Use o menu Tags para buscar informações sobre destinos! - Clique aqui e confira outras mudanças!

Ir para conteúdo

El Andariego

Membros
  • Total de itens

    12
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Outras informações

  • Ocupação
    Analista de Custos
  1. Trotatorres, valeu pela dica! Consegui um mapa rodoviário e provavelmente há transporte sim de Ushuaia a Punta Arenas e daí até Puerto Natales. O roteiro que pretendo percorrer é: SP a Buenos Aires (avião); Buenos Aires a Ushuaia (avião); Ushuaia a Punta Arenas (busão); Punta Arenas a Puerto Natales (busão); Puerto Natales a TDP (busão); Em Punta Arenas tem alguma coisa interessante? Depois de TDP pretendo ir a Santiago. Que outros locais entre TDP e Santiago vc me recomenda? Valeu!
  2. Fala Trotatorres, Antes de mais nada, obrigado pelas dicas valiosas deste fórum. Em fevereiro pretendo conhecer Ushuaia e depois Torres Del Paine. Minhas dúvidas são: 1)Sabe se há transporte de ônibus entre esses dois locais? 2) O circuito completo de TDP está aberto? 3) Em fevereiro chove muito em TDP? Abraços, Márcio Roberto
  3. Pico da Neblina - Perguntas e Respostas

    Fala André, tudo bem? Como está o projeto de sua viagem? Conseguiu mais informações sobre o Pico da Neblina? Eu também tenho interesse em conhecer o pico e estarei de férias no período de 12 a 23 de dezembro. Que data vc pretende chegar em São Gabriel da Cachoeira? Conseguiu formar um grupo? Pelas informações que tenho, o custo dessa "empreitada" é um pouco alto, mas fica viável se rateada em grupo. Vamos convidar o pessoal deste fórum. Tem mais alguns interessados. Acho que conseguimos formar um grupo aqui no site. Eu já viajei de barco por duas vezes na região norte e nunca tive problemas. Na primeira, fui de Porto Velho/RO a Manaus/AM pelo rio Madeira, em três dias. Na segunda, fui de Belém/PA a Manaus/AM direto, em cinco dias. Em ambas as ocasiões foi tranquilo e fiz amizades com os viajantes. Eu não pedi para trancar minha mochila, mas para vc ficar mais tranquilo, deixe sua mochila com o comandante, como já sugeriram neste tópico. Se vc quer mais conforto e segurança, viaje no camarote, um quartinho sem janela com ar condicionado e quase o dobro do preço da "classe popular" (rede). Sobre a alimentação no barco, o prato servido geralmente é arroz, macarrão, feijão e um cozido de carde bovina com farofa. Se tiver mais alguma dúvida, me mande um e-mail. Aguardo retorno sobre o projeto "Teto do Brasil". Abraços, Márcio Roberto, El Andariego
  4. Trekking na Serra Fina - Pedra da Mina

    Fala Galera! Eu, meu irmão e mais um colega pretendemos fazer a travessia da Serra Fina no feriado de 21 de Abril. Sabemos que é uma travessia "barra-pesada" e como nenhum de nós três não a fizemos ainda, estamos buscando pessoas que já fizeram e também estão interessadas em fazê-la no feriado próximo. Augusto e Márcio Rodrigues, já decidiram se vão para lá no feriado? Caso sim, entrem em contato comigo. Valeu! Márcio Roberto, El Andariego [email protected] [email protected]
  5. Pico da Neblina - Perguntas e Respostas

    Pessoal, Também já conheci o Monte Roraima e, conforme disse o Artur, é muito doido mesmo! Um mundo perdido! O próximo que pretendo subir é o Pico da Neblina, mas o Parque Nacional, na qual está situado o Pico, está temporiariamente fechado à visitação pública, conforme me informou o chefe do Parque e ainda não há previsão de reabertura. Serei informado quando ocorrer. Tenho disponibilidade para conhecer o Pico a partir de 26 de abril de 2005 e continuo buscando informações a respeito. Minha idéia é formar um grupo aqui no tópico e realizar mais essa aventura. Quem estiver interessado, me escrevam. Falô! Márcio Roberto, El Andariego!
  6. Monte Roraiama - Salto Angel - Amazonas

