Ir para conteúdo

henriquefarage

Membros
  • Total de itens

    93
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    2

henriquefarage venceu a última vez em Janeiro 26

recebeu vários likes pelo conteúdo postado!

Reputação

41 Excelente

1 Seguidor

  1. É uma informação controversa - tem gente que consegue, outros não. Em geral, são aceitos cartões de estudante desde que o portador tenha menos de 25 anos, a carteira seja feita em PVC e tenha foto, informações do curso, emissão e data de validade. Infelizmente acontecem muitas fraudes com o cartão ISIC mesmo aí vai ficando cada vez mais difícil eles aceitarem. Como a venda para estudantes só é feita pessoalmente, você vai ter que levar seu cartão e tentar comprar o ingresso lá na hora.
  2. A viagem dele já terminou mas vou deixar o instagram caso queira dar uma conferida nas fotos, relatos e se inspirar https://www.instagram.com/wheresthegringo/
  3. Em tese "qualquer" carro te leva pra qualquer lugar. Conforto, segurança, confiabilidade...aí é outra história. Durante minha viagem peguei carona com um cara que saiu de Georgia (EUA) e estava descendo até Ushuaia. Ele já estava viajando por uns 3 anos com um Toyota 4Runner e me contou que nunca teve problemas mecânicos durante todo esse tempo, e mantinha sempre a manutenção e troca de óleos em dia. É um carro bem grande, confortável, seguro e que aguenta a geografia que você vai pegar pela frente com estradas ruins, subidas (muitas subidas) e essas coisas. Sei que no final da viagem ele vendeu esse carro pra um casal de viajantes e por um preço muito abaixo do que estaria no Brasil. De repente vocês podem fazer o mesmo - sair do país, comprar um carro, fazer a viagem, e venderem antes de retornar. Acho que vocês conseguiriam um carro melhor e pagando menos. Pra mim teria de ser um 4x4. Um "comum" ou até 1.0 vai te levar pra todos os lugares como muitas pessoas já relataram por aqui, mas acredito que você ficaria limitado em determinados trechos (Uyuni, Atacama, etc) e muitas vezes correndo riscos em estradas ruins, com buracos, etc.
  4. Guia e Dicas sobre Moedas, Cartões e Gastos no Peru

    O único banco que não cobra taxa de saque da nossa conta no Brasil é o Banco de La Nación (caixas MultiRed). Os outros cobram 18 soles (BCP um pouco menos, 12 ou 14).
  5. Ingresso Machu Picchu

    Se for só as entradas pra Machupicchu é tranquilo. Caso queira subir Waynapicchu acho difícil você conseguir em cima da hora.
  6. Machu Picchu no fim de março fica muito prejudicada pelas chuvas?

    Não acontece a maioria do ano. Em abril começa a temporada de seca e só volta a chover no fim do ano.
  7. Ajuda roteiro Peru MAR/ABR 2018

    Você pode aproveitar o trajeto de Puno a Cusco fazendo a Rota do Sol. O ônibus sai ás 7h de Puno e vai parando em diversos pontos históricos entre as duas cidades (Pukara, La Raya, Raqchi, Andahuaylillas). Vai ser um pouco mais caro do que um ônibus comum, mas conta com serviço de bordo, guia inglês/espanhol, almoço buffet. Aqui trabalhamos com a cia Turismo Mer https://www.turismomer.com/rota-do-sol
  8. Ajuda roteiro Peru MAR/ABR 2018

    Entendi. Mas você não precisa voltar pra Cusco. Pode ficar por algum lugar no Vale Sagrado mesmo e no dia seguinte sair pra fazer rafting no trecho entre Urubamba e Ollantaytambo. A não ser que queira fazer em Cusipata, que fica na direção oposta, aí vale a pena voltar a Cusco.
  9. Ajuda roteiro Peru MAR/ABR 2018

    Não sei se entendi a parte do Vale Sagrado até Machupicchu. Você vai fazer tour no Vale Sagrado, volta pra Cusco, depois volta pra Ollanta, dorme lá e de lá e pega a van pra hidroelétrica? E depois de Machupicchu volta de trem?
  10. Já perdi as contas das vezes que dormi em Guarulhos. Nunca reparei se tem chuveiros - nunca nem pensei nisso, na verdade. Só sei que aquele lugar é bem frio de madrugada. Tem sites que vendem reservas em hotéis por horas então você pode procurar algum próximo do aeroporto e pagar menos que uma diária cheia. Ex: https://www.hotelquando.com/ Mas pô, passar umas noites em aeroporto sem banho - quem nunca?
  11. Machu Picchu no fim de março fica muito prejudicada pelas chuvas?

    Fim de março, em tese, já não é mais "temporada de chuvas" mas o tempo em Cusco é muito instável, principalmente durante essa época (dez, jan, fev, mar) então existe sim a possibilidade de pegar chuvas. Macchupicchu sempre vale a pena com qualquer clima.
  12. Saber sobre agência de viagens

    Te respondi via mensagem inbox
  13. Peru, Machu Picchu

    A forma mais econômica é ir de van via Hidroelétrica. O itinerário é assim: Saida de Cusco as 7:30h, viaja 2h ate Ollantaytambo e tem uma parada de 15min pra descanso, banheiro etc. Despois a viagem segue por mais umas 3-4 horas até Santa Teresa onde você vai ter um almoço e logo partem para a Hidroelétrica. De lá você tem que caminhar por cerca de 2 horas até Aguas Calientes onde vai passar a noite. Na manhã seguinte, acorda 4:30h e vai pra entrada da escadaria pra subir pra Machupicchu. Sobe cerca de 1h de escadarias e chega a entrada de Machupicchu. Faz o tour e desce as escadas, pega a mochila no hostel e faz outra vez a caminhada de 2h até a Hidroelétrica. As vans saem 15:30h então você precisa fazer tudo (subir, tour em Machupicchu, descida, caminhada até a hidroelétrica) antes das 15h. Depois são mais 6 horas de viagem até Cusco. Esses pacotes são vendidos por cerca de 100USD e incluem tranporte, entradas, guia, hospedagem e almoço. Trabalho na agência Willka Travel em Cusco, então qualquer informação que quiser é só entrar em contato inbox.
  14. Saber sobre agência de viagens

    Boa noite, Giseanne. Trabalho na agência Willka Travel Cusco. Se quiser qualquer informação é só entrar em contato inbox ou enviar e-mail pra gente. http://www.willkatravel.com/pb/
  15. Ajuda - Viagem curta - Lima/Cuzco/Machu Pichu

    Eu tiraria um ou dois dias de Lima e ficaria mais tempo em Cusco. Há muito mais que ver, conhecer, vivenciar e visitar em Cusco do que Lima.
×