Ir para conteúdo

bobweg

Membros
  • Total de itens

    13
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Eu faria algum alarme (com latas vazias, pedras e barbante - por exemplo) no perímetro do acampamento - além de manter uma faca e um porrete por perto.
  2. Atualizando a informação: 2013 foi um dos anos onde chegou a nevar inclusive perto do litoral (catarinense). http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2013/07/regiao-montanhosa-na-grande-florianopolis-registra-neve.html http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2013/07/santa-catarina-registra-neve-em-mais-de-50-cidades.html
  3. Obrigado! Boa autonomia e bons bancos pra viagens longas os XR3 tem; se tivessem 4x4 ou bloqueio no diferencial, seriam melhores ainda hehe... Tenho o meu a quase 8 anos e, mantido em ordem, é um bom carro pra se 'aventurar' por aí.
  4. "Pior" que tenho mesmo pensado em ir até Ushuaia. Ir de XR3 até o "fim do mundo". A quase um ano atrás fui com ele pro Chile (Atacama - Cerro Paranal), com a ideia de pegar neve no caminho; mas não deu certo (peguei uma semana de calor, segundo os locais - e em julho) Indo até Ushuaia, creio que não haveria "erro"... se eu não pegar neve, a neve me pega
  5. Infelizmente não calculei os gastos totais da viagem, exceto o combustível: R$ 968,59 para rodar os 3.300 Km, incluindo uma abastecida no Uruguai (gasolina a R$ 5,07 /litro +-). Os pedágios devo ter passado por uns 10 (ida e volta), e no Uruguai cada um sai por R$ 9,00.
  6. Olá pessoal, Ao final de fevereiro/início de março resolvi conhecer o Uruguai - Colônia do Sacramento - de Escort; tirando o fato de ter viajado no período das paralisações dos caminhoneiros (enfrentei um bloqueio e falta de combustível em Pelotas e Rio Grande), a viagem foi tranquila pro carro e pra mim. Aliás, esta é uma viagem muuuuito tranquila pra se fazer de carro; recomendo esta viagem como introdução àqueles que gostam de pegar a estrada, mas possuem 'pares' não muito colaborativos (que não gostam de dirigir ou de ficar dentro de um carro por muito tempo). Ao longo de todo o tr
  7. Parabéns pela viagem, colega. Em uma viagem dessas digo que o fato de ir sozinho pode até mesmo ser vantajoso em alguns aspectos (alterar o roteiro, parar/dormir/comer quando e onde quiser,...); pra quem gosta de pegar a estrada, não tem coisa melhor. A não ser que se tenha alguém 'muito' parceiro. Metade do ano passado fui de Blumenau ao Chile (Antofagasta/cerro Paranal), pelo norte da Argentina; foram uns 7.300 dirigindo, e também sozinho (só que em um Escort). Foi uma verdadeira terapia.
  8. Ola EllenMartins, desculpe responder apenas agora. Mas, de qualquer forma, talvez eu não pudesse ajudar pois fui para o norte do Chile, passando longe de Santiago. No meu caso fui (sozinho) por Dionísio Cerqueira - SC, seguindo pelo norte da Argentina até o Passo Jama. Esse era o caminho mais curto até San Pedro de Atacama, além de ser pavimentado em sua totalidade (bom para carro pequeno). Em todo o caso, o trajeto de ida (ao norte até Antofagasta, longe de Santiago) foi este: https://connect.garmin.com/page/activity/activity.faces?activityId=578851934&actionMethod=page%2Factivit
  9. Teu carro é mecanicamente simples, não tem injeção eletrônica e essas centrais que dão problema com o passar do tempo; e como diz o ditado, "o que não tem, não quebra". Mas além de revisá-lo, leve alguns itens que podem ser úteis em uma eventualidade, como presilhas plásticas, canivete, alicate, algumas chaves, 'durepóxi'. E fluido de radiador / freio / óleo de motor... caso haja algum vazamento e necessite completá-los. Recentemente fui até o meio do Atacama com um Escort 94 e voltei (mais de 7.000km), então vai que dá.
  10. Após alguns anos sonhando, resolvi por em prática essa viagem. Foi um turismo um pouco "diferente", pois ao contrário do turismo regular da maioria que vai ao Chile meus principais objetivos eram: pegar a estrada com o carro (o percurso em si já seria o bastante), e conhecer o observatório astronômico do ESO, no cerro Paranal - um dos mais avançados e produtivos do mundo - construído no topo de um morro no meio do deserto "profundo". Os pontos turísticos no entorno de San Pedro de Atacama seria um plus de luxo, por assim dizer. No total, foram 7.345 km percorridos de Escort (os passeios no
  11. Olá, hl. Belas fotos da viagem, parabéns. Na sua viagem, enfrentasse algum problema com respeito a entrada de eletrônicos na Argentina/Chile, e posteriormente no regresso ao Brasil? Fico receoso de "encrencarem" com um Tablet, uma câmera profissional e algumas lentes. Tks!
  12. Legal, cara... vou p/ Atacama final de julho/começo de agosto, saindo de bnu também... se você fosse antes, poderíamos fazer um 'comboi' até S.P. Atacama ou Calama.
  13. Como se pede um chip de celular, em espanhol? E na Argentina e Chile, é fácil encontrar lugares para comprar, como é no Brasil? tks
×
×
  • Criar Novo...