Ir para conteúdo

Blog Nossos Roteiros

Membros
  • Total de itens

    17
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Outras informações

  1. Obrigada pela dica do hostel, ficarei lá!
  2. Blog Nossos Roteiros

    Maceió

    Pretendo fazer o passeio das piscinas naturais sim, Nnaomi. Chequei a maré e do dia que irei a Maragogi estará 0.4 Mudei meu roteiro e vou dormir uma noite em Maragogi. Minha duvida é como ir de Porto pra Maragogi, pois disseram que não há transporte publico ligando as duas cidades.
  3. Olá, gostaria de saber como faço para ir de Porto de Galinhas para Maragogi sem pagar muito caro. Outra pergunta, chegarei em Maceió às 22h e pretendo pegar o onibus noturno até Recife. É possível comprar a passagem na rodoviária até que horas???
  4. Blog Nossos Roteiros

    Maceió

    Obrigada, Renata. Seguindo as suas dicas mudei bastante o meu roteiro. Depois mando como ficou.
  5. Olá, irei agora em janeiro para Maceió e quero tirar 1 dia para conhecer as famosas piscinas naturais de Maragogi. Terei apenas 1 dia para ir a Maragogi (sei que não é o mais indicado, mas tenho apenas 1 dia mesmo) e gostaria de saber qual opção vcs mais me indicam. Ir de ônibus, compar este passeio em alguma agência ou ir de taxi compartilhado??? Há como ir de manhã bem cedo e voltar de tardezinha comprando com as agencias ou apenas indo de ônibus é possível fazer isso? Ass: Sarah
  6. Olá, visitarei Porto de Galinhas com meu namorado no início de janeiro e gostaria de saber o que é essencial de ver e fazer lá (além do passeio às piscinas naturais, claro), visto que terei a noite de um dia e a manhã e tarde do outro dia. Outra dúvida, consultei a tabua de marés, que indicava 0.4m (é uma profundidade razoável de maré?). Ass: Sarah
  7. Blog Nossos Roteiros

