Ir para conteúdo

renatinhacv

Membros
  • Total de itens

    16
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Muito bom o seu relato, obrigada! Estou pensando em ir para essa área em 2015.
  2. Muito bom o seu relato, precisamos de mais relatos desta parte do Brasil!
  3. Olá, resgatando este tópico. Alguém fez este passeio há pouco tempo?
  4. Olá, pessoal! Em outubro do ano passado me cadastrei aqui no Mochileiros e 1 ano depois eu já estava viajando seguindo as dicas de vocês. Nossa! Como vocês me ajudaram! Me inspiraram, me encorajaram e acima de tudo me orientaram da melhor forma possível, com suas dicas que valeram ouro na minha viagem! MUITO OBRIGADA! Nunca havia pensado neste roteiro, fui convencida por vocês! Então quero agradecer de novo, de novo e de novo, imensamente, a todos que escreveram seus relatos, porque tenho certeza que é um dos destinos mais fodásticos do planeta! Nenhuma foto que vi, nenhum relato que li, nada do que me contaram chega aos pés do que são o Atacama e o Salar de Uyuni. Se você está em dúvidas sobre este roteiro, não precisa mais ter. Vá e aproveite um dos cenários mais lindos que você verá na sua vida! Voltei apaixonada! Para continuar a introdução do meu “relato”, quero acrescentar a informação de que sou mãe. Sim! Deixei minha filha de 5 anos por 12 dias. Havia ficado no máximo 4 dias longe dela, quando era casada, para uma rápida viagem a Buenos Aires. Mas precisava desta viagem, como uma virada na minha vida e também como exemplo para ela, quero inspirá-la e quero que ela seja uma mochileira, quando puder! Fui com a Beta Bernardo, uma fotógrafa fodástica. Nos conhecíamos apenas pelo facebook e alguns grupos que temos em comum, desde a época do Orkut... Poucos encontros presenciais, muita afinidade virtual... Um dia, em maio, nos encontramos numa festa e combinamos de viajar em outubro, já que fazemos aniversário dia 30 (ela) e 31 (eu). Pronto! Já tinha uma companhia! Lá conhecemos diversas pessoas viajando sozinhas. Em Santiago conhecemos a Verônica, que se tornou nossa BFF e fizemos alguns passeios juntas também. E o Ricardo, com quem tivemos uma night bem trash e animada no Club Chocolate. huahuahua No Atacama, já de cara, no transfer conhecemos a gauchinha Fran. E no Hostel as cariocas Joanna e Fabi e mais um monte de gente, que nem dá para descrever. Só gente legal! Ficamos amigas dessas pessoas citadas acima, o que tornou a viagem mais especial e é outro motivo para te incentivar a viajar! Elas estavam sozinhas em seus roteiros, mas não ficaram sozinhas em nenhum momento! Não pretendo fazer relato dia a dia, porque não sei se ficaria muito repetitivo, mas vou colocar aqui as informações atualizadas para que seja útil aos que estão pretendendo ir em breve. Comprei a passagem na GOL com 4 meses de antecedência. Paguei muito barato. O vôo de conexão da GOL para GRU segue aquele padrão sofrido, mas o vôo internacional foi top! Com almoço, cobertorzinho de fleece, travesseirinho... outro esquema! Troquei 500 reais no cambio do aeroporto por 98mil pesos. Foi mais que suficiente para os 2 dias e meio em Santiago, contando transfer, alimentação, passeios, metro, taxi, hospedagem, etc. Durante toda a viagem a taxa de cambio variou pouco. A melhor taxa foi em SPA, troquei 500 reais por 102 mil, se não me engano. Beta e eu ficamos 2 dias e meio em Santiago. Chegamos no sábado à tarde, mas deu tempo de ir na La Chascona! Era minha prioridade da passagem por Santiago! Nos hospedamos no Rado Boutique Hostel e gostamos. O pessoal da recepção nos deu as informações necessárias para os pontos que queríamos ir, algumas dicas, nos ajudaram no que foi preciso. O café da manhã era ok! O wifi só pega no terraço, o banheiro era limpo, a localização