Ir para conteúdo

Juliana Champi

Colaboradores
  • Total de itens

    1.175
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    20

Juliana Champi venceu a última vez em Outubro 9

recebeu vários likes pelo conteúdo postado!

Reputação

426 Excelente

Links para Redes Sociais

Bio

  • Ocupação
    Bióloga

Últimos Visitantes

5.406 visualizações
  1. Larissa, além de concordar com tudo que o lobo disse, aproveito pra falar das hipos, que são bem perigosas em viagens, especialmente se envolverem trilhas e caminhadas longas. Levo na mochila muitos saquinhos de açucar destes que tem em lanchonetes... por onde passo vou pegando alguns, rsrs! Uma super mão na roda tb são aqueles saches de glicose líquida, gli instan: https://www.americanas.com.br/produto/15723084/gli-instan-bala-liquida-sabor-natural-com-glicose-instantanea-c-5-saches-de-15g-cada?cor=No&tamanho=No
  2. Olha, que legal, não sabia que vc tb era do time @lobo_solitário Que bom que ajudou @Larissa Souza Reis Acho que de fato as canetas facilitam bastante! Lembrando que as insulinas em uso podem, na verdade devem, ficar em temperatura ambiente, portanto se sua viagem for curta, de até um mês, não precisa ficar preocupada com refrigeração, a não ser que sejam lugares muito quentes! Apenas a insulina em estoque deve ficar refrigerada! Aí tem que fazer mesmo como o lobo indicou! Eu uso bomba e saio de viagem com o cartucho cheio... são 3ml e dura uns 8 dias pra mim... portanto levo geralmente apenas mais 2 refis de 3ml na mala de mão mesmo, sem refrigeração. Como é super complicado achar insumos da bomba pra comprar caso extraviem minha mala despachada, eu levo na mala de mão tb, além de um back up na despachada!
  3. E isso não faz o menor sentido, a cia aérea é responsável por todas as passagens que vende independente de onde... mas tentem ver o que dá pra fazer pelo site.
  4. não entendi! compraram hj, agora? vcs podem cancelar sem custo dentro de 24h. depois disso, cancelamentos ou remarcações vão obedecer as regras da tarifa, que vão desde não ter direito até remarcar sem custo.
  5. Este site, assim como todos os intermediários (decolar, submarino, maxmilhas e etc) podem sim trazer vantagens num primeiro momento, mas se vc tiver que remarcar, alterar ou cancelar passagens, vai ter um super dor de cabeça, maior do que se tivesse comprado direto na cia aérea. Então se vc acha que vai ter algum risco de ter que alterar sua passagem, melhor evitar. Verifique que quase todas as reclamações se referem a isso. Multas altas, preços altos pra remarcação e etc. Até pq, vc não sabe exatamente que categoria de passagem está comprando... nos próprios sites das cias aéreas eles informam que as mais baratas não dão direito a cancelamento ou alteração. Vc pode discordar, mas compra, compra sabendo disso. Tem muita reclamação indevida tb... passagem área pode ser cancelada em 24h sem custo, não tem os 7 dias previstos no CDC... vc pode discordar desta regra, mas é assim. Se entrar na justiça perde. Então tente filtrar as reclamações tb! Eu evito qualquer intermediário, a não ser que a vantagem seja tão grande que valha o risco.
  6. Com isso eu passo uma semana, hahahauaha Pra um dia eu levo comida pronta, rs!
  7. Concordo com Luiz. Lá é em peso chileno! Pra pagar em dólar vc vai sair perdendo. Se vc for passar por Santiago antes tem que pesquisar se lá não é mais favorável trocar real direto pra peso... Esse lance de cotação é muito do momento da viagem e sempre muda!
  8. Sigo um cara no insta que está lá e pelo jeito tá realmente tenso... @piamochileiro o insta dele, se estiver afim.
  9. Obrigada meninos! Tb gostamos MUITÃO de natureza então são nossos passeios preferidos de fds! Logo tem mais!