    Ae pessoal, tudo bem? Voltei da Venezuela dia 12/06/04 e subi ao Monte Roraima e também conheci o Salto Angel. Já falei, inclusive, ao Dimitri (num outro tópico) que estou finalizando minha planilha de custos e logo repasso a vocês termino nesse final de semana). Mas enquanto isso, vou passando algumas dicas. A primeira delas é quanto ao transporte de ônibus de Manaus/AM a Santa Elena de Uairén, na Venezuela. Eu paguei R$ 140 (Eucatur) por esse trecho, mas há uma alternativa mais barata se vcs comprarem o bilhete até Boa Vista/RR (aproximadamente R$ 70,00) e a partir daí tomem um táxi (na porta do terminal rodoviário de Boa Vista) até Santa Elena, por R$ 25 cada um. É que esses taxistas abastecem o carro na Venezuela, onde o combustível é muito barato (acreditem, lá o litro da gasolina custa o equivalente a sete centavos de real!!). Eu optei por essa alternativa no retorno, pois além de mais barato, é mais rápido. Quanto ao pacote para o Roraima, há algumas agências de Santa Elena que o oferecem. Depois de pesquisr, eu optei pela Adrenaline, que me ofereceu o pacote por 340 mil bolívares (o equivalente, na semana de 25/06/04 a 30/06/04, a U$ 120 ou R$ 360,00). Foi o melhor preço que eu encontrei, pois as outras (Kamadac, Mystic, Ruta Salvaje, entre outras)me ofertaram a 450 mil bolívares. Mas eu também levei meu saco de dormir e meu isolante, o que me garantiu um descontinho. E quanto ao passeio foi ótimo, pois estávamos com um bom guia (Jaime) e um bom porteador- cozinheiro (Terry). Fizemos em seis dias: dois para subir ao topo, dois dias conhecendo o topo (tem aproximadamente 60 km quadrados!!) e mais dois para regressar. Levem uma roupa impermeável e blusas, pois lá em cima chove e faz muito frio à noite. Depois passo o e-mail, o contato e o endereço da agência. Tenho, inclusive, um mapinha de Santa Elena que vou "escannear" e repassar a vcs. Depois de subir o Roraima, conheci também o Salto Angel. Novamente comprei o pacote com a Adrenaline, por US$ 165 dólares. As outras agências geralmente cobram US$ 180. A diferença é que a Adrenaline freta um avião privado e fecha gupo de cinco pessoas, garantindo um preço menor. Se vcs não são cinco, não há problema, pois o Francisco, agente da Adrenaline, se encaminha de formar os grupos de cinco pessoas. Eu, por exemplo, estava só, mas me integrei a um grupo formado por Francisco. Bem, antes de tomar o vôo é necessário tomar um ônibus de Santa elena a Ciudad Bolívar (12 a 13 horas) e custa 21.000 (R$ 22,10) bolívares pela Expresos Los Llanos ou 30.000 (R$ 31,58) bolívares pela Expresos Caribe. Eu optei pela mais barata e não tive problemas. Ah! Não se esqueçam de blusas quando viajarem de ônibus, pois o ar condicionado fica ligado a noite toda no máximo!! E tenham muita paciência, pois durante a viagem o ônibus sempre é revistado pela "Guarda Nacional" (mochila por mochila, acreditem!!). Quanto ao câmbio, na época que eu estive lá estava 1 R$ para 950 Bolívares. Às vezes o câmbio é melhor em Pacaraima/RR, a cidade brasileira que está na fronteira com a venezuela, também conhecida por BV-8. Em Ciudad Bolívar não se consegue mais cambiar Reais e mesmo o dólar é também meio difícil. Aproveitem para cambiar em Pacaraima/RR ou Santa Elena. Sobre protestos contra Chavez, não tive problemas em nenhum momento. E eu estava lá exatamente na semana que foi prorrogado o referendo. Nas cidades de Santa Elena e Bolívar não havia manifestações. Bem, é isso. Qualquer dúvida específica, entrem em contato. Abraços, Márcio Roberto, El Andariego.
  7. Contornando Ilhabela na caminhada

    Grande Augusto! Valeu pelo relato, está ótimo!! Uma grande contribuição à "comunidade mochileira". Também pretendo contornar a Ilha. Valeu!
  8. Contornando Ilhabela na caminhada