é ótima. Dá para ir a pé para a La Chascona, Cerro San Cristobal, metrô... E fica ao lado do Patio Bella Vista. Isso foi ótimo. À noite fica bem movimentado. Girls, vi chilenos lindos nos Happy Hours da área! Em Santiago, fomos apenas no La Chascona (5mil pesos para entrar, achei bem legal), La Moneda, Mercado (vale a pena ir se for para almoçar), Cerro San Cristobal (vá para ver o pôr do sol, é lindo demais!!!! Não perca o ultimo funicular! Nós perdemos e por sorte passou um taxi... se não estaríamos fritas!) Visitamos com a Verônica a vinícola Casa Del Bosque. Seguimos as orientações deste site: http://www.viajenaviagem.com/2013/04/santiago-vinicolas-do-vale-de-casablanca-de-onibus-e-taxi/ “Fomos ontem a Vinícola Casa Del Bosque. Em Santiago, pegamos o metrô linha 1 até a Estação Universidad de Santiago (direção San Pablo). De lá já tem acesso direto ao Terminal de Buses Alameda. No terminal, compramos passagens para Vina Del Mar no guichê da Pullmann Bus (Vina Del Mar fica na região V). $4.000 pesos cada passagem (pagamos com cartão de crédito). Falamos com o cobrador para descermos em Casablanca. O ônibus para na rodovia, na entrada de Casablanca. Atravessamos uma passarela (para cruzar a rodovia) e entramos na cidade (pela Av. Chacabuco). Caminhamos umas cinco-seis quadras até chegar a um ponto de táxi. O táxi nos cobrou 2.000 pesos pela corrida até a vinícola (para voltar, seria o mesmo valor, mas conseguimos carona até Vina Del Mar com um casal brasileiro). Segundo o taxista nos disse, há ônibus com bastante frequência para Valparaíso ($1.500 pesos a passagem). Enfim, foi tudo muito fácil de fazer.” Na volta pegamos um taxi até a mesma estrada, aguardamos o bus no ponto de ônibus e o primeiro que passou com 3 lugares, entramos. A vinícola é pequena, familiar, tem um restaurante maravilhoso, TANINO, que é preciso fazer reserva. Nós não sabíamos disso, mas mesmo assim eles nos acolheram em um espaço aconchegante onde pedimos uma Tabla Tanino (de-li-ci-o-sa) + vinho indicado pelo Menu para acompanhar. Nem almoçamos. A Tabua foi suficiente para nós 3. Depois fizemos o tour pela vinícola. Pagamos 12 mil pesos para degustar 4 vinhos ou 15 mil para degustar 5 vinhos. Aceita CC. Passamos o dia na vinícola, é um lugar maravilhoso para fotos. Estava com 2 fotógrafas e nem conto para vocês como as explorei! Nossa ida para o Atacama: nosso vôo para Calama era às 7h da manhã. Assim que chegamos a Santiago, já pagamos o transfer ida e volta para o aeroporto SCL (11 mil pesos). (SCL x Hostel x SCL) Mas... o transfer nos buscou no hostel com 1h30 de antecedência da hora em que precisávamos estar no aeroporto (6h)... Ou seja: nos buscou 4h30. O taxi para o aeroporto daria 15 mil pesos e chegaríamos lá em meia hora... poderíamos acordar mais tarde... enfim... fica a dica para quem estiver com 2 ou mais pessoas. Valeria a pena pagarmos um taxi e dormir mais, pois ficamos muito cansadas depois. Fomos para Calama de Lan. Foi ótimo, vôo doméstico, com amendoim e afins, foi ok. Calama parece cenário do filme Elysium! Cidade industrial, muitas pessoas vestidas para trabalhar no vôo e alguns mochileiros no aeroporto, que é lindo. Ao chegar, fechei o transfer com a 1ª empresa que avistei, nem chequei se era a Licancabur... e não foi.. Foi uma tal de Pampa. Na ida foi tudo ótimo, mas na volta atrasaram muito para nos buscar no Hostel. Deu tempo de chegar no aeroporto, mas se houvesse algum imprevisto... nem sei... eu fiquei muito estressada com esse atraso, por isso não indico eles. Chegamos em San Pedro 12h + ou -. Nos hospedamos no Campo Base e posso dizer que é muuuito melhor do que nas fotos, é muitissíssimo limpo, pessoas carinhosas, atenciosas, acolhedoras... atendimento top! Localização