Ir para conteúdo

derline

Membros
  • Total de itens

    10
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que derline postou

  1. Tô meio perdida kkk.Achei que tinha ido por Guiné em 2016, mas acho que não foi por lá porque era perto de Palmeiras e não passamos pelo Gerais do Vieira, passamos pelo Rio Preto... Era um povoado chamado Bomba, algo assim... Aí tinha uma placa, o início da trilha e uma subidona. Aí depois passamos no Rio Preto e umas 3hrs depois do início da trilha chegamos ao Mirante. Aí descemos uma rampona, como não dava tempo de ir pro Cachoeirão e ia chover, subimos uma ladeirona, lá em cima tinha mais uma subidinha pro Cruzeiro, e depois descemos pra casa de Sr. Wilson. Alguém reconhece esse meu caminho? kkk Sei que tem quatro formas de entrar, certo? Como só faremos o Mirante, essa do Aleixo é a mais rápida é isso? E dá pra fazer o Cachoeirão no mesmo dia mesmo? Meu ritmo de caminhada não é maravilhoso...kkk
  2. Iremos novamente esse ano, em março, porém ficaremos por Lençóis. Alguém saberia informar se é possível fazer o Mirante do Pati e o Cachoeirão por cima em um dia, bate e volta?
  3. 05/01/16: SERRA DO BECO/ GERAIS DO RIO PRETO/ RIO PRETO / MIRANTE DA RAMPA 06/01: CACHOEIRÃO POR CIMA Depois do café é hora de iniciar a caminhada até o Cachoeirão por cima, com algumas subidas iniciais e longa caminhada pelos Gerais do Rio Preto, que durou 4hr só de ida. É possível avistar o cachoeirão e o vale de dois mirantes próximos. O retorno é realizado pela mesma trilha. Nesse dia, a chuva veio com muita força a partir das 14hr, logo após termos iniciado o retorno. 07/01: MORRO DO CASTELO - GRUTA DO CASTELO - CACHOEIRA DOS FUNIS A subida até a maior elevação do Pati, o Morro do Castelo, requer esforço, cuidados e atenção, com duração de cerca de 2horas e subida de 2km. Após a subida passamos pela gruta do Morro do Castelo, durante cerca de 20 minutos, utilizando lanternas, e após atravessar a caverna estava o Mirante Morro do Castelo, À tarde, caminhada até a Cachoeira dos funis, com duração de cerca de 1h30 de ida, a partir da casa de Sr. Wilson. A trilha possui algumas subidas e descidas dentro da mata, com travessia do rio por cima das pedras ao final. Antes de chegar à cachoeira, passamos por 2 cachoeiras menores. 08/01: TRAVESSIA DA CASA DE SR. WILSON ATÉ A CASA DE SR. JÓIA É necessário nesse dia andar por dentro da mata, com algumas descidas e subidas, chegamos à Prefeitura em 2 horas, após cruzar o rio pelas pedras. Depois caminhamos mais 1 hora até a Cachoeira do Poção. A trilha segue ainda por 2 horas até a casa de Sr. Jóia, com travessia por uma pequena ponte de troncos e uma extensa subida de pedras. 09/01: SAÍDA DO VALE DO PATI ATÉ A CIDADE DE ANDARAÍ Saímos da casa de Sr. Jóia, com descida até uma extensa e alta ponte de troncos para travessia do rio. Em seguida, haverá a subida da Ladeira do Império, durante cerca de 2km. Após chegar ao topo da ladeira, e ter toda a vista do vale, a caminhada segue para Andaraí, durante 9km, em sua maioria plana, com descidas mais fortes ao final até chegada à cidade . Percorremos toda a trilha em 7h20. Nosso guia foi Milson de Lençóis.
  4. Desculpa Thathy, desde essa época eu não entrei mais no Mochileiros e só vi agora teu pedido : ( Bom, na época nós acabamos indo com outro guia porque o nosso não pôde na hora. Vou fazer um post específico sobre a viagem incluindo nosso guia, etc.
  5. Minha experiência no Vale do Pati em Janeiro 2016: Fui com meu esposo e uma amiga, ficamos hospedados em Lençóis na Pousada da Lurdinha. Saímos na terça, bem cedo, chegamos no povoado da Guiné por volta das 9hr e iniciamos a trilha. Dia 1: Subida do beco da Guiné por cerca de 1h30m bem puxada, mas sem dificuldade na subida, é praticamente toda de degraus. Depois andamos bastante por uma área plana até chegar no Rio Preto e então passamos por cima de alguns rios pequenos, através de troncos e depois de andar muito chegamos ao Mirante do Pati que tem uma vista linda. Para descer um mirante, a descida é bem complicadinha, mas indo devagar, dá tranquilo, acho que o nome é rampa da ruinha, tem algumas pedras soltas, uma escada e é bem comprida. Quando chegamos embaixo já era por volta das 14hr. Daí tem outra subida grande, tem o cruzeiro mais acima e descemos uma grande ladeira até chegar na casa de Sr. Wilson, onde pernoitamos a maior parte dos dias. Dia 2 Saída para o Mirante do Cachoeirão, muitas subidas, descidas e também parte plana. A trilha toda deve ter durado pelo menos 4 horas de ida e 4 horas de volta. Na volta, pegamos muita chuva mesmo e muito frio, era janeiro, choveu todos os dias no mesmo horário e com muita intensidade. Como estava nublado, não pegamos muito a vista do