Ir para conteúdo

Adrianajapa

Membros
  • Total de itens

    17
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que Adrianajapa postou

  1. Parabéns pelo relato Felipe! Essa viagem foi incrível ne? Você acha que gastou mais ou menos quanto sem a passagem daqui pra lá? Uns US$1000 ?
  2. Olá pessoal! Fui com duas amigas para mais um mochilão e o destino escolhido dessa vez foi a incrível Cuba. Ficamos quase 18 dias lá e só posso dizer que Cuba é uma país único e valeu muito a pena conhecê-la. Fui para Cuba com 3 amigas e ficamos do dia 15/12 a 03/01, no caso só eu e a Camila, pois a Ana chegou dia 16/12 e foi embora dia 02/01. Nosso roteiro ficou da seguinte forma: 15/dez Havana 16/dez Havana 17/dez Havana - Playa Giron 18/dez Playa Giron-Cienfuegos 19/dez Cienfuegos 20/dez Cienfuegos-Trinidad 21/dez Trinidad 22/dez Trinidad 23/dez Trinidad - Santa Clara - Remédios 24/dez Remédios - Cayo las Brujas 25/dez Remédios - Cayo Sta Maria 26/dez Remédios - Varadeiro 27/dez Varadeiro 28/dez Cayo Largo 29/dez Cayo Largo - Havana 30/dez Havana 31/dez Havana 01/jan Havana 02/jan Havana 03/jan Havana - Lima 04/jan Lima - São Paulo Pagamos na passagem da LATAM R$2500 com taxas e com escala em Lima. Na ida foram apenas 2 horas e na volta quase 15 horas, então optamos em pegar um hostel próximo ao aeroporto para dormir. Alguma dicas importantes: - Leve sempre papel higiênico para onde for. Há nas casas/hotéis, mas em restaurantes e bares é bem difícil; - Levamos 1200EUR e pelo que pesquisamos era a melhor opção, mas chegando em Havana vimos que o dólar canadense estava melhor cotado até que a libra; - Cuba é um país extremamente seguro, apesar do grande assédio dos cubanos principalmente com mulheres; - A comida é bem parecida com a nossa, com arroz, feijão, salada, sucos naturais e frutas. Não tive nenhum problema quanto a isso; - Tente sempre viajar de uma cidade a outra por meio de táxis. Compensa bem mais que ir de ônibus. 15/12 - SP - Havana Nosso voo chegou em Havana por volta das 18:30. O aeroporto é uma loucura de desorganizado e quente. Tem tanta gente transportando "muambas"de um lado para o outro que o ar condicionado não deve fazer efeito. Esperamos nossas mochilas por quase uma hora. Trocamos 60EUR e a cotação não estava muito boa 1EUR x 1,015CUC. Pegamos um taxi até a casa do Oscar, que estava nos esperando em frente. Super recomendo essa casa, pois é bem localizada, com ótimo café da manhã, preço justo e pela atenção do Oscar e da senhora que trabalha lá. Fomos jantar no restaurante Nardos, que é maravilhoso, e depois voltamos para casa para descansar. Taxi aeroporto ao Centro Havana - 30CUC (dividido em 2) Restaurante Los Nardos (entrada, camarão e uma jarra de piña colada) 15CUC 2 diárias - 22,50CUC 2 café da manhã - 6CUC 16/12 - Havana Nesse dia tínhamos que esperar nossa amiga Ana chegar. Fomos a casa de câmbio lá perto e tinha uma fila enorme. A cotação ainda estava ruim 1,007CUC e depois pegamos um taxi coletivo até a Via Azul para tentar comprar a passagem até a Playa Giron. Ficamos uma hora na fila e naquele caos e não havia mais passagem disponível para os próximos dois dias. Em frente ao terminal, ficam vários taxistas e combinamos com ele de nos levar até lá! Foi a melhor coisa que fizemos, pois ele nos buscou em casa e nos deixou na outra casa. Taxi coletivo idade e volta - 1CUC Almoço na cafeteria ao lado do terminal (agua, cerveja e spaghetti)- 7CUC 1 cerveja Presidente (recomendo) enquanto esperávamos a Ana - 2CUC Jantar (pizza e refrigerante) - 7CUC 17/12 - Playa Giron O motorista estava em frente a casa uns 15 minutos antes do horário combinado e foi a nossa primeira experiência em um carro antigo. Adoramos! A viagem foi tranquila e levou umas 2 horas. A casa escolhida foi da Ivette & Ronel e super recomendo. O pessoal que trabalha lá é super prestativo e a Ivette uma fofa! Fomos ao museu Giron, onde é possível conhecer a história da batalha contra os mercenários e o importante papel de Che em Cuba. Aproveitamos e fechamos um taxi a Cienfuegos para o dia seguinte. Taxi a Playa Giron - 90CUC (dividido em 3) Almoço (frango e suco) - 8CUC Entrada museu Giron - 2CUC 1 diaria na casa + janta (lagosta) + café da manhã + 2 cervejas + 1 agua - 35CUC 18/12 - Playa Giron- Cienfuegos Tomamos café na casa e pegamos o transporte gratuito que passa na frente da casa rumo a Punta Perdiz. Conseguimos esse transporte porque o Ronel é instrutor de mergulho e trabalha em Punta. Ficamos até meio dia na praia, que e maravilhosa e depois voltamos para casa, pois