Ir para conteúdo

valderes

Membros
  • Total de itens

    223
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que valderes postou

  1. Comprar passagens de avião precisa sempre ser com antecedência. E quanto ao resto vai depender do destino que se vai. Se vc for fazer o circuito W de Torres del paine por exemplo, precisa reservar na agência do parque com 8 a 10 meses de antecedência, não t jeito, se não não consegue vaga. E os ônibus naquela região são poucas linhas, se deixar p comprar na véspera provavelmente vai ficar sem vaga e matar os passeios. Inclusive os hosteis mais baratos por lá se esgotam rapidamente e só sobram os caros. Mas agora, se fosse na Bolívia ou no Peru já dá p ter mais tranquilidade e flexibilidade. No Brasil acabo viajando mais de ônibus pq é mais conta e não preciso me programar com meses de antecedência pq nas datas q vou querer viajar sempre vai tá mais caro o avião. Abraçosss
  2. E para professores servidores alguns lugares possuem licença prêmio (3 meses a cada 5 anos por exemplo), pelo menos por enquanto, pq devem acabar a medio e longo prazo. E sobre a licença não remunerada tem prefeituras onde é super difícil conseguir, então nem sempre será uma possibilidade. Para quem é CLT ou autônomo tem q pedir demissão e depois procurar lugar pra voltar pq na prática são poucos empregadores q irão te aceitar após um ano: geralmente qd o filho trabalha na empresa do pai ele consegue tirar um ano sabático e voltar logo depois p msm vaga ou superior...rsrs
  3. Eu estava com planos de ir pra Ushuaia com a família em janeiro do ano que vem, mas já desisti. Incerteza total por enqt. Esse mes de janeiro estava com hospedagens baratas por lá pq só tinha argentino podendo ir, como os preços vão ficar no futuro vai depender do tamanho do buraco que a pandemia deixar na Argentina e nos turistas dispostos a irem pra lá...oferta e demanda...
  4. Se eu fosse da área de informática e trabalhasse online de forma remota (e desconsiderando a pandemia) acho que me mudaria para a Argentina, visitei 3 vezes o país e me pareceu muito agradável. Mas apenas se eu tivesse condições de manter um padrão de vida razoável, caso contrário prefiro continuar sofrendo no meu país natal, rsrsrs. Boa sorte
  5. eu comprei uma pra mim, mas qd chegou o tamanho que seria o ideal para o meu pé, inclusive o msm numero que usava na Vento ficou apertado no meu pé, poderia arriscar trocar por um numero maior, mas aí tinha a chance de ficar maior do que eu gostaria e teria que pagar o correio pela troca, aí na brincadeira só devolvi pq a devolução em compra online é gratuita. Talvez na próxima bota eu tente novamente essa marca.
  6. Então, eu já tive a Finisterre Vento, fiz a Petro-Terê, Patagônia e Bariloche com ela, em Bariloche ela já estava bem velha e o solado rachou aí qd voltei p casa joguei fora pq era qs 200 a ressola, ela já estava com o couro todo ferrado e feia. Mas enquanto ela estava nova era maravilhosa! no primeiro dia já estava confortável no pé, era super estável e não tenho do que reclamar! Possivelmente vou comprar uma nova bota da Vento no futuro, da Salomon dúvido (são extremamente caras para brasileiros não-profissionais de trekking, se eu fosse um profissional talvez comprasse). Sobre botas de EPI eu tinha uma Bracol e fazia altas trilhas com ela, se vc comprar uma sola em gel p colocar dentro dela deve ficar melhor ainda, para quem faz trilha ocasional e não quer investir muito acho q vale a pena, só procurar modelos de couro pq aí pode fazer impermeabilização com parafina de vela. Minha esposa tinha uma Macboot Ingá e fez a travessia Petrô-Terê e a circuito-W em Torres del Paine comigo de boas, não faz milagre mas tem um bom custo benefício e eu fazia impermeabilização com parafina de vez em qd p resistir mais a água.. Sobre marcas de botas gringas tem q tomar cuidado pq algumas são pensadas para climas mediterrâneos e temperados e não necessariamente p o calor tropical infernal do Brasil e por isso podem não aguentar tão bem aqui. @[email protected], procure o melhor custo benefício, as botas mais caras tem mais tecnologia de conforto, mas botas de epi tbm são bem resistentes e se for relativamente nova e bem cuidada dificilmente vai desmanchar na trilha...já as botas de shopping como nosso amigo disse é bom ter atenção e fugir msm, rsrsr. abraços
  7. eu tenho o superpluma T&R e uma ntk mícron-x lite. Já fui na serra dos orgãos com os dois...com o t&R fiquei no bivaque em maio e foi de boas....o mícron eu coloco com o liner vermelho da Sea to summit e me agasalho, acampei com ele em junho ou coisa assim e se vc se enrolar em um alumínio de emergência fica mais quentinho ainda, mas não foi confortável não....mas não sei as temperaturas que peguei. não se esqueça de levar um alumínio de emergência pra se enrolar em caso de emergência @Alexey Tatini
  8. Sobre o Uber, se vc estiver em um local que nenhum motorista do app queira pegar a corrida, imagine que se fosse de táxi teria menos ainda! rsrs. Como não tenho carro, sempre procuro saber se o destino que vou possui cobertura de Uber ou similar, dando preferência para cidades que tenham, limita um pouco, mas vale a pena. No Airbnb já fiquei algumas vezes, gostei do atendimento: procuro sempre anfitriões com boas avaliações e imóveis com muitas avaliações evitando aquele lugar que não tem avaliação ainda. Ponto negativo são as taxas de limpeza e de serviço que as vezes chega a ser um percentual muito grande em relaçao a reserva, principalmente p poucos dias, nesses casos costumo optar por booking msm ou direto com o hostel. Abraços
  9. Existe a possibilidade de acordo com o avanço da vacinação que passem a cobrar carteira internacional de vacinação de quem tenha sido imunizado tbm para liberaram que se viaje normalmente.
  10. Estou sendo otimista e pensando que vai ter vacina até lá pra eu poder viajar pra algum lugar tipo Argentina, pq com o dólar turismo a 6 ou mais não dá pra pensar em muita coisa msm...
  11. valderes

