Ir para conteúdo

Juliana Leal Conte

Membros
  • Total de itens

    13
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Olá, pessoal! Meu nome é Juliana, tenho 25 anos, sou jornalista e gostaria de compartilhar com vocês a trip que fiz com minha amiga, em setembro deste ano, para a Europa. Foram 23 dias inesquecíveis. Embarque: Embarcamos rumo a Londres no dia 24 de setembro de 2014, às 16h15, saindo do Aeroporto Internacional de Guarulhos. Aproximadamente 11 horas de voo pela British Airways, classe World Travel Plus . Na verdade, ganhamos um upgrade nas passagens na hora em que estávamos fazendo o check-in, por isso tivemos a sorte de viajar nesta classe que é uma intermediária da executiva. O bom é que ela tem uma espaço maior entre as poltronas e o menu é o mesmo da executiva. Muito top!! Eu acho que ganhamos esse ''mimo'' da companhia, porque como tivemos que remarcar a data da nossa trip, pagamos uma pequena fortuna por conta das alterações... Então, eu li em algum lugar na internet que eles fazem isso para dar um benefício para o cliente. Nada mais justo! Bom, o voo foi tranquilo. Não consegui dormir, pois estava muito ansiosa ãã2::'> . Chegamos ao aeroporto de Heathrow, pontualmente, às 7h20 da matina. A fila da imigração estava imensa e eu estava com um pouco de medo. No meu último mochilão, em 2011, entrei por Madrid, pelo aeroporto de Barajas. Os caras me deram uma cansera e quase que eu voltei no mesmo avião que cheguei, apesar de estar com toda documentação em ordem. A moça da imigração não foi com minha cara e era mega grossa. Deu vontade de chorar! Dessa vez, como estava com minha amiga, me senti mais tranquila. Mas é bom lembrar que os agentes fazem uma série de perguntas, do tipo: quem pagou a sua viagem, o que você faz no Brasil, como se conheceram, há quanto tempo são amigas... Tudo para ver se você não está contando nenhuma mentira, ou se tem planos de morar/trabalhar por lá. O interrogatório durou uns 5 minutos, mas o rapaz foi muito simpático. Deu tudo certo!! A minha dica, portanto, é levar uma pastinha com todos os documentos, desde os comprovantes de hospedagens (imprimimos de todos os hostels), até uma cartinha dizendo que você trabalha na empresa tal, ganha tantos por mês, etc...Só para dar uma segurança! Bom, como eu fiquei 23 dias viajando, vou dar um panorama geral com as minhas impressões, dicas, furadas, etc, ao invés de ficar detalhando dia após dia. Acho que fica um pouco cansativo, blz? Londres (4 dias) Primeira dica importante: compre um cartão chamado Oyster Card. Para quem é de Sampa, é como se fosse um Bilhete Único. Você paga 5 libras pelo cartão e recarrega o quanto quiser. Eu acho que gastei umas 25 libras, mais ou menos. Trem, metrô, ônibus, vale tudo. O mais sensacional é que se você não utilizar todo crédito, eles devolvem o seu dinheiro e aquelas 5 libras iniciais também. :'> Do aeroporto (metrô) até o Clink Hostel (falo mais a respeito daqui a pouco) foram aproximadamente 45 minutos. Descemos na estação King Cross e depois caminhamos por aproximadamente 10 minutos. Outro recado importante é em relação as malas... Sério, não caiam na tentação de levar um negócio de 32 kg. Para andar de metrô, subir escadas é uma porcaria. Aprendi isso na raça, em minha primeira viagem, portanto, dessa vez, levei uma de 15 kgs que supriu minha necessidade. Mesmo assim, achei que pesa pra caramba. Acomodação Ficamos no Clink Hostel, em um quarto para 4 mulheres. Achei ele bem pequeno, janela minúscula, sem sistema de ventilação e calefação, mas as camas (beliches) eram boas. Colchão confortável, roupa de cama, ok. Tinha um mini cofre em cima de cada cama e uma luizinha também. O banheiro ficava fora do quarto e o chuveiro era coletivo, em cabines. Gostei, ficaria lá novamente, mas não foi o melhor que já me hospedei. O café da manhã era honesto, com cereais, pães, torradas, leite, café. Não