Ir para conteúdo

Manoela Crescêncio Pereira

Membros
  • Total de itens

    10
  • Registro em

  • Última visita

Conquistas de Manoela Crescêncio Pereira

Novo Membro

Novo Membro (1/14)

0

Reputação

  1. Que bom que gostou, sou suspeita de falar mas voltei babando com as fotos, rsrs. Gostamos muito das hospedagens que ficamos, tinha os poréns que a maioria dos imóveis de lá tem: pequenos, escadas, banheiros minúsculos. Mas isso não atrapalhou em nada a estadia. As fotos foram muito fiéis sim. Busquei seguir algumas recomendações que postei no meu blog(que não é de viagem, mas acabou entrando lá) http://umcasamentoprajesus.blogspot.com.br/2013/11/viagem-hospedagem-acessivel.html O fato de ter cozinha ajudou muito, até em Veneza que o quarto era em um ap compartilhado foi muito legal(e eu estava meio receosa com isso, rsrs). Qualquer outra dúvida que tiver estou a disposição, abraço Deus abençoe
  2. Dicas úteis: -Se não vai viajar em meses de alta temporada(dezembro, janeiro, junho, julho, agosto) não precisa comprar entradas e reservar transporte adiantado. Vimos poucas filas e me arrependi das vans que reservei antecipado pois em nenhum aeroporto que precisamos tivemos dificuldade de achar taxis e pesquisando percebemos que os preços eram mais em conta. Nossa conta é no BB e só as taxas do cartão internacional encareciam muito essas compras e reservas antecipadas. -Não deixe de ir porque não fala a lingua local e seu inglês é ruim, essa era nossa situação e com calma nos viramos muito bem. -Em Paris se for ficar mais de 3 dias compre um cartão pré-pago para o celular, a internet nos ajudou muito com mapas e traduções simultâneas(compramos na SRF) -Comprinhas realmente não são tão acessíveis, mas deu pra garimpar algumas coisas por preço e qualidade bem melhores do que no Brasil(em Paris gostei muito da loja Pimkie, recomendo) - Não vá em tudo o que os outros dizem que você "tem que ir". Fui enlouquecida pra conhecer o tal Angelina e comer o famoso Mont Blanc, resumo: D E T E S T E I! Nem tudo o que é bom pra um é pro outro, valeu a experiência mas não volto. -Não engesse demais seu roteiro, fique livre pra aproveitar um pouco. Eu acabei exagerando na programação de um dos dias em Paris e no meio de um surto de estresse meu marido precisou me dar um chacoalhão e me mandar relaxar e aproveitar, não consegui ver e fazer tudo o que queria mas isso ja vira um bom motivo pra voltar -Vá ciente de que apesar de toda a propaganda sobre os países europeus eles também tem problemas, lixo no chão, mendigos e pedintes nas ruas, trombadinhas prontos a te roubar se você não ficar esperto. Antes de ir li muitos relatos de viagens frustradas por expectativas muito mais altas do que a realidade, vá com os pés no chão e aproveite o máximo que puder, nas horas de estresse e problemas se lembre que daqui há algumas semanas essas situações vão virar histórias hilárias pros seus amigos rirem de você e com você -Não utilizamos mas por relatos de outras pessoas não recomendamos o aluguel de carro(a não ser que sua viagem seja com esse objetivo, como por exemplo conhecer algumas cidades da Itália apenas). O transporte público dos locais que fomos no geral eram bem eficientes, se dedique em pesquisar como utilizar pra não se perder e estará ótimo Acho que é isso, não vou colocar o total de gastos da viagem porque vai ter gente me criticando que não foi uma viagem economica(confesso que me empolguei nas comprinhas e presentinhos...um ano economizando, eu merecia né? rsrs) mas fico a disposição pra tirar qualquer outra dúvida. Abraços, Manu
  3. 14/03/2014 a 16/03/2014 Roma De Veneza a Roma fomos de trem, compramos as passagens pela Trenitalia, pagamos mais caro do que o comum porque resolvemos nos dar ao luxo de ir de primeira classe, como o trajeto era longo e meu marido esta com o joelho se recuperando optamos pela primeira classe que tem bancos reclináveis(reclinam bem pouco, mas pra mim deu pra dormir confortavelmente, ). Pagamos 139,00 euros PASSEIOS: Neste caso como tínhamos poucos dias fomos no básico também: Panteão, Fontana di Trevi, Coliseu, Foro Romano e Palatino, Museu do Vaticano, Scavi tour(passeio na necrópole achada embaixo do Vaticano aonde "supostamente" esta enterrado Pedro), Basílica de São Pedro. ALIMENTAÇÃO: Como nosso foco eram os passeios não escolhíamos muito aonde iríamos comer, quando batia a fome olhavamos para os lados e o lugar mais simpático(e