excelente, wifi pega no hostel todinho, café da manhã farto... muita coisa boa! Não tenha dúvidas na sua escolha, hospede-se lá! Eles trocam as toalhas todos os dias, tem secador de cabelos nos quartos, tem garrafinha de água de cortesia todos os dias, tem lanche top para quem precisar sair cedo para algum passeio... enfim... hostel top! Assim que chegamos já fechamos os passeios com a Ana, que estava na recepção do hostel. Ah... tudo prático! Aqui no Brasil orcei alguns passeios e os que ela nos ofereceu estavam bem mais baratos do que eu havia visto... confiei nela e já resolvi isso! Vejam o arquivo em anexo escaneado com os valores. Pagamos 78 mil pesos (cada) pelos seguintes passeios: (Em alguns desses passeios é preciso pagar entrada, nada que ultrapasse 5 mil pesos. Mas guarde dindin para isso. Veja o folheto com as informações dos passeios em anexo.) Dia 1 - Valle de La Luna + Valle de La muerte (começa às 16h, é bem cansativo, pois andamos umas 2h. Superou muito minhas expectativas porque eu achava que nem era tão legal, mas é phoda!) – Fizemos com a agência Layana, guia Claus, ótimo! Dia 2 - Salar de Tara (passeio do dia todo, amei esse passeio, vi cenários lindos, é tudo incrível, vale muito a pena!!!!) - Fizemos com uma outra agência que não me lembro o nome, guia Eric, figuraça! Dia 3 - Geysers del Tatio (o passeio acontece pela manhã, até umas 14h... dá para fazer outro no mesmo dia, mas preferimos descansar. Lugar fantástico!)- Fizemos com a agência Layana, guia Alan, muito bom! Dia 4 - Lagunas Cejar, Ojos del Salar e Tenbichique. (Esse passeio vai de 16h as 20h. É como um dia na praia, ou numa lagoa... bem divertido e descontraído. Entramos na Cejar, água muuuito gelada! Foi bem legal) - Fizemos com a agência Layana, não lembro o nome do guia, mas foi muito legal também! No dia 4, andamos de bike pela manhã, fomos até Pukara de Quitor. Chegando lá já não tínhamos fôlego para andar... Como iríamos na Laguna Cejar à tarde também preferimos não fazer tanto esforço para poder curtir. Mas super indico uma volta de bike por lá, foi muito bom! Roupas para os passeios: Gente, é uma coisa de louco ficar tirando e colocando a roupa, o casaco de neve, o gorro, a luva... Durante os passeios faz um frio de doer ou um calor do deserto.. rs Sério... Perdi 2 luvas e uma blusa de fleece de tanto tirar e colocar. Indico que comprem aquelas luvas em que é possível utilizar o touch do celular, porque é outro problema ter que tirar a luva no frio para bater foto (eu pelo menos usei muito mais o celular do que a máquina). OBS: Esses foram os passeios que a Ana do Campo Base nos indicou (já queríamos também). Já que teríamos apenas 4 dias em SPA e depois iríamos para a Bolívia, ela não nos aconselhou fazer o Salar de Atacama e as Lagunas Altiplânicas, já que veríamos paisagens bem mais lindas em Uyuni. Nós também não quisemos fazer mais de um passeio por dia, para não cansarmos muito e para não acontecer de novo o fato, descrito a seguir, do 1º dia. Fizemos também a visualização das estrelas com a Space. 18 mil pesos Eu passei mal no meio do passeio. Estava muito cansada. Foi no dia em que chegamos, havíamos acordado 4h da manhã, ido ao Valle de La Luna, que cansa pacas, não descansamos e fomos direto para a Space. Ele acontece tarde. O pouco que vi, te falo que foi bem legal, mas vá preparado para ficar quase 2h em pé, no frio. Eu não estava bem para isso, perdi esse passeio. Esteja atento também para a lua. Esse passeio não acontece em dias de lua cheia. Saúde / Altitude: Fiz um check up antes de viajar. Fiz exames de sangue de todo o tipo e tomei as vacinas de tétano, febre amarela e hepatite. Sou exagerada, eu sei, mas fico mais tranquila assim. A médica que me deu a consulta explicou que