Ir para conteúdo

Glauco Miranda

Membros
  • Total de itens

    14
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Opa! Ia adorar! (Mora em Càceres? ) O lance é que tive que adiar, então só vou no próximo verão (janeiro/2015). Me add no FB.
  2. Ooooi! Mudamos as datas, vamos apenas em Janeiro/2015. Umas 7 pessoas.;!
  3. Paulo, obrigado pelas dicas. Eu havia me preocupado com isso também. Estou planilhando gastos com passagens e hospedagens, e acho que até o final do levantamento vou encontrar soluções para essas questões. Valeu pelas dicas.!
  4. heheh' sempre tem. Vamos 23 de Julho, e chegamos ao brasil no dia 09 de Agosto
  5. Bunita, vou estar em cuzco dia 4 também, com um grupão de 10 amigos! Nos vemos lá?
  6. Inhae Miguel, blz? Por que você não faz a rota inversa? Se você começar por Santiago/Iquique e fizer o inverso você termina em La Paz, sem precisar passar por lá duas vezes. Já te ocorreu isso? No Salar de Uyuni você pretende ficar quanto tempo? Existem passeios básicos de 1 dias, mas também tem os roteiros maiores, de tres a cinco dias. Estamos planejando fazer os maiores trechos rodoviários de ônibus à noite, assim podemos aproveitar melhor o dia nas cidades do nosso roteiro. Outra coisa: Você vai de Lima a Cuzco direto? O que pretende fazer em Lima? Realmente valerá a pena ir para apenas uma cidade e depois cobrir 1000 km, quando você poderia optar por um roteiro diferente?
  7. De boa cara, quando resolvi fazer o mochilão, estava tão perdido quanto você, e acho muito bacana a iniciativa do pessoal nos fóruns do mochileiros.com, em contribuir e colaborar uns com os outros. Meu roteiro já está pronto, vamos ser um grupo de (in)prováveis 10 pessoas, e já chegamos na fase de fazer a planilha com todos os custos. Estamos MUITO animados. Espero que sua experiência possa ir sendo construída de forma tão boa quanto a nossa!
  8. Compartilho meu mapa e roteiro com vocês. http://www.tripline.net/trip/Mochil%C3%A3o_2014-4642444110041007A129B856D9ED8CDB (Mapa animado. Dê play e aproveite!) Roteiro: Dia 01 – Cáceres (MT) – San Matías – Santa Cruz (Saída de Cáceres bem cedo, dormir em Santa Cruz). Dia 02 – Santa Cruz (Saída para Sucre no final do dia) Dia 03 e 04 – Sucre (Saída para Uyuni no final do 4º dia) Dia 05 – Uyuni (Saída para Oruro de Trem à noite) Dia 06 – Oruro. Chegada pela manhã para pegar ônibus para Arica (Chegada à noite) Dia 07 – Arica - Conhecer a cidade, subir o mirante, ver o pôr do sol no pacífico (Partir para Tacna à noite); Dia 08 – Tacna. Chegada cedo, pegar o ônibus para Arequipa; Dia 09 – Chegada de madrugada em Arequipa para passar o dia (Saída à noite para Cuzco); Dia 10 – Chegada à Cuzco pela manhã, conhecer a cidade e se alojar (City Tour); Dia 11 – Tour arqueológico, terminando em Ollantaytambo, pegar o trem pra Aguas Calientes e dormir lá; Dia 12 – MACHU PICCHU (Dormir em Aguas Calientes) Dia 13 – Saída de Aguas Calientes para Cuzco BEM CEDO, comprar passagens e partir para Puno, com destino a Copacabana (Dormir lá); Dia 14 – Copacabana. Saída BEM CEDO para La Paz. Almoçar em La Paz, andar pela Cidade, conhecer a night; Dia 15 – Conhecer La Paz pela manhã, sair para Cochabamba após o almoço. Chegar em Cochabamba à noite e pernoitar; Dia 16 – Cochabamba. Conhecer a cidade e sair à noite para Santa Cruz; Dia 17 – Santa Cruz. Passar o dia lá e sair para San Matías à noite; Dia 18 – San Matías. Chegada de manhã. Saída para Cáceres no primeiro ônibus.
