Ir para conteúdo

vanbrandaos

Membros
  • Total de itens

    52
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que vanbrandaos postou

  1. Como foi em outubro? Estou pensando em ir pra lá, mas tenho medo de não ter água na fumaça e buracão. Pelo que eu olhei, em Outubro é quando começa a chover de novo... você deixou de ir em alguma cachu por causa da seca?
  2. Qual é a melhor caminho a fazer para chegar em Carolina saindo de Palmas?
  3. Já sim NormaFeu! Faremos Valle de Muerte, Piedras Rojas, Salar de Tara, Gêiseres, Lagunas Cejar e Termas de Puritama. A hospedagem eu devo fechar com a Ventana Andina, um conhecido foi e falou que foi tudo certo. O que você já decidiu? Estarei no Atacama exatamente neste período. Já fez o roteiro? Já fechou pousada?
  4. Me passa um e-mail que eu te envio, está em pdf
  5. Oi Gabriela! Comprei ontem minha passagem pela Sky para Calama. Recebi os bilhetes e foi cobrado no meu cartão, então acredito que tenha dado tudo certo! O meu roteiro é esse: Dica de roteiro - 5 dias 1º dia: Manhã: Passeio pelo vilarejo | Tarde: Valle de La Luna & Valle de La Muerte 2º dia: Manhã: Piedas Rojas e Lagunas Altiplanicas (Miñiques e Miscanti) 3º dia: Manhã/Tarde: Salar de Tara 4º dia: Manhã: Geiseres El Tatio & Machuca | Tarde: Laguna Cejar 5º dia: (Pukara de Quitor) | Tarde: Termas de Puritama Sem esquecer do Tour Astronômico com a Space em qualquer data, à noite. Perguntei a uns amigos que foram e todos mandaram deixar tudo exatamente desse jeito, mas recomendações são bem vindas. Estou pesquisando pq vou um pouquinho antes de você (Agosto), se vc quiser posso te mandar um planejamento que sempre faço!
  6. Seu post foi ótimo, muitíssimo detalhado, obrigada! Eu estou com uma dúvida e não sei se você pode me ajudar, pq reservou seu transfer com o Hostel... Os tranfers buscam de madrugada tbm? Imagino que seja no fluxo dos voos, mas vai saber, né... Estou em dúvida se compro um voo às 6 ou às 8 por causa dessa questão do transfer.
  7. vanbrandaos