quem tem anemia realmente pode ter problemas com a altitude, por isso era importante fazer exames e checar isso e outras coisinhas. Eu não tive nenhuma alteração nos meus exames, mesmo assim ela me receitou aspirina prevent, iniciando 15 dias antes da viagem e durante todo o tempo em que estivesse em local de altitude. Você vai ler que passei mal no 1º dia da Bolívia. Coincidência ou não, neste dia eu demorei a tomar a aspirina... Não sei se foi isso ou o acaso... mas fiquei com isso na cabeça. Uma amiga não tomou nada e ficou bem todos os dias! Vai saber! Não tome nenhuma medicação sem consultar um médico, é importante lembrar. Seguro Saúde: Fiz com a porto seguro e graças a Deus não precisei usar. Mas foi o melhor custo benefício das que pesquisei. Acho que paguei 80 reais. A cidade de San Pedro de Atacama: Gente, posso estar louca, mas eu achei lá tão Paraty! Eu A-M-O Paraty! E é a mesma vibe: muitos mochileiros pela rua, gente do mundo todo, aquelas casas antigas, com lojas de artesanatos e artes em geral e muitos bons restaurantes. A cidade me surpreendeu! Tem uma excelente estrutura. Boa farmácia, mercados, muitas agências de turismo, lugares para fazer câmbio, enfim... vá sem medo! Noite em San Pedro: Há bares com música ao vivo. Comemorei meu niver por lá. Descobrimos um bar chamado Quitor e outro que não cheguei a ir, chamado Barros. São bem animados. Mas.. tudo lá fecha 1h da manhã. A partir de 22h30 você já não consegue entrar em nenhum estabelecimento. Vá cedo, tipo 21h... UYUNI: Fomos com a Cordillera Traveller. Pagamos 124 mil pesos (cada). Eles aconselham que a gente leve 200 bolivianos (em torno de 20 mil pesos). Levei 400 bolivianos, pois estava com a intenção de comprar lembrancinhas, mas essa missão falhou. Perdi a oportunidade de comprar em Colchane, que estava suuuper em conta, porque disseram que em Uyuni era mais barato. E não foi verdade, era beeem mais caro... Escolhi esta empresa pelos relatos que li aqui, principalmente com este relato(deserto-de-atacama-e-salar-de-uyuni-em-12-dias-outubro-2013-t88048.html#p998568), que inclusive levei impresso e tudo batia 90% com o que aconteceu, o meu grupo adorava as ~minhas~ previsões! Muito obrigada fabiano_cwb Dizem que a Cordillera é a empresa mais cara de lá. Eu indico muito eles! De acordo com os relatos que li aqui, eles superaram bastante as expectativas. Nosso guia foi o Hector. Muito gente boa, tentava puxar assunto. Era tímido, mas tentava interagir com a gente e nosso grupo também foi bem legal na interação com ele. Ele estava sempre sóbrio e acordado, diferente de alguns relatos que li e ouvi. Sofri bastante com a altitude no 1º dia... E não tive motivos, já que havia passado por altitudes parecidas no Atacama... Mas no grupo em que estava aconteceu cada dia com uma pessoa... Foi desconfortável, alguns momentos nem consegui sair do carro, justamente na hora do geyser Sol de Mañana que queria tanto ver... Mas me hidratei bastante, mastiguei folha de coca e de noite eu estava recuperada. Mais uma vez repito: nada, nenhuma foto, nenhum relato, só indo para saber o que é este passeio. A Bolívia é fantástica! paisagens lindíssimas, surreais! Fomos em uma caravana de 3 jipes. No nosso éramos 4 brasileiras que nos conhecemos no Hostel e2 franceses que ficaram íntimos no final do tour! Demos muita sorte com o nosso grupo. Nos 4 dias de passeio você come, dorme, convive com as pessoas que estiverem no seu carro. Torci muito para que fossem pessoas legais e foram! Nos divertimos muito juntos. Falávamos em português, inglês, francês e espanhol. Eles perguntavam bastante sobre tudo do Brasil, tivemos uma excelente convivência! Ao chegarmos no Atacama, na volta, inclusive almoçamos juntos, um banquete, para