Ir para conteúdo

Chico.Paraná

Membros
  • Total de itens

    11
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Só para Treze Tílias? Não compensa, ali tem atividade para no máximo uma tarde de passeio. A chamada "rota da amizade" de turismo em SC está abandonada, eu morei na região, é precário, triste de ver.
  2. vou compartilhar com vocês uns links que eu usei para planejar a minha viagem, isso foi alguns anos atrás, talvez tenha alguma coisa desatualizada. Hotel em Salta onde ficamos - http://www.mollesportezuelo.com.ar/Español/Molles02.html email: [email protected] http://www.turismo.gov.ar/por/menu.htm http://www.visitingargentina.com/ http://betolima.blogspot.com/2005/04/viagens-um-trem-vai-s-nuvens.html Passeio de Caminhão: http://www.movitrack.com.ar/tarifas.html Para traças as rotas - mapas http://www.ruta0.com/rutas_argentinas.asp http://www.culturasalta.gov.ar/component/option,com_frontpage/Itemid,1/ http://www.turismosalta.gov.ar/frontend/index.asp http://www.enargentinaturismo.com.ar/pt/salta/trem_das_nuvens.php http://www.welcomeargentina.com/index_p.html http://www.gula.com.br/revista/179/textos/75/ http://www.trenalasnubes.com.ar/es_tren_a_las_nubes_home.html http://www.micheltorino.com.ar/ Hotel em Cafayate http://www.portalvinias.com.ar/index0.html Albergue em Cafayate onde a gente ficou http://www.hihostels.com/dba/hostels-Cafayate---Hostel-Ruta--002112.en.htm
  3. Colônia Express é mais barato, mas pra comprar no site tem que acessar pelo site uruguaio e escolher a opção que vc é nativo do país, assim sai mais barato, se você comprar pela versão argentina daí o valor aumenta, eles metem a mão na hora de fazer câmbio, me deu uma trabalheira comprar, era mais barato comprar pela internet do que no próprio balcão da companhia.
  4. Quem estiver passando de carro eu recomendo dormir em Castillos, bem pertinho, tem uma pousada bem agradável na região central, não lembro o nome agora, mas é ponto de parada de brasileiros, muitos motociclistas param ali, mas não é Hotel, tem um hotel precário na cidade, é uma pousada numa casa reformada, inclusive tem uma estação de rádio em outro imóvel dentro do mesmo terreno da pousada.
  5. Já fiz esse roteiro, os lugares são bem pequenos, no máximo 1 dia em cada lugar, a hospedagem em Punta del Diablo é a melhor, mas os preços achei salgados. Recomendo ir passar uma tarde no Forte de Santa Tereza e uma tarde em Cabo Polonio, esse sim é o destino mais legal de todos ! A estrutura para pernoite é precária, mas tem uns restaurantes pequenos e pra passar o dia foi muito agradável. Mas levem agasalhos, o vento é terrível !
  6. Chico.Paraná