    Esqui no Chile

    Estarei em Santiago nos dias 23 e 24 de Agosto e pensei de conhecer a neve! A intenção é diversão, já que nem eu e minha amiga pretendemos esquiar, por isso pensamos em Farellones... a dúvida é caso não tenha neve lá. Vi um rapaz comentando que cedo parou em Farellones e comprou ingressos para as atrações, subiu até VN e depois voltou para se divertir, mas ele não deu muitos detalhes. Isso é normal lá? Em todas as empresas que procurei a venda era separada... todos os transfers para VN param lá? E se tivesse neve em Farellones e eu quisesse descer, conseguiria?
  8. Oi pessoal! Consegui as passagens de graça e provavelmente estarei no Atacama entre 24/25 a 29 de Agosto. Estou ainda montando o roteiro, mas são 5 dias. Alguém estará por lá nessas datas? É tranquilo comprar as passagens para Calama pelo site chileno?
  9. Vou fazer a mesma coisa que você em Agosto e seu roteiro me ajudou muito! Só uns detalhes, você disse que saiu de madrugada para as Mesas, como é a estrada? Achou perigosa? Houve alguma demora para pegar a balsa na ida e na volta para Carolina?
  10. Olá, me interessei pelo roteiro, mas não poderei fazer a travessia. Já definiram os lugares a ir primeiro? Como tenho dias flexíveis pra tirar no trabalho, talvez acompanhasse vocês só nos "passeios". Vou mandar a mensagem com meu telefone e caso ache que é viável me incluir, já sabendo que não poderei fechar o pacote completo, me adicione, por favor.
  11. O isolante tem uma função única: conforto. térmico! Aliado a ideia do conforto para dormir, surgiram os isolantes infláveis. Não bota em jogo dinheiro, pq estamos falando de saúde... eu sei que não está fácil pra ninguem! rs Já dormi muito em EVA por não ter a grana pra comprar um isolante razoável, já levei meu colchão inflável da casa e vídeo para passar uns dias no verão de Ilha Grande, mas sabia diferenciar as situações. Como você parece estar mais interessado em trekking, visto monte roraima, acredito que vc deva, cada vez mais, investir em produtos voltado a isso, até pq vc vai precisar. Tenho uma Deuter 55+15 SL, no compartimento de baixo dela boto o saco de dormir e o isolante. Ele não fica: em cima da mochila, apertado em qualquer fita, balangando sobre minha cabeça. Fica guardado, protegido de poeira (sou alérgica), galhos de árvore, e principalmente chuva... Você não vai morrer se passar 3 dias em um lugar quente sem colchão inflável, dormindo num isolante. Mas tente passar 3 dias frios dormindo somente num colchão. Componha sempre uma equipagem dinâmica e, na medida que for conseguindo, vá criando suas opções, como equipamentos para camping estruturado e o camping levado nas costas. Compreendeu quando eu disse que é arrumar problema? A dica principal que eu posso te passar é: Colchão não é isolante térmico, e isolante térmico é indispensável para o trekking!
  12. Olha, isso está me parecendo um colchão inflável, que a quechua também tem um bastante parecido, só que são em linhas horizontais. Eu fui pro Monte Roraima com o A200 e não me preocupei com as pedras; meu amigo que foi com esse modelo que eu falei, parecido com o que você citou, usou um isolante básico embaixo para proteger. Em relação a conforto, o seu me parece mais e o do meu amigo, que testei, certamente é mais confortável. acho que você se refere a esse http://www.decathlon.com.br/camping-48781/sacos-de-dormir-48789/colchoes-para-camping/colchao-inflavel-forclaz-air_183939?skuId=1792116 então, eu quero ir por monte roraima também hahaha quero justamente trocar o isolante EVA por esse aí ele usou o isolante por causa das pedras ou pra isolar melhor? Olha, cara... na minha humilde opinião, independente de monte roraima, trocar isolante por colchão é pedir pra arrumar problema. Pra mim o isolante só pode ser substituído se na troca você deixar de depender dele. Meu amigo levou o isolante pelos dois motivos que você falou, mas sim, ele dormiu mais confortável que eu, com o meu A200, que dormi mais confortável que minha amiga, com um de EVA...
  13. Olha, isso está me parecendo um colchão inflável, que a quechua também tem um bastante parecido, só que são em linhas horizontais. Eu fui pro Monte Roraima com o A200 e não me preocupei com as pedras; meu amigo que foi com esse modelo que eu falei, parecido com o que você citou, usou um isolante básico embaixo para proteger. Em relação a conforto, o seu me parece mais e o do meu amigo, que testei, certamente é mais confortável.
  14. Qual período de setembro você vai? Conseguiu falar com a Iris? Eu também estou tentando contato e nada =/
  15. Estou planejando viajar em Julho e quero conhecer esses dois lugares. Já li um pouco e parece que partindo da Bolívia fica mais barato, também encontrei passagem mais em conta, mas estou flexível entre os lugares de partida. Alguém indo por essa época com algum roteiro?
  16. vanbrandaos

    Monte Roraima

    Rafael, vou te responder na minha situação (irei em Novembro). O dono da Mystic fez uma previsão de que a trilha estaria custando R$ 1.000 nessa época, 100 reais a menos do que contratando meu guia, Leopoldo. Nem que eu pudesse "perder" uns dias esperando formar o grupo esperaria lá, 100 reais pra mim não valem esses dias, que podem ser 1 ou 3, além de pra isso ter que mudar o plano da passagem de volta para flexível pra poder voltar a data que eu quiser (que custa +- 70 reais). Acho que pra sua resposta ficar mais justa, você deve pesquisar com as agencias e pedir uma previsão de preços de acordo com a cotação de Janeiro e falar também com os guias e ver o preço deles.
  17. vanbrandaos

    Monte Roraima

    O Marco cobrou o mesmo que o Leopoldo, o Helio tbm. E pelo que me parece, todos os tres trabalhavam juntos. Uma amiga ano passado combinou de subir com o Marco mas ele teve um problema e quem foi foi o Helio, ótimo tbm. Dos guias conhecidos e recomendados, parece ser a mesma faixa de preço. Por enquanto somos 4 confirmados, com 2 decidindo as passagens.
  18. vanbrandaos