iríamos a Cienfuegos ainda. O taxi chegou uns 20 minutos antes do horário combinado e era mais um carrão antigo! A viagem até Cienfuegos durou umas 2 horas. Chegando lá fomos conhecer a cidade e andamos até Punta Gorda. Cerveja - 1CUC Ônibus volta Punta Perdiz a casa - 1CUC Taxi Giron a Cienfuegos - 40CUC (dividido em 3) 2 diárias + 2 café da manhã + 1 cerveja - 28CUC 1 cerveja + 1 piña colada - 6CUC 19/12 - Cienfuegos Há muitas coisas para fazer ao redor da cidade e optamos por conhecer a praia Rancho Luna. Pegamos o guagua (transporte local deles) e parecíamos sardinhas enlatadas de tão cheio. Valeu a experiência! hehe Almoçamos num restaurante que tem ali na praia mesmo e depois pegamos um taxi até o ferry boat que nos deixou próximo a casa onde estávamos. É legal pegar esse ferry para admirar toda a baía. A noite andamos mais pela cidade, que é uma gracinha! Guagua ao Rancho Luna - 1CUC Agua - 1CUC Almoço (peixe e suco) - 9CUC Ferry boat - 1CUC 20/12 - Trinidad O taxi passou na casa na hora combinada e partimos a Trinidad. A cidade e muito parecida com Paraty, com as ruas de paralelepípedo e muito turista. Ficamos na casa Sur e não recomendo. Chegamos lá o quarto ainda não estava pronto café da manhã bem fraquinho e a dona nunca estava lá, mas pelo menos era bem localizada. Nesse dia aproveitamos para andar pela cidade e conectar a internet. As praças que possuem o ponto de wi-fi sempre são super lotadas e a conexão fica bem lenta. Descobrimos um ótimo lugar que vendia mini pizza e que era frequentado pelos cubanos. Fomos lá todos os dias! Jantamos no restaurante La Taberna e super recomendo. Há ótimas opções de pratos, lanches, pizzas a um preço muito bom e tudo delicioso. Taxi Cienfuegos a Trinidad - 35CUC (dividido em 3) Mini Pizza - 0,30CUC Agua + cerveja + sorvete - 3,10CUC Jantar (spaghetti + refri) - 6CUC Cartão de internet 5 horas - 7,50CUC 3 diárias Casa Sur - 30CUC 1 café da manhã - 5CUC 21/12 - Trinidad Hoje foi dia de praia. Pegamos um taxi conversível até a Playa Ancon e passamos o dia lá. A praia é uma delícia e a mais próxima da cidade, então todos vão para lá, mas mesmo assim não estava tão cheia. Alugamos espreguiçadeiras e ficamos de boa curtindo a praia. A noite fomos conhecer a tal balada na caverna. Fomos caminhando até lá e na verdade apenas o teto era de caverna. Foi divertido, pois bebemos cuba libre e tava cheio de turistas e alguns nativos, que queriam nos puxar para dançar. Taxi ida e volta a Playa Ancon - 16CUC (divido em 3) Espreguiçadeira - 2CUC Cerveja - 2CUC Sorvete - 1,75CUC Entrada balada - 5CUC Bebidas - 12CUC 22/12 - Trinidad Optamos em fazer os passeios ao redor da cidade pois estávamos economizando para Cayo Largo e não nos interessamos por nenhum. Fomos novamente a Playa Ancon só relaxando e depois ficamos pela cidade mesmo. A noite fomos em um restaurante horrível, onde o atendimento era demorado e a comida sem graça. Ele se chama Sabor Tropical. Café da manhã (baguete com queijo, suco e agua) - 5,65CUC Mini pizza + refrigerante - 0,85CUC Sorvete + agua + salgadinho - 4,65CUC Jantar (spaguethi) - 8CUC 23/12 - Santa Clara - Remédios Incluímos Remédios no roteiro por conta da festa típica que acontece na cidade no dia 24/12 chamada Parrandas. Devido a morte de Fidel em novembro de 2016, a festa foi adiada para o dia 07/01/17, porém fui avisada quando já estava em Cuba e não tinha mais tempo para remanejar o roteiro o optamos por deixá-la. Saíamos de Trinidad de manhã e no caminho paramos em Santa Clara, cidade onde há o monumento de Che e o museu. A entrada é gratuita e e necessário guardar as coisa no guarda-volumes. Vale a pena essa parada lá! Seguimos a Remédios e nos hospedamos na casa da Dona Ada. Ela é incrível e mantínhamos contato desde quando estava no Brasil. Na verdade não encontrei a casa dela cadastrada nos sites e foi recomendação de uma outra senhora que já estava com a casa cheia. Nesse dia caminhamos pela cidade e almoçamos num restaurante/cafeteria horrível chamado Louvre. Minhas amigas comeram hambúrguer em que a carne estava cheia de nervos, fora a demora! Café da manhã (pão com queijo e suco de manga) - 2,50CUC Taxi de Trinidad a Santa Clara e Remédios - 25CUC (por pessoa) Água museu - 1CUC 3 diárias casa Ada - 30CUC Almoço (espaguete + refri) - 3,50CUC Lembrancinhas - 11CUC Janta (frango, suco e refri) - 7CUC 24/12 - Cayo las Brujas (Remédios) Fechamos o taxi com o marido da D. Ada e ele nos levou até Cayo Las Brujas em seu lindo Ford 1928. O trajeto leva mais ou menos uma hora e precisa pagar para