Ir para conteúdo

AninhaCardoso

Membros
  • Total de itens

    12
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Pessoal, Estou pensando em ir pra Arraial do Cabo dos dias 10/05 a 18/05. Como é o tempo lá? Alguém pode ajudar? Dá pra aproveitar a praia?
  2. AninhaCardoso

    3 dias em Curitiba

    Pessoal, Pessoal, me ajudem com meu roteiro... 1º dia (segunda-feira) - Chegamos em Curitiba dia 13/02 por volta do meio-dia. - Almoçar - fazer checkin no hotel e largar as malas - Ir conhecer o Jardim botânico - A noite, curtir um barzinho 2º dia (terça-feira) - Fazer um bate volta até a Ilha do mel, saindo de manhãzinha e retornando a noite 3º dia (quarta-feira) - Fazer o passeio de trem a Morretes e retornar de ônibus. Como meu vôo de retorno é as 21:30, pensei em aproveitar o resto de tarde (pelo que vi, chegarei em Curitiba de volta, umas 16:00 saindo as 15:00 de Morretes). - Passeios: Vista panorâmica e Opera de Arame. Será que da tempo pra fazer tudo ?
  3. Oi Beto! Pois então, ainda não reservei hostel. Você já tem lugar para ficar? Eu sairei de Porto Alegre. Vou com mais 03 amigas. Você vai sozinho? Podemos nos encontrar ! =D Abraços!
  4. Galera, Estou indo para Buenos Aires do dia 05/01 a 12/01; Tenho algumas dúvidas, vê se podem me dar um help: - Troco real por dólar no Brasil e lá troco dólar por pesos? - Hostel bom e barato - Alguém sabe como é a aceitação de cartão lá? Algumas pessoas me falam q é tranquilo, outras me falam q quase nenhum lugar aceita. - Freeshops baratissimosss! - Lugares que não posso deixar de ir.. - Quanto de dinheiro tenho que levar no mínimo. Valeuu pessoal! Abraços
  5. Você é de onde Érica? Bom, sou aqui do sul, a época que você quer ir é bem no início do Natal Luz em Gramado. Como nessa época é recebido muitos turistas na cidade, o valor das estadias em hotéis dobram o valor. Te aconselho a já ir prontuariando e reservando lugar. Dá uma olhada no site de Hotel Urbano, sempre tem umas promoções legais lá. Como tua intenção é ficar 1 mês, te aconselho a não ficar só em Gramado e em Canela (tu consegue fazer várias coisas em 7 dias), tem outros lugares próximos que são muito bonitos. Ex: São Francisco de Paula, Três Coroas, e as cidadezinhas que fazem parte da Rota Romântica. Em Gramado e Canela, as coisas são meio caras, os ingressos dos lugares para quem não é morador da cidade é em média de R$ 20 à R$ 40. Tem bastante coisa legal para fazer e a cidade é encantadora, mas prepare-se para gastar também! Quando de decidir, pode te dar dicas de onde ir! Abraços!
  6. Oi , eu fiquei no Bamboo Hostel, bem próximo a praia de Copacabana e perto da estação de trem;
  7. ]Vou deixar aqui o relato do meu dia no Viaduto 13 em Vespasiano Correa /RS. Em primeiro lugar, deixa eu contar um pouco a história do lugar... "O Viaduto do Exército, conhecido também como Viaduto 13, é a denominação dada a um viaduto ferroviário existente na Ferrovia do Trigo, a EF-491, no trecho entre os municípios de Vespasiano Correia e Muçum, no Rio Grande do Sul A denominação 13 tem sua origem no fato de ser o 13º de uma sequência de viadutos que se inicia no centro da cidade de Muçum, conhecida como a "Princesa das Pontes" Foi construído pelo 1º Batalhão Ferroviário do Exército Brasileiro durante a década de 1970, tendo sido projetado desde o final da Segunda Guerra Mundial, pela empresa Serviços de Engenharia Emílio Baumgart (SEEBLA). Com seus 143 metros de altura e 509 de extensão, foi inaugurado pelo então presidente Ernesto Geisel em 19 de agosto de 1978, e é tido como o maior viaduto ferroviário da América Latina e o segundo mais alto do mundo, superado apenas pelo Viaduto Mala Rijeka, em Montenegro, de 198 metros de altura." Vamos lá: encontrei na net um grupo de POA que organiza trilhas e no site deles vi essa para o viaduto 13 (http://www.triptri.com.br). Fiz o pagamento de R$ 59,00 que foi referente ao Transporte, um ônibus bem confortável. Fui sozinha para a Trip, nos encontramos no posto da PUC em Poa e saímos exatamente as 06:00 de lá. Chegamos em Vespasiano Correa as 9:30, e iniciamos a trilha até o V13. Lá em cima tinha uma equipe de rapel que esperava quem quisesse se aventurar a descer os 143 metros da ponte! Para subir até o V13, fomos caminhando em trilha. Da +ou- uma meia hora de caminhada. Da para ir de carro também, a estrada é boa, mas nada se comprara a ir entrando no clima do lugar! Como disse, tinha a equipe do rapel esperando