  9. Já fechamos o roteiro e vamos trabalhar agora na planilha de custos. Ficou fechado 18 dias de mochilão. Dá uma olhada: Dia 01 – Cáceres (MT) – San Matías – Santa Cruz (Saída de Cáceres bem cedo, dormir em Santa Cruz). Dia 02 – Santa Cruz (Saída para Sucre no final do dia) Dia 03 e 04 – Sucre (Saída para Uyuni no final do 4º dia) Dia 05 – Uyuni (Saída para Oruro de Trem à noite) Dia 06 – Oruro. Chegada pela manhã para pegar ônibus para Arica (Chegada à noite) Dia 07 – Arica - Conhecer a cidade, subir o mirante, ver o pôr do sol no pacífico (Partir para Tacna à noite); Dia 08 – Tacna. Chegada cedo, pegar o ônibus para Arequipa; Dia 09 – Chegada de madrugada em Arequipa para passar o dia (Saída à noite para Cuzco); Dia 10 – Chegada à Cuzco pela manhã, conhecer a cidade e se alojar (City Tour); Dia 11 – Tour arqueológico, terminando em Ollantaytambo, pegar o trem pra Aguas Calientes e dormir lá; Dia 12 – MACHU PICCHU (Dormir em Aguas Calientes) Dia 13 – Saída de Aguas Calientes para Cuzco BEM CEDO, comprar passagens e partir para Puno, com destino a Copacabana (Dormir lá); Dia 14 – Copacabana. Saída BEM CEDO para La Paz. Almoçar em La Paz, andar pela Cidade, conhecer a night; Dia 15 – Conhecer La Paz pela manhã, sair para Cochabamba após o almoço. Chegar em Cochabamba à noite e pernoitar; Dia 16 – Cochabamba. Conhecer a cidade e sair à noite para Santa Cruz; Dia 17 – Santa Cruz. Passar o dia lá e sair para San Matías à noite; Dia 18 – San Matías. Chegada de manhã. Saída para Cáceres no primeiro ônibus.
  10. Também estou nessa de marinheiro de primeira viagem, nunca fui pra fora do Brasil, mesmo morando na fronteira (que vergonha). Criei um tópico onde compartilhei o arquivo do roteiro que estou montando, talvez possa ser útil, dê uma olhada: bolivia-chile-peru-julho-agosto-2014-t90711.html Sobre suas perguntas, já dei uma pesquisada, vamos ver o que dá pra responder: Quais os melhores países para conhecer: Estou fazendo a rotas tradicional, Bolívia, com uma passadinha pelo Chile para o Pacífico e Peru com direito à Nazca e Machu Picchu, a mais comum, na verdade, existem milhares de rotas assim aqui no fórum. Quais as melhores rotas? Como disse aí em cima, tem rotas muito conhecidas e tradicionais, dê uma olhada nos tópicos do fórum, leia alguns relatos de viagens também, eles abriram meus olhos pra muita coisa boa, que não aparece nos roteiros por que a viagem ainda não foi feita. Dá pra evitar surpresas desagradáveis assim. Quais cidades conhecer? Depende de você. Sou estudante de História, então obrigatoriamente vou fazer rotas que tenham mais a ver com o meu perfil, que inclua museus e escavações arqueológicas, além do contato com a cultura local. Optei por não viajar de avião. Quais os melhores percursos a serem feitos de avião/ônibus? Cara, posso estar me metendo numa viagem cansativa e longa das boas, mas estou evitando ao máximo andar de avião. É claro que as maiores distâncias vão acabar tomando muito do meu tempo, mas eu não ligo muito pra isso. Você liga? Se faça essa pergunta. É melhor reservar hotéis com antecedência ou durante a viajem? Reserve com antecedência, se possível, mas mantenha o olho nas promoções. Talvez durante a viagem você encontre opções melhores e mais baratas do que as que reservou. Qual a bagagem fundamental para este tipo de viajem? Ainda não me aprofundei na bagagem, mas se você prestar atenção nos posts do fórum vai ver que o geral é uma mochila de guerra com os pertences de emergência, coisas que devem estar sempre à mão, e uma mochila cargueiro. Aqui no fórum tem um tópico para iniciantes específico sobre isso. Devo levar algum dinheiro em espécie ou consigo me virar apenas com cartão? A maioria das pessoas sugere que você faça uma divisão. Leve dinheiro em espécie, não cambie todo de uma vez, e leve um cartão internacional, ou cartão pré-pago. A moeda "Real" é suficiente para a viagem ou algum país aceita apenas a moeda local? Na Bolívia eu sei que muitos lugares aceitam o Real, principalmente na fronteira. É o caso de San Matias, de onde pretendo partir. Depois você precisa fazer o cambio do dinheiro. Na maioria dos lugares se aceita Dólar, e o cartão de crédito pré-pago usa o dolar como moeda. Quais as médias de valores de translados entre as cidades, valores de estadias, alimentação? Isso é uma coisa que você precisa levantar, depois de avaliar qual será o seu trajeto. Leia cara, leia muito, sem preguiça. As vezes acho que vou pirar com tanta informação, mas o pessoal aqui do fórum é super detalhista nos posts, e nos relatos de viagem tem muitas preciosidades.