mirante, então é muito importante ir em dia de bastante sol. Dia 3 Eu havia machucado a perna na trilha do dia anterior e minha amiga estava com tudo doendo, então nós ficamos na casa de Sr. Wilson já que no dia seguinte nós teríamos que ter disposição para sair para a outra casa. Então meu esposo foi só e fez a trilha para a Gruta do Castelo, que é muito bonita, mas muito difícil, a subida é por pedras soltas, lugares bem altos, passando perto de penhascos. À tarde, fomos todos nós para uma cachoeira próxima de Sr. Wilson, acho que cachoeira dos Funis, algumas descidas, subidas, pulamos o rio 3 vezes pelas pedras. Dia 4 Saímos da casa de Sr. Wilson para a casa de Sr. Joía, bastante subida, descida, área plana, passamos pela prefeitura do vale e andamos muito. Perto da casa de Sr. Jóia tem uma subida gigante, cansativa, muito mesmo, pegamos chuva mais uma vez. Como não paramos para comer por causa da chuva, chegamos lá cedo, por volta das 15hr. Dia 5 Para sair do Vale do Pati pela casa de Sr. Jóia, é necessário subir a ladeira do império, que na maioria das trilhas é feito de forma oposta, descendo esta. Então saímos bem cedo, por volta das 7hr no máximo, logo após uma pequena descida, atravessamos um ponte de troncos sobre o rio e fizemos a subida da ladeira. A subida é bem longa, bem longa mesmo, mas a vista durante a subida é muito bonita. Depois da subida, andamos muito, muito mesmo, sem parar porque queríamos almoçar na cidade e depois de 7horas de caminhada sem parar, chegamos em Andaraí, onde um carro nos levou para Lençóis. Avaliação final: Tudo tem que ser muito rápido, é muita coisa pra ver e tudo é muito, muito longe. É uma experiência maravilhosa, é impossível esquecer o silêncio, a inexistência de eletricidade no local. A ausência de uso do celular e tv durante 5 dias. Acordar com os passarinhos cantando literalmente não tem preço. A noção de cuidar da natureza, de levar seu lixo, de manter inalteradas as características do lugar é muito impressionante.
  6. Camilla, eu, meu esposo e uma amiga vamos em Janeiro e faremos Pati de 04 a 09/01. Vamos com um guia conhecido nosso há alguns anos, já fizemos várias trilhas com ele. O nome é Davi, ele é de Lençóis, o preço tá saindo em média 200 por dia, incluindo o guia, quarto na casa dos nativos, café e jantar. Caso você tenha interesse, te mando o contato e te indico pra ver se ele fecha um valor menor incluindo todos.
  7. Se no primeiro dia, você chegar à tarde, dá pra fazer Pai Inácio, mas só pode subir até Às 17hr. Caso você tenha apenas 1 dia inteiro: Poço do Diabo, Pai Inácio, Gruta da Lapa Doce ou Torrinha e Pratinha. Com relação às pousadas, nunca me hospedei em nenhuma com garagem, mas na rua é tranquilo pra estacionar. Indico: Residencial do Beco (quarto com cozinha) bem próximo da cidade ou Pousada Daime Sono fica bem na Rua das Pedras (bem simples).
  8. RESPOSTA: 1 dia - Cachoeira do Sossego tem uma trilha muito longa, não dá para fazer outra coisa no dia a não ser Ribeirão do Meio que é no final do retorno. PRECISA DE GUIA MESMO, TEM MUITA PEDRA, É LONGA, DEPENDE DA CHUVA, DO RIO, ETC. 2 dia - Dá pra ir sem guia em todas, é só se informar sobre o caminho, mas acho que tem placas que ajudam. Gruta Azul, Pratinha e Poço do Diabo são muito cheias, é bom ir cedo. 3 dia - Não dá pra ir pra Fumaça sem guia, é longa demais e não tem caminho muito definido. Quando eu fui, em 2010, disseram que não permitem ir sem guia. 4 dia - Não fui em nenhum dos dois ainda, vou no carnaval deste ano, mas Gruta do Lapão, me disseram que não dá pra ir sem guia também. 5 dia - Igatu e Poço Azul dá pra ir sem guia. É bom chegar no Poço Azul bem cedo porque geralmente a fila é grande (é muito impressionante o local). Igatu pode ser em seguida. 6 dia - Buracão com guia mesmo, muito bom também e a pior parte é o longo caminho de carro na estrada de terra até a trilha, mas vale a pena. 7 dia - Já que você vai estar em Ibicoara, tem a Fumacinha por baixo. A trilha é pesadíssima, eu fui ano passado no carnaval, sinceramente achei o tempo todo que não ia conseguir chegar lá, são 4hr só de ida, poucas subidas, muitíssimas pedras, todo o caminho é pelo leito do rio. Em três momentos é necessário escalar umas paredes. Mas pra mim valeu muito a pena, o lugar é lindíssimo. Essa, com guia, com toda certeza, e com guia bom porque é longa mesmo. 8 dia - A Cachoeira do Mosquito, acho que fica próxima a Lençóis, é muito bonita. Pode incluir também no mesmo dia pro Serrano/ Cachoeira Primavera/ Salão de Areias que fica em Lençóis mesmo, quase não tem trilha, é bem pertinho. 9 dia - Tem uma trilha chamada Morrão/ Águas Claras que eu vou fazer esse ano, não conheço, mas ouvi falar muito bem. 10 dia -
×
×
  • Criar Novo...