Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Juliana Champi

Colaboradores
  • Total de itens

    1.096
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    8

Juliana Champi venceu a última vez em Julho 10

recebeu vários likes pelo conteúdo postado!

Reputação

288 Excelente

8 Seguidores

Outras informações

  • Lugares que já visitei
    Instagram: @juliana.champi
  • Próximo Destino
    Julho de 2019: Argentina e Chile de carro
  • Ocupação
    Bióloga

Últimos Visitantes

2.832 visualizações
  1. Olás! Passei as últimas semanas num corre desgraçado pra conseguir sair de férias com responsabilidade (sem deixar nada grave pendente no trabalho), e agora a ansiedade consome! Até pq machuquei o pé e estou indo bem preocupada pras minhas trilhas, rs! O roteiro: Londrina > Foz do Iguaçu > Corrientes > San Salvador de Jujuy > San Pedro de Atacama > Salta > Corrientes > Puerto Iguazu > Londrina. De carro. AMANHÃ. Quem quiser vem com a gente no insta: @juliana.champi E pra quem se interessa no destino, segue uma compilação de relatos e informações que eu li antes de embarcar nesta aventura! É INSPIRADOR! Bora? Principais sites e relatos consultados. Li muitos outros, esta é uma seleção dos que achei que tinha mais a ver com a viagem que pensamos e que foram bem úteis, divertidos e inspiradores! O primeiro... o relato que me fez querer ir logo pro Atacama! https://www.mochileiros.com/topic/80594-pra-quem-quer-estradas-de-curitiba-ao-atacama-de-uno-10-20-dias-5500km-r2200/ Por @MarisaBrugnara O relato que me fez ter certeza! ❤️ https://www.mochileiros.com/topic/75285-roadtrip-dos-contrastes-8000km-por-argentina-e-chile/ Por @Elder Walker O cara que teve a maior paciência do mundo com o amigo, kkkk https://www.mochileiros.com/topic/58848-viagem-de-carro-para-san-pedro-de-atacama-passando-por-salta-tilcara-e-antofagasta-mar%C3%A7o2017/?page=3 Por @Flavius Neves Jr. Relato um pouco mais antigo, com muitas fotos legais e detalhamento dos passeios guiados por agências. Eles foram de avião, então pra quem não quiser ir de carro é uma boa referência. https://www.mochileiros.com/topic/52300-atacama-7-dias-out-2016-passeios-dicas-e-toda-informa%C3%A7%C3%A3o-que-voce-precisa-saber-fotos/ Por @filiperocha Caminho diferente, começaram por Santiago! Mas o relato está incompleto quando eles vão pra Bolívia. https://www.mochileiros.com/topic/71639-expedi%C3%A7%C3%A3o-am%C3%A9rica-de-bras%C3%ADlia-ao-atacama-de-carro-241217-a-20012018/ Por @mimi.silvestre Relato muito bom, com fotos incríveis!! Muitas dicas pro motorista! https://www.mochileiros.com/topic/74020-de-belo-horizonte-ao-atacama-de-carro-roadtrip-noroeste-argentinaatacama-chile-setembro-2017/ Por @Ian Gon De Toyota Bandeirantes! Fotos muito boas, caminhos diferentes incluindo Bolívia. https://www.mochileiros.com/topic/81122-salar-do-uyuni-atacama-e-jujuy-via-paso-sico-nov2018-de-toyota-bandeirante-4x4/ Por @guskow Fotos legais tb! Eles foram de carro mas fizeram os passeios por agência, pra quem não quer arriscar o carango! https://www.mochileiros.com/topic/74915-jaragu%C3%A1-do-sulsc-san-pedro-de-atacama-de-carro/ Por @mrlaalm MORRENDO de rir com este até o infinito! De 2019, mas incompleto ainda! https://www.mochileiros.com/topic/83714-san-pedro-de-atacama-de-carro-com-a-fam%C3%ADlia-gastanto-pouco/?tab=comments#comment-773395 Por @Leandro Freire Me ajudou a decidir que passeios faria de carro no Atacama e qual faria com agência! Roteiro bem diferente, muito legal (em construção)! https://www.mochileiros.com/topic/83892-viagem-de-carro-joinville-atacama-abril2019/ Por @ffabioh Dois relatos do mesmo autor incluindo o Atacama por caminhos não convencionais! MUITO bons, muito mesmo. https://www.mochileiros.com/topic/42481-atacama-e-peru-2016-de-carro-por-salta-sp-atacama-antofagasta-arequipa-nasca-lima-cusco-machu-picchu-e-puno/ https://www.mochileiros.com/topic/74147-expedi%C3%A7%C3%A3o-up-nos-andes-de-carro-por-assun%C3%A7%C3%A3o-termas-de-rio-hondo-taffi-del-valle-cafayate-fiambal%C3%A1-paso-san-francisco/ Por @hlirajunior Ele foi de avião e tem boas dicas de custos, relato atual muito