entrar, pois ficamos nas dependências de um hotel e é possível consumir parte da entrada no restaurante. A praia é bonita, mas o mar estava muito agitado e ventava bastante. Almoçamos no restaurante e infelizmente vinha pouca comida! Estávamos acostumadas com a fartura dos outros restaurantes! hehehe o marido da D. Ada nos buscou lá no fim da tarde e jantamos na casa deles nessa noite. Café da manhã na casa - 4CUC Taxi ida e volta Cayo las Brujas - 30CUC (dividido em 3) Entrada praia - 15CUC (consuma 12CUC) Jantar na casa (uma fartura com frano, porco, salada, bolinho e pudim) - 10CUC 25/12 - Playa La Terraza (Remédios) Choveu a madrugada inteira e amanheceu chovendo muito. Ficamos na duvida se iríamos a praia ou não, pois era distante de lá e resolvemos arriscar. Dessa vez fomos em outra praia. O marido da D. Ada explicou que era um empreendimento novo e que ainda não havia nome e todos chamavam de La Terraza. Pagamos 5CUC por pessoa para entrar o que nos dava direito a um drink e as espreguiçadeiras. As dependências de lá eram ótimas com restaurante, cafeteria, lojinhas e uma slão de jogos com pista de boliche e mesa de bilhar. Gostamos bastante dessa praia! Passamos o dia lá e depois o marido da D. Ada foi nos buscar. Jantamos na cidade e depois ficamos sentadas na praça onde tudo acontece! Taxi ida e volta a Playa la Terraza - 30CUC (dividido em 3) Entrada praia - 5CUC Almoço (frango, fritas, banana frita e refri) - 10CUC Água - 1CUC 1 hora de bilhar - 5CUC (dividido em 3) Jantar (camarão e refri) - 8,50CUC 26/12 - Varadero Dia de se despedir da família maravilhosa da Ada e partir para Varadero. A viagem até lá durou cerca de 4 horas, onde o taxista supostamente levou a amante e a filha dela! hahaha a menina foi o caminho inteiro brincando com a Camis e a Ana no banco de trás enquanto fui na frente com o "casal". Ficamos na casa Mercy e super recomendo, pois é uma casa só para nós com cozinha e sala. A dona é muito gente boa (não lembro o nome dela) só a localização não era muito boa e ficava um pouco longe do "centro". Varadero não tem a cara de Cuba! Pelo menos foi o que achamos, pois é tudo tão moderninho lá que acaba perdendo o pouco do charme, mas gostamos bastante da praia. Achei que a água seria ok, mas estava mais bonita que muitas outras que fomos. Procuramos um lugar para almoçar e encontramos um restaurante simples. Eu pedi o meu frango de sempre e as meninas uma carne de porco recheada com presunto e queijo, que diga-se de passagem não estava com uma cara muito boa. Fomos na Cubatur e fechamos um pacote para Cayo Largo com uma diária, que era nossa vontade desde o Brasil mas estava difícil conseguir informações. Passamos no mercado e compramos coisas para o café da manhã e janta, já que estávamos pobres por conta de Cayo Largo. A cena engraçada ficou por conta do cara que vendia pão e passava de bicicleta apitando. Estava no banheiro e minhas amigam entendem pouco de espanhol e a dona da casa começou a falar rápido com elas e óbvio que não entenderam nada. Fui lá pra fora e cada uma tava numa ponta da rua esperando o moço do pão. De repente ele apareceu do outro lado e saímos correndo. Ele pegou 6 pães (parecia de hambúrguer) e nos entregou nas nossas mãos. heheh Taxi Remédios a Varadero - 30CUC (por pessoa) Almoço (frango frito)- 4CUC Mercado (queijo, macarrão, molho, atum e refri) - 14CUC (dividido em 3) 6 pães - 1CUC Pacote Cayo Largo 1 diária (all inclusive) - 280CUC 27/12 - Varadero Estava previsto para ficar mais dois dias em Varadero, mas devido a Cayo Largo alteramos com a dona da casa e foi sem problemas. Aproveitamos o dia para curtir a ótima praia ali pertinho. Aí começou o pesadelo da Ana e começou a passar mal, vomitando e com diarreia, bem na véspera de Cayo Largo. Temos quase certeza que foi aquela carne de porco estranha que não caiu bem. Elas também não se adaptaram a água de garrafa de lá e mal bebiam. A noite a Ana tinha melhorado um pouco e fomos caminhando (uns 35 minutos) até o ponto de wi-fi e ficamos um tempo por lá, mas a Ana começou a se sentir mal e voltamos para casa até porque o voo para Cayo Largo era super cedo. 2 águas e 1 refri - 2,55CUC 4 pães - 0,50CUC Cartão internet (1 hora) - 2CUC Taxi volta ponto de wi-fi (calle 54) - 5CUC (dividido em 3) 28/12 - Cayo Largo Saímos cedinho ao ponto de encontro onde o ônibus nos encontraria e nos deixaria no aeroporto. O voo saiu por volta das 9:00 e leva uns 45 minutos até Cayo Largo. Ficamos hospedadas no Hotel Iberostar Playa Blanca e não gostei muito. A comida era ruim, o