os aventureiros; Foi minha 1º vez e só tenho uma coisa para dizer "FARIA TUDO DE NOVO". a Equipe do Jacaré da Montanha (http://jacaredamontanha.blogspot.com.br/2013/06/rapel-viaduto-13-as-fotos-ja-estao-no.html) foi super atenciosos comigo e com os outros tripeiros ali presentes. Muitos eram a 1ª vez também. Mostraram e nos passaram muita segurança para descer. Tive algumas dificuldades com a corda, porque ela era pesada e não tinha força nos braços para puxa-la, mas depois de algumas tentativas foi. 143 metros de muita emoção, paz e contato com Deus! Tu viaja para um lugar que nem você acredita! Siimm, esse é o poder da natureza! Demora em torno de uns 15 a 30 minutos, dependendo da tua habilidade. No meu caso foi 30min! ehehe Em baixo tem umas cantinas onde o pessoal residente vende lanches, bebidas... Eu havia levado alguns lanches me acomodei num canto e almocei. Descer foi fácil né!? Mas agora tinha que subir tudo de novo e fazer as trilhas nos trilhos do trem! Conheci um pessoal bem legal no almoço e compartilhamos nosso sentimento no rapel. Nos reunimos e fomos fazer as trilhas juntos! Isso que é o mais legal nessas trips, tu conhece um pessoal que está ali pelo mesmo motivo que você, que colocou uma mochila nas costas e foi sem saber o que esperavam! Novamente subimos até o V13, meia hora de caminhada no sol quente pra caramba! (Recomendo levar muito protetor solar e água). Fizemos 2 trilhas, a 1ª foi nos trilhos suspensos e a 2ª nos tuneis; 1ª tilha- Trilhos sem proteção- Caminhamos 1 hora até chegar na ponte sem proteção. Quando falo assim, é porque nela não existe proteção mesmo! hehe Entre os trilhos, meu pé cabia completo, e nos lados não tinha algo que pudêssemos nos segurar. Fiquei meio apreensiva no começo porque era um tropeço e deu... 143 metros pra baixo! Fui bem na calma. É uma sensação de tensão, mas ao mesmo tempo você quer fazer aquilo! Depois de atravessar tu vai sentir aquele sentimento de "Consegui"... é muito bom! Descansei um pouco e tive que voltar pelos trilhos de novo, sem proteção! Caminhamos novamente até a 2ª trilha.. 2ª trilha- Nos túneis- Para fazer essa trilha deve levar lanterna, porque é muito escuro dentro dos túneis e se vai levar a lanterna do celular, certifique-se que está bem carregado. Nessa trilha levamos umas 3,5 horas (ida e volta). Novamente recomendo muita água, pois a caminhada é longa. Seguimos a trilha no escuro, só com as lanterninhas e vontade de chegar até a cachoeira que lá tem. Passamos por 2 tuneis longos e bem escuros e por 2 mais curtos e que conseguíamos ver a luz do fim do túnel hehe O Tiago, quem organizou a trip, nos falou sobre a existência do trem de carga e nos orientou para que tivéssemos cuidado caso ele passasse. O que ele não esperava e nem nós, é que naquele dia o trem ia passar! Tínhamos saído do 3º túnel e em questão 1 min escutamos um barulho de buzina e umas luzes vindo de dentro do túnel. Quando vimos que era o gigante chegando, o cansaço, as dores nos braços e pernas sumiram! A adrenalina foi la em cima e nos atiramos no mato ao lado do trilho! Pensa em pessoas felizes em ver o trem passando! Pareciam 5 crianças, que não sabiam o que faziam, se gravavam a passagem do gigante de 60 vagões ou se tirava foto ou se apenas olhava! Tivemos sorte de já ter saído do túnel quando o trem passou, mas caso estivéssemos dentro do túnel, a orientação era se encostar na parece de braços abertos! #tenso né!? Enfim, voltamos a caminhada a procura da cachoeira... Na entrada do 5º túnel la estava ela... Do lado do túnel tem uma pedra bem escorregadia que leva a cachoeira. Tem que cuidar para não escorregar, mas é tranquilo e vale a pena! Todas energias renovam ao ver aquela queda d'água que tu olha e parece não ter fim... Nosso ônibus partiria as 18:00 então tivemos que voltar tudo de novo no rapidão! Quando voltamos estava tão cansada que dormi o caminho todo até POA. Recomendo o passeio para todo mundo! É um superar limites ! É um "estou com medo, mas vou igual" ! Tem lugares tão maravilhosos tão próximas da gente e que não temos nem noção da total magnitude! Espero que tenham gostado!
  8. Oi, acho que vale a pena conhecer a região dos Canyons em Cambará do Sul. É lindo demais!
  9. Galera, Preciso de um help! Estou com passagens compradas para Curitiba em 11/04/14; Alguém conhece alguns hostel que fique bem centralizado e que tenha bom custo benefício? +++Preciso Urgente++++
  10. AninhaCardoso