    Gps etrex 10

    Olá, pode ser que outra pessoa tenha conseguido colocar o "rastro" das trilhas nesse GPS. Nele você consegue colocar as coordenadas dos pontos e só, é bem básico mesmo. Serve pro pessoal que precisa marcar o ponto de alguma coisa. Eu comprei um e não gostei, por sorte consegui revender pelo preço que paguei. Acredito que não vá atender bem pra trilha, porque o ideal é um que te mostre os pontos principais e o tracklog da trilha, o que ele não faz. recomendaria investir logo em etrex 20 ou 30 que era o que eu deveria ter feito na época... Abraços
  12. Eu estava querendo ir nessa cidade quando mochilei na Bolivia, mas não ia dar tempo, aí foquei em outros lugares. Nesse link desse blog tem informações https://1viagem2visoes.com/2019/07/01/o-que-fazer-samaipata-bolivia-bate-volta-turismo-santa-cruz/
  13. Concordo! @Samu-kao, viaja um mês e depois vê o que acha, pq aí ainda dá tempo de voltar atrás... E cuidado com muito relato de gente "feliz" por aí, pq tem o que está em situação paupérrima, mas que pelo sonho está disposto até a sacrificar a saúde e outras coisas... E tem o mochileiro, que está dando a volta ao mundo depois de largar tudo: vendeu apartamentos, carros e pegou a gorda herança pra viajar...o largar tudo delas é bem diferente do da maioria, é um largar temporário em que ele pode arriscar a vontade pq se algo der errado ele ligar pra família que manda dinheiro e volta pro quarto dele que ainda está separado na casa dos pais, não é criticando nenhum dos dois lados, mas apenas pra tomar cuidado com a hipocrisia e não cair em um Pântano... Uma ótima semana para todos
  14. Ushuaia é a cidade mais longe, o modo mais rápido de chegar lá é de avião, e lá pode tentar ficar em camping que talvez saia mais em conta e faça trekking por lá e se passa 15 dias , pq precisa de uns 2 ou 3 dias desses só pra deslocamento, sobra 12, aí seria tempo pra fazer muita coisa. Patagônia toda em 15 dias é corrida contra o relógio, uma coisa que atrasar e desanda o cronograma todo. Já vi caso no grupo do ZAP onde um atraso da empresa de turismo que atrapalhou a viagem toda da pessoa
  15. acho que esse horário reduzido em MP já era de antes de pandemia...
  16. @[email protected]_m uma especificação que deve ter na barraca que você comprar é que a a armação tem que ser com varetas de duralumínio ou similar. E não aquelas barracas com fibra de vidro que são menos duráveis e resistentes.
  17. @ProjetoNirvana eu e minha esposa usamos a nepal 2 pra trilha e a Falcon 3 pra camping. Agora que minha família aumentou também, a princípio eu estou pensando na Ntk Falcon 4, mas ainda não comprei pq por causa da pandemia quase não estamos saindo...
  18. valderes

