Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Nilão e Denise

Membros
  • Total de itens

    17
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

6 Neutra

Sobre Nilão e Denise

  • Data de Nascimento 23-01-1987

Outras informações

  • Ocupação
    Autonomo
  1. Perdão pela demora, foi uma loucura este final/ começo de ano... mas agora estamos de volta a normalidade 😁👍🏿
  2. E ai galera beleza? Então, acabamos de retornar de nosso "mochilinho" pelo Rio Grande do sul e foi surpreendente. Quando minha esposa me disse que queria fazer um mochilão por Gramado e região confesso que torci o nariz, pois se tratar de uma região reconhecida pelo seu grau de 'careza', ainda mais por se tratar do natal luz. E como eu viajo a mais tempo que ela, sabia que seria um desafio e tanto fazer esta viajem sem estourar completamente o nosso orçamento. Mas no fim deu tudo mais que certo e deu para mochilar legal pela serra. Pois bem, vamos a alguns detalhes que nos ajudaram muito durante a viajem e, deixo como dica para os próximos que irão: -A principal delas é sobre os sites de compra coletiva muito usados na serra gaucha (laçador de ofertas, tchê ofertas...); para que vc realmente tenha um desconto real em sua compra vc precisa 'deixar' que o site lhe mande ofertas... Pois estas sim valerão muito a pena. -Compre suas passagens e hospedagem com antecedência. -Fujam do bustour e dos tranfer. durante este relato explicarei os motivos destas recomendações. 1° Dia- Porto Alegre (24/11/2018) Nós somos de uma cidadezinha no interior de São Paulo Chamada Tambaú, então no dia anterior tinhamos pegado um ônibus até a capital para ficarmos na casa de nossos padrinhos para no dia 24 seguirmos viajem. Pegamos nosso voo para Poa em congonhas, fomos de Latam, pagamos $641,70 + $98 de bagagem (2 pessoas), saímos de CGH por volta das 07:30hs, e chegamos a POA as 09:00hs... Estava chovendo em Porto Alegre e, com o aeroporto em obras, tivemos dificuldades para encontrar a entrada do aeromóvel que nos levaria até o metro... Por fim encontramos e pegamos sentido a rodoviária ($3,30 p/p)... Chegando na rodoviária já procuramos o guichê da empresa Unesul para comprar as passagens do dia seguinte para Bento Gonçalves. Estava chovendo muito, e foi um sacrifício para chegarmos a pé até o hostelRock, ($76 quaro duplo com banheiro compartilhado), ainda mais pq o GPS resolveu nos trollar nos mandando para o lado errado😵. O hostel é bem ok não tem nada de demais mas é bom para quem pretende passar poucos dias em Porto Alegre... E como nós só iriamos ficar 1 foi mais que suficiente. Como estava chovendo muito não pudemos sair de imediato então ficamos no hostel por um tempo e depois fomos para o shopping total ver um filme($12 p/p), pois ficar trancados dentro de um quarto não é muito nossa praia. Quando acabou o filme vimos que a chuva tinha dado uma trégua, resolvemos seguir a pé para explorar a cidade... Como já estava tarde as atrações já estavam fechadas mas mesmo assim fomos dar uma conferida😁... Depois disso fomos experimentar o famoso lanche de coração de frango de lá, (não é ruim, mas também não é a maravilha que falam, é bem normalzinho), e em seguida pegamos um uber($8,31), pois a região central de Poa a noite não inspira grande segurança, e fomos descansar pois acordaremos cedo no dia seguinte para viajar para Bento. Shopping Total Poetas da praça casa de cultura Mario Quintana O tal lanche com coração de frango (preços na comanda👍) 2° dia: Bento Gonçalves (25/11/2018). Antes de