compensar! Seguem relatos dos locais em que dormimos: 1ª noite: a roupa de cama estava muito limpinha. Eu nem usei o saco de dormir porque uma água estourou em cima dele e não deu tempo de secar. E não me fez falta, nem pelo frio, nem pelas condições do local. As cobertas deles super deram conta do frio e estava tudo bem limpinho. Mais uma dica: separe as aguas das malas e sacos de dormir, porque elas podem estourar com a altitude... Do banheiro já não posso falar o mesmo! Neste dia foi sofrido! Sabe banheiro de boteco sujo? Então.. era assim... As refeições foram ok, iguais ao relato do fabiano_cwb! 2ª noite: Hotel de sal. O banheiro era nota 10! Tomei banho quente, era limpo, excelente. Já as camas... não estavam com roupa de cama limpa... O chão é de areia... e uma amiga foi picada no corpo todo por algum inseto estranho... Neste dia usei e abusei do meu saco de dormir. Tive uma ótima noite. Mas fiquei com muita pena da Fran! 3ª noite: Roupa de cama limpa. Banheiro ruim... Para tomar banho pagava-se 10 bolivianos, mas eu não paguei, nem se me pagassem! Rs Mas estava tão frio que o banho nem fez falta! A noite foi ótima no meu saco de dormir. Até suei! A propósito, comprei este saco de dormir aqui: http://www.americanas.com.br/produto/116801088/saco-de-dormir-echolife-cocoon-5c-a-20c-?opn=YSMESP&epar=googlepla&WT.srch=1 Excelente custo x benefício! Meninas e Meninos, é uma viagem difícil. Estava com muitos medos: altitude, comida, dormir... Eu tenho uma filha... ficar sem notícias dela por 4 dias... me aventurar pela Bolívia... Valeu tudo MUITO a pena! É uma aventura maravilhosa! É incrível, fantástico, indescritível...! Curti cada parte da viagem e indico aos corajosos e/ou sem frescura! Eu tenho um pouquinho de frescura ainda na minha alma, mas super encarei e superei cada uma delas! Vale muito a pena! Quando chegamos no SALAR! Cara, não tem explicação! Você só saberá o que é o Salar de Uyuni indo lá... só i-n-d-o! Hoje estou aqui no trabalho com saudades e te falo que faria tudo de novo. Valeu a pena! Muito! Vimos o nascer do Sol no Salar, sem explicação! A Isla do Pescado é incrível, não esperava tanto! Não consigo descrever o que é a Bolívia, mas te falo: vá! Não vai se arrepender de nenhum perrengue que passar! E como os anjos ajudam as mães-aventureiras: consegui um lugar com internet no 2º dia! Na Laguna Hedionda, tem um hotel com wifi! Uhuu! 20 bolivianos por 15 minutos, só pega numa cadeira bem posicionada. Tem dúvidas se paguei? A conexão não foi maravilhosa, mas deu conta da minha saudade e da tranquilidade do meu coração. Valeu a pena! Usei e abusei do lenço umedecido. Levei 2 que foram essenciais para minha sobrevivência lá! Álcool em gel também é muito útil. As vezes a agua era muuuito gelada e o álcool quebrava um galho. Chegamos em SPA em torno de 12h, a van nos deixou no Hostel Campo Base. O pessoal de lá é tão legal, vou te contar: deixamos nossa mala no Hostel enquanto fomos para Uyuni, pois só levamos o essencial. Ao retornar, eles deixaram tomar banho, cederam toalhas e permitiram que ficássemos lá pela recepção e áreas comuns até a chegada do transfer, sem cobrar nenhuma taxa adicional. Precisamos fazer algumas ligações para o transfer atrasildo e eles ainda nos ajudaram com isso. Show, né? Nota 1000 para eles! Em anexo deixei também o roteiro que fiz, com resumo de todas as dicas que peguei aqui ou pela internet. Foi bem útil na viagem. Foi isso pessoal, agradeço a todos toda a ajuda, todos os relatos e para quem tá pensando em ir: vai ser incrível, pode acreditar! Bjs em todos! Folheto Layana 1.pdf Folheto Layana 2.pdf
  5. Ah que bom ler o seu relato. Farei um muito parecido daqui a 15 dias e to planejando gastar um pouco mais, estava com medo de ser pouco...
