Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

rherr

Membros
  • Total de itens

    30
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

2 Neutra

Sobre rherr

  • Data de Nascimento 18-06-1985

Outras informações

  • Ocupação
    escritor

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Olá Pessoal, Gostaria de compartilhar com vocês, a minha inspiração, que é a Patagônia Argentina, e este livro, que acabo de lançar, sobre uma viagem até essas latitudes. SINOPSE Pouco depois de completar trinta anos e logo após perder o emprego, o jovem jornalista Abel Athayde decide fazer com suas últimas economias, uma viagem à Patagônia Argentina. O livro narra em primeira pessoa suas expedições dentro do Parque Nacional Los Glaciares e aos picos mais conhecidos da região como o Cerro Torre e o Fitz Roy. Ao mesmo tempo, a narrativa é contaminada por longas digressões que expõem os questionamentos do protagonista sobre temas relativos ao sentido da aventura, à espiritualidade, ao sexo feminino, aos encontros e desencontros. O movimento da viagem é usado para a floração de ideias e atitudes na busca do protagonista pela liberdade. Será que ele a encontrou? Para mais informações sobre como adquirir uma versão do livro em papel, acesse: CreateSpace Para uma versão em formato Kindle, acesse: Amazon
  2. Olá pessoal, Gostaria de compartilhar um clássico da literatura de montanha: Os Conquistadores do Inútil, que achei em português na loja Amazon : https://www.amazon.com.br/dp/B01F0HJ0DK
  3. Olá a todos do fórum, Fiz essa postagem com o intuito de divulgar um ebook no qual eu vinha trabalhando nos últimos meses. Inclusive adiantei isso em minhas postagens anteriores, mas que agora, estou feliz de poder apresentar o trabalho. Embora seja uma narrativa em primeira pessoa, o leitor poderá encontrar no texto dicas sobre o sul da Argentina, especialmente no vilarejo de El Chaltén, dentro do Parque Nacional Los Glaciares. É uma história sobre a busca pela liberdade e que pode inspirar a muitas pessoas: Para mais informações, acesse à coleção com trechos do livro, fotografias e video. Link --->Os Glaciares
  4. Compartilho um vídeo que fiz, com uma Gopro Hero 4 pela Patagônia, saindo de Él Chaltén até a Laguna Toro. Decidi manter o precário som da câmera do que embutir qualquer trilha sonora de fundo. Assim não se perde parte fundamental do realismo extremo que essa câmera oferece. link para o vídeo Obrigado!
  5. recomendo a leitura de uma postagem minha, onde falo exatamente sobre isso, acho que todo aventureiro passa por situação parecida, onde seus sonhos não cabem em seus bolsos. O post se chama Sonhos de um aventureiro Obrigado pela leitura!
  6. Eu pessoalmente, não gosto muito das barracas vendidas no Brasil, acho-as cara, em comparação com as que se encontram no ebay, por exemplo. A minha comprei lá, e pesa apenas 1 kg. Como você vai viajar com sua esposa, eu recomendaria essa da Nature Hike, mesma marca da minha, que é pra apenas 1 pessoa, mas no teu caso essa, para 3, para que vc e sua esposa tenham conforto. Posso garantir que essa marca é de excelente qualidade. O tecido dela seca muito rápido após o sereno da noite. Digo isso comparado com uma barraca americana da renomada marca Big Agnes. Uma amiga comprou uma Big Agnes Fly Creek 1 no Canadá, por U$300, e a minha NH de R$200 teve um desempenho superior. Aqui vai minha sugestão no ebay, repare no peso, e no tamanho dela dentro da bolsa original. Faz toda a diferença na hora da caminhada: Lightweight 3 man Family Outdoor Folding Tent Double UV Skin Camping Hiking Trip
  7. tô dentro. se possível, vou acompanhar os roteiros do grupo por aqui, com esse tanto de gente, meu whatsapp não vai parar!
  8. Oi Rachel, estive vendo seu blog. Parabéns pela matéria. Me chamou a atenção você ser membro da RBBV. Fiquei curioso por saber quais são os benefícios que essa rede trás para seu blog. Qual a diferença que da RBBV para a ABBV? Estou pensando em filiar-me alguma entidade dos tipo dessas, mas ainda não tenho certeza quais são os benefícios. Ficaria muito agradecido se você puder compartilhar sua experiência e opinião sobre este tema. Sou novo neste assunto de blogs de viagem. Escrevo no relatosepassagens.wordpress.com onde relato minhas aventuras, focado em montanhismo. Se tiveres alguma sugestão ou crítica, desde já eu agradeço. Muito obrigado!