faltou nada... Só uma Nutellinha, na verdade, rs! Mas daí eu comprei num mercadinho e comia todo santo dia! Passeios Gostaria de ressaltar que Londres é uma cidade cara, sério. Bom, eu levei 400 libras para ficar 4 dias, mas, na verdade, gastei aproximadamente 70 libras por dia. O que encarece são os passeios, mas fazer o quê... A gente trabalha pra isso, né? Sem contar que perdi 50 libras, não me pergunte como... só sei que perdi! Como Harry Potter fez parte da minha infância/adolescência, nós fomos aos estúdios do Harry Potter... Realização de um sonho!! Nós compramos o ingresso antecipadamente pela internet, pois se você deixar para fazer isso no dia, não conseguirá entrar. Para se ter ideia, fizemos isso com uns dois meses de antecedência. Apesar de ser caro, 31 libras, valeu cada centavo investido. Você tem a oportunidade de ver os sets de gravação, os figurinos, os objetos utilizados no filme, uma maquete enorme de Hogwarts e até tomar uma cerva amanteigada, rs.... Absolutamente tudo está lá! Foi demais. O estúdio da Warner fica numa cidadezinha próxima de Londres, não me recordo o nome agora. Nós pegamos um trem e demoramos cerca de 45 minutos para chegar. Como lá era com hora marcada (15h30), passamos o maior sufuco... Isto porque demoramos demais andando pela cidade, almoçando e quando fomos pegar o trem era quase 15 hs! Maior vacilo, hehehe! Chegando lá, pegamos um ônibus roxo de dois andares (que é do próprio estúdio) num ponto de ônibus bem próximo a estação de trem. Quando pisamos lá dentro, o relógio marcava 16 hs!! Fiquei com muito medo, mas a moça disse que não havia problema!! Ufaaaa....gelei! Portanto, para quem gosta de HP é um ótimo passeio! Inesquecível. Nós também fomos ao British Museum e é sensacional também! E o melhor: a entrada é gratuita. Ficamos por lá aproximadamente 2 horas... Minha amiga foi a National Galery, mas neste dia, eu preferi ir a Torre de Londres. Falando da Torre, para entrar são 22 euros. Lá você pode ver de pertinho as joias da coroa. É como se você estivesse entrando num cofre e para ver as joias, você vai passando numa escada rolante. Esses artefatos são utilizados em cerimoniais da rainha... Muito top! Os guardinhas que guardam a Torre são chamados de ''beefeater'' pelos ingleses. Essa função é muito antiga e somente a nata do exército britânico é designada para a função. Em 2011, se não me engano, uma mulher assumiu esse posto pela primeira vez. Eles são responsáveis por cuidar dos corvos também!! Muito legal! Lá tem também uma sala enorme de armaduras, você passa pelo local aonde ficavam os prisioneiros, como se faziam as execuções (os instrumentos utilizados)... Para conhecer bem o local são necessárias uma três horas! No primeiro dia, nós fomos a London Eye, que é aquela roda gigante! Incrível!! Nós deixamos para fazer o passeio a noite e valeu a pena. A fila durou cerca de 20 minutos e foi bem tranquilo. Dá uma sensação muito boa quando ela chega ao topo. Eu não senti medo, mas a minha amiga tem um pouco de medo de altura, então ela nem conseguia andar direito dentro da cabine, hahaha. As mãos delas estavam suando! Coitada! Depois fomos num pub comer o tal do fish and chips. Putz, que treco ruim, gente! É um peixe frito empanado com batatas fritas e fim. Super sem graça. 10 pilas por isso! Ah, gostaria de dizer que é praticar impossível comer bem em Londres. A gente se alimentou de sanduíches acho que todo santo dia. Diferentemente das outras cidades que tem restaurantes com preços acessíveis, em Londres, o que mais se vê são locais que vendem somente sandubas. Os pouquíssmos restaurantes são caros. Não dá. Teve um dia que entramos num restaurante italiano e pedimos um prato de macarrão a carbonara. Estava bem gostoso e até que não foi o olho da cara. Detalhe para o café típico britânico, só por Jesus!! Dois ovos, bacon, feijões, salsicha e uma carne que não sei o nome... Dica