Ir para conteúdo

Julian Lima

Membros
  • Total de itens

    90
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

20 Excelente

1 Seguidor

Sobre Julian Lima

  • Data de Nascimento 17-06-1992

Bio

  • Ocupação
    Administrador

Últimos Visitantes

835 visualizações
  1. Estou me planejando pata ir em Maio. Quero comecar por Lima descendo o sul até Cusco.
  2. @erikaquites Fechei por 630. Fechei do BR e eles tem opção de parcelamento.
  3. Paguei 960 pela agência "Do Brasil para o Mundo". Podoa ter pago mais barato, sim. Mas não me arrependo, pois o serviço delea foi excelente.
  4. Fala, galera. Vou compartilhar resumidamente algumas dicas de Atacama. No total foram 4 dias no Atacama e 4 na Bolívia. Aeroporto O aeroporto mais próximo é o de Calama. De calama a San Pedro são 1h.30 de trajeto. Usei os serviços da Transfer Pampa que reservei do Brasil, mas chegando no aeroporto terão N empresas de transfers te abordando. O preço é tabelado, ida e volta CLP 20.000. Hospedagem Reservei o Hostel Pangea, é foi uma excelente escolha. Fica bem próxima a rua Caracoles e Toconao (principais ruas). O Pangea é grande, tem cozinha equipada, área comuns abertas e cobertas, quartos amplos e limpos, banheiros limpos com ducha quente e forte, tem uma galera legal. Tem café da manhã, mas é servido das 07:30 as 10. Como os tours saem antes das 07:30 eles deixam uma mesa com água quente, chás, café solúvel, cereais. Achei isso muito legal. Mercado Para economizar, compre na Carneceria Vicente, fica numa rua atrás do hostel Pangea e lá é bem barato. Os mercados que ficam na Caracoles e Toconao são mais carinhos. Eu só comprava minhas coisas lá no Vicente. Alimentação Bom, para quem quer economizar recomendo os restaurantes que chamam de Los Carritos. Fica próximo do campo de futebol. É o local mais barato para comer. Tem alguns restaurantes recomendados como: El Huerto, Pizzaria El Charrua, Emporio Andino, Franchuteria. Passeios Fechei os tours com a agência Flamingo. Foi tudo excelente. Comida, guia, van. Fechei: Valle de La Luna, Lagunas Altiplânicas + Piedras Rojas, Salar Tara (alternativo), Termas Puritama. DICA: A agência indica que você faça a reserva do tour das termas pelo site, o preço é CLP 19.500 (caro), mas eu já sabia que na hora era possível comprar, uma vez que eu estava indo no período da tarde de um sábado. O preço pago na hora foi de CLP 15.000. Acredito que no período da manhã é possível que tenha mais gente e seja necessário a reserva. Fica a critéria de cada um. Tour Astronômico Esse é muito procurado. Não tinha fechado do Brasil pois tinha receio de pegar tempo fechado e ter que adiar. Chegando no Atacama eu ia fechar com a agência Araya, pois eles incluem 2 fotos no tour, 1 grupo e 1 individual, mas é muito caro CLP 30.000. Fui até a agência e não tinha vagas e pedi uma indicação de outra agência e me disseram VULCANO. Fui até a Vulcano e fechei o tour com eles com direito a 3 fotos (incluindo 2 individuais) por CLP 18.000. O tour foi excelente, fui em 5 pessoas em uma SVU, tem snacks e chocolate quente, telescópios, uma pequana aula. Achei muito bom Mal de altitude Não sofri nada com o soroche. Bebi águas, mas não muita e passei bem. Só fui sentir algo quando eu corria e ficava mais ofegantes, mas nada demais e quando estava na fronteira do Chile indo para Bolívia que senti uma leve tontura. Indico chá de coca e beber muita água para evitar algum problema. Salar Uyuni Fechei o passeios com a agência "Do Brasil para o Mundo" é foi tudo maravilhoso. A agência operadora do tour foi a Uturunku, que é excelente. Carro 4x4 excelente, confortável, guia educado, cuidadoso, divertido, explicava as coisas. Fiquei em ótimos hoteis/hostel, as refeições servidas ao longo do tour eram muito boas, frescas. Sem dúvida foi perfeito e zero perrengue. A volta para San Pedro foi com outro motorista da Uturunku, mas foi tudo ótimo também. Qualquer dúvida me chamem pelo instagram @eujulianluciano