  6. Gente! Que bom que me responderam! Muito obrigada pelas dicas! Eu consegui uma agencia que me cobrou 300,00 para me levar no Teatro + Mercado + Encontro das Aguas. Achei caro! Mas depois vi que gastarei pouquíssimo de taxi para fazer Hotel + Teatro + Mercado + Local de trabalho! E me disseram que lá no mercado posso negociar o passeio para o encontro das aguas... Mas só terei a manhã do dia 21 para isso, espero que consiga ir! Tb não quero pagar 200 pelo passeio não! Deise, podemos combinar de ir juntas sim, seria ótimo! Val pedro, sempre quis muito conhecer Manaus, estou muito feliz em ter pelo menos uma manhã para ver esses pontos, mas pretendo voltar um dia e conhecer tudo que vcs tem de bom aí!
  7. Vou contar sim! Já fiz um roteiro suuuper detalhado com as informações que peguei aqui, se quiser posso te mandar por e-mail. Bjs
  8. Alana, estou indo para lá no final de outubro e também estava com esta dúvida. Perguntei para a Responsável pela Ayllu que me respondeu o seguinte: "OLÁ RENATA, O TOUR DE UYUNI COSTUMA CHEGAR EM TORNO DE MEIO DIA EM SAN PEDRO. SE QUISER PEGAR UM VOO NESSE MESMO DIA, E MELHOR QUE SEJA A NOITE." Então pensamos em descansar por SPA mesmo até de noite e colocamos nosso voo para Santiago umas 22h50, pois nosso voo para o Brasil é 6h15 e já ficaremos pelo aeroporto aguardando...
  9. Olá, pessoal! No final de outubro estarei em Manaus, a trabalho. Terei uma manhã livre (até 12h) + 2 noites livres. O que posso fazer com este tempo na cidade? Quero muito ir ao Encontro das Águas, Mercado e Teatro Amazonas. Será que consigo com este tempo restrito que ficarei por lá? Quem pode me ajudar? Desde já agradeço!
  10. Muito obrigada pelo seu relato! Vou fazer Santiago, SPA e Uyuni em outubro e novembro e estava muito preocupada com as condições dos alojamentos em Uyuni! Suas fotos me tranquilizaram bastante!!! Não tenho dúvidas que fecharei com a Cordillera Traveler!!!! Tb ficarei no Campo Base!
  11. Foda! Tô na página 10 ainda! Já chorei, já ri pra kct com os relatos... o charlinho!!! o que foi isso???? Estou indo em outubro para Uyuni e SPA! E claro que já inclui o sandboard na lista, que nem estava.... mas agora tenho que fazer! e a festinha no deserto, parada obrigatória! já anotei o contato! huahuahua Tô ansiosa para ler o restante, foi demais essa viagem! Ah! Liba, sou cansadona, se alguém me convidasse para a trilha q vcs fizeram eu com certeza não iria, queria ir para lá no maior luxo, de trem.... mas agora... depois do que vcs falaram, não vou esquecer nunca o relato lá do começo que a gente vai curtir MP muito mais pela trilha, eu já vou me preparar fisicamente e programar ir para o Peru em 2015, fazendo a trilha! Arrasaram!!!!!!
  12. Muito bom, estou acompanhando e rindo muito. Vou para Atacama e Uyuni em outubro e estou preocupada com esses abrigos.. afff
  13. Olá! O que achou do Hostel que ficou? Você reservou com antecedência ou escolheu ao chegar? Com que empresa realizou seus passeios? Obrigada pelo relato, está me ajudando muito!
×
×
  • Criar Novo...