Ir para conteúdo

gabrielacp

Colaboradores
  • Total de itens

    12
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Contratamos uma agência lá em Lima mesmo, mas o ônibus era de linha, eles só nos levaram até o local de embarque e la em Huacho tinha uma outra pessoa esperando, custou 120 dólares cada, e eu sugiro fazer por conta própria, pois sai bem mais em conta.
  2. Se você quiser subir uma das montanhas com certeza terá que comprar com antecedência, pois acabam muito rápido, eu sugiro a compra direta pelo site oficial quanto ao plagio fique a vontade
  3. Olá, que bom que o relato pode ajudar, infelizmente não lembro o nome do guia, nos fechamos com uma agencia perto da praça central de cusco
  4. Só contratamos agência para irmos à Caral, no mais foi tudo por conta própria. A agência de Caral não lembro o nome, mas no bairro Miraflores tem várias, eu particularmente aconselho a ir por conta, é bem mais barato.
  5. Esses dias tinha promoção pra Califórnia, mas em geral elas custam em torno de 1300 a 1500 dolares, julho, dezembro e janeiro são os meses mais caros. Sobraria ai uns 2 a 3 mil reais, mesmo com o câmbio não muito bom para nós, se vc tem onde ficar e é economica esse dinheiro dá e sobra. Quais são seus planos, quais cidades de repente posso te ajudar um pouquinho mais
  6. Bem já faz um tempinho que fomos e não gastamos com hotel (apenas 1 diária em Aguas Calientes), mas girou em torno de 3 mil reais (cada) com todas as passagens saindo e voltando de Floripa, todos os ingressos e vale lembrar que não economizamos com comida, não que tenhamos ido a restaurantes mega caros, mas comemos tudo que nos deu vontade (bem olho grande)
  7. Então Edu.apr eu não me lembro direito, mas acho que foi uns U$120, porém vale aqui lembrar que caso queiras ir pro conta própria é bem tranquilo, só não tão divulgado. caso queiras a minha dica é: Pega um onibus em direção a Huacho, o nome da empresa é San Martin de los Porres, o endereço é calle Sandia, não lembro o número, mas a direção exata do GPS é essa -12.057908,-77.032762, fica perto do palacio da justiça, podes pegar um taxi e dizer isso pro taxista. o onibus sai perto das 8 da manha, leva entre 2 e 3 h, chegando em huacho tu combina com um taxista ele te leva e te espera lá pra voltar, não vais gastar mais de 2h em Caral, voltas a Huacho pega o onibus e volta a Lima. Outra coisa em Caral não tem praticamente nada, entao leva água e algo pra comer. a rodoviária de Huacho é meio punk, assim que saires do onibus vai ter um monte de gente te oferecendo para te levar, então é só negociar. O onibus custa 24 soles ida e volta. o taxi vai sair por volta de uns 20 soles a entrada do parque não lembro, mas estudante com carteirinha internacional paga meia.