  11. Novo aqui, tá gente? E morrendo de medo de falar bobagem! Sempre viajei para congressos pelo Brasil com pouca grana e uma bagagem salva vidas, pra não passar perrengue na viagem. Agora resolvi encarar o desafio de mochilar por aí. Estou elaborando, baseado em vários roteiros e relatos de viagens aqui do mocilheiros.com um roteiro para um grupo de 5 amigos, passando por esses três países, saindo de Cáceres - MT, cidade onde moro. De lá, partimos para San Matias e só então seguimos para Santa Cruz. Nossa meta é fazer uma viagem de 18 dias, pelos três países, com foco em Machu Picchu, querendo passar por Arica para molhar os pés no pacífico (meu sonho ). Ainda não me embrenhei no desafio de fazer o orçamento e checar valores, mas queremos fazer isso com 2.000 reais. Já encontrei relatos e roteiros em que isso é possível. Enfim, estou meio ansioso, mas tenho lido muito sobre todos os destinos. Minha dúvida é: vocês acham que vale mesmo a pena visitar Sucre e Potosí, com um itnerário apertado assim? Estou pensando em cortar esta parte da viagem, ir direto até Arica por Oruro, conhecer Nazca e seguir para Cuzco, para visitar a "montanha velha" (Machu Picchu). A propósito, como estão os preços por lá ? ATUALIZADO: Potosí rodou! Segue nosso roteiro, dia a dia (O que acham?): Dia 01 – Cáceres (MT) – San Matías – Santa Cruz (Saída de Cáceres bem cedo, dormir em Santa Cruz). Dia 02 – Santa Cruz (Saída para Sucre no final do dia) Dia 03 e 04 – Sucre (Saída para Uyuni no final do 4º dia) Dia 05 – Uyuni (Saída para Oruro de Trem à noite) Dia 06 – Oruro. Chegada pela manhã para pegar ônibus para Arica (Chegada à noite) Dia 07 – Arica - Conhecer a cidade, subir o mirante, ver o pôr do sol no pacífico (Partir para Tacna à noite); Dia 08 – Tacna. Chegada cedo, pegar o ônibus para Arequipa; Dia 09 – Chegada de madrugada em Arequipa para passar o dia (Saída à noite para Cuzco); Dia 10 – Chegada à Cuzco pela manhã, conhecer a cidade e se alojar (City Tour); Dia 11 – Tour arqueológico, terminando em Ollantaytambo, pegar o trem pra Aguas Calientes e dormir lá; Dia 12 – MACHU PICCHU (Dormir em Aguas Calientes) Dia 13 – Saída de Aguas Calientes para Cuzco BEM CEDO, comprar passagens e partir para Puno, com destino a Copacabana (Dormir lá); Dia 14 – Copacabana. Saída BEM CEDO para La Paz. Almoçar em La Paz, andar pela Cidade, conhecer a night; Dia 15 – Conhecer La Paz pela manhã, sair para Cochabamba após o almoço. Chegar em Cochabamba à noite e pernoitar; Dia 16 – Cochabamba. Conhecer a cidade e sair à noite para Santa Cruz; Dia 17 – Santa Cruz. Passar o dia lá e sair para San Matías à noite; Dia 18 – San Matías. Chegada de manhã. Saída para Cáceres no primeiro ônibus.
  12. Estou trabalhando em um roteiro Bolívia/Chile/Peru, aproximadamente 17 dias entre 19 de Julho e 20 de Agosto (ainda não defini), irei com um grupo de 5 amigos nas férias da faculdade. Já moramos na fronteira (Cáceres - MT), então iremos por aqui até Santa Cruz via San Matías. De Cáceres à San Matías é baratinho (aprox. 25 reais). Depois seguimos até Santa Cruz, visitamos Sucre, Potosí, Arica, Nazca, Cuzco, Aguas Calientes, Machu Picchu, e retornamos via Puno até La Paz, retornando ao Brasil por Santa Cruz. Somos mochileiros de primeira viagem, apesar de já ter viajado muito pelo Brasil com orçamento reduzido, então coragem é o que não nos falta. Estamos na fase de discussão do roteiro, levantamento de custos, pesquisa. MUITA pesquisa. Quem tiver afim, me procure pra trocar uma ideia no FB, ou envie um email. [email protected]
  13. Alguém indo em Julho? Estou montando um roteiro Bol/Chile/Peru para Julho, vou com alguns amigos durante as férias da faculdade. Aproximadamente 15 dias, ainda não está decidido, com saída de Cáceres - MT (onde moro).
×
×
  • Criar Novo...