    Maceió

    Olá, pessoal, gostaria da ajuda de vcs e de dicas com relação ao meu roteiro. Viajarei com meu namorado para Maceió e chegaremos no dia 03/01 tarde da noite. Infelizmente teremos apenas 7 dias inteiros para aproveitar e estamos pensando em conhecer o máximo de coisas que conseguirmos, pois não somos de ficar muito tempo parado no mesmo lugar. Montei o seguinte roteiro (sei que é um roteiro corrido e parece loucura querer fazer tanta coisa em apenas sete dias, mas gostamos disso, estamos acostumados e já que estaremos tão perto destes lugares, por que não ir? Em uma próxima viagem ao local faremos uma passeio de descanso, nesse queremos conhecer o máximo de lugares). 04/01 - Passar o dia em Maceió, conhecer as piscinas naturais de Pajuçara, as praias urbanas e curtir a noite da cidade. 05/01 - Alugar um carro e conhecer as praias ao sul (Francês, Gunga e Barra de S. Miguel) ou ir conhecer São Miguel dos Milagres de carro. (uma das duas opções) 06/01 - Maragogi (não sabemos se o melhor é ir de Ônibus ou comprar passeios em agencias, o que vcs sugerem??) 07/01 - Porto de Galinhas (estamos em duvida se é melhor ir direto para Recife de ônibus neste dia, passar o dia lá e de lá comprar um passeio para P. de Galinhas no dia seguinte. Obs. Já chequei as marés e tanto no dia 7 quanto no dia 8 estará ok) 08/01 - Conhecer Recife 09/01 - Conhecer Olinda 10/01 - Voltar para Maceió E com relação à hospedagem estamos pensando em acampar no Camping Santa Rita em Maceió, alguém ja ficou hospedado nele? Sabem se é bom? Toda dica que puderem me dar será muito bem vinda. Ass: Sarah
  8. Olá, pessoal. Vamos para arraial do cabo no próximo domingo, uremos de carro. Li as dicas e goste muito. Pretendo ficar 5 dias. Farei o passeio de barco que vai ate as principais praias. Nos outros dias que ficarei, quais são as praias que vcs mais recomendam que eu visite? Há algum passeio que não é muito conhecido dos turistas e vcs recomendem? Alguma dica de restaurante bom e que não seja muito caro? Quem puder me dar dicas, agradeço.
  9. No Carnaval de 2013, viajamos com um casal de amigos para este lugar fantástico chamado Ibitipoca, localizado na Serra da Mantiqueira, Minas Gerais. Distrito do município de Lima Duarte, Conceição do Ibitipoca é um pequeno vilarejo cuja população não ultrapassa dois mil habitantes. É bem parecida com Lavras Novas, distrito de Ouro Preto. Porém, a grande atração do lugar é o Parque Estadual do Ibitipoca, repleto de belezas naturais como cachoeiras, grutas, picos, lagos e uma riquíssima vegetação. Para chegar a Conceição do Ibitipoca é possível ir de ônibus ou de carro. Como fomos de carro (saindo de Ouro Preto), seguimos até Conselheiro Lafaiete e pegamos a BR-040 sentido Juiz de Fora. Ao avistar a placa indicando Lima Duarte, é preciso virar à direita e seguir 49km na BR-267. Ao chegar no município de Lima Duarte, é aconselhável abastecer seu carro e sacar dinheiro se for preciso, pois em Ibitipoca não existem postos de gasolina nem caixas eletrônicos, e alguns estabelecimentos não aceitam cartão. Em Lima Duarte, pergunte aos moradores do município qual é o caminho para Ibitipoca, pois o acesso não é sinalizado. De Lima Duarte a Conceição do Ibitipoca são mais 27km, sendo parte deste trecho de estrada de terra e parte de calçamento. Em época de chuva, um carro convencional pode ter dificuldades neste trecho. Gastamos cerca de 4 horas de Ouro Preto até Conceição do Ibitipoca. A vila possui diversas opções de hospedagem, são inúmeras pousadas, casas para alugar e alguns campings. Como fomos em um feriado, as diárias nas pousadas estavam caríssimas, portanto, decidimos acampar. Antes de viajar, pesquisamos sobre os campings e escolhemos o camping Ibitilua (o principal da vila), por ser o de melhor localização. O Ibitulua fica no centro da vila, na rua principal, onde o agito acontece. Inclusive, existe a pousada Ibitilua e o restaurante Ibitilua, com música ao vivo durante todos os fins de semana (no Carnaval, todos os dias). Pagamos diária de 25,00 por pessoa, mas fora de feriado o preço é menor. O camping é bem estruturado, com área para cozinhar, churrasqueira, ducha elétrica, tomada e telefone para fazer ligações a cobrar (na vila só existe sinal da Claro). Para os que curtem acampar, recomentamos muito o Ibitilua. Chegamos na vila no sábado, cerca das 12h. Como estava tarde para visitar o parque, saímos para almoçar e conhecer o vilarejo. Para almoçar, existe uma ótima opção, um pequeno restaurante em frente ao Ibitilua, com self-service sem balança por 10,00 apenas, a comida é simples e muito boa. Para quem quiser comprar souvenirs, existem várias lojinhas de artesanato nas duas ruas principais. Pra tirar fotos, vale visitar as igrejinhas da vila. No domingo, acordamos bem cedo pra ir ao parque, a grande atração do local. O parque estadual fica a 3km do centro da vila e a estrada até lá é toda calçada. Dentro do parque existe estacionamento para cerca de 30 carros apenas. Por isso, se quiser deixar seu carro dentro do parque (custa 15,00 mas é a melhor opção), é preciso chegar bem cedo, antes das 7h. Se não conseguir deixar seu carro dentro do parque, terá que andar mais, pois da portaria até o centro de visitantes a distancia é de mais de 1km. O parque estabelece limite de visitantes por dia, sendo que nos dias de semana são 300 pessoas e fins de semana e feriados, 800 pessoas. O parque possui área para