  8. Hello Everyone Tentarei escrever um pouquinho sobre a minha viagem de 11 dias ao Peru, foi em Agosto de 2013, então espero não ter esquecido nada 1º dia - Floripa - Poa -Lima Saímos de Floripa na noite anterior rumo a Porto Alegre, onde tínhamos nossa conexão, aproveitamos para ver minha cunhada e fazer um lanche, de volta ao aeroporto esperamos mais de 4h além do que era previsto, pois o mesmo estava fechado para decolagem (POA é um inferno de manhã), com isso ao chegar em Lima perdemos nossa conexão para Cusco, o que foi um saco, mas pelo menos a empresa área (Taca), ajeitou tudo, nos colocou em um bom hotel, com uma excelente alimentação, como já estava tarde e teríamos que acorda as 3h para ir pro aeroporto, só jantamos, tomamos banho e cama. 2º Dia - Cusco Chegamos pela manhã no aeroporto de Cusco e assim que saímos já fomos "encurralados" por um taxista, cobrei 20 soles para nos levar até a casa de nossos amigos, o que depois descobrimos que deveria ser uns 8, aqui já fica a primeira dica, os taxis no Peru não possuem taximêtro, acerte o valor sempre antes de entrar no carro, e sempre, mas sempre pechinche, as vezes o preço cai pela metade facinho. Depois de acomodados fomos ao centro, onde fechamos um pacote com uma agencia local para conhecer os templos ao redor, não me lembro direto, mas foi algo em torno de 15 doláres: 1 - Igreja Matriz, bem na praça de Cusco, é linda, com muitas obras de arte e muita história; 2 - Qorikancha - um dos templos mais bem feito pelos Inkas mesmo com a construção dos espanhóis ainda tem bastante coisa para ver; 3 - Sacsayhuaman - Um sitio arqueológico com pedras gigantescas, infelizmente como estávamos com o tour, a visita foi bem rápida, vale a pena ficar a tarde inteira, tem bastante coisa para conhecer; 4 - Qenqo - bem pequeno, tem um pedra onde os Inkas realizavam sacrifícios; 5 - Tambomachay - O ponto mais alto do tour, fica a 3765m de altitude, são fontes de águas, que os Inkas acreditavam ser sagradas; 3º dia - Águas Calientes Começamos o dia cedindo indo para a estação de trem em Poroi, fica meio longinho de Cusco, como fomos de carona não sei dizer um valor de taxi As passagens do trem já tinham sido compradas aqui mesmo no Brasil pelo site da Peru Rail http://www.perurail.com/, minha dica é comprar a ida no trem Vistadome, que é mais bonitinho, tem um café da manhã bacana e a volta pelo Expedition, que é mais simples e além do mais na volta você estará morto de cansado e só vai dormir mesmo. A viagem leva umas 3h, a vista á linda, chegamos a Águas Calientes perto das 13:00, fomos para o hostel Sol de Oro e chegando lá descobrimos que a reserva tinha sido para 2 camas de solteiro e não cama de casal como tínhamos pedido no Booking.com, não ficamos, até pq o atendimento foi péssimo, a mulher ficou uns 15 minutos no telefone antes de nos atender e foi extremamente mal educada, saindo dali logo entramos no Hostel Golden House, não era, nem ruim, apenas cumpria seu papel de hostel barato e limpo. Deixamos nossas coisas e fomos dar uma volta. A cidade é uma graça, primeiro pq não tem carro, moto, nada buzinando no seu ouvido. Assim que você sai da estação de trem já passa por uma feira artesanal enorme com muitas banquinhas, como fomos direto pro hostel, voltamos lá depois, tem muita coisa linda e o preço não é muito diferente de Cusco, então e você gostar de algo pode comprar que não vai achar muuuito mais barato depois. Logo após fomos almoçar num restaurante chamado la retama del che, super recomendo, a carne de alpaca é muito boa, o restaurante é de uma argentina que já mora lá há um tempão, depois do almoço rodamos pela cidadezinha, aproveitamos para comprar os tickets do ônibus que sobe para Machu Picchu, evitando assim pegar menos uma fila no outro dia de manhã. 