  5. Fala, galera. Por aqui eu costumo ler e anotar muitas dicas, nada mais justo do que compartilhar. Estive em Santiago de 25.05 a 28.05 e vou dar minhas impressões. Aeroporto Muito organizado, não enfrentei fila para nada. A imigração mostrou-se eficiente e rápida. O aeroporto fica a uns 40min do centro da cidade, e por isso quem quer economizar pode optar por usar os ônibus da Turbus ou Centropuerto que te deixar no centro de Santiago. Escolhi a Turbus pois sae de 10 e 10 min. O preço da passagem é CLP 1900. O ônibus é bem confortável. Eu desci na estação Alameda que faz integração com o metrô, é tipo um Terminal Tietê. Mas nota!!!!! O trânsito de Santiago é muito pesado, o trajeto do Turbus passa por algumas estações de metrô antes de chegar no centro, se eu pudesse teria descido na primeira estação que chama-se PAJARITOS e teria ido até meu hostel de metrô mesmo. O trajeto de ônibus deu pouco mais de 1 hora. Localização Me hospedei no Rado Boutique Hostel, e foi a melhor escolha. Fica localizado no bairro BellaVista, rua Pio Nono (seria uma Vila Madalena para nós paulistanos). Esse bairro é bem bohemio, cheio de bares, restaurantes, tem metrô Baquedano, seguro. Da para fazer tudo a pé dali. Fiz city tour até o centro, fui a pé até o cerro San Cristobal, tem o parque Forestal a 5 min. Câmbio Melhor local para cambiar reais é o centro, eu fiz o câmbio no aeroporto para trocar apenas o necessário para o transporte e estava numa cotação de 154 (troquei na AFEX). Já no centro, Rua Agustinas estava 166. Essa rua é a principal rua onde concentra-se as principais casas de câmbio, mas cuidado!!!!!!!!!!!!!!!!! faça seu câmbio em casas que você tenha conhecimento que são corretas, é comum passarem notas falsas. Eu troquei na AFEX e LASER. Locais Tem muita coisa para fazer. Clássicos: City tour pelo centro, Cerro Santa Lucia, Paseo Bandera, Distribuidora La Mundial, Sky Costanera, Cerro San Cristobal, Parques municipais, Heladeria Emporio La Rosa, Viniculas, Cajon del Maipo, Farellones, Val Paraiso, Vina Del Mar, Museus, Teleferico. Muita coisa. PS: Da para ir para a Vinicula Concha Y Toro de metrô e ônibus/uber. Alimentação Bom, isso é que é mais caro. Vou indicar o restaurante Paladar que fica no Patio Comidas, centro. O menu é bem completo, vem sopa de entrada com pão, salada mista, prato principal (tem várias opções para escolher), suco. Tudo deu 3800. Achei muito barato e os pratos são muito bem servidos. Tem um restaurante chamado La Piccola Italia, que dizem que é muito bom e os preços são justos (não fui nesse). Transfer Usei os serviços da TransVIP, e foi tudo ótimo. Eles passam no seu hotel/hostel umas 3 horas antes do seu voo. Metrô Só andei de metrô pela cidade. É muito fácil de usar e te leva para os principais locais da cidade. Para usar você precisar comprar a tarjeta BIP que custo CLP 1550 e carregar o cartão. Existem 3 modalidade de preços a depender do horário que você pega o metrô. No horário de pico é mais caro. Balada Indico a região da Bella Vista, rua pio nono. É cheia de barzinhos e baladas. Os ritmos que predominam são Eletrônico e Reggaeton, mas é muito legal. Quem puder pode fechar o PubCrawl. É como se fosse um pacote que da direito a 1 hora de open de cerveja e entrada em 4 baladas. É muito bom e não é caro, 10.000 (com desconto). Quem quiser entre em contato pelo insta que consigo desconto com uma promoter. Segurança Me senti mutio seguro na cidade. Mesmo no centro, a sensação de segurança é mil vezes maior que o centro de São Paulo, por exemplo. Óbvio que sempre andei alerta, usei doleira. À noite também andava pela cidade super tranquilo. Lembranco que fiquei no bairro de Bella Vista que fica próximo do centro também. Agências Turismo Indico a Chile Explorer. É composta por brasileiros e ajuda muito quem não fala