pessoal da recepção bem perdidos e a piscina parecia que tava descolando do chão. Chegamos lá e conseguimos aproveitar o café da manhã e depois fomos a tão famosa Playa Sirena. Confesso que a minha expectativa x realidade estava altíssima e acabei me decepcionando um pouco. As fotos ficaram lindas, mas dentro do mar não era nada demais. Acho que é porque conheço San Blás e San Andrés e meu nível de exigência aumenta um pouco, mas para quem nunca foi nesses lugares vai adorar. Ficamos lá até umas 15:00 e voltamos para o hotel de ônibus. A noite eu e Camis assistimos algumas apresentações que estavam acontecendo no hotel e a Ana um pouco melhor, foi dormir. Gorjeta ao carregador do hotel - 2CUC Cartão internet (1 hora) - 1CUC 29/12 - Cayo Largo - Havana Aproveitamos esse dia para desfrutar das dependências do hotel, já que não achamos a Playa Sirena tão espetacular assim. Ficamos na piscina e tomamos muita piña colada e almoçamos por lá. Para almoçar no restaurante mais legalzinho somente com reserva no dia anterior e almoçamos no self-service em que a comida era bem ruinzinha. Fizemos o check-out por volta do meio dia e deixamos nossos mochilões na recepção e continuamos aproveitando o hotel e depois eles nos cederam um quarto para tomar banho. Esperamos o ônibus nos buscar por quase uma hora e o rapaz da recepção ligou para eles e simplesmente esqueceram de nos buscar. Que beleza! Eles passaram em menos de 10 minutos e nos deixaram no aeroporto. O voo de volto teve muito mais turbulência do que na ida. Chegamos em Varadero por volta das 18:30 e havíamos combinado com um taxista para nos buscar as 19:30 pelo preço de 80CUC. Esperamos até o horário e nada dele aparecer! Tentamos pegar um táxi, mas estavam todos cheios e fui negociar uma van que estava indo a Havana. O motorista disse que cobraria 30CUC por pessoa e achei caro. Nisso a Ana estava negociando com outro cara e ele cobrou 20CUC por pessoa, mas era com a mesma van que negociei. Achei estranho, mas fomos! Havia umas 11 pessoas desconfortáveis na van e a viagem deve ter durado quase 3 horas (não me lembro). Na hora de deixar as pessoas, percebi que estava acontecendo algo em relação ao pagamento e tinha certeza que o cara estava cobrando 30CUC e não 20CUC. Agora vem a confusão! Ele nos deixou na casa do Oscar e pagamos 60CUC pelas 3 e ele disse que era 90CUC e que ele havia me falado esse preço. Ele me falou e eu não concordei e outro cara falou para Ana que era 20CUC e por isso fui com ele. O motorista e a Ana começaram a discutir e ele ameaçou chamar a polícia e ela disse que ele poderia chamar. A viatura chegou em menos de 10 minutos e ele contou a sua versão a eles e nós contamos a nossa. O engraçado é que havia um casal de poloneses e ele cobrou 20CUC de cada. Por que?? Só Deus e o motorista que sabem! Ficamos ali discutindo por pelo menos 20 minutos e fomos a atração da rua do centro de Havana! Após muita discussão, chegamos a um acordo! Eu e a Camis pagaríamos 30CUC e a Ana 20CUC. Que confusão! E ainda perdemos a oportunidade de ir a delegacia de Havana! hahaha Cartão internet (1 hora) - 2CUC Van zoada de Varadero a Havana - 30CUC 30/12 - Havana Agora sim teríamos tempo para conhecer Havana! Como estávamos no centro dela, conhecemos grande parte da cidade caminhando. Fomos até o Museu da Revolução e ficamos um bom tempinho conhecendo mais sobre sua história e a importância dela aos cubanos. Depois caminhamos pela Havana Vieja e achamos um restaurante legalzinho pra almoçar e para alegria da Ana, havia água importada e ela conseguiu beber! 5 diárias - 50CUC Café da manhã na casa - 3CUC Museu da Revolução - 8CUC Almoço - 10CUC Mini pizza - 0,50CUC Sorvete - 0,30CUC Jantar - 10CUC 31/12 - Havana Nosso objetivo era conhecer o museu do rum, mas ele estava fechado devido ao ano novo e ficamos no Havana Club ao lado assistindo as apresentações. Depois caminhamos mais um pouco e descobrimos um bar/restaurante que servia torre de chopp. Óbvio que paramos e tomamos uma, pois fazia muito calor nesse dia. Andamos bastante pela Orla de Havana (Vedado) e fomos até a famosa sorveteria Copélia, que ao meu ver, não é nada demais. Descobrimos um lugar ali próximo que vendia cachorro quente a 0,50CUC e foi o nosso almoço do dia. Antes de voltar para casa, decidimos jantar, pois a maioria dos restaurantes fechariam para a "ceia" e era preço fechado por no mínimo 50CUC. Comemos um camarão e depois voltamos para casa. Por volta das 23:00 saímos para procurar algum bar para passar a virada mas a maioria estava cobrando