legal: Após visitar a Abadia de Westminster, nós tomamos um chá delicioso na lanchonete deles, não lembro o nome, hihih, mas fica ali dentro. Nunca vou esquecer daquele sabor, era algo como gengibre, mel, limão. Não era o tradicional chá das 5, pois nós terminamos o passeio às 11 horas, mas tá valendo! Nós ficamos quatro dias em Londres e deu para fazer bastante coisa, mas foi um pouco de correria. No final de semana, nós fomos a feirinha de Camden Town. Um ótimo lugar para comer coisas gostosas e baratas, pois lá tem barraquinhas de comidas de várias especialidades. Tudo que você imaginar. É um bom local para se comprar lembrancinhas baratas também! Neste mesmo dia, como minha amiga é fã de Sherlock Holmes, a gente foi até a casa dele, que na verdade é um museu e que fica na famosa 221b, Baker Street. Ali perto eu comprei pra mim um bulinho lindo para tomar chá!! Foi o melhor presente da viagem Além disso, antes de vir embora de Londres, passei num mercado e comprei um monte de chás! Delícia! Windsor Como todo turista que se preze, visitamos o palácio de Buckingham e talz, mas não chegamos a ver a troca de guarda. Já cansei de ler relatos que tem que chegar cedo e quase não dá para ver, pois lota de gente. Então, a gente pegou o trenzinho até a cidade de Windsor, que é a coisa mais lindinha!! Lá fomos visitar o castelo de Windsor, que é também a residência oficial da rainha. Na verdade, eles utilizam aquele local somente aos finais de semana. E como fomos no sábado, a bandeira no topo da torre indicava que ela estava lá. Amei aquele castelo. É possível visitar o interior, ver aqueles guardinhas ingleses para lá e para cá e até tirar fotos com um deles. sem contar que Windsor é muito bonita, tem um ar diferente de Londres, que é mais cosmopolita. Vale o passeio. Todo mundo fala que Londres só chove, mas por sorte do destino não pegamos nenhum dia de chuva, nem de garoa. O tempo estava agradável, não estava calor, mas o frio era suportável... Acho que fazia uns 15 graus! Setembro/outubro é uma ótima época para viajar! Então, depois de quatro dias maravilhosos, era a vez de conhecer a Itália! Fomos pela British também numa espécie de voo casado... Não sei como é o nome disso, mas fizemos assim: SP/LON/LON/ROMA/AMST/SP tudo numa mesma passagem. Os outros deslocamentos nós compramos a parte e pela internet. Depois explico... Abaixo deixo algumas fotos de Londres! Abraços, Juliana Conte
  2. Minha dica é simples: junte uma graninha e compre uma passagem que não direcione vc para Barajas! Sério, gente! Principalmente se vc for mulher, solteira e sozinha! Em outubro de 2011, eu fui fazer um intercâmbio em Nice, sul da França. Meu voo fez uma conexão em Madri, pq comprei passagem pela Iberia (o barato sai caro). Estava com tds os documentos, comprovante que iria estudar, ficar em casa de família, cartão de crédito, dinheiro, passagem de volta, etc. Quando cheguei no guichê da imigração, fui atendida por uma espanhola totalmente sem educação. Ela me fazia diversas perguntas ao mesmo tempo num espanhol incompreensível. Ela simplesmente olhou para o meu passaporte e fazia um gesto negativo com a cabeça. Minhas pernas começaram a ficar moles e eu fiquei muito nervosa. Grande erro, mas na hora é impossível ficar calma! Ela me perguntava diversas coisas e eu mostrava os documentos. Ela examinava os papéis e dizia que não bastava... Aí eu falei: "I won´t stay in Spain!! I am going to France!! I am student!!" Depois ela falou que ia analisar melhor e mandou eu ir para a salinha! Aí eu gelei, mesmo! Já pensei que iria ser deportada, algemada, etc.... Quase que implorando eu disse: "I am going to France!! I will study french!!!" Só sei que ela fechou o passaporte com tudo, carimbou e falou pra eu sumir. E o mais bizarro, ela saiu da cabine de imigração e ficou me observando até eu sumir do mapa!! Terrível!! Não desejo isso a ninguém!!
