Ir para conteúdo

Maria Carolina Araujo

Membros
  • Total de itens

    11
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre Maria Carolina Araujo

  • Data de Nascimento 14-01-1988
  1. Demorei, mas voltei! Continuando o relato, no dia seguinte ao passeio de bike já tínhamos decidido que visitaríamos a região de Montmartre até o horário de almoço e depois iríamos diretamente ao aeroporto para irmos a Veneza. Nosso hostel era bem perto da Sacre-Couer e assim que acordamos fomos em direção a Igreja. Subimos pelo teleférico porque o ingresso era bem em conta e já tínhamos lido por aqui que valia a experiência. Aqui eu tive um ponto de ressalva que gostaria de partilhar com vocês. Ao irmos em direção ao teleférico tinham muitas pessoas tentando vender umas fitinhas. Eu
  2. Pessoal, aí vai outra dica: se for possível, se programe para chegar em Paris durante o dia! Dentre todos os países da Europa, o lugar que me senti mais insegura foi lá . Na montagem do roteiro, tentei comprar os tíquetes para mais cedo, mas não tinha essa opção. Ou eu iria para a cidade de manhã ou continuaria com a lógica inicial de viajar no fim da tarde. Por isso, resolvi arriscar e pegar a única opção de vôo a tarde\noite que sai de Praga às 21 hs. Chegamos a Paris pelo Charles de Gaulle por volta da meia noite e dela pegamos o RER B rumo à estação Gare Du Nord. Nosso Hostel ficava per
  3. Obrigada, Be_diniz! Eu queria muito ter ido a Stonehenge, mas não deu tempo. Está na minha lista para a próxima viagem!
  4. No dia seguinte, acordamos cedinho e fomos correndo até a Abbey Road. Tínhamos planejado fazer essa visita antes, mas o ponto é bem distante dos demais locais que queríamos visitar. A Estação é St. John's Wood e a gravadora fica bem perto. Assim que se sai do metrô tem um mapa da região e fica fácil localizar a gravadora ali. Estávamos com um pouco de pressa porque o nosso vôo para Amsterdã era às 16:20 hs e tínhamos que retornar ao hostel até no máximo 12 hs. Ir e voltar foi muito rápido. O que demorou de fato foi tirar foto do Túlio atravessando a rua igual na capa do disco dos Beatles . G
  5. E, Dayane! Parabéns pelo relato! Ficou ótimo! Você conseguiu se locomover bem de ônibus ou você acredita que é melhor alugar um carro? Obrigada!
  6. Dia 4 - O quarto dia seria o último dia antes de irmos para Cardiff, cidade na qual estudaríamos inglês nas próximas duas semanas. Reservei esse dia para vermos a troca da guarda. Eu sei, a maioria das pessoas dizem que não vale a pena, mas eu sou daquelas que precisa ver e dizer: ‘não vale a pena!”. No fim das contas cheguei a esse conclusão. Estava lotado, vi muito pouco e não entendi quase nada. Enfim, acordamos cedo, por volta das 7 horas, tomamos café e fomos direto para o metrô. Descemos na Estação St. Jame's Park e seguimos o fluxo. Ficamos umas 2 horas em pé, mas, estava cheio desd
  7. Dia 2 No nosso segundo dia em Londres fomos visitar a Tower Brigde e a Torre de Londres. Quando montei o planejamento da viagem, fiz uma planilha com os locais que queríamos visitar e agrupei-os em região, colocando em destaque o valor cobrado em cada entrada. Essa organização nos ajudou muito a não perder tempo em deslocamentos e também a economizar.Foi através dessa planilha que decidimos comprar a Oyster Card ao invés do London Pass. Bom, voltando a Tower Brigde, acordamos por volta das 7 horas nesse dia, tomamos café da manhã no hostel e fomos diretamente para o metrô. Galera, o s
  8. Pessoal, sei que demorei muitooo para continuar escrevendo, mas estava uma correria por aqui. Vou tentar continuar o relato de onde parei. Uma das minhas maiores preocupações quando comprei as passagens foi em relação a entrada por Londres. Várias pessoas já haviam escrito por aqui sobre a rigidez dos Visa’s no momento que entramos no país. Primeiramente, eu e o Túlio entramos em uma fila enorme para apresentarmos as nossas identificações e o cara que nos atendeu implicou com a gente. Ficamos super nervosos! Ele nos questionou por quantos dias iríamos ficar e para que estávamos indo
  9. Ei, Maurinho! Desculpa pela demora, mas minha vida está uma correria. Os valores foram por dia e por pessoa. Você vai conseguir ir em Maio mesmo? Abs
  10. Ei, pessoal! Como grande parte dos contribuintes do mochileiros.com, utilizei muito esse site para tirar dúvidas e montar meu roteiro pela Europa. Por isso, vou escrever o relato para tentar ajudar os próximos viajantes a organizarem sua viagem por terras européias. Espero realmente conseguir ajudá-los. Bom, a minha idéia inicial era estudar inglês. Minha carreira exige um conhecimento da língua e eu sentia que os meus muitos anos de curso em escola no Brasil não foram suficientes para o entendimento e muito menos fluência no idioma. Por isso, decidi, junto com meu noivo, fazer um intercâ
  11. Ei, Rafa, tudo jóia? Vou fazer uma viagem similar no mesmo período O meu roteiro ficou Londres, Cardiff, Liverpool, Londres, Amsterdã, Praga, Paris, Veneza e Roma. Em relação a hospedagem, optei pelo albergue em todas. Seguem os nomes: Londres - Astor Victoria Museum: recebi a indicação deste hostel por alguns conhecidos. Eles disseram que é bem limpo e agradável. O preço foi bacana e fica em uma boa localização. Amsterdã: Flying Pig Uptown: li bastante sobre esse hostel em alguns blogs e todos recomendaram. Bem perto do centro e preço acessível. Praga - Litte Quartier: L
×
×
  • Criar Novo...