4º Dia - Machu Picchu Acordamos cedo e mesmo assim pegamos fila para o ônibus, o primeiro sai as 6h se não me engano, mas a fila até que anda rapidinho. Já tínhamos nossos ingressos comprados, 1ª tendo a carteirinha internacional paga meia 2ª são 3 ingressos diferentes, um para a cidade de Machu Picchu, outro para a cidade mais a montanho Machu Picchu e o ultimo para a cidade Machu Picchu e a montanha Wayna Picchu, então se você quiser se aventurar um pouco mais em umas das montanhas, tem que comprar o ingresso com antecedencia, pois são limitados. Nós compramos o ingresso que dava direito a cidade mais a montanha Machu Picchu, e assim que entramos já fomos direto subi-lá, era agosto mas mesmo assim o sol estava de matar (3ª dica - levar muita água, comida, protetor solar, repelente e folha de coca, lá em cima é tudo uma fortuna), foram mais ou menos 1h e meia de subida, muitas escadas, algumas bem estreitas com um baita penhasco do lado (dizem que Wayna Picchu é muito pior em relação aos penhascos), a folha de coca foi essencial para dar um gás, chegando lá em cima você pode ver toda a cidade de Machu Picchu, o Nevado Salcantay, e Wayna Picchu, pois a Machu Picchu é uns 400m mais alta que Wayna, essa visão foi do meu namorado, pq eu desisti uns 10min antes de chegar, pois as ultimas escadas são mais "punks" e eu não tive coragem... Descemos a montanha e visitamos a cidade e meldels você não consegue acreditar em como os Inkas fizeram tudo aquilo naquela altura, é lindo demais. levamos umas 5h na cidade e mesmo assim não deu tempo de ir ao portal do sol e a ponte Inka, por isso recomendo 2 dias. Na saída pegamos nossos casacos (de manhã é frio) no guarda volumes e carimbamos nossos passaportes, bem ao lado do guarda volumes fica uma mesinha com um carimbo bem bacana de Machu Picchu, então não esqueça de levar seu passaporte Descemos a montanha, fizemos um lanche em Águas Calientes e fomos pro trem (expedition) rumo a Cusco novamente, sujos e mortos de cansados, porém maravilhados!! 5º dia - Vale Sagrado Já tínhamos acertado com a mesma agência do 1º dia o tour pelo vale sagrado, custou 70 soles com direito a almoço: 1 - Pisac - um sítio arquelógico onde os Inkas tinham suas plantações e tb possui um cemitério, tem tb o banheiro mais inusitado que já fui e na saída um monte de gente vendendo artesanato super barato, recomendo tb comer o milho que vendem lá, é gostoso e beeemmm maior que o nosso. 2 - Mercado de Pisac - Um mercado de artesanato gigante, tem de tudo, uma coisa mais linda que a outra, tem tb o restaurante no qual você pode comer o cuy (porquinho da india) como se come lagosta, eles ficam todos vivinhos em uma gaiola grandona, você vai lá escolhe, eles matam e cozinham para vc, no thanks, esa nós passamos!! 3 - Parada para o almoço - OMG valeu casa soles que pagamos, restaurante Tunupa, a comida era maravilhosa, o local lindo demais, com um baita quintal dando para o rio Urubamba, incrível!!! 4 -Ollantaytambo - outro templo fenomenal, com coisas indecifráveis, que nem chegou a ser terminado, graças aos espanhóis de novo (malditos)... 5 - Chinchero - Chegamos lá de noite e não fomos ao sítio, o guia nos disse que é no estilo de Pisac, ao invés disso visitamos um local onde processam a lã das alpacas e demais animais da região, tudo artesanal, nada e produtos químicos para tingir, a moça nos deu uma demostração que foi bem humorada e educativa. De volta a Cusco jantamos num restaurante local, comemos um prato muito estranho chamado Chiriuchu, que não agradou, mas vale experimentar. 