Ir para conteúdo

nathalyps

Membros
  • Total de itens

    18
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. nathalyps

    Córdoba

    Não sei se já falaram por aqui mas uma dica de Córdoba é que às quarta-feiras todos os museus são gratuítos. Não sou muito de ir em museu mas tem dois que gostei muito: Evita Belas Artes e Emilio Carrafa. O Carrafa tem uns terraços no último andar com uma vista massa da cidade. Os dois são próximos à Praça Espanha.
  2. nathalyps

    Córdoba

    Muito tranquilo andar a pé aqui! Claro que tomando os mesmos cuidados do Brasil de não ficar andando expondo celular, andar em lugar deserto, expor camera fotográfica toda hora, bolsa sempre na frente, essa dica da bolsa foi uma cordobesa aqui que me deu porque no centro podem encostar em você e tirar alguma coisa sem que você veja mas não citou violência nem nada, citou como um golpe discreto. Cuidado com o que chamam também de motochurros (assim se não me engano) que é como chamam dois homens em moto. Ando pra lá e pra cá e não teve nada, na parte mais turística sempre tem bastante polícia, fim de semana mais ainda. A ciadade no geral é muito tranquila, na minha opinião e na dos cordobeses que converso.
  3. nathalyps

    Córdoba

    Oii, Estou em Córdoba agora e fui na casa de cambio Barujel e no paralelo hoje. Seguem abaixo os valores pra que façam as contas do que sairá mais vantagem: Barujel Casa de Câmbio: 1 dólar = 9 pesos 1 euro = 11,24 pesos 1 real = 3,70 pesos Quiosque de bala e doces na Galeria San Martin (paralelo): 1 dólar = 11,10 pesos 1 euro = 14 pesos 1 real = 4,20 pesos Já troquei nesse quiosque com um rapaz que se chama Marco e não tive problema de notas falsas, fui em alguns mercadinhos que conferiram minhas notas e tudo certo. É um quiosque de balas dentro da galeria San Martin, do lado da Barujel na Rivadavia, 59, Local 14 (kiosko), Galeria San Martin. Pelas minhas contas saiu mais vantagem comprar dólar no Brasil e trocar por pesos no paralelo daqui do que trazer real. Euro coloquei só como referência mas não fiz as contas. * Trocar real por dólar no Brasil e em Córdoba trocar dólar por peso: R$ 100 / 2,4 (dólar a R$2,4 com iof no Brasil) = U$ 41.66 U$ 41.66 x 11,10 = 462,50 pesos * Trazer real e trocar aqui por peso: R$ 100 x 4,2 = 420 pesos
  4. nathalyps

    Córdoba

    Obrigado! E por onde procurar cambistas desse paralelo? Será que trabalham com Euro tb., como em B.A.? Olá, Estou em Córdoba e a cotação do dólar na casa de cambio Barujel (acho que é assim o nome, não lembro exatamente) estava 9 pesos enquanto na galeria à esquerda dela tem um cara em um quiosque pequeno de balas e doces que fazia 10,7 pesos. O nome dele é Marcos, olhei para ver se as notas eram verdadeiras e pareceu confiável. Olhando de frente pra Barujel, vai pra esquerda passando umas duas lanchonetes, uma loja de celular e então chega na galeria.
  5. Gabriel, Muito bom você ter voltado aqui pra colaborar. Pretendo ir pro Peru surfar e vou tentar fazer o mesmo. Antes de dar aulas você trabalhou com o quê?
  6. TM13, no caso dele eu acho mais tranquilo porque ele disse que queria conhecer o sul da Argentina e Chile.
  7. nathalyps

    Mochilas Femininas

    As que tem LF não são femininas? No título não tem o LF mas na foto tem o LF bordado na mochila.
  8. nathalyps