    Monte Roraima

    Oi Renata, Eu e minha mãe estamos planejando fazer também no começo de novembro... Mas ainda não decidimos se vamos por agência brasileira, agência local ou guia individual. Estou com bastante dúvida quanto a isso inclusive, se alguem puder expor suas opiniões sobre... Entrei em contato com um guia de lá e ele me ofereceu o trekking de 8 dias por R$ 1200,00, achei bem caro pro que estava esperando. Vinicius, farei minha subida dia 1/Nov e tbm pesquisei bastante os preços. Houve um aumento grande e em todas as empresas e guias tenho encontrado valores entre R$ 1000 e R$ 1200. Agência brasileira pra mim sempre esteve fora de cogitação, por eles apenas intermediarem o contato com as empresas de lá e nos cobrarem o dobro por isso. O problema das agências é a inconstância da saída pra subir o monte, todas que eu contatei tinham formação mínima pra subida de 5 pessoas, eles até arrumam gente pra encaixar, mas isso pode demorar um ou mais dias, coisa que eu não posso dispor. Vou com o Leopoldo pq além da subida ser certa no dia 1, ele e o Marco são dois guias que eu nunca li relatos negativos de quem foi com eles. Se eu puder ajudar em algo ou se vcs quiserem se juntar a nós, (21) 99655-8941
  19. Vale muito a pena sim, até pq São Thomé tudo fica mais complicado se não estiver de carro. Quando a animação é grande o motorista sai da rota principal e dá pra conhecer muita coisa. Indico demais o Transpororoca porque basicamente só com ele você conseguirá conhecer bem as cachoeiras de lá. Como outra opção, se preferir, você pode na praça mesmo contatar o Seu Tomé, ele faz vários roteiros e cobra R$ 40 em média. Agora tem uns rapazes fazendo rapel na pedra da bruxa ou na cachoeira de antares, como meu grupo era grande, ele fez a R$ 40 também, na cachoeira. Também vale muito a pena! Atualmente não vale a pena ir para Sobradinho, as grutas estão fechadas e as poucas atrações abertas estão com muita exploração. A não ser o Poço Verde, que é lindo demais, aí sim vale o deslocamento. De carro são uns 30 minutos, não sei te dizer um bom esquema pra chegar lá a não ser a carona. Seja como for, será uma ótima viagem, aproveite!
  20. Tenho um A200Ultralight e ele me atende bem, mas dessa lista ele não é o mais barato. Ele me venceu pelo seu tamanho quando dobrado, que fica na metade dos isolantes normais e aí cabe dentro da mochila. Uma noite dormi em um Ziggy que meu amigo (que tem praticamente seu peso/altura) tem. Ele preferiu o A200U e eu achei o Ziggy tão confortável quanto o meu, mas ele não fica desconfortável no que tem. Como é opinião, eu ficaria com o A200 ultralighy que o Otávio também citou, por ser leve, confortavel e compacto.
  21. vanbrandaos

    Monte Roraima

    Renata, eu e mais 3 amigos já estamos com passagens compradas pro Monte. Iremos com o Leopoldo ou com o Marco, ainda estamos vendo quem vai nos ajudar mais rs. Vamos dia 30 de Outubro e iremos começar a trilha em 1/Nov. Você pode entrar em contato comigo por aqui ou por whatsapp: (21) 99655-8941
  22. Em Julho, para finais de semana com pernoite de sábado pra domingo está tudo lotado. Tentarei em Agosto, quem quiser se juntar ao meu grupo (4), me contata pelo whatsapp: (21) 99655-8941
  23. Também comprei uma Finisterre há 2 meses e já andei quase 200km com ela. Nada a reclamar (ainda). rs
  24. Adriano, como o Otávio colocou, as barracas são ótimas. Você disse seu foco de uso e creio que este detalhe não será um problema. Mas moro no Rio e se não for montanha, a Quickhiker acaba sendo uma barraca bem quente pra camping onde peso de barraca faz uma diferença na mochila.
  25. vanbrandaos

    Praia do Sono

    As praias, por lá, são: Praia do Sono Praia de Antigos Praia de Antiguinhos Praia de Ponta Negra ...Praia de Martins de Sá (aí você já foi longe demais) Tem cachoeiras, que eu saiba, na Praia do Sono e em Ponta Negra. As trilhas, geralmente, são no final das praias.
×
×
  • Criar Novo...