o preço fechado. Encontramos um que não cobrava e havia lugares ainda. Pedimos uma garrafa de vinho e não comemos nada. Quando o relógio marcou meia-noite, todos se levantaram para os cumprimentos e aguardávamos alguns fogos, quando de repente ouvimos um grande estrondo ecoando e eram tiros de canhão!!!! OMG! Uma moça que trabalhava no aeroporto em Varadero havia me falado que diariamente as 21:00 aconteciam esses tais tiros e queríamos muito ver. Eis que fomos surpreendida com essa agradável surpresa! Não poderia ter sido melhor! Para comemorar mais, pedimos mais uma garrafa de vinho e na volta paramos para comprar uma pizza baratinha. Café da manhã na casa - 3CUC Chocolate para beber - 1,15CUC Torre de chopp Plaza Vieja - 12CUC (dividido em 3) Sorvete Copélia - 2,70CUC Jantar (camarão) - 11CUC 2 garrafas de vinho chileno - 57CUC (dividido em 3) Pizza + refri - 2,50CUC 01/01 - Havana Por ser feriado, muitas atrações estavam fechadas e optamos por pegar um táxi coletivo ate a Plaza de la Revolución. Vimos essa praça quando estávamos indo do aeroporto ao centro. Lá há uma imagem do Che e Fidel. Chegando lá um guarda nos informou que no dia seguinte ocorreria um desfile em comemoração a revolução, em que milhares de cubanos costumavam participar. Na volta optamos por ir andando e conhecer mais um pouco desse pedaço da cidade. Foi uma caminhada e tanto! Cafe da manha na casa - 3CUC Táxi coletivo - 1CUC 2 cachorros-quentes + 1 refrigerante - 1,50CUC 1 agua 500ml - 1CUC 1 agua 1500ml + 1 cerveja - 2,65CUC 1 pizza + 1 refrigerante - 2,50CUC 3 charutos - 13CUC 02/01 - Havana Acordamos bem cedo e fomos caminhando até a Plaza. Foi quase uma hora de caminhada, mas o guarda nos informou o horário errado e chegamos quase no final. Vimos muitas pessoas fardadas e muitas carregando a bandeira de Cuba ou com o rosto de Fidel. Quase fomos atropeladas por uma, já que entramos no meio da multidão. Voltamos para casa andando e a Ana terminou de arrumar as coisas dela, pois ela voltaria ao Brasil antes de nós. Não estava me sentindo muito bem, com dores no corpo e uma moleza, mas nada que me impedisse de fazer as coisas. O táxi pegou a Ana e fomos almoçar. Depois descansamos, pois me sentia muito cansada! Andamos mais um pouco por Havana Vieja e comemos algo a noite. Café da manhã na casa - 3CUC Chocolate para beber - 1,60CUC Almoço (frango, refrigerante e sorvete) - 5CUC Agua 1500ml - 2CUC Garrafa rum pequena - 2CUC 03/01 - Havana - Lima Acordei muito mais muito mal. Estava com febre e certeza que era gripe. A senhora que trabalhava na casa me deu uns remédios e disse que iria expelir a febre. Fui com a Camis comprar mais algumas lembrancinhas e comecei a transpirar demais a ponto da minha blusinha ficar toda molhada! Bendito remédio milagroso! hehehe cheguei na casa e corri pro banho e melhorei 80% do que estava. Terminamos de arrumar as coisas, almoçamos e o taxista nos buscou no horário combinado. No aeroporto filas como sempre! Fila na LATAM, no raio x e na imigração. O nosso voo saiu no horário certinho! Adios Cuba! Chegamos em Lima quase as 22:00 e não precisamos pegar nossos mochilões. Fiz a burrada de trocar dólares por sol, pois o taxi e o hostel aceitam dólar. O hostel era tão perto do aeroporto que era possível ir andando. Ficamos no B&B Cusing Wasi e pegamos um quarto duplo e era super confortável, com uma cama boa, chuveiro bom e internet rápida! Capotamos! Café da manhã na casa - 3CUC Táxi Casa Oscar ao aeroporto - 25CUC (dividido em 2) Táxi Aeroporto Lima ao Hostel - 12USD 1 diária quarto duplo - 30USD 04/01 - Lima - São Paulo Tomamos café da manhã com pão, manteiga, queijo, ovos, suco de laranja natural, café e leite. Caminhamos cerca de 15 minutos até o aeroporto e aguardamos o nosso voo. O serviço de bordo estava ótimo com canelone de ricota e um bolo gostoso com recheio de doce de leite. Creio que os aviões da TAM sejam melhores que da LAN, pois havia monitor individual e a Ana que voo de LAN não tinha e serviram um sanduíche zoado. Fizemos um voo tranquilo e chegamos em GRU no horário previsto! FIM de mais uma trip e até a próxima!
  3. Indico o Once in Cape Town. Ele é bem localizado e muito bom também!
  4. Olá Virginia, Você vai adorar Cape Town! Feche no hostel que fiquei mesmo! Jà fechou a estadia? Beijos
  5. Oi Lucas, Acho que você pode ficar menos tempo em Joanesburgo! Queria ter ficado mais tempo em Cape Town! Menos dias na Zâmbia também, pois o mais interessante para se visitar são as cataratas de Victoria Falls. Está planejando ir para quais países?