    Mochilas Femininas

    Hoje fui em algumas lojas aqui de Salvador e realmente parece não ser regra. Tinha uma 50 + 10L que não vinha com mochila de ataque, era uma expansão na parte de cima que aumenta o volume da mochila. Já em outra loja vi essa Deuter com a de ataque. Obrigada pelas respostas pessoal! Pretendo comprar uma pra fazer uma volta o mais completa possível na América do Sul, sem prazo de retorno pro Brasil, no mínimo 1 ano, e depois planejar mais outros, então minha preocupação é espaço. Já li aqui que não é bom levar muita coisa e vou tentar seguir esse conselho. A Deuter achei muito cara, fora do orçamento. Pelo custo benefício vou ficar com essa. Não achei ela pra experimentar mas experimentei uma outra feminina 40 + 5 só pra testar o conforto e sentir a diferença da normal. Tenho 1,69m e 62Kg, tá bom né? http://esportes.centauro.com.br/apparel/Mochila-Curtlo-Mountaineer
  9. Rota Brasil Social - https://www.facebook.com/pages/Rota-Brasil-Social/547636321943208?ref=stream Open Doors - https://www.facebook.com/opendoorsalinecampbell?ref=stream Com a cara e a coragem - https://www.facebook.com/cara.coragem?ref=stream Viajantes sem dinheiro achei esses três. Tem várias dicas que vão te ajudar, desde Couchsurfing, carona, doação etc BOA SORTE E VÁ E FRENTE!
  10. Alan, Tudo bem? Estou com planos de conhecer o máximo de países que puder sem nenhum compromisso de data de retorno, com a diferença que tenho uma poupança que juntei do tempo que trabalhei. Conheço uma pessoa que saiu do Brasil por aí com quase nada de dinheiro e está há 15 anos nessa. Foi uma injeção de motivação conversar com ele e tenho certeza que iria te fazer muito bem. Me motivou demais mesmo! Ele é de Salvador mas usa pouco internet e como pretendo sair pra uma viagem parecida agora no primeiro semestre, conversei com ele por algumas horas pra colher o máximo de informações possíveis sobre tudo que pudesse ser útil. Pra te ajudar, vou fazer um resumo do que pude pegar com ele: TRABALHO - Tornar a viagem auto-sustentável é possível sim. Sempre deixando a vergonha de lado na hora de procurar, tente albergues, restaurantes, hotéis, bares. Em alguns albergues pode trocar o trabalho pela hospedagem, o que já reduz um custo significativo da viagem. Em Santiago ele trabalhou em uma agência de turismo recepcionando turistas brasileiros no aeroporto e em um restaurante na montanha. Uma coisa que ele reforçou bem é se dedicar ao máximo no trabalho, dar seu melhor, fazer bem feito para que aquele lugar sempre esteja de portas abertas pra você no futuro e as vezes possa te indicar para trabalho em outros lugares. O dono de um albergue em um lugar as vezes tem também um restaurante em outro, e se você der o seu melhor no trabalho pode conhecer uma nova cidade com trabalho garantido. - Amizade em albergues: Faça amizade com viajantes. Alguns deles já podem ter trabalhado em lugares de seu interesse, podem te dar dicas ou te indicar. - A ideia dele era quase sempre a seguinte, trabalhar MUITO durante cerca de 3 meses e gastar o dinheiro nos outros 9. Nesses 3 meses, nada de muita festa, e gastos que fugissem do básico (hospedagem, transporte e alimentação). E assim deu certo por bastante tempo. - Sabe falar inglês e espanhol? Quando falei que tenho inglês fluente ele me motivou mais ainda. "AHHH, lindo! Super tranquilo. Se jogue que você vai conseguir emprego, mas trabalhe CERTO e BEM! Tem gente que sabe falar várias linguas, tem estudo mas é uma m*** trabalhando". Se não souber falar inglês também não é problema porque ele até hoje não fala, foi aprendendo espanhol pelo caminho, aprendeu bem espanhol e se virou com ele. SEGURANÇA - "O mundo não é tão perigoso quanto a TV mostra, quanta coisa boa acontece com várias pessoas o dia todo e não passa na TV? Passa muita coisa ruim!". Você sendo brasileiro já te dá bastante conhecimento nesse quesito. Vale só pesquisar a ciadade que você vai pra alguns "golpes" específicos. Por exemplo, li que na Argentina alguns taxistas trocam sua nota verdadeira por uma falsa e dizem que você que deu a falsa, na Bolívia uma viajante indo comprar a passagem, deu o dinheiro e a mulher do caixa na cara de pau disse que ela não deu nada Coisas desse tipo! Ele disse que as coisas desse tipo foram 1% da viagem e que não se comparam às experiências boas. - No albergue nada de ficar exibindo coisas de valor. Tem alguns sites de pessoas que estão viajando sem dinheiro ou com pouquissimo. Vou tentar achar e te mando. Por curiosidade, qual seu roteiro?
  11. nathalyps

    Mochilas Femininas

    Pessoal, Uma pergunta meio boba aqui mas lendo tanta coisa fiquei na dúvida Quando diz "50L + 15L", por exemplo, quer dizer que é uma mochila cargueira de 50L expansível para 15L (abrindo uma parte, tipo algumas malas fazem) ou é uma mochila cargueira 50L com uma de ataque de 15L?
  12. Tem um bom tempo que fui pra lá mas se não me engano, caixa de cigarro. Aqui é beeeem mais barato e os fumantes brasileiros sempre pediam pra galera que tava vindo hahaha
  13. Pra galera que vai pro Canada falar inglês, vou falar por Vancouver pois foi onde morei. 1 - Com relação à estadia, dê preferência a estadia em homestay (casa de família local). Algumas agências oferecem essa opção e se possível escolham famílias canadenses. Alguns amigos na época optaram pela homestay mas os hosts eram filipinos, japoneses etc. Os hosts falavam inglês porém aprender com canadenses mesmo já ajuda. 2 - Brasileiros são ótimos, divertidos, engraçados e estão por toda parte mas se seu foco é aprender inglês e não sotaques diferentes, se esforce para conhecer pessoas locais. Conheci bastante gente com algumas estratégias como perguntar as horas na rua, pedir informação de lugares que eu já sabia onde ficavam e ao perceber seu sotaque os canadenses sempre puxavam papo comigo. Vancouver tem muita praça! E na praça sempre tem uma tiazinha, uma senhora hahah Puxem papo! Sem vergonha. No final do intercâmbio vai ter valido a pena e as chances de seu inglês voltar fluente serão maiores do que andar com brasileiros, por mais atrativo que seja. 3 - Três meses é válido. Se tiver condições financeiras, fique seis que é um tempo ótimo pra aprender. Claro que se puder ficar mais, melhor. Mas se puder ficar seis e se esforçar para conhecer pessoas locais e praticar, vai valer muito a pena! 4 - As aulas na escola, pelo menos na minha, realmente não farão taaaanta diferença assim se ao invés disso você se esforçar pra conhecer pessoas locais e praticar. O legal da escola é a possibilidade de conhecer outros intercambistas que só vão conseguir se comunicar com você em inglês o que vai te forçar a praticar, exceto brasileiros hahaha Vi vários brasileiros tentarem isso de falar inglês entre si mas não ia muito adiante hahaha Se não der pra conhcer a galera local, foca nos outros intercambistas que não sejam brasileiros. Canadenses são muito educados! Fiz bons amigos por lá e recomendo pra todo mundo que quer aprender inglês!
×
×
  • Criar Novo...