camping, restaurante, lanchonete, banheiros e uma lojinha de presentes. A entrada no parque é 15 reais, mas estudantes pagam 7,50. Para conhecer bem o parque, é preciso no mínimo 3 dias, pois existem 3 principais circuitos e o ideal é fazer 1 por dia. Os circuitos são: Janela do Céu (16km ida e volta), Pico do Pião (11km ida e volta) e circuito das Águas (5km ida e volta). Cada circuito possui diferentes atrações entre grutas, mirantes e lindas cachoeiras. Em nosso primeiro dia no parque, resolvemos fazer o mais longo dos circuitos, o que leva à famosa Janela do Céu. Por ser um circuito pesado, equipamos as mochilas com bastante água, frutas, barrinhas de ceral, biscoitos e pães. Leve bastante água e alimentos leves. Iniciamos o circuito às 7:30 e cerca de 3 horas depois chegamos à Janela do Céu, lugar lindo com uma paisagem exuberante que compensa todo o esforço para se chegar até lá. Ficamos cerca de 1 hora curtindo esse lugar. Com cuidado, é possível chegar na beirada da Janela, pois as pedras não são escorregadias. Existe também um pequeno poço, onde é possível nadar. Ao sair da Janela, não andamos muito e vimos uma placa indicando ''Cachoeirinha''. Claro, fomos conferir e nos deparamos com uma cachoeira enorme e linda, com um poço onde é possível nadar. Foi este mesmo lugar que escolhemos para ''almoçar''. Na trilha da Janela do Céu, existem várias ramificações, de trilhas menores que levam a pontos como cachoeiras e grutas, mas não pudemos visitar todos, pois estávamos cansados e o tempo era pouco pra ver tudo. No caminho de volta, quase terminando a trilha, vimos uma placa indicando Ducha. Fomos conferir e adoramos, o lugar é uma delícia pra se refrescar e relaxar depois de uma caminhada super longa. Terminamos nosso primeiro dia de caminhada por volta das 17h. Voltamos pro camping e curtimos o resto da tarde tocando violão e descansando. De noite, uma ótima opção é comer uma pizza na Pizzaria Serra Nostra, um ambiente rústico muito bonito com uma pizza muito boa. Como era Carnaval, o bar Ibitilua estava bombando com música ao vivo, ótimos cantores e música de muita qualidade. Na segunda, mais uma vez acordamos cedo pra entrar com o carro no parque. Chegamos umas 7h e dessa vez, decidimos tomar café na lanchonete do parque, pois faríamos o Circuito das Águas, bem menor, e por isso não estávamos com tanta pressa de iniciar a trilha. Após o café, seguimos rumo às águas. Neste circuito, visitamos cachoeiras e lugares lindos como: Cachoeira dos Macacos, Ponte de Pedra, Lago das Miragens, Lago dos Espelhos, Lago Negro, Gruta dos Coelhos e Prainha das Elfas. Este é o circuito ideal pra quem quer tomar banho de cachoeira e não andar muito. No terceiro dia, achamos melhor não ir ao parque, pois estávamos muito cansados. Por isso, não fizemos o circuito do Pico do Pião. Mas quem puder, faça os 3 circuitos. Enfim, o parque é lindíssimo, pra quem curte trilhas e cachoeiras, é uma ótima opção de aventura. Quem vai a Conceição do Ibitipoca também não pode deixar de conferir o bar mais famoso do lugar. É o Candeia Blues Bar, popularmente conhecido como Bar do Firma. É só perguntar que qualquer morador te explica onde fica o famoso bar. Fica bem distante da rua principal da vila, por isso é melhor ir de carro. Se for à pé, vá com uma turma de amigos, pois a estradinha de terra até lá é completamente sem iluminação. Passar por lá é obrigatório. O lugar é super exótico, divertido e só toca música boa. A decoração é o principal atrativo, cheio de coisas penduradas no teto, inclusive garrafas de pinga. Lá no Bar do Firma, conhecemos um casal que nos contou sobre o famoso Festival Ibitiblues, um festival de Blues que acontece todo ano no mês de agosto no camping Ibitilua, onde ficamos hospedados. Parece ser muito bom. Nossa viagem a Ibitipoca foi sensacional!!!
  10. Olá, pessoal. Minha viagem a Cusco e Machu Picchu foi de uma semana, muito parecido com o da Milamguerra. Quem quiser conferir o relato em nosso blog: http://nossosroteiros.blogspot.com.br/2014/01/cusco-e-machu-picchu.html
  11. Olá, quero ir pra Carrancas agora em Janeiro e pesquisei alguns Campings de lá. Alguém sabe me dizer qual deles é o melhor com relação à infra-estrutura?
  12. Moro em Mariana e conheço muito bem Ouro Preto e achei muito legal o relato do Victor! Para quem quiser visitar as belezas destas duas cidades, estou à disposição para ajudar no que eu puder. Facebook: https://www.facebook.com/pages/Nossos-Roteiros/347247295383712
  13. Olá, pessoal. Estamos pensando em ir para Itacaré em janeiro e gostaria de saber se alguém sabe de pousadas baratas. Pesquisei a Pousada Marina's, que cobra 100,00 a diária e fica na Praça Santos Dumont, alguém sabe me dizer se é uma boa pousada? Li vários posts falando que é comum ter assaltos nas trilhas para as praias mais afastadas, queria saber se isso ainda acontece. Alguém sabe me informar?
  14. Oi pessoal, meu namorado e eu criamos um blog para compartilhar com vocês nossas experiências de viagens e trocar experiências com pessoas que gostam de viajar, assim como nós. O nosso blog se chama NOSSOS ROTEIROS, passem para dar uma olhada! Quem quiser compartilhar suas experiencias com a gente, mantenha contato curtindo nossa página no Facebook https://www.facebook.com/pages/Nossos-Roteiros/347247295383712?fref=ts Queremos trocar experiências. Blog NOSSOS ROTEIROS http://osnossosroteiros.wordpress.com/
×
×
  • Criar Novo...