    Fala Augusto, tudo bem? Estive novamente em Ilhabela de 01 a 04 de janeiro e pretendia subir o Baepi e o São Sebastião (conforme dicas que vc me pasou), mas novamente tive de adiar por causa da chuva. Não achei interessante subir o pico com o tempo fechado, pois não há visibilidade nenhuma. Vc perguntou à Monique sobre o tempo que ela percorreu o trecho Borrifos-Bonete, não é? Em dezembro eu fiz esse percurso em três horas e meia, levando mochila com equipamento de camping e parando alguns minutos nas duas cachoeiras do caminho (Lage e Areado). Na volta eu fiz em três horas (aproximadamente uma hora do Bonete até a Areado, mais uma hora da Areado até a Lage e mais uma hora da Lage até Borrifos). Sobre infos das trilhas que pretendemos percorrer é realmente difícil de encontrar. Todos falam que as trilhas existem, mas que a maioria são de difíci navegação. Mesmo assim não desisto e pretendo voltar quando as chuvas acalmarem. A gente se fala, Abraço Márcio Roberto
  9. Contornando Ilhabela na caminhada

    Fala Augusto, tudo bem? Se vc conseguir alguma informação com o primo da Luckylu, compartilhe aqui no tópico, ok? Valeu! Márcio Roberto
  10. Contornando Ilhabela na caminhada

    Fala Augusto, tudo bem? Eu não sei se há uma trilha de Anchovas à Ponta do Diogo. Eu tenho um guia de viagem com um mapinha de Ilhabela e há indicação de uma trilha da praia Ponta do Diogo (ou Ponta do Boi) até a Saco do Sombrio e Ponta da Pirabura, no extremo sudeste da ilha, mas não sei das condições delas, se estão limpas e abertas. Ela está isolada, sem ligação com a trilha de acesso à Anchovas e Indaiaúba. E também não há indicação de trilha da Serraria até Jabaquara, ao norte da ilha. As trilha indicadas são: da Barra Velha até Castelhanos; da Sepituba até Castelhanos; de Castelhanos até a Serraria, da Pacuiba à da Fome, do Bonete à Cachoeira da Água Branca, trilha do Pico São Sebastião e trilha do Pico do Baepi. O ideal seria conversar com algum nativo de lá para sabermos se há essas trilhas que não estão indicadas no mapinha. Vou, inclusive, escanneá-lo e passar no seu e-mail. Como disse, na última vez que estive lá, fui de Sepituba à Anchovas somente, pois começou a chover bastante e adiei o restante da trilha até Castelhanos para uma próxima ocasião. Bom, por enquanto é só. A gente se fala. Abraço, Márcio Roberto
  11. Fala Augusto, beleza? Suas dicas foram muito úteis para a travessia da trilha do Ouro. Eu e meu colega fizemos de 18 a 20 de outubro e achamos muito legal. Chegamos na portaria do Parque no final da tarde do dia 18 e acabamos pagando para o Zé Pescocinho para nos levar da cidade até o parque, pois não tínhamos tempo disponível para subir a pé. A propósito, o Zé Pescocinho é um figura!! É um tiozonho com seus 55 anos e muito divertido. Ele tocava gaita e ao mesmo tempo dirigia seu fusqueta pela serra. Da portaria caminhamos até um abrigo no início da trilha da cachoeira das Posses, passando antes, é claro, pela cachoeira Santo Isidro. No dia seguinte, caminhamos (num bom ritmo) até a cachoeira do Veado, passando pela fazenda Barreirinha. Essa é mais uma belíssima cachoeira e acampamos próximos à ela, num gramado além do rio Mambucaba. No dia seguinte caminhamos até o final da trilha (ponte suspensa) e mais uns quatro quilômetros pela estradinha de acesso ao bairro do Perequê. (vc tinha razão: é uma estradinha chata para caminhar!! tivemos a sorte de conseguirmos uma caroninha nos seis quilômetros restantes até a Rio-Santos. De lá fomos até Paraty e retornamos no dia seguinte (21/10) a Valinhos/SP, onde residimos. De fato a navegação dessa trilha é, de certa forma, tranquila. Mesmo assim, valeu pelos bizus! Abraços, Márcio, El Andariego.
  12. Fala Augusto, beleza? Dei uma olhada no seu álbum e as fotos são feras! Pretendo fazer parte da Trilha do Ouro, de S.J.Barreiro ao Perequê, em meados de outubro e vou utilizar das valiosas dicas do seu tópico. Para quem também está interessado e fazê-la um dia, vale a pena ressaltar que é necessário a solicitação de autorização à administração do Parque por Correio. (informe-se pelo fone 12 3117 1225) Valeu cara! Abraços. Márcio Roberto
×