de tudo...Mto gostoso! Almoçamos em um restaurante que se chamava La Pachamama... Eles servem aqueles menus completos por 15 soles e a comida é mesmo muito boa... Ainda veio com o suco de chica morada, que é o milho roxo.. provem! É uma delícia! Após o almoço, fomos conhecer alguns museus... fomos no museu de Arte Precolombino... É um museu muito interessante, pois apresenta a arte dos povos anteriores à civilização inca... Não é permitido fotos nesse museu.. É impressionante ver o que os povos antigos faziam com cerâmica... Muito belo msm.. Em seguida fomos ao famoso Qorikancha... Esse foi o maior símbolo do império inca, era o Templo do Sol... Ele foi tomado pela Igreja, então pouco restou do que era... O que restou é impressionante, pela estrutura.. São blocos enormes de pedra equilibradas numa junção perfeita. Outro detalhe importante é a imponência da Igreja... Dá pra imaginar como deve ter sido a dominação dos incas... Voltando dos museus, era hora de deicidir se iríamos ou não ao próximo destino.. Rainbow Montain... Eu estava muito gripada, então estava com muita dúvida sobre ir ou não... Além disso, todo mundo dizia q a subida era a pior possível... Maaaas... já que estava aqui, aqui vamos nós! Fechamos o nosso passeio com a empresa que se chama Aita Peru... Então voltamos ao hostel e fui tentar melhorar para o próximo dia... Dormimos tarde, porque ficamos já dando uma geral nas mochilas pra ir embora no outro dia...
  11. Oi Lívia, Recebi a planilha, mt obrigada =). Uma dúvida, qual o modelo da tua bota? Estou na dúvida entre impermeável ou resistente à água, já que a diferença de preço é boa. A minha é Salomon Authentic... Já tive outras da Bull Terrier... Essa da Salomon é muito boa! Muito leve. Andou na neve, cascalho, sol, deserto, água e o pé ficou seco o tempo todo. É uma bota mto leve e voltou nova!
  12. Pessoal, enviei a planilha com os principais custos da viagem para todos que solicitaram! Se esqueci de alguém, me lembrem.. Abraço!
×