6º dia - Lima Chegamos a casa de nosso amigo em Lima no bairro Santiago de Surco e por lá ficamos o dia todo, pois estávamos bem cansados, apenas a noite saímos para jantar ali pertinho mesmo, num restaurante chamado Pollito Asado, com o melhor molho pesto que já comi na vida. 7º dia - Lima Acordamos cedo e fomos em direção ao centro histórico de Lima, a cidade é uma loucura, transito maluco, tem de tudo por lá, carro, onibus, minivan, moto, moto transformada em um tipo de carro, só faltou cruzar com um cavalo, pegamos o metrô e assim que descemos na estação descobrimos que era melhor pegar um taxi a partir dali e não ir apê, eram apenas umas quadras, mas infelizmente não era seguro. O taxi e o taxista eram umas figuras, nos deixou em frente ao congresso, dali fomos ao museu do congresso e da inquisição, bem bacana, vale a visita. Saindo de lá fomos em direção a Basilica de San Fracisco, uma catedral onde eram enterradas em catacumbas o povo, o local é lindo, cheio de história, super recomendo. depois de lá seguimos para a Praza Mayor, onde almoçamos (já bem tarde) num restaurante que fica no terraços de um dos prédio que da vista a praça, não lembro o nome, mas a comida estava bem boa, depois disso fomos a Catedral de Lima, outra preciosidade, com catacumbas menores, mas com lindíssimas obras de artes e lá está o corpo (leia-se cabeça) de Pizzaro (o conquistador espanhol). Caminhamos um pouco mais pelo centro da cidade de fomos para casa de nosso amigo, o qual nos levou ao show de reggae no bairro Baranco. 8º dia - Lima Nesse dia acordamos mais tarde, almoçamos e fomos em direção ao bairo Miraflores para visitar Huacca Pucllana, no meio da cidade de Lima, num dos bairros mais chiques você se depara com um sítio arqueológico pré Inka, com uma fascinante história, que nos tomou agradáveis 2 horas. Saindo de lá seguimos em direção a área central de Miraflores, passando por feirinhas artesanais, praças e monumentos, e lá numa agência que tb não lembro o nome compramos nosso tour até Caral, jantamos e voltamos para casa dormir. 9º dia - Caral Cedinho já estávamos prontos para seguir rumo a cidade descoberta a poucos anos chamada Caral, uma das cidades mais antigas no mundo, com pirâmides da mesma idade que as do Egito. Nosso "agente" nos deixou na empresa de ônibus no qual seguimos viagem seguindo pela costa norte do Peru por umas 2h, até chegar em Huaco, cidade mais próxima a Caral, lá uma outra pessoa nos esperava, nos colocou um "táxi" e fomos com o simpático motorista Pedro em direção a Caral por mais ou menos 1h. Caral é um sítio que tem muito a ser explorado ainda, as piramides são bem rudimentares, mas já nos fascinam com sua história, o tour leva em torno de 2h, e vale cada minuto, saindo de lá o nosso amigo Pedro nos esperava para voltarmos, no caminho passamos por Huara, cidadezinha onde San Martins declarou a independência do Peru aos espanhóis, almoçamos/jantamos, e pegamos o ônibus de volta a Lima. 10º dia - Lima Passamos o dia no bairro de Miraflores e a noite fomos ao Paseo de las Águas, muito lindo, são vários chafarrizes, com luzes e diferentes estilosos, formando um circuito de apresentações. 11º dia - Lima - SP - Floripa Tínhamos a manhã para aproveitar Lima então fomos ao museo de Oro, a entrada é um pouco cara, mas vale a pena, além das peças em ouros dos Inkas, mumias e artefatos da várias civilização peruanas, eles possuem uma coleção enorme de armas, espadas, uniformes, enfim tudo quanto é artefato de guera de vários países do mundo, é de ficar com o queixo caído por horas. E como dizia o poeta tudo que é bom dura pouco (e o suficiente para se tornar inesquecível), então lá estávamos nós prontos para voltar, com direito a sagrada conexão em Guarulhos por algumas horas e já acabou-se o que era doce Enfim o Peru é um país riquíssimo em cultura e história, vale cada minuto, isso que nem fomos a Nazca, Arequipa, e todos os outros maravilhosos lugares que o Peru tem a oferecer, mas iremos um dia!!!
  9. Pow demais teu post, muito bom, eu e meu namorado pretendemos ir ao Egito em abril/14 e estamos nos cagando de meu de fazer mochilão, me diz uma coisa fosse quando pra lá? em 2013 mesmo? a gente tava com medo das revoluções, que tens a me dizer quanto a isso? thanks
×
×
  • Criar Novo...