  3. Pois é... Eu dei um google para me informar mais sobre trens noturnos... Alguns gostaram, outros odiaram a experiência... Pensamos em reservar uma cabine para duas pessoas, mas o preço fica inviável, cerca de 250 euros. Apesar de economizar estadia em hostel, talvez não vale o sacrifício. Sem contar que são 12 horas e pouco de deslocamento. Pela easyjet iremos ter que pagar por mala de porão. Mas mesmo assim, a passagem sairá por 60 euros. Sem contar que é somente 1h30 de voo. O aeroporto que descemos em Paris é o CDG... Portanto, ele não fica longe do centro!!
  4. Pessoa, gostaria de mais algumas opiniões em relação ao trajeto PARIS- VENEZA! Estamos em dúvida se iremos de trem noturno ou pela Easyjet. Lado positivo do trem: economia de hospedagem em Paris, passagem barata 39 euros. Lado negativo: Viagem longa, algumas paradas para entregar o passaporte. Apesar de ter aquelas camas, a gente pode chegar meio quebrada em Paris tbm.... Minha amiga não é lá fã de aviões, conexões e tem medo de voar... Ela meio que fica em pânico... Então estou cogitando essa opção! Mas sei lá! Vai ser sorte, né? Alguém aí já teve experiências com trem noturno, especialmente neste trecho?
  5. Oi Adriano, muito obg pelas dicas e pela atenção!! Eu queria mesmo é voar pela KLM... mas são quase 600 pilas de diferença... Então vai British mesmo!!
  6. Opa, fico mais tranquila... Acho que pior que Iberia não há!! hahahah Muito obrigada pela ajuda, gente! Agora estou na parte de fechar hostels e comprar passagens!!
  7. Sim, sim!! Tô ligada que são do mesmo grupo, mas as aeronaves são diferentes, vai!! bom, seja que Deus quiser! vou fechar com eles a noite... e pelo site da Iberia, para não pagar 6 e pouco de IOF....
  8. Então, Paulo! Cotei hj (17) pela British Airways e o valor final está R$ 2466.70.... Mas daí, teremos que modificar o roteiro... Acho que vai valer a pena, porque ao invés de pegarmos o Eurostar, vamos fechar de Paris para Amsterdam... No site da Thalys, a passagem está dando 35 euros... Acho que bem mais em conta que o Eurostar... Totalizando 3h20 de viagem! Nosso roteiro se fôssemos pela Briti.... 30/03 - Embarque GRU 31/03- Londres 01/04 - Londres 02/04 - Londres 03/04 - Londres - ROMA (Conexão Briti) 04/04 - Roma 05/04 - Roma 06/04 - Roma 07/04 - Roma - FLORENÇA (Trem Trenitalia) 08/04 - Florença 09/04 - Florença 10/04 - Florença - VENEZA (Trem Trenitalia) 11/04 - Veneza 12/04 - Veneza - PARIS (Easyjet) 13/04 - PARIS 14/04 - PARIS 15/04 - PARIS 16/04 - PARIS - AMSTERDAM (Trem Thalys) 17/04 - AMSTERDAM 18/04 - AMSTERDAM - SÃO PAULO Eu gosto muito da KLM, nunca voei de British... Ela é boa? Porque minha primeira experiência para a Europa foi de Iberia, para nunca mais....