bom! https://www.mochileiros.com/topic/84919-chile-em-10-dias-bem-aproveitados-santiago-arredores-e-deserto-de-atacama-abril2019/ Por @luizh91 Outros sites úteis: https://viajandocompimpolhos.com/2017/01/26/dicas-para-prevenir-o-soroche-ou-mal-de-altitude/ https://viajeibonito.com.br/medidas-infaliveis-para-prevenir-o-mal-de-altitude/ https://www.lumaseguros.com/cartaverde/ https://www.buenasdicas.com/roteiro-viagem-salta-jujuy-270/ https://www.umviajante.com.br/chile/159-lagunas-altiplanicas-e-salar-do-atacama-mochilao-chile https://www.viajenaviagem.com/destino/atacama/ https://viagensaamericadosul.blogspot.com/ http://desviantes.com.br/blog/post/o-deserto-do-atacama-no-inverno/ http://viagensaamericadosul.blogspot.com/2013/08/deserto-do-atacama-mapas-e-gps-viajando.html http://www.omundoepequenoparamim.com.br/deserto-do-atacama-de-carro-dicas-de-viagem https://www.denomades.com/pt/san-pedro-de-atacama?a=brchile http://viagensaamericadosul.blogspot.com/2013/08/deserto-do-atacama-mapas-e-gps-viajando.html Não é um relato mas é o tópico mais mais mais útil pra quem vai pegar a estrada na América do Sul. LEIAM. https://www.mochileiros.com/topic/86202-leis-de-trânsito-américa-do-sul-argentina-chile-uruguai-bolívia-peru-colômbia/ Por @@mateusmaps Hasta luego! Voltamos em 23 de julho!
  2. Eu fiquei pensando se ia precisar de algo especial nestas altitudes, pelo pouco que sei achei que não. Mas deixo esta pro Rodrigo que manja bem das lentes. Em relação ao problema de descolamento de retina, creio estar mais relacionado com a altitude independente de condições de luz. Como disse antes, acho que os locais que citou ainda são tranquilos, pois ainda estão abaixo dos 6000msnm.
  3. Oi @Gruntman Lá no início deste tópico tem um capítulo beeem grande sobre o Kruger, rs. As vezes é meio confuso aquele site deles mesmo. Não tenho como fazer um tutorial pq já faz algum tempo, mas lembro que "fuçamos" muito no site. Vc deve escolher o tipo de acomodação e o camp que quer, e caso queira variar o camp, deve verificar a distância entre eles. Os do sul são mais agitados e tem maior densidade de animais, os do centro e norte são lindos, mais vazios, mas com menos bichos. Depois de escolher os camps já pode selecionar os games que quer fazer, os da manhã e da noite, quando o parque está fechado ao público externo, são os mais legais. Caso vc tenha dificuldade em pagar pelo site (nós tivemos) mande um email para eles relatando sua dificuldade, diga em quais camps quer ficar, em quais dias, quais games quer fazer, e eles fazem a reserva e te mandam um "boleto" que dá pra pagar com cartão de crédito! Boa sorte!
  4. Olás! Segue um relato brevíssimo e fotos do “Morro do Gavião”, localizado na cidade de Ribeirão Claro, Paraná, divisa do Estado com São Paulo (Chavantes). O “tb cabe no seu fds” do título do tópico faz alusão ao primeiro post que fiz com este tema: Viagens curtinhas (bate-e-volta ou 2 dias) e acessíveis pra quem curte muito natureza mas as vezes não tem disponibilidade, seja de grana ou de tempo, para grandes aventuras. Bora lá. Saímos de Londrina, norte do Paraná, as 7h da manhã de uma sexta-feira, feriado municipal. Londrina dista 200km da Fazenda São João, onde fica o Morro do Gavião. Fomos em 4 famílias, sendo 3 casais com 1 filho cada (3, 5 e 11 anos) e um casal sem filhos, em 3 carros pra otimizar custos. Tem 2 pedágios na nossa rota, de 22 REAIS CADA, um abuso. Então gastamos 88 reais de pedágio por carro. Só pra ilustrar, o meu carro gastou 95 reais de combustível... quase igual ao valor do pedágio. Assim que a gente paga o segundo pedágio a gente sai da rodovia e pega uma estrada bem bosta, pista simples com vários trechos esburacados. Por isso os 200km são percorridos em 3 horas. O acesso a Fazenda é por um curto trecho em estrada de chão. A pedra bonitona que aparecia na estrada. Poucos kms em estrada de chão. Chegamos lá as 10h e fizemos um lanche antes de subir. Paga-se 3 reais para entrar. A Fazenda São João tem estrutura super turística e várias atividades além da contemplação, como tirolesa, parapente, parque infantil, restaurante e etc., mas eles só abrem estas atividades aos fds e feriados nacionais. Até avisei que iríamos em grupo e tals mas estava mesmo tudo fechado. E detalhe, era feriado lá tb! 