    Rio de Janiro

    Não é para menos que o RJ é considerado como a cidade maravilhosa! Tentarei ser breve no relato de minha viagem e deixar aqui registrado algumas experiências: Fomos eu e uma amiga. Embarcamos no Aeroporto Salgado filho as 6:27 da manhã, rumo a Congonhas, onde fizemos conexão até o Aeroporto Santos Dumont no Centro do RJ. Chegamos lá por volta das 9:45, onde pegamos um ônibus até o Hostel que tínhamos reserva. O ônibus era o Premium, chamado também de Frescão. O valor da passagem é de R$ 13,00 ele passa pela Avenida Atlâtica. Ficamos no Hostel Bamboo Rio (http://bamboorio.com), situado na Lacerda Coutinho. Para quem não quer gastar com hospedagem, hostel é uma boa pedida, pois além do custo benefício (R$ 50 à diária em média), tu acaba conhecendo pessoas de tudo que é lugar do Brasil e do mundo. Já no 1º dia fomos até o Pão de Açúcar. Pagamos R$ 64,00 no ingresso. Chegamos até lá de ônibus (o serviço de transporte público na Zona Sul é muito bom). Pegamos o ônibus na Rua Nossa senhora de Copacabana e pagamos 2,75 na passagem. Para chegar até lá, pegamos o ônibus 511- URCA. Ele te deixa bem na frente da bilheteria do Pão de Açúcar. É lindo lá de cima e com uma vista maravilhosa. Retornando a Copacabana, pegamos o ônibus 512- COPACABANA. Neste mesmo dia, ainda fomos caminhando pela beira-mar até o Arpoador na praia de IPANEMA. Sim, somos loucas! Caminhamos durante 1 hra e meia +ou- (ida e volta), mas ver o pôr-do-sol de lá não tem preço! Para os mais certos da cabeça, o mesmo trajeto pode ser feito de ônibus(Não lembro qual) mas que te deixa bem na frente da praia. No 2º dia fomos até o Cristo. Particularmente, um dos passeios mais bonitos que já fiz. Simplesmente lindo, lindo e lindo! O ingresso do Cristo, compramos na barraca de Turismo que fica no calçadão em Copacabana, na Av. Atlântica. Compramos 1 antes, porque é limitado o número de ingressos por dia, então se deixar para comprar no dia, pode acabar por não conseguir. Pagamos R$ 50,00. Para chegar até lá, pegamos um ônibus que nos deixou na frente da bilheteria. Entramos no trenzinho que passa pelo meio da Floresta da Tijuca rumo ao Cristo. Lá tiramos muitas fotos e ficamos encantadas com a magnitude, com a perfeição do lugar! Simplesmente lindo d+! Não deixe de conhecer o Cristo, não vai se arrepender! A noite aproveitamos a noite da LAPA. Noite boemia mesmo, regada de muito samba! Curtimos um som do Grupo de Pagode Bom Gosto e dançamos até de manhã!Para ir de Copacabana até a Lapa fomos de táxi, que nos custou R$ 40. No 3º dia pela manhã curtimos uma praia em Copacabana e na parte da tarde fomos ao Jardim Botânico. Fomos de ônibus até lá. Acabamos por fazer uma visita mais rápida, porque chegamos lá por volta das 14:40 e o Parque é Enorme e fecha as 17:00, ainda assim conseguimos aproveitar bastante. Tem árvores de tudo o que é tipo. No 4º dia de manhã, fomos para o Centro do RJ. Conhecemos a Confeitaria Colombo e suas delícias e depois fomos nas lojas Saara ( é uma rua onde tem várias lojinhas, lembra a 25 março de SP), tudo muito barato.As lembrancinhas do Rio que na praia de Copacabana, no Cristo, no Pão de Açúcar é cobrado o valor de R$ 15 para mais, nesta rua, você encontra por R$ 5 ou menos. Partimos para o Bairro Madureira, onde fomos de metrô (Passagem 3,75). Lá é separado por linhas, ou seja, pode ser linha Vermelha ou Linha verde. Descemos em Irajá, onde ficamos na casa de um amigo e a noite fomos para o Ensaio da Escola de Samba PORTELA. Fiquei impressionada com o samba no pé dos cariocas! Sambam muito! No 5º e último dia aproveitamos para nos despedir de Copacabana. A Alimentação na Zona Sul é muito cara. A garrafa de água não baixa de R$ 3,00. Para quem não se importa em fazer lanches, tem uma lanchonete chamada BIG BI, que faz sucos naturais maravilhosos (provem o de melancia) e salgado muito bons (provem o Joelho). Além de ser uma opção barata (torno de uns R$ 10,00- suco + salgado), o atendimento é rápido e muito bom. Voltei para POA com gostinho de quero mais! Com certeza voltarei para o Rio e cantarei "- O RJ continua lindo...". =D
×
×
  • Criar Novo...