  10. Olá. Longe de mim recomendar alguém beber e dirigir, mas nós tb estávamos de carro e fomos em 3 vinícolas, 1 em cada cidade ali da região. O Gui, que estava ao volante, fez degustação na primeira... na segunda ficamos bastante tempo e comemos bem (na Tokara) e ele não bebeu, e na última ele experimentou de leve. Então foi bem tranquilo, e não tivemos nenhum problema... mas se vc for degustar em trocentas vinícolas rola pesquisar excursões ou transporte. Usamos Uber em Joburg, e sei que eles tb tem um concorrente do Uber chamado "Bolt" rs... mas não usamos nesta região então não posso opinar.
  11. Olá, tudo bem? Eu fui em julho e só fiz um dia com agência pq o resto fiz por conta (estava de carro). Pela 123 Andes eu paguei 50.000 pesos pra ir nos Geiseres pela manhã e Lagunas Escondidas a tarde! Curti bastante o guia que foi conosco. Quando estava pra escolher a agência tb me interessei pela Araya e Atacamatrips. Se vc tem insta, segue eles que de vez enquando rolam promocões. E tb tem vários relatos deste ano pelo Atacama, o do @luizh91 que comentou aí em cima tá super completo e talvez seja mais seu perfil, que vai de avião. No meu tb coloquei gastos de tuuudo! É legal dar uma lida pra se programar financeiramente! Tb fiz uma compilação de relatos pelo Atacama, com todos os recentes... então tá na mão!
  12. TIBAGI – PR: Camping, rafting no Tibagi e Canyon Guartelá Olás! Conforme previsto no último tópico, rolou mais uma aventurinha de fds! Desta vez na cidade de Tibai-PR, que tb tem um mooonte de coisa legal de aventura pra fazer. Como pegamos chuva e estávamos num grupo grandão, não fizemos muitas coisas, mas valeu muito a pena e ficamos de voltar. Saímos de Londrina às 6h30 em 3 carros, e mais 3 se juntariam a nós mais tarde. O destino era o Recanto Ecológico da Dora, que fica praticamente dentro do Canyon Guartelá, poucos kms depois da entrada do Parque. Antes passamos na cidade de Tibagi para acertar detalhes do rafting que faríamos a tarde com a agência Tibagi Aventuras!! O Danilo, dono, muito gente fina, explicou como funcionaria e tb outras opções de passeios que ele oferece, mas desta vez optamos só pelo rafting mesmo. Combinamos de voltar na agência às 14h30, de onde partiríamos pro rafting e seguimos pro camping. O Recanto Ecológico da Dora é bem tranquilo, tem 3 quiosques (que já estavam ocupados), uma cozinha coletiva e banheiros. Apesar de termos curtido muito o lugar, a cozinha coletiva e banheiros estão precisando muito de manutenção! Mas o lugar é bem bonito, tem cachoeiras e prainhas de rio, enfim, gostamos. Cobraram 35 reais de cada adulto por pernoite. Crianças não pagaram. Depois de escolhermos locais adequados para as barracas começamos a nos esparramar... rssssss... Sabe quando vc é bem jovem e está de boas lá no camping e do nada chegam aquelas famílias gigantes farofeiras cheias de crianças e barulho? E vc fica puto?? Então, viramos este tipo de gente! Kkkkkkkkkkkkkkk Estávamos em 5 casais (4 com 2 filhos cada e a gente com 1, mais uma criança emprestada) e dois adultos avulsos, hahahauaha... 12 adultos e 10 crianças, de idades entre 1 e 11 anos. Mas tudo filho de mochileiro e acostumados com a vida no mato. A nossa casinha! A nossa "família" kkkk! Olha a zona! Uma das cachus do camping! Trupe completa já acampada, fomos explorar as cachus perto do camping! Uma maravilha! Depois de banhos e mini trilhas voltamos ao camping comer uns lanches pra preparar pra voltar pra cidade. Só nós e uma outra família quiseram fazer o rafting. O restante do pessoal ficou fazendo churrasco e explorando a prainha do camping durante a tarde. O rafting custou 79 reais por pessoa, e segundo eles não precisa saber nadar e pode ir crianças (conosco estavam Chico e Gabs por exemplo, de 6 e 8 anos, além do meu João com 11). Descemos junto com uma excursão escolar que alguns amigos estavam guiado, a molecada curtiu muito! Descemos em 5 botes. O passeio inteiro dura umas duas horas. Eles primeiro levam a gente no ponto de início, distribuem capacetes e coletes (obrigatórios) e explicam movimentos básicos do rafting. Em cada bote vai um guia, que