não tão caro) era o escolhido. Jantamos em um restaurante que nos marcou que foi o "Le Naumachie", uma massa caseira excelente. HOSPEDAGEM: Optamos por uma indicação que eu achei no blog viajando bem e barato, a "Piazzeta al colosseo", é um apartamento de uma brasileira no qual ela aluga dois quartos. Espaço aconchegante, a Adriana é muito receptiva e me ajudou em coisas que nem eram obrigação dela. A hospedagem é muito próxima do Coliseu e só utilizamos o metrô para ir ao Vaticano, o restante foi todo caminhando. Pagamos 180,00 euros por duas diárias com café da manhã incluso. http://viajandobemebarato.com.br/2012/04/piazzetta-al-colosseu-uma-otima-opcao.html
  4. 13/03/2014 a 14/03/2014 Veneza Tivemos uma passagem rápida por Veneza pra matar a curiosidade de conhece-la. Fomos de Paris a Veneza de avião pela Easyjet(não me recordo o valor e não encontrei anotado em lugar nenhum, como dica posso dizer pra comprar bagagem extra antecipado na compra das passagens. O limite de peso e tamanhos de bagagem da Easyjet é bem miserável e comprar na hora é uma fortuna, compramos 2 pra garantir e não passamos trabalho). Do aeroporto até a ilha fomos com a Alilaguna, péssima primeira impressão de Veneza, era meio da tarde, o sol estava a pino e o cheiro não era nada agradável. Levamos quase 1 hora e meia até chegar na ilha saculejando naquele barco, mas pra quem quer economizar é o jeito. PASSEIOS: Não fizemos nada de extraordinário, só andamos observando tudo aquilo, aos pouquinhos a primeira má impressão foi indo embora. Fomos a Piazza de San Marco, Ponte Rialto e fizemos o passeio de gondola por 60 euros choradinhos. ALIMENTAÇÃO: Nossa passagem foi bem rápida, mas aqui foi aonde comemos a melhor pizza da nossa vida. O local se chama Rossopomodoro. Nossa hospedagem disponibilizava café da manhã então foi um gasto a menos. HOSPEDAGEM: Utilizamos novamente o Airbnb e também adoramos. O único ponto a desejar são os dois lances de escada, o que pra quem esta de mochila não é nenhum problema. Esse não era um studio e sim um quarto alugado em um apartamento, mesmo assim não tivemos problemas, tudo muito organizado. O gasto foi de 77,00 euros a diária. https://www.airbnb.com.br/rooms/1151286 .
  5. Como eu consegui várias informações que me ajudaram aqui no site, sinto a necessidade de compartilhar um pouco da nossa viagem pra ajudar outras pessoas também. Não somos experientes, essa foi nossa primeira viagem internacional mas creio que em alguma coisa poderemos colaborar. Conseguimos realizar esse sonho graças ao "erro" da Ibéria, compramos nossas passagens com 9 meses de antecedência por 1700,00 reais ida e volta pra Roma para os dois(isso mesmo, os dois incluindo as taxas). Viajamos apenas nós dois, eu e meu marido. Vou resumir a viagem buscando filtrar o que poderá ser de utilidade pra vocês: 08/03/2014 a 13/03/2014 (Paris) PASSEIOS: Fizemos um roteiro bem enxuto buscando os principais pontos turísticos que conseguiríamos visitar sem muita correria, meu marido alguns meses antes da viagem precisou operar o joelho então não queríamos arriscar e curtimos tudo bem devagar. Nesses dias fizemos: Louvre, Catedral de Notre Dame, Museu das armas, Torre Eiffel(subida ao topo), Arco do Triunfo, Jardin des tuileries, Disney Paris(tivemos que escolher entre Versailles e a Disney, para nós nessa primeira visita prevaleceu a Disney), Ponte Neuf, Passeio de barco no Rio Sena. Os gastos foram conforme o preço padrão das entradas, ganhamos as entradas da Disney de Natal o que ajudou muito Comprei antecipado a entrada do Louvre(não foi vantajoso pra mim porque iívemos que trocar o ticket online e no domingo eu não encontrava lugar nenhum aberto pra trocar, isso acabou atrasando nosso planejamento. O ticket da Torre sim valeu a pena e nos fez furar uma bela fila) ALIMENTAÇÃO: Confesso que não comemos em nenhum lugar extraordinário, então não tenho muitas indicações sobre alimentação(a não ser o famosíssimo crepe de Nutella, comemos de Nutella com morango, imperdível) . Não consegui fazer os registros diários mas conseguímos gastar em média 50 - 70 euros com alimentação por dia para os dois. Algumas refeições fazíamos em casa pra economizar, alugamos um Studio com cozinha e comprávamos comida congelada no Picard e outras coisinhas em mercados como Monoprix e Franprix. HOSPEDAGEM: Alugamos um studio pelo Airbnb, super indico! No Marais, bairro bem movimentado de segunda a segunda. Não tivemos problema nenhum, mas vá ciente de que ele é realmente pequeno. Pagamos 476,00 euros por 5 diárias. https://www.airbnb.com.br/rooms/343648 E-SESSION: Eu sei que uma viagem econômica não deveria incluir uma sessão de fotos, mas era algo que eu queria muito e super indico ter esse gasto extra pra ter um ótimo registro da sua viagem. O fotógrafo foi o Filipe Xavier, além de fotógrafo foi nosso guia e nos deu muitas dicas sobre a cidade e explicações de fatos históricos dos locais que passamos. Ele é bem flexível, tem pacotes mais em conta e nada como conversar em português depois de se enrolar muito no francês