    Huaraz

    @Gabriela Cortez É interessante lembrar que pra quem vem de Lima pra Huaraz tem q pensar na aclimatação, nem todo mundo vai se aclimatar de primeira e sair de 0 para mais de 4000m e poucos de repente (alguma laguna) pode fazer mal, é bom dar tempo para o corpo se aclimatar. opções seriam Lima-Cusco-MP-Cusco-Arequipa-Ica e Huachina-Lima Ou um roteiro pelo norte do Peru também é super da hora e pode passar por ligares que a maioria dos Brasileiros não vão, pois lá tb tem varias ruínas de povos pré colombianos. Quando fui no Peru meu roteiro foi Cusco-MP-Cusco-Arequipa-Ica e Huachina-Lima, O vale sagrado tem muitas atrações para se visitar, ninguem precisa fazer MP correndo desesperado. Mas daí vai do interesse de cada um. Abs
  19. Lembro que em 2017 me ofereceram por 260 soles na agência em Arequipa, mas eu não tinha tempo para fazer...
  20. @Eduardo Selistre estou com a mesma duvida, reservar diretamente em uma agencia em Huaraz será mais em conta ou vale reservar desde o Brasil antes de ir? que mal lhe peregunte, por quanto saiu o pacote do trekking?
  21. eu fazia cambio no Banco de la Nacion, perto da casa rosada e em reais mesmo. Infelizmente apesar de mais perigoso, compensa financeiramente levar papelmoeda para Argentina.
  22. E preste atenção na realidade socioeconômica de uma galera que posta relato de viagem lowcost na internet, tem muita gente contando historia de que fez mochilão pra cá e pra lá e não gastou quase nada, se arriscou sem lenço nem documento ao sabor do vento: mas toda hora que o bicho pegava ligava pro PAItrocínio pedir pra quebrar o galho da pessoa ou pelo menos sabia que se precisasse poderia contar com ajuda financeira da família a qualquer momento e voltar pro aconchego do seu quarto na Zona Sul do Rio de Janeiro.
  23. se for viajar pelo Brasil use uma conta de banco que possa sacar dinheiro apenas com biometria como a do Santander por exemplo. porque aí mesmo que roubem seus documentos e cartões vc não fica na mão sem nenhum centavo. Procure saber se o seu banco tem essa opção. Além de se lembrar que quanto mais remoto o local menor a chance de um caixa eletrônico.
  24. Boa tarde, uma outra opção seria vcs comprarem a passagem de ida por Santa Cruz e volta por La Paz ou vice versa na opção multiplus destinos. Quando fiz meu mochilão o preço era quase equivalente, depende muito da compania aérea. Porque vocês rodariam um pouco meno em circulo e iria aclimatando aos poucos entre Sucre e Potosí, além de que a viagem ficaria quase linear...vale dar uma olhada...
×
×
  • Criar Novo...