continuar vale deixar um comentario/ sugestão para se chegar a Bento, se vc é como eu que não pretende alugar carro, nem pagar um transfer caríssimo, o melhor jeito é ir de ônibus. E para que vc não perca muito tempo e dinheiro o melhor é deixar para fazer Bento antes, ou depois de Gramado. Por exemplo nós escolhemos ir antes então o nosso roteiro ficou: Poa- Bento-Gramado... Mas pode ser feito ao contrário. Pois ambas as rotas passarão por Caxias do Sul. Continuando... Acordamos por volta das 3:30hs para pegar nosso ônibus para Bento as 5hs. Foi recomendado para não ir a pé para rodoviária de madrugada então, pedimos um uber ($16,78) e pegamos nosso ônibus da UNESUL para Bento ($71,20 p/2)... Dois detalhes: O 1° é que sai apenas um bilhete para as duas passagens; e o 2° É que o ônibus é o que vai para Carazinho, então é bom se informar na plataforma. A viagem foi tranquila deu para dormir legal🤤😴, chegamos a Bento por volta das 8hs. Como estávamos de Mochila pedimos para guardar na rodoviária ($7 p/mochila)... Dica importante LEVEM DINHEIRO EM ESPÉCIE. Em seguida fomos a pé para a nossa 1° vinícola: Aurora. Como ela fica na área urbana da cidade pudemos ir aproveitando um pouco do que a cidade tinha para oferecer... Inclusive a famosa fonte de vinho. Fonte de vinho A cidade é extremamente limpa! Até nas lixeiras tem plantinhas. A cidade em si é uma graça. Chegamos a Vinícola Aurora, por volta das 9:45hs, esperamos alguns minutos para o tour (grátis). É um passeio mais técnico, contando sobre a elaboração dos vinhos e no final é feita a degustação, que se divide em: secos, suaves, licoroso e azeite, e suco. Saindo da Aurora, fomos caminhando até o Pórtico Pipa, e da lá pegamos um Uber (R$10,71) até a Via Trento, onde visitamos outras Vinícolas: Casa Valduga e Dom Cândido. O tour na Casa Valduga é R$40 por pessoa e ganha uma taça, a degustação é feita de uma maneira diferente e bem descontraída durante o passeio🤩. Na Dom Cândido, resolvemos não fazer o tour completo, só a degustação (R$35 por pessoa), a essa altura já estávamos meio alterados😅🤪😵. Depois fomos almoçar em no Vinhas do Vale, também na Via Trento, onde comemos um Sanduíche Talian (R$18) e um Sanduíche Gourmet (R$28), super indicamos é fenomenal😋👍. Após o almoço fizemos uma caminhada até o a capela de N.S. das Neves... Onde pedimos um uber para voltar a rodoviária, porém ninguém aceitou o chamado🤬, então tivemos que chamar um táxi ($35)😱😡 pois já era tarde, estávamos cansados, e tínhamos que pegar o ônibus para Caxias do Sul. Chegando na rodoviária fomos comprar as passagens e para nossa surpresa não aceitavam cartões. Então acabamos perdendo o ônibus que queríamos pegar e só pudemos ir no próximo das 17:16hs. A empresa que faz o trajeto Bento x Caxias é a OZELAME ($13). Chegamos em Caxias e pegamos um ônibus da CITRAL ($17,75) para Gramado as 19hs... e adivinha também não aceitavam cartões lá. Por fim chegamos a Gramado. Mas admitimos que devíamos ter deixado mais tempo para Bento pois a cidade tem MUITA coisa a oferecer. 3°Dia: Gramado (26/11/2018) Chegamos em Gramado no dia anterior à noite como estávamos cansados resolvemos ir direto para a casa que alugamos pelo Airbnb (119,46 p/dia)... Foi fantástico só tenho elogios para a nossa host Yra e sua acomodação.🤩😍👍🏿 Acordamos um pouco mais tarde e seguimos direto para o centro pois estávamos com fome e queríamos muito experimentar as famosas cucas e os pãezinhos da casa do colono... E vou te dizer falar que é uma delícia é POUCO!