tb tira umas fotos no meio do caminho. No meio do rafting a gente para numa quedinha d’água e eles tb tiram fotos, e neste ponto, A CAGADA! Tirei meu celular da capinha impermeável pra tirar foto de algum bichinho... e na hora de por de volta não devo ter travado direito. Entrou água e meu cel morreu! L Enfim! Continuamos descendo e no fim a gente pula na água e vai nadando até a margem do rio Tibagi. Já estava bem friozinho nesta hora! Voltamos pra agência, trocamos de roupa e voltamos pro camping. Pessoal entrega um CD gravado com fotos tiradas por eles! Massa! A gente até curtiu este rafting, mas como o Rio está baixo, ele foi bem levinho, sem muita emoção! Turma do rafting! Banho de rio, mais uma vez! A noite no camping foi daquelas de doer a barriga de tanto rir! Churrasco, cerveja infinita e violão! Ninguém prestava, ficamos por conta das crianças, hahahahauaha! Fotos não publicáveis! Perto de amanhecer começou a chover! Chuvona... pessoal foi levantando pra arrumar café da manhã... eu me recusava, rs! Fiquei tentando dormir um pouquinho mais! Lá pelas 8h já estava todo mundo de pé e decidimos ir com chuva mesmo pro Canyon Guartelá. Quase todo mundo ali já conhecia o Canyon... os planos eram ficarmos na prainha do camping de manhã, almoçar da cachoeira puxa nervos e partir depois do almoço. Mas com chuva resolvemos ir pro Parque mesmo. Desmontar barraca com chuva é uma delícia né? E demoramos um tempão pra organizar A ZONA que estava nosso trecho do camping! Kkkkkkk Uma família resolveu partir antes, seguimos o restante pro Parque! Parou de chover e fizemos a trilha com tempo nublado, o que foi ótimo, se estivesse sol teríamos cozinhado! O Parque é maravilhoso... nas antigas dava pra acampar lá dentro, hj é proibido! Está super bem cuidado. A trilha auto-guiada dura uma hora a depender do ritmo. Te leva no mirante, cachoeira e panelões, onde é permitido banho. Se vc entrar em contato com o Parque antes dá pra fazer a trilha guiada, onde se chega em locais com pinturas rupestres e etc. É bem legal a guiada, mas desta vez fizemos só a básica! Não entramos nos panelões pq estava muito frio, mas demos um rolê dentro do rio com as crianças! Mirante do Parque Estadual Canyon Guartelá! A vista! Mais da vista na trilha! Trilha pra cachoeira! Cachu e passarela de pedra! Amada vegetação dos campos gerais! 😍 Panelões! Na trilha de volta um carro de apoio do parque pegou umas crianças e levou eles de carro lá pra cima... a subidinha final tava cansativa pra eles, kkkk... na verdade pra nós tb, tudo de ressaca, mas é a vida! Paramos pra almoçar na cidade cerca de 13h e depois cada um seguiu seu caminho. Um carro voltou pra Curitiba e o resto pra Londrina! Valeu demais essa aventura mas ficou gostinho de quero mais! Como Tibagi não é tão pertinho (dá umas 3h de viagem desde Londrina) quero voltar num feriado pra curtir mais coisas! Cachoeira é o que não falta! Se tudo der certo daqui 3 semanas tem mais uma! Hasta Luego!
  13. Isso, e pessoas que ficam assediando a gente, são as coisas que mais me irritam! Talvez por isso eu esteja escolhendo destinos meio do mato ultimamente. Em Barcelona, no Camp Nou, um chinês entrou na minha foto super de boas... o mesmo no Palácio da Pena em Sintra, Portugal... No túmulo da Evita em Buenos Aires eles pareciam formigas, passavam sem nem olhar, só batendo foto! SO-CO-RRO!
  14. Sonho em fazer aquele trekking até o EBC... minha vivência em altitude foi tranquila, até 5.050msnm pelo menos. Mas esta proposta de roteiro de vcs está sensacional, quem me dera poder ficar 4 meses vagando naquele cantinho do mundo, rs! E que mané idosos o que! Estão muito melhores que muita gente com metade da idade de vcs!
  15. Olá Erica. Aquelas notas são trocadas apenas nos EUA. Já perguntei em vários países que fui e ninguém troca. Não sei especificamente da Coréia do Sul, mas acho pouco provável eles fugirem à regra.
×
×
  • Criar Novo...