    Caral

    Aluguem um carro, é o mais vantajoso. Caral fica num estrada de chão, dá uma meia hora dirigindo a partir da Panamericana, além disso o lugar é isolado, não tem estrutura de restaurantes, e outras amenidades. Eu não iria de ônibus, perde-se muito tempo, além do mais o passeio é guiado, você fará a visita em pouco tempo, depois vai ficar esperando o transporte pra voltar, é muito empenho. Eu peguei um carro com destino a Huaraz, já planejando parar em Caral pois é caminho. Valeu muito a pena, a cidade é única.
  7. Sem chances, a estrada da morte é um passeio que gasta umas 14h entre a saída às 6h da manhã e o retorno já de noite... além de ser extremamente cansativa. Escolher entre um e outro é difícil, são passeios completamente diferentes, Tiwanaku é indispensável para entender Machu Picchu, se eu não tivesse visto Tiwanaku antes de chegar no Peru teria perdido metade da viagem, pois sem fazer a conexão entre as civilizações Machu Picchu é apenas uma cidade perdida no meio da mata, o que não é verdade, pois há uma sucessão de povos que foram criando essa cultura.
  8. Fiz muitas vezes essa serra do mar... Mas é puxado, levávamos sempre um dia inteiro de caminhada, saindo cedo e chegando por volta de 17h - 18h em Porto de Cima. Boas lembranças, já não tenho mais gás pra isso, rsrs Falando em litoral e serra, pra quem estiver indo ou vindo das praias fica aqui outra dica de uma queda d'água onde eu costumava parar. http://parnasainthilairelange.wordpress.com/cachoeiras-da-quintilha/ http://www.gazetadopovo.com.br/vidaecidadania/verao/conteudo.phtml?id=1345771
  9. Já estive em Jesus e Trinidad, lugares fantásticos, fui de carro via Barracão/Dionísio Cerqueira - Posadas - Encarnacion, vale muito a pena. O Paraguai é muito interessante, voltarei algum dia !
  10. Sergio, e não fiz a parte norte, vou te dizer o meu trajeto e as condições. Eu sou motociclista, mas raramente viajei de moto, tinha alguns trajetos que eu sempre sonhei em fazer, mas por vários motivos fiz todos eles de carro. Saindo de Lima com um Toyota Yaris 1.3 a gente foi ao norte pela Panamericana, um pouco antes de BArranca eu tomei uma rota de piso de saibro (ripio consolidado) para o leste, uns 25 km já estava em Caral que vale uma visita !! Depois seguimos pro norte, entramos na 16 em Paramonga, dali a subida pela cordilheira é fantástica, coisa linda mesmo, mas gasolina é complicado ! Só achamos um posto na subida da montanha, e mesmo assim não tinha gasolina 95 ou 97, a gente usou a 85 que nao é muito recomendada, ainda mais por causa do ar rarefeito. Na bifurcação da 16 com a 3N nós fomos para o norte sentido Huaraz, ali é excepcionalmente lindo, e a estrada um tapete, na verdade todo o trecho que fizemos foi excelente, estradas sem acostamento mas com o asfalto impecável. Nos hospedamos em Huaraz e fomos até Yungay e Caraz, vale a pena ir na lagoa LLanganuco, na volta a gente fez o mesmo caminho, mas fizemos o trajeto até o Glaciar Pastoruri, uns 40 km de chão, todo estrada em boas condições, foi o lugar mais alto que já estive, 5 mil metros ! Eu rodei o Peru pela Panamericana, descemos até Lima e fomos até Paracas, Huacacchina e Nazca, sempre em estradas boas, tem transito intenso, mas nada de anormal. Polícia tem por toda parte, param a gente e fazem o trabalho deles, pedem os papéis, examinam, fazem umas perguntas e mandam embora, como eu falo bem espanhol foi mais fácil. Acho que não posso te ajudar exatamente no que você quer, mas pelo que eu vi, de Caraz para o Norte a estrada segue do mesmo jeito, a mesma coisa foi na 16, contornando o parque nacional, quando eu cheguei ali a estrada que vai pro leste dava pra ver que era muito boa, toda asfaltada. Hospedagem é tranquilo, tinha por toda a parte, claro que fora Huaraz o resto é tudo hotel de beira de estrada, custos baixos mas serviço sofrível, como não são trechos altamente turisticos é facil conseguir lugar, como as pessoas que vão ali são locais ou escaladores, eles não exploram muito nos valores. Eu fiquei surpreso com a viagem, foi mais tranquilo do que eu esperava. Bom é isso, espero que te ajude. Abraços Francisco
  11. Estive na Cordilheira Branca em Setembro, aluguei um carro em Lima, fiz a ida pro norte, parei em Caral e fui me hospedar em Huaraz, vale muito a pena ! Qualquer duvida me manda MP que eu ajudo se precisar.
×
×
  • Criar Novo...