  9. boa tarde pessoal, meu blog reúne informações sobre a cultura de montanha, dicas de lugares, de livros, manuais, exposição de fotografias, e claro, e meus relatos de viagens por montanhas do Brasil e do Exterior. A foto abaixo tirei na Travessia Petrópolis x Teresópolis, desde do morro da luva, com a vista para a Pedra do Sino e o Garrafão Recentemente dei uma atualizada no layout da página, e gostaria de compartilhar aqui com vocês no fórum. Críticas e sugestões são muito bem vindas, segue o link: Blog Relatos e Passagens Desde já, agradeço sua visita.
  10. Tô muito feliz com a compra que fiz recentemente na loja Aventura & Cia. Comprei um Deuter Orbit -5, com limite de temperatura -23, por incríveis R$386!!!!, comprei para ir a El Chaltén na Argentina, semana que vem (mau posso esperar!). Como moro no Rio de Janeiro, só de entrar no saco, passei mau de calor. Acho que será o suficiente para encarar a Patagônia.
  11. eu realmente não sou a melhor pessoa para indicar pois não fui a esses países. Apenas transmiti as informações de minhas pesquisas, que não serão iguais a das pessoas que estiveram em campo! boa sorte e boa viagem!
  12. Caro Alencar, Vou escrever, pois me identifico com seu questionamento, Nós vivemos numa era pós industrial, onde entre nós e o capital, já não há necessariamente a intermediação de empresas tradicionais. Hoje em dia, é perfeitamente possível almejar uma carreira paralela como fonte de renda alternativa, onde a pessoa faz o que gosta e ao mesmo tempo é remunerada por isso. Dede que me formei na faculdade, fui atrás de projetos que acredito, e consegui vendê-los. Com muito trabalho, é claro, mas consegui o sonho de trabalhar de casa, tocar os projetos daqui, apenas visitando o andamento. Com isso pude juntar dinheiro para fazer as viagens que quero. Não todas ainda, mas estou no processo. Agora embarquei de vez numa onda de auto-publicação, onde escrevo livros sobre minhas viagens e os vendo na Amazon e outros sites. Já tenho algum retorno, modesto, mas animador suficiente para seguir em frente. Tanto que estou escrevendo meu segundo livro, sobre a viagem a qual embarcarei no dia 1 de dezembro, rumo à Patagônia. Claro que, eu tenho uma boa bagagem de leituras e experiências que mais ou menos me credenciam para escrever de acordo com minhas ambições. Mas o aprendizado é um processo continuo. O que quero dizer, é que hoje em dia, todos nós podemos monetizar nossos conhecimentos e experiências pela internet. A produção de conteúdo é um tema muito mas muito atual, por onde sobrevivem empresas como Google e Amazon, por exemplo.Eles dependem de nós e do conteúdo que criamos para fazer dinheiro com publicidade!. Claro que para chegar lá, não basta criar um conteúdo, há uma série de estratégias para alcançar a remuneração. Estudar marketing digital, etc...todo um processo. Os outros comentários citaram a questão do planejamento. Isso é essencial, tal como a questão de saber exatamente o que se quer. Aonde se quer chegar com a tal viagem. Não falo do destino em si, mas de uma viagem com propósito. Na minha opinião, de pouco adianta sair por ai, andando pelas cidades do mundo a fora como que deslumbrado. Esse deslumbramento irá acabar em pouco tempo. O importante é dar um propósito a ela. Gostaria de saber sua opinião sobre um texto que escrevi, chamado Sonhos de um aventureiro, acho que tem muito haver o tema deste tópico. obrigado e boa sorte!
  13. Ainda não fui para nenhum desses países, mas o lugar que mais quero conhecer no Peru é a Cordilheira Huayhuash , perto da cidae de Huaraz . A paisagem, dizem, é o visual mais próximo dos Himalaias que temos aqui na América do Sul. Saca do naipe destes lagos de altitude! Na Bolívia, dizem que a Cordilheira Real vale muito a pena; e no Chile, o roteiro mais clássico, caso não tenha ido, é o Parque Nacional Torres del Paine. Mas este é um destino bem popular. O Chile tem muitos e muitos lugares de montanha por conhecer, fora desse destino mainstream. Eu citaria destinos que estão em minha lista, que é o recente parque nacional Pumalin, por exemplo.
×
×
  • Criar Novo...