  6. Desculpe a demora Clara! Viajar pela Africa não é nada barato! Levei US$2000 e tive que sacar mais uns US$600, mas isso porque compramos uma passagem para Victoria Falls que não estava programada!
  7. Obrigada Rodrigo! A viagem foi sensacional mesmo! Cada segundo valeu a pena naquele paraíso! E ainda faltam alguns dias do meu relato para escrever! Rsrs Abraços!
  8. Oi Rafa, Um dia só para as cataratas está perfeito! Não precisa mais que isso não! Só não esqueça de comprar a capa de chuva! Rsrs Abraços
  9. Notebook devidamente arrumado! hehe 7º Dia - Gold Reef e Museu do Apartheid Fechamos no hostel mesmo o transporte até o parque por ZAR150 para duas pessoas. Passamos a parte da manhã no parque de diversões Gold Reef. É um parque sem grandes brinquedos, mas vale a pena conhecer. Para quem já foi ao Hopi Hari daqui de São Paulo, você não perderá nada. A tarde fomos ao museu do Apartheid, que fica ao lado do parque. O museu é muito grande e vale muito a pena, pois lá conhecemos a história de anos e anos de apartheid e o incrível trabalho de Nelson Mandela. É proibido tirar fotos no interior; A entrada custa ZAR70. Chegando a noite, ainda estávamos decidindo a melhor forma de chegar em Victoria Falls, no Zimbábue. O voo estava um pouco caro e por terra seria muito exaustivo. Optamos em pagar ZAR3998 cada para um voo de ida e volta, pois assim otimizaríamos o nosso tempo. 8º Dia - Victoria Falls - Zimbábue A dona da pousada nos deixou no aeroporto por ZAR460, mas antes passamos no shopping para comprar a nossa passagem. Voamos a Victoria de Falls pela Air Zimbábue, a pior companhia aérea que já voei. No aeroporto em Joanesburgo não havia ninguém para fazer o nosso check-in e demorou mais de meia hora para aparecer alguém. Assim que apareceu, ficamos mais uns 20 minutos para o funcionário conseguir fazê-lo. O voo foi horrível e estava passando mal quando aterrissou. A moeda que eles utilizam aqui é o dolar americano, então não houve necessidade de câmbio. Brasileiros precisam de visto para entrar no Zimbábue e é possível tirar no aeroporto mesmo. Pegamos com entrada dupla por US$45,00. Pegamos um taxi por US$30,00 até o Shoestring Backpackers. Para que gosta de festa, fique nesse hostel, pois a música alta rola até meia-noite. Primeiro fechamos um dormitório misto para 4 pessoas por US$11 e ficava perto do bar. A noite para dormir foi horrível, pois além do barulho, o colchão era fino, parecia que tinha pulga e um cara roncando horrores. Pedimos para trocar no dia seguinte para um de duas pessoas por US$45,00 para duas pessoas sem café da manhã e o wi-fi é pago. Nesse dia não fizemos nada demais, somente fomos ao supermercado comprar coisas para o café da manhã, na farmácia comprar repelente e fechar alguns tours. Não sabíamos ao certo quantos dias ficaríamos por lá. 9º dia - Chobe Safari - Botswana E finalmente um dos momentos mais esperados da viagem chegou: SAFARI!!! Fechamos por US$160,00 para um dia inteiro de safari, com transporte e almoço inclusos. A van buscou cedo no hostel, rumo ao Chobe. É tão pertinho que nem parece que estamos em outro país. Brasileiros não precisam de visto mas é importante que não se esqueçam do visto para entrar novamente no Zimbábue, por isso pegamos o duplo. A primeira parte do game drive começa por água e dura a manhã toda. Vimos hipopótamos, manada de elefantes, aves, crocodilo, girafas e muito cervos. Pausa para o almoço, e que almoço hein? Aproveitem para comer bem nessa hora, pois foi a minha melhor refeição na África rs! O game drive começou na parte da parte em um 4x4. Estava empolgada para encontrar o tão esperado leão e infelizmente esse momento não aconteceu . O único animal que vimos diferente foi o búfalo. Fui embora muito triste por ter visto somente 2 dos big five (elefante e búfalo) e ficou faltando o leão, leopardo e rinoceronte. 10º dia - Elephant back safari - Zimbábue Esse foi um dos passeios que mais gostei de fazer. Pagamos US$140,00 por pessoa incluso o transporte e um lanche. Optamos por fazer na parte da tarde. Chegando no parque, fiquei com um pouco de dó de ver os elefantes em cativeiro. Mas após conversar com os tratadores, me convenci que eles bem tratados, pois foram encontrados machucados ou abandonados pelas mães. Sozinhos não teriam chances de sobrevivência e seria presa fácil aos predadores. Nossa elefante se chama Koko e era uma gulosa, pois queria comer todos os galhos por onde passávamos rs! O passeio dura em média 40 minutos e quando terminamos, os elefantes ficam esperando a comida. Não sei exatamente com o que estávamos os alimentando, mas os bichinhos estavam adorando! 