😋😋 Depois fomos dar uma volta a pé pela Borges de Medeiros para nos situar, aproveitamos para comer pela 1° vez o royal trudel 😋 ... Logo após demos uma passadinha rápida em casa e já voltamos para ver o show de acendimento, afinal era o NATAL LUZ! Loja crie seu amigo: é uma graça, mas se vc estiver com crianças e pouco dinheiro não entre. Rua coberta Não voltem sem experimentar. É MUUUUITO gostoso! Voltamos para ver o show de acendimento... Simplesmente lindo!🤩🤩 Em seguida fomos provar nossa primeira sequencia de fondue no Alpine la Table, que no geral acabou sendo o que mais gostamos. Palácio dos festivais a noite para o show de acendimento Estava delicioso compramos pelo laçador de ofertas (89,90 p/2) e ainda ganhamos uma garrafa de vinho🍷😋😋 4°dia: Gramado (27/11/2018) Levantamos dispostos neste dia com a intenção de ir a pé até o lago negro... Porém fomos novamente trolados pelo GPS😖 e acabamos indo parar na "periferia" de Gramado... e tenho que dizer também é um charme🤗. E acabamos sendo ' socorridos' pelo dono de um hostel (hostel doce amor), que foi super simpatico e nos deixou esperar por um uber lá, e ainda nos deu algumas dicas sobre a cidade.👍 Por fim chegamos ao lago negro... Pensa em um lugar bonito, aconchegante, com uma vibe muito boa... ADORAMOS! Fizemos até um piquenique lá.🥪😋 Saindo do parque do Lago Negro tem uma feirinha de artesanato demos uma boa olhada, e voltamos para o centro para conhecer o mini mundo. Chegando no mini mundo, demos muita sorte pois não pegamos as enormes filas que normalmente tem lá. Logo que entramos ficamos abismados com o tamanho do lugar, é bem maior do que pensamos, esperamos um pouco e fizemos o tour guiado pelo lugar... A riqueza nos detalhes nos encantou cheio de curiosidades e fatos históricos; (inclusive na parede tem replicas em alto relevo para que os deficientes visuais possam sentir,e eles ainda disseram que existem algumas obras em escala menor para que eles possam pegar na mão, super top👍), o lugar vale a pena a visita. Gramado é uma cidade encantadora, por isso, por querer ver cada detalhe nós ficamos muito tempo em cada lugar onde passamos.... E valeu muito a pena, pois queriamos curtir a cidade sem pressa.😎😊 Fomos jantar mais cedo neste dia pq decidimos ver o show de acendimento novamente😅, (dica importante aqui: se vc tem a intenção de ver o acendimento e depois ir jantar É MELHOR CORRER, por que os restaurantes ficam lotados depois disso, o melhor jeito que encontramos foi: ou ir antes, ou pelo menos uma hora e meia depois... Se vc não for ver o acendimento pode ir no horário do show que o restaurante vai estar vazio). Jantamos uma sequencia de pastel no Chalé do Pastel ( ) MUITO BOM! A principio pelo tamanho achei que nunca iria encher🤣😂, mas por fim acabou sendo perfeito pq assim pudemos aproveitar todos os sabores. E o chopp que eles servem lá é divino.👍 Logo após o acendimento fomos para a lugano experimentar o chocolate quente de lá e, o chopp também. Ambos são perfeitos e valem muito a pena conferir!🍺☕ Depois disso fomos para casa descansar. Parque do lago negro Um pedaço do mini mundo Palácio dos festivais aceso e com neve no show de acendimento. Rua Coberta à noite após o show de acendimento Chocolate Lugano e suas cadeiras gigantes.
  3. Finalmente fui conhecer Foz do Iguaçu Foi o 1° mochilão com a minha namorada Denise , e marcou ainda mais por ser a primeira experiência mochileira dela. Pois bem ficamos 5 dias em Foz do iguaçu, de 15 à 19 de novembro de 2016, e nosso roteiro ficou assim: 1° dia: Parque das aves 2