Ir para conteúdo

Oliveira_BH

Membros
  • Total de itens

    160
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

4 Neutra

Sobre Oliveira_BH

  • Data de Nascimento 19-11-1988

Últimos Visitantes

539 visualizações
  1. Opa! Um da galera da gasolina na veia por aqui! Olha, não estou planejando ir, e meus orçamentos estão meio apertados esse ano, mas é uma boa heim...
  2. Olá! Tudo bem? Tem flexibilidade de datas?
  3. Olha, é uma confusão a mais, mas vou dar meu pitaco, pois aconteceu comigo: meu primeiro voo na vida, era um trecho entre Belo Horizonte e São Paulo, PORÉM, o voo saia de Belo Horizonte, fazia uma escala em São Paulo e seguia para Buenos Aires, configurando portanto um voo internacional (acredito que as regras para voo internacional se aplicariam). Não sei se, no momento, existe no Brasil algum voo assim, mas vale lembrar. No meu caso especificamente, todo o check in, todo o procedimento foi como se fosse um voo internacional, inclusive passando pela Polícia Federal! kkk
  4. Parabéns pela disposição! Adoro viajar de carro sozinho! O plano é algum dia ir para Argentina e Chile! Mas faltam tempo e dinheiro (E infelizmente, falta mais tempo que dinheiro! Dinheiro é difícil, mas resolve-se. Tempo é mais complicado...)
  5. @poiuy , o tempo disponível seria de, no máximo uns 15 dias, e o valor que pretenderia gastar seria o menor possível. Por isso essa questão de querer otimizar. Mas devido a alguns lugares (Atlatic Ocean Road, por exemplo, estarem meio "fora de mão"), e outros tipo Trollhattan necessitarem preferencialmente de um carro alugado, procuro ideias que possam vir a otimizar o roteiro. Ah, e não, eu não iria no inverno!🥶
  6. Pessoal, É um levantamento prévio, gostaria de opiniões sobre a melhor forma de montar esse roteiro (se é que é possível!), formas de otimizar. Já pensei em algumas possibilidades mas tá meio difícil de encaixar tudo. Talvez seja muita coisa para uma viagem só? Ah, e pode ser que no fim das contas isso tudo seja meio que um spin-off, uma extensão, de uma viagem a Paris. Poderia usar Gotemburgo como base, de lá alugar um carro ir a Trollhattan, Atlantic Ocean Road (meio longe!), voltar, devolver o carro, depois avião para Estocolmo, Helsinki (avião de novo?). e dá para encaixar Tallin? Ou Gotemburgo, depois voo até Kristiansund (voos caros!), carro alugado em Kristiansund, rolé na Atlantic Ocean Road, carro devolvido, volto para Gotemburgo, mas aí como vou até Trollhattan e Estocolmo? E Helsinki então? Alguns lugares talvez nem sejam tão interessantes, mas são escolhas devido a interesses pessoais.
  7. Oliveira_BH

    Jet Lag

    Não é uma informação científica, não é garantia que dará certo, mas eu costumo tentar isso: já durante o voo tentar ir se acostumando com o horário do destino. Exemplo: Dentro do avião, mesmo que as luzes estejam apagadas, se o horário do destino é, por exemplo, 17:00, 20:00, tente ficar acordado. quando no destino for já umas 00:00, 02:00, tente dormir...
  8. Uma outra opção é pegar o OrlyBUS até Defert-Rochereau, de lá linha 4 em direção a Porte de Clignacourt e ir até a estação Reaumur-Sebastopol, de lá linha 3 em direção à Galieni-Parc du Bagnolet e ir até a estação Rue Saint-Maur. Sobre ficar perdida: acho que a coisa mais importante ao usar o metro em uma cidade desconhecida é saber a direção/estação final das linhas de metro que você precisa pegar. tendo isso em mente, ou tendo como consultar (mapa do metro impresso ou aplicativo) considero a chance de errar pequena (não inexistente, mas pequena). Como identificar as estações de metro? A maioria (não todas!) tem essa aparência:
  9. Olá, Já tem algo em mente? Qual o orçamento em média? Que tipo de viagem gosta? Praia? Montanha? Cidade? Abraço.
  10. Eu sei que tem suas limitações, mas já pensou em usar um aplicativo no telefone? Ultimamente tenho me virado assim. Eu especificamente uso o HERE Maps, mas tem várias opções.
  11. Nunca consegui confirmar totalmente essa informação, mas empiricamente, digo que aparentemente, para compra de passagens Ouigo (justamente as mais baratas!) o site não aceita cartões ou de fora da França (de acordo com algumas informações) ou de alguns países (de acordo com outras informações). Sendo assim, a solução seria não outra que comprar a passagem mais cara (para o TGV comum, ou para os trens RER).
  12. @lobo_solitário , agradeço a resposta. Confesso que algumas vezes já comprei passagens aéreas de terceiros (todas as vezes anteriores se não me engano foi do Submarino Viagens e nunca tinha dado nenhum problema) Mas confesso que evito também. Sei das merdas que podem acontecer. Essa vez especificamente resolvi arriscar devido a estar comprando mais em cima da hora. Resolvi arriscar. Mas quando dá qualquer problema é essa dificuldade. Por isso evito.
  13. Agradeço as respostas @eniobeier e @Juliana Champi @poiuy , pretendo visitar os museus automotivos da Alemanha (VW, Audi, Porsche e Mercedes). Museus não abrem na segunda, então, se ficasse com o carro na segunda feira (dia 06/05) o mesmo ficaria parado o dia todo. Mas vou avaliar se vale a pena ou não. Agradeço.
  14. Vou contar uma historia para te responder. Uma vez fui para São José dos Campos para um show aéreo (sim, exibição de manobras com aviões). Chegaria na rodoviária bem cedo (umas 05:00 da manhã), e estava planejando tentar me encaminhar para o aeroporto da cidade. Pensei: "Cidade menor, tal, não devo ter problemas andando na rua ainda de noite." Outro detalhe: área próximo às rodoviárias quase sempre e meio degradada. Saí da rodoviária e ainda na calçada que acompanha o terreno da mesma fui abordado por um morador de rua pedindo dinheiro etc. Nessas situações costumo adotar uma postura mais aberta, se me pede dinheiro ofereço com uma certa boa vontade uma quantia pequena e falo que é o que tenho tal. Não deu nada, o morador de rua pegou o dinheiro e ficou satisfeito. Mas foi um certo cagasso. E com isso quero dizer que, na minha opinião, NUNCA é uma boa ideia sair por aí de madrugada. Seja na América do Sul ou na Europa. Eu evito.
  15. Outra pergunta, desculpem o combo. Tentei achar outro tópico sobre isso e não achei. Ninguém comprou passagens com eles recentemente não?? Mas a questão é a seguinte: Comprei minha passagem, até relativamente consciente do risco, mas o fato é que aconteceu o pior. Dificilmente meu voo Confins-Guarulhos será cumprido. A passagem foi comprada pelo Submarino Viagens. Ainda não tentei TELEFONE, mas por email eles simplesmente me ignoraram. Será que por telefone eles resolvem essa situação? Alguém em situação parecida?
×
×
  • Criar Novo...