11º dia - Victoria Falls - Zimbábue E finalmente fomos conhecer a tão famosa Victoria Falls.Fomos andando mesmo do hostel e pagamos US$30,00 para entrar no parque. Bom, sou meio suspeita para falar sob re cataratas, pois simplesmente sou fascinada! É simplesmente lindo! Mas por ser época de alta do rio, a queda estava bem forte e muitas vezes não conseguíamos ver absolutamente nada por conta dos respingos. Uma dica: alugue a capa de chuva na entrada, pois muitas vezes parece que está chovendo mesmo. Vic Falls Zambia2.jpg[/attachment] 14º dia - Victoria Falls - Zimbábue Voltamos ao Zimbábue, pois nosso voo de volta a Joanesburgo era no dia seguinte. Tivemos que pagar US$30,00 pelo visto de entrada no Zimbábue. Ficamos novamento no Shoestring quarto duplo por US$45,00. Aproveitamos para fazer o cruzeiro para ver o por do sol, pois li que era um dos mais bonitos do mundo. Pagamos US$45 com bebida a vontade e alguns petiscos a bordo. Realmente foi lindo o que vimos, parecia cena do Rei Leão! Vimos alguns hipopótamos e muitas aves. E aqui nos despedíamos do Zimbábue! 15º dia - Joanesburgo - África do Sul E lá fomos nós voar novamente com a pior cia aérea do mundo! Pagamos US$25,00 no taxi até o aeroporto. O voo até que saiu no horário e para nossa surpresa ele iria parar em Bulawayo! Socorro!! Toda vez que o avião aterrissava, ele acelerava e pousava com tudo! Ai meu estômago! O avião encheu lá e partimos a Joanesburgo. Chegando no aeroporto, ligamos ao MBizi Backpackers para checar a disponibilidade e o transfer. Ele nos cobrou apenas ZAR150 até o hostel que ficava a uns 20 minutos do aeroporto. Chegando lá, fomos recebidas pelo Matthew que é irmão do dono, o Patrick. Sem palavras para esse cara! Ele é 10! Fechamos 6 diárias em quarto duplo por ZAR700 por pessoa com café da manhã. O wi-fi é pago, mas eles não tem controle algum e no final da sua estadia ele te pergunta quanto você usou e cobra somente um valor simbólico. 16º e 17º dia - Pilanesburg Safari Não estávamos satisfeitas ainda em ter feito somente aquele safari na Botsawana. Como não havíamos tempo e nem dinheiro para ir ao Krugger, optamos por fazer em Pilanesburg mesmo que era mais perto. Pagamos ZAR2200 por pessoa para dois dias de safari, sendo 3 games drives. O guia passou no hostel as 6:00 e foram aproximadamente 2:30 de viagem. Chegando lá fomos a reserva para avistar os animais. O ponto negativo foi o carro que estávamos utilizando, que era um normal e não um 4x4. Mas isso não nos impediu de ver um dos animais que eu mais queria: o RINOCERONTE! Ele estava com o bebê rinoceronte comendo! Simplesmente lindos!! Fiquei extasiada, pois era difícil avistar esse lindo animal. Continuando o passeio, vimos zebras, elefantes, hipopótamos, cervos, macacos, girafa, avestruz,entre outros. Fizemos um game drive de manhã e o outro a tarde. A noite era hora de dormir, e o pessoal já havia armado a nossa barraca! Até que dormimos bem, apesar do frio e de algum individuo rocando!
  10. Preciso continuar o roteiro Claudia, mas deu pau no meu notebook! Obrigada pelo carinho! Beijos
  11. Fiz um mochilão de 20 dias pela África em maio com uma amiga minha. Foi simplesmente sensacional essa aventura em terras africanas. Vou relatar dia a dia o que fizemos. 1º dia - Cape Town Pegamos um voo saindo de SP a 1:00 a Cape Town, com escala em Joanesburgo. Chegamos em Cape Town as 19:30. Voamos de South African Airways, uma ótima companhia aérea, com boas refeições. Só não havia o monitor individual nas poltronas, mas tirando isso foi tudo ótimo. Havia reservado aqui do Brasil 5 diárias no hostel Once in Cape Town por ZAR850 por pessoa. Gostei muito do lugar, pois está localizado próximo a rua a mais badalada de lá, a Long Street, possui supermercados e restaurantes próximos! Há um bar no hostel que está sempre lotado. Reservamos um dormitório feminino para 4 pessoas e foi um dos poucos lugares em que o café da manhã estava incluso e o wi-fi era gratuito. Havia combinado com o pessoal de lá para nos buscar no aeroporto. Chegando lá, já agendei o passeio para o dia seguinte, que seria o Cabo da Boa Esperança ZAR630. Estávamos tão cansadas que só conseguimos comer uma pizza ali por perto, banho e cama! 2º dia - Cabo da Boa Esperança O dia começou cedo hoje. A Van foi nos buscar por volta das 8:00 e nosso fuso horário ainda estava um pouco bagunçado. Nosso grupo foi formado por francesas, americano, finlandesa e nigeriano. A primeira parada foi em lugar que era possível pegar uma espécie de "cruzeiro" e ver uma ilha que há focas por apenas ZAR60. O passeio dura cerca de 30 minutos e foi bem legalzinho. A próxima parada foi em Boulders Beach, onde se localiza uma colônia de pinguins africanos. Adorei essa parada também. Não é possível entrar na praia, por conta da conservação dos bichinhos! Ficamos cerca de uns 20 minutos lá. Seguimos viagem e finalmente chegamos em Cape Point. O guia nos emprestou algumas