🤦‍♀️ A “trilha” pra subir nem pode ser chamado de trilha. É um caminho em campo aberto (acho que podiam plantar umas árvores) com calçamento de pedra, dá pra subir com bb de colo, com muleta, enfim, dificuldade zero. Tb é bem curto, parando bastante demora uns 30 minutos. Subindo! "Caminho" de pedra. A vista do alto é a represa de Chavantes, e é de fato bem bonita. Tanto que rolam uns ensaios fotográficos pré-wedding e estas coisas. Lá em cima tb tem umas rochas bem cênicas onde o povo finge estar caindo ou flutuando, mas é perigo quase zero. Gui pendurado. Meu pequeno mochileiro. Meu quase "Asana de Vrakasana" pq tava ventando. kkk Ficamos cerca de uma hora andando em cima do morro, fizemos um lanche, mas o calor tava MUITO forte e tinha apenas uma árvore. Tentamos ficar na sombra desta árvore, mas tinha um amontoado de vespas numa rocha próxima que começou a se incomodar com nossa presença, resolvemos descer. Então ponto negativo: preocupação com a natureza não tem não. Super podiam plantar umas árvores nativas alí em cima, pelo menos no interior do platô (que é pequeno) se a preocupação é não prejudicar a vista. Seguem fotos do visual! Natureza e mochila! Um dos lados da vista! A trupe reunida! No caminho que dá acesso a Fazenda tem placa indicativa de outras atrações. Perguntamos, antes de partir, se as atrações estariam abertas... e moça da Fazenda disse que não pq era feriado! Poxa, mas aí que tinham que abrir né? Haha. Uma das indicações da estrada era uma tal de “Pedra do Índio”, e a gente avistava uma rocha alta com formato bem legal, achamos que era essa. Resolvemos ignorar a indicação da moça da Fazenda São João de que tudo estaria fechado e fomos ver essa tal “Pedra do Índio”. Era uma restaurante, rs. BEM BONITO, ABERTO, com uma vista linda da represa de Chavantes tb. Preços super tranquilos. Pelo jeito eles fazem eventos no local (casamento, festas) e está em construção um belo camping, fica a dica pro futuro próximo. Mas a Pedra do Índio era nada a ver, e a bonitona que a gente via da estrada tinha outro nome, rs, que não lembro. Lá vimos um garçom indicar uma cachoeira por perto, mas já estava tarde pra nós e ainda tínhamos planos, mas pelo jeito tem mais coisas na região que não conhecemos. Partimos em direção a ponte pênsil (Ponte Alves Lima) que liga as cidades de Ribeirão Claro a Chavantes por cima do Rio Paranapanema, divisa dos estados (PRxSP). Esta ponte é tomaba pelo Patrimônio Histórico Estadual e é bem importante do ponto de vista arquitetônico. É uma raridade. No caminho se observa a cachoeira “Véu da Noiva” (afffe essa criatividade pra nome de cachoeira) da estrada, mas estava bem mirradinha por conta da nossa estação seca. Adoramos o cenário da ponte. Hoje é acessível somente a pedestres, a ponte para automóveis funciona ao lado. As águas do Rio Paranapanema estavam tão clarinhas e transparentes, estava tão calor, que só não pulamos pq não tínhamos absolutamente nada pra nos secar antes de irmos embora, kkkkk! Ponte lindona! A foto não mostra o tanto que ela é bonita! A ponte nova! Time completo! Saímos de lá cerca de 16h e chegamos em Londrina as 19h. Estas foram as atividades em um dia. Se houver possibilidade de pernoite, tem outras coisas pra explorar.
  5. Ah, e agora estou desesperada pq não acho que se comprar hj as meias cheguem a tempo, viajo sábado. kkkkkk
  6. Comprei no site da Vento mesmo, e ainda consegui um descontinho! Eu não cheguei a testar ela para o que ela foi feita, rs, pois a comprei faz pouco tempo. Esta semana usei ela para subir o Morro do Gavião, mas é tão "nutela" (30 min de caminhada em caminho de pedra) que nem considerei um teste. Percebi que ela esquenta MUITO, mas eu tava com uma meia bem fininha e podre... pra vc ter ideia tirei a bota e desci descalça desse morro, hahauaha. A bota ficou bem úmida por dentro, mas tava um calor do cão! É bem importante observar a questão da composição das meias que o @fabiomon já explicou em vídeo. Usei uma meia comum, é um erro. No fim da semana inicio uma viagem por Argentina (norte) e Chile (Atacama) e aí de fato vou testá-la!