  6. Como vamos ficar poucos dias estamos nos programando pro básico sem muita correria, no geral as dicas peguei daqui e de alguns blog(entre os principais o tão conhecido conexão paris). Ler todos os artigos do Conexão Paris é a melhor dica que posso te dar, rsrs. Pra Paris tem muita informação lá! E outra dica básica é pesquisar todos os possíveis golpes em Paris pra buscar evita-los(anel, pulseirinha, dicas pra evitar deixar seu dinheiro e cartões acessíveis a batedores de carteiras...). E como vocês ainda não decidiram qual outro país irão visitar não posso lhe dar outros conselhos, acabamos colocando Roma no roteiro porque a promoção era indo e vindo por lá, e eu também tenho o sonho de conhecer Veneza então vamos aproveitar o caminho e passar um dia lá. Mas outra boa opção de Paris é ir a Londres, tem acesso fácil de trem e muitas pessoas elogiam mais do que Paris. Em Paris optamos por ficar em apartamento pois além da localização e preço tem cozinha, estamos planejando economizar nos jantares comprando comida congelada no Picard! Vale a pena pesquisar, os jantares costumam ser caros em Paris e eu quero economizar pra fazer um ensaio fotográfico com um fotógrafo brasileiro que reside lá (Filipe Xavier). Não sei se um dia voltarei lá então quero belos registros dessas férias =) Qualquer dúvida é só perguntar! Manu
  7. Estou me esforçando nas pesquisas, mas se sou boa nisso só vou saber quando voltar de viagem e tiver dado tudo certo, rsrs. Ainda estou com um friozinho na barriga de medo e ansiedade. Então, ja fechamos hospedagem sim. Em Paris e Veneza locamos pelo Airbnb, vi alguns comentários negativos mas a maioria positivo e a diferença de preço para hotéis é gritante. Em Roma reservamos um B&B de uma brasileira que fica próximo ao Coliseu. Seguem links: Paris - https://www.airbnb.com.br/rooms/343648 Veneza - https://www.airbnb.com.br/rooms/1151286 Roma - http://viajandobemebarato.com.br/2012/04/piazzetta-al-colosseu-uma-otima-opcao.html Qualquer outra dúvida estou a disposição, ja estamos com roteiro montado e a maioria dos passeios reservados(compramos tickets da torre eiffel, louvre, passagens de low cost e trem, entrada da Disney Paris, curso de macarrons em Paris reservado). Deus abençoe! Manu
  8. Não desanima não Pri, se conseguirem ir na primavera ok, senão aproveitem o inverno, o frio rigoroso ja vai ter passado. Tem várias dicas nos blogs, da pra comprar umas blusinhas básicas térmicas pra não ter que andar entulhada de roupa, os locais fechados são todos climatizados e dizem que pra caminhar nessa época é melhor que o verão. No verão dizem que o calor costuma ser insuportável. Flavio, depende muito. No meu caso peguei uma barbada pela Ibéria(ok, não é a melhor companhia do mundo mas pelo preço não da pra exigir muito luxo). Pagamos 1700,00 o casal ida e volta. No momento os preços estão mais salgados, acompanhe as promoções pelo http://www.melhoresdestinos.com.br/ Fiquei dois meses olhando diariamente até que encontrei essa, geralmente os valores de promoção normal são entre 1200,00 - 1500,00 por pessoa. Abraço
  9. Que pena, estaremos indo no dia 07/03 e voltamos dia 17/03. Só conseguimos conciliar essa data com as nossas férias e não dava pra perder aquela promoção né,hehe. Abraço
  10. Oi Pri, eu e meu marido também estamos planejando uma viagem para essas cidades no inicio de março. Será nossa primeira vez na Europa então não tenho uma experiência pessoal pra compartilhar. Mas pelo que pesquisei ainda é um mês frio, tanto que em março desse ano teve dias que até nevou em Paris. Segundo um artigo do Conexão Paris o clima em março é de em média 7.8 °c Como é a única época que poderíamos resolvemos encarar, mas se pudesse escolher iria na primavera, entre maio e junho. Espero ter ajudado, abraço.
×
×
  • Criar Novo...