bicicletas para que fossemos pedalando um trecho de mais ou menos 5km. Chegando lá almoçamos no estilo "picnic", com macarrão, pães, saladas, frutas e sucos. Acabando o almoço, ele perguntou quem gostaria de prosseguir pedalando. Como eu e minha amiga ainda estávamos exaustas por conta do voo, resolvemos ir com ele na van. Chegamos ao tão esperando Cabo da Boa Esperança, um lugar recheado de histórias. Andamos por toda a região e a vista é simplesmente linda. Ainda subimos em um trenzinho ao ponto mais alto de lá. Enfim, já era volta de voltar. Chegando no hostel, mais uma vez estávamos mortas e não conseguimos ir a Long Street. Fomos dormir cedo. 3º dia - Waterfront O dia amanheceu chuvoso. Queríamos ir a Table Mountain ou Robben Island, mas devido ao mal tempo não conseguimos. Fomos ao Waterfront, local onde há muitos restaurantes, shopping, roda gigante, aquário entre outras atividades. Pagamos ZAR125 a entrada no aquário. Ele é pequeno, mas valeu a pena. Aproveitamos para dar algumas voltas na roda gigante por ZAR100. Voltamos para o hostel e ficamos por lá mesmo, pois não há movimento no domingo a noite. 4º dia - Robben Island O sol apareceu mas com muito vento. Fomos ao Waterfront tentar o passeio para Robben Island e por sorte conseguimos ZAR250. Devo confessar que passeio muito mal no barco devido ao forte vento e me segurei bastante para não vomitar! Chegando lá, um ônibus nos leva até a prisão onde Nelson Mandela ficou preso por 18 anos. O guia nos acompanhou nesse tour era um ex detento, que ficou preso em Robben Island por 8 anos. Ele nos contou de como viviam, do frio extremo que passaram devido ao forte vento, a punição que levava a solitária. Ele nos mostrou a cela de Mandela e o restante da prisão. Esse passeio dura umas 3 horas mais ou menos, somando ida e volta de barco. Passamos a tarde no Waterfront e depois voltamos ao hostel. 5º dia - Mergulho Tubarão Branco Esse era um dos passeios que estava mais empolgada para fazer. Acho que criei muita expectativa e acabei me decepcionando. Pagamos ZAR1850 cada para fazer esse passeio. Não lembro o horário que eles passaram para nos buscar, mas não foi de madrugada. O percurso até Gansbaai dura umas 2 horas e meia. Chegando lá eles servem um almoço que não era nada leve e nos passam algumas instruções. Vestimos a roupa de neopreme e pegamos a lancha. Não passei mal, pois já havia lido alguns relatos que nos alertavam sobre o enjoo em alto mar, então fui preparada. Nosso grupo era de 12 pessoas e desceram 6 na jaula. Avistei alguns tubarões enquanto esperava a primeira turma, mas achei que fossem vir bem mais. Eles ficaram aproximadamente 25 minutos na jaula. Chegou a nossa vez! Entrei naquela gelada e quase pedi para sair! Quando o tubarão aparecia, os guias pediam para mergulhamos a cabeça, porém a água estava turma demais e não enxergávamos nada. Ficamos os 25 minutos e quase não vi tubarão e ainda por cima naquela água gelada! Enfim, nos tiraram de lá! Fizeram um vídeo da turma, mas ninguém comprou, pois não havia nada demais! Hora de voltar e todos dormiam na van. Infelizmente esse era o nosso último dia em Cape Town. 6º dia - Joanesburgo Nosso voo era as 6:10 da manhã e fechamos o transfer no hostel mesmo por ZAR250. Chegando em Joanesburgo pegamos um taxi por ZAR400 até Melville. Inicialmente o taxista queria nos cobrar 450 e de tanto chorar, ele nos deu esse pequeno desconto, pois o local que iríamos era bem distante de lá. Sempre escutei as pessoas dizerem: cuidado com Joanesburgo, pois é perigoso demais! Então não sabíamos aonde ficar e a após muita pesquisa, minha amiga encontrou a pousada Indube em Melville por ZAR1100 duas diárias quarto duplo. Chegamos bem no dia da eleição presidencial na África do Sul e tivemos que esperar até o meio-dia para o Lion Park abrir. Pagamos ZAR750 cada para esse passeio e foi um dos meus preferidos. Lá você tem a chance de tirar fotos com os filhotes de leão branco, mas você tem apenas 2 minutos para isso. Só cuidado para eles não te morderem e nem arranharem! Eles são lindos demais! Depois alimentamos uma girafa babona e fizemos um mini safari para ver os pais desses filhotes. Após esse passeio, fomos a Croc Farm que fica ali pertinho. É uma pequena reserva de répteis, onde é possível encontrar diversos crocodilos, cobras e tartarugas.
  12. Oi Paulera, Obrigada pelas informações! Esse é o segundo mochilao que faço seguindo as suas dicas quando acabar minha viagem aqui pela África, vou escrever meu relato!
  13. Oi Paulera, Estou em Joanesburgo nesse momento e pensando em ir à Moçambique. Você tomou algum remédio para malária? Fui na farmácia aqui e eles me disseram que só vendem com receita médica e pelo que li, lá o índice é alto para contrair a doença! Beijos
×
×
  • Criar Novo...