  9. Nossa, gente... que raiva! Desde semana passada, o preço da passagem pela KLM (naqueles trechos que citei acima), estava R$2667,00. Hoje, dia 16, quando entramos para fechar, o valor já está R$3097,00.... Qual a chance dessa porcaria abaixar novamente? Devemos esperar? Viajamos no dia 31/03
  10. Entendi, Paulo! Então resolvemos tirar Pisa e Cinque Terre! Dessa maneira, nossa roteiro ficou assim! AMST = 2 dias ROMA = 4 dias FLORENÇA = 3 dias VENEZA = 2 dias Paris = 4 dias Londres = 3 dias
  11. humm... então vamos ter que repensar esse roteiro! Adicionar um dia a mais para Veneza, porque a princípio iríamos chegar no dia 10 de abril, mais ou menos no final da tarde e dormir lá.... Depois teríamos um dia inteiro até pegarmos o voo para Paris, por volta das 18 horas....É suficiente para Veneza? Pisa e Cinque Terre teremos que pensar em como vamos separá-la no roteiro, pois teremos 4 dias em Florença!
  12. Pois é... Vou tentar adicionar mais um dia a Veneza então... Talvez tirar um de Florença, pois pretendemos ir a Pisa e Cinque Terre no mesmo dia!
  13. Olá pessoal! No dia 30 de março, eu e minha amiga faremos uma pequena eurotrip. Gostaria de compartilhar com vocês o roteiro, para ver se não há problemas de deslocamento, se os dias em cada cidade estão apropriados, etc. Vamos comprar nossa passagem pela KLM, respeitando os seguintes trechos: SP - AMSTERDÃ AMSTERDÃ - ROMA LONDRES - SP Total da passagem: R$2667,00 com taxas e tudo mais. AMSTERDÃ: 2 dias e meio ROMA: 4 dias FLORENÇA : 4 dias (+ PISA e Cinque Terre) VENEZA: 1 dia PARIS: 4 dias Londres: 3 dias Vamos chegar em AMSTERDÃ dia 31, às 11h50. Nosso objetivo é ficar até o dia 02 na capital holandesa e de lá partir para Roma, pela mesma conexão. Dois dias e meio em Amsterdã está ok? Queremos conhecer os principais museus, dar um rolê de bike, coffeshops.... Chegaremos em Roma por volta das 20 horas e depois, teoricamente, teremos três dias inteiros por lá. Iremos de trem para Florença e pretendemos comprar a passagem na hora mesmo. Acho que não varia muito o preço e ouvi vários relatos de que a Trenitalia não aceita tão facilmente os cartões de crédito do Brasil. Pelo que andei pesquisando, a passagem de trem está saindo cerca de 30 euros... O que estamos com medo é em relação a nossa ida de Veneza a Paris pela Easyjet. Vamos comprar aqui no Brasil a passagem, mas lemos tantos relatos em relação a essa empresa que até desanima. Para não haver imprevistos, vamos sair de SP com aquela malinha de aeromoça, de bordo... Para nem precisar despachar. O que vocês acham? Depois de Paris a Londres nós iremos de trem, Eurostar... Não sei se devemos comprar antecipadamente ou assim que chegarmos em Londres! O que sugerem? Vamos reservar todos os hostels pela net e comprar alguns passeios, como a subida na torre, pela internet tbm! Por fim, pegaremos o avião para retornar ao Brasil de Londres, no dia 18/04. Ahh, abril é uma boa época para Europa, gente? Bom, de qualquer maneira, é este o período que temos para viajar! hahahaha Acho que é isso...
×
×
  • Criar Novo...