espanhol. Os preços são ótimos. Chip Telefônico Eu comprei o Chip da operadora ENTEL. Funcionou perfeitamente. Usei ele no Atacama e o sinal era ótimo. Quando você ativa o número você tem 1 semana de redes sociais gratuita e mais 500mg de internet (não lembro bem rs). Cias Chilenas - LOW COST Eu também visitei Atacama e para isso precisei comprar as passagens com a Sky Airlines e JetSmart. Gostei muito de ambas. A JetSmart costuma ter preços mais baixos. Ótimo atendimento, check in sem filas, tripulação simpática. Nota 10. Qualquer dúvida só me chamar no instagram @eujulianluciano
  6. Oi, Raissa. Eu pretendo ir dia 13 e voltar dia 19. Estou indo pro Chile e Bolvia final de Abril e volto comeco de Maio. Qd eu voltar, comprarei as passagens.
  7. Uau... esse relato ficou muito bom. Muitas dicas, infos que vão ajudar muita gente.
  8. Estou programando para ir dia 13/08 e dar um pulo no Uruguai. Mais alguém??
  9. Depois da ajuda de alguns relatos, venho aqui compartilhar minha experiência em Foz. Bom, Foz sempre esteve na minha lista de lugares que gostaria de visitar. As Cataratas com certeza está na maioria da lista de lugares de vários viajantes e mochileiros e no meu caso não era diferente. Eu tinha 3 dias para fazer os passeios e meu roteiro era no 1º dia chegar no hostel e depois ir cambiar o real pois no dia seguinte iria visitar as Cataratas do lado Argetino e eu precisa de Pesos. 2º dia visitar o lado argentino. 3º dia visitar Cataratas lado Brasileiro e parque das Aves e no 3º dia Templo Budista, Mesquita e Marco Três Fronteiras. 4º dia, volta para casa. Vou focar mais como foi meu roteiro para visitar o lado argentino, o lado que causa mais dúvidas para as pessoas de como chegar e etc. Porém qualquer outra dúvida eu respondo também 1º Dia (06.08.2018). Bom, minha jornada iniciou-se na segunda. Eu sai de SP às 16:00, voei pela Gol até Foz, voo tranquilo. A duração foi de 1:40 aprox. Eu já tinha pesquisado antes em vários sites e aqui no Mochileiros como se locomover pela cidade, e li que pegar ônibus na cidade era muito fácil e realmente é. Eu tinha lido que uma linha de ônibus passava no aeroporto e lá fui atrás do ponto para pegar o ônibus e chegar no hostel. Assim que cheguei no aeroporto de Foz eu sai pela esquerda e segui até o final do corredor, assim que sai do aeroporto desci as escadas e a minha esquerda estava a parada do ônibus 120 que te leva para o centro de Foz, passando pela Avenida Cataratas. Sentei e fiquei esperando o ônibus, eu aguardei uns 15 minutos e o ônibus chegou, porém cheio, mas consegui entrar mesmo com meu mochilão de 50L, MAS, assim que entrei no ônibus e ele começou a sair do aeroporto veio outro ônibus bem mais vazio rsrs. Aqui uma dica de app, eu baixei o aplicativo MAPS.ME totalmente gratuito, rápido, detalhado com mapas inteiramente offline. Eu reservei o Tetris Hostel pois ele foi bem avaliado por uma mochileira aqui do site, reservei o hostel pelo Booking. Voltando ao relato, peguei o ônibus e paguei R$ 3.55, eu já tinha visto que o hostel ficava na avenida das Cataratas e que tinha um ponto a uma quadra do meu hostel. Eu abri o app e fiquei olhando o meu deslocamente em tempo real para quando eu chegasse próximo ao ponto de ônibus desse o sinal de parada. Do aeroporto até essa parada levei uns 30 min. Assim que vi que estava chegando eu dei o sinal e desci do ônibus, caminhei descendo a avenida e em menos de 5 minutos cheguei ao hostel. Fiz meu check-in às 18:50 e percebi que a casa de câmbio onde iria comprar os pesos já tava fechando e não ia conseguir ir até lá (era bem próximo do hostel, era só descer a avenida). Pedi ajuda a recepcionista do hostel e ela disse que no supermercado Muffato tinha um loja de câmbio chamada Scappini. Bom, me ajeitei no meu quarto, que era muito legal e aconchegante, e fui até o supermercado trocar os reais. Cheguei no supermercado (era também só descer avenida direto) em uns 15 minutos e fui até a loja, cambiei 480 pesos (preço do ingresso do parque na Argentina, eles não aceitam outra moeda, só pesos) e deu R$ 77, aproveitei para comprar algumas coisas no supermercado para levar no outro dia para o passeio, pois as coisas para comer e beber lá no parque do lado argentino eram muito caras, segundo relatos. Coisas compradas voltei para o hostel, jantei no hostel, conversei com a galera que estava lá (maioria franceses, ingleses, eu era o único brasileiro da mesa) e depois fui repousar. 