  7. Vcs estão falando do Atacama @Andre Luiz Mylonas Martins e @@mateusmaps ? Nós partiremos de Londrina-PR dia 6, mas vamos dar um tempo no norte da Argentina e chegar no Atacama 13 de julho. Quando chegam lá?
  8. Viajar com o outro é só combinar o mesmo destino ao mesmo tempo. Geralmente os viajantes iniciam contato por aqui depois se comunicam por fora do site, da forma como escolherem. Há casos em que compensa rachar despesas, por exemplo, tem uma moça procurando cia pra rachar um cruzeiro no Alaska que só vende passagem pra par. Em outros casos cada um está independente, ficando em hosteis cada um paga o seu, só querem cia! Cada caso é um caso. Tem várias pessoas todos os dias em busca de companhia de viagem, inclusive pra Colômbia, é só ficar de olho e ver se as datas batem e conversar com a pessoa.
  9. Oi Diego, tudo bem? Esta é uma questão muito particular, de cada casal. Eu tenho um casal de amigos que nunca viajam juntos, rs. Ela é médica e ele professor, ambos tem férias amarradas, então combinaram de não se prender a isso, pois seria muito difícil os dois tirarem férias juntos. Eu e meu marido sempre fizemos bater férias, mas eu tenho mais flexibilidade, e teve um ano que ele só conseguiu tirar um período pra uma viagem mais longa (30 dias), e eu, como tenho banco de horas acabei viajando sem ele, pra uma outra viagem além da mais longa, mas com meu filho. Foi uma viagem curta, de uma semana, mas eu detestei. Faltava uma parte de mim. Ele é muito meu parceiro de vida e mochila, senti muita falta. Já viajamos tb duas vezes sem nosso filho... da primeira vez sofremos bastante, da segunda vez foi tranquilo, pq ele já tá bem maior e ele que não quis ir, rs. Pode ser que se eu viajasse de novo sozinha, sem a família, sofresse menos. Quando eu era solteira eu viajei várias vezes sozinha, mas é outro esquema. Hj eu divido a vida com meus meninos, pensar em não dividir uma viagem não me deixa animada. A gente viaja sozinho a trabalho, meu filho viaja com a escola, e tudo certo, mas de férias não gostamos de separar, nem ele que ficou, nem nós que fomos. Como vc se sente? É assim que vc vai se decidir. Vc tem 3 opções: 1 - esperar as próximas férias e planejar em família; 2 - viajar, mas talvez uma viagem mais curta incluindo seus filhos; 3 - ir sozinho.
  10. Vc pode ver se tem voo desde Calama para Lapaz ou ir por terra, rumo a Oruro... não vai ter nada direto e são mais de 1000km! Vai ter que procurar trecho a trecho! Outra coisa é contratar um passeio desde o Atacama para Uyuni e ficar lá no fim, de lá vc consegue chegar mais fácil em La Paz.
  11. @Fábio Guzzo acho que o @rodrigo-whisky já te deu todas as informações técnicas, só vou deixar aqui um alerta. Embora o Kilimanjaro ou o EBC não ultrapassem os 6000sndm, dê uma conversada com seu oftalmo sobre a retinopatia de altitude. Os míopes de alto grau, assim como diabéticos (meu caso) tem maior susceptibilidade a sofrer deste mal, que em último caso ocasiona descolamento de retina e perda da visão. Em alpinistas sem restrição este problema costuma aparecer só na zona da morte (>8.000msnm) mas sempre vale a pena se cuidar não é? Só pra ficar mais tranquilo. Eu tive restrição do oftalmo para uns projetos, rs, no seu caso as vezes dá pra fazer alguma coisa para contornar o problema! E Kilimanjaro é um sonho! Boa viagem!
  12. Oi Vitor! Esta data já passou, rsssss, deve ter erro de mês aí! Abs
  13. Não, a gente ficou com preguiça de acordar de madrugada com temperatura negativa pra ir lá, rs! Mas a culinária japonesa é uma surpresa a cada garfada, ou hashizada, kkkk! Sabe de Akihabara né? Um bairro imenso totalmente voltado para o universo geek/otaku/nerd! É enlouquecedor! Em toda parte, todas as lojas tem 12 andares, kkkkkkk, pelo menos, é muito difícil se controlar! Não compramos nada eletrônico, primeiro pq não estávamos em busca, e segundo pq é caro. Eu me interessaria por equipamentos fotográficos, mas praticamente só tinha Nikkon e não era minha praia, além de ser caro tb.
×
×
  • Criar Novo...