2º dia (07.08.2018) Nesse dia o roteiro era pegar ônibus até o TTU, depois outro ônibus para a Argentina e de lá outro ônibus para o parque das cataratas. Nesse dia eu já sabia tudo que tinha que fazer para chegar até o lado argentino. Acordei umas 07:00, me arrumei, fui para o ponto de ônibus pegar o busão para o terminal de ônibus que fica no centro de Foz para poder outro ônibus que leva até a Argentina, no caso Puerto Iguazu. Cheguei no terminal e depois eu sai, o ônibus que leva para a Argentina fica ao lado do terminal e não dentro. Cheguei no ponto e tinha duas bandeiras, uma do Brasil e outra da Argentina, no ponto só tinha uma senhora e eu perguntei se o ônibus tinha passado e ela disse que sim. Ela comentou que o ônibus tinha ido cheio, e pouco antes alguns taxistas tinham passado ali para levar alguns turistas para Puerto Iguazu. Bom, eu aguardei ali mesmo, após não mais que 20 minutos o ônibus chegou, ele vem escrito ARGENTINA, o preço da passagem foi de R$ 6. O ônibus foi vazio, sobrou lugar (UFA). Mas se programe, esse ônibus demora de 30min a 1 hora para passar dependendo do horário que você pega. Esse ônibus te leva até a fronteira, onde você vai descer pra passar na alfândega junto com as demais pessoas. Finalizado todo mundo, você vai ter que esperar novamente o ônibus do lado argentino para ir até a rodoviária de Puerto Iguazú, o ponto final. Mas é bem fácil, o motorista para, dai todo mundo desce pela porta do fundo, você fica na fila, passa pelos agentes, apresenta o documento (eu apresentei o passorte e ele carimbaram), passa pelo detector de metai e raio x dai você sai e já avista o ônibus, entra e depois segue viagem. Comigo foi tudo muito tranquilo, eu demorei não mais que 1:30 até o ponto de ônibus na Argentina. Eu tinha lido que esse ônibus para em um ponto antes da rodoviária de Puerto Iguazu e que ali passava de qualquer forma o ônibis da Rio Uruguay para o parque e que desse sorte podia fechar um taxi com outras pessoas até o parque das cataratas. Bom, foi isso que aconteceu. O motorista parou nesse ponto e avisou que ali era o ponto até o parque das Cataratas, eu fiquei na dúvida, mas desci pq vi várias pessoas descendo (todos turistas rsrs). Ali no ponto já tinha algumas pessoas aguardando o ônibus da Rio Uruguay. Em poucos minutos um taxista se aproximou oferecendo corrida. Prontamente eu perguntei quanto sai e ele disse que R$ 25 (era o mesmo preço do ônibus da Rio Uruguay). Eu conversei com o pessoal que tava ali e conseguimos fechar em 4 pessoas para o taxi. Pegamos o taxi em uns 30 minutos chegamos até a entrada do Parque. Paguei os 25 reais (podia ser pago em peso) e o taxista muito gentil nos explicou como funcionava as trilhas la dentro e tal. Ele também mostrou onde ficava o ponto da Rio Uruguay que levava até a rodoviária de Porto Iguazu (que fica no lado direito saindo do parque e no lado esquerdo o ponto dos taxitas). O taxista também cambiava, ele fazia 480 pesos por 80 reais (eu podia cambiar com esses taxistas na parada do ônibus, mas eu já tinha os 480 pesos). Fui até o guichê comprar o ticket, o parque não estava cheio, estava bem tranquilo. Comprei o ticket por 480 pesos porque Brasileiro tem desconto (https://iguazuargentina.com/es/parque-nacional-iguazu). Assim que você entra no parque você pode fazer um percurso que eles chamam de trilha verde que fica na estação central até a estacão Cataratas ou pegar um trem da estação Central para a estação Cataratas. Da estação Cataratas você tem que pegar uma senha para o trem que leva até a estação Garganta para iniciar a trilha que leva até a Garganta do Diabo. Eu cheguei no parque às 10:00, fui até o guichê pegar a senha do trem até a estação Cataratas. Aguardei uns 20 minutos e o trem chegou (esse trem passa a cada 30 minutos). Depois desci na estação Cataratas. Chegando lá fui pegar a senha (UMA BAGUNÇA, não tem fila para pegar a senha, o atendente grita para formar fila, mas o povo não entende ou se faz de desentendido) para a estação Garganta do Diabo e espera estava em 1 hora até o próximo trem. O trem iria sair 12:15 (tem monitores informando a númeração da senha e que horas o trem daquela senha partirá), então resolvi fazer o trilha do circuito superior, pois daria para fazer em 1 hora (no meu ritmo) e dar tempo de voltar e pegar o trem para a Garganta do Diablo. Iniciei a trilha uma 10:40, tudo muito lindo, e 11:50 eu já estava na estação Cataratas para pegar o trem. Depois que pega o trem você desembarca na estação Garganta e de lá você inicia a trilha para majestosa Garganta do Diabo. O percurso é incrível, toda aquela vibe, os animais que você vê pelo caminho, é inexplicável e quando você chega próxima a Gargante do Diablo e vê a névoa branca causada pela força das águas e o barulho a sua ficha começa a cair. Quando eu finalmente cheguei eu fiquei de abismado, sem palavras. Tirei muitas fotos, o mirante estava até que tranquilo e com paciência e pedindo licença você consegue tirar suas fotos. Eu fiquei por ali por um tempo até retornar para a trilha até a estação Garganta e de lá voltar a estação central e fazer circuito inferior, que também é demais, não deixem de fazer, o Salto Bosseti é lindo demais e rende um fotão. Consegui fazer tudo e às 16 estava voltando para Puerto Iguazu para pegar o ônibus para Foz. Aqui eu dou uma dica, leve pesos ou reais já trocados para comprar sua passagem da Rio Uruguay para a rodoviário de Puerto Iguazu. Quando fui comprar a passagem lá no loja deles, não tinham troco para reais e tive que pegar meu troco em pesos. Outra dica, como na volta vai fazer todo o processo lá na fronteira, sente-se no fundo do ônibus ou senão tiver lugar já fique no fundão mesmo, pois você é um dos primeiros a descer e depois uns dos primeiros a subir, tendo mais chance de ir sentado caso o busão esteja cheio. Na rodoviária de Puerto Iguazu aguarde o ônibus para Foz na plataforma 7. Esse ônibus passava exatamente naquele ponto que fica a 5 minutos do meu Hostel. Cheguei no Hostel umas 17:45 + ou -. Foi tudo muito tranquilo e com certeza é uma experiência que todo mundo deveria ter uma vez na vida. Espero ter colocado tudo que lembro e de forma objetiva. É isso galerinha, para ajudar o amiguinho aqui clique no joinha e se inscreva no canal, e não esquece de compartilhar kkk zuera.
  10. Vale muito a pena! Recomendo. Só não recomendo gastar mais de 2 horas em Morretes. 1:30 hora está de bom tamanho (opinião pessoal)
  11. @Aline Fontainha Oi, da uma olhada nesse site. Tem algumas infos. Tem mais opções de horários dos ônibus saindo de Três Corações. http://www.tvsaotomedasletras.com/horario-de-onibus
  12. Oi, Ana! Eu viajei para Curitiba pela Azul sem despachar meu mochilão. Tenho um modelo masculino da Quechua Easyfit 50 L Mochilão Quechua Easyfit 50 L. Minha preocupação era em relação ao peso e tamanho, mas não tive nenhum problema. Meu mochilão foi cheio e pesou uns 5/6 kilos e consegui levar como bagagem de mão, não consegui usar o bagageiro do avião pois iria dar trabalho arrumar as bagagens que já estavam lá e colocar meu mochilão, o que fiz, o acomodei no chão debaixo do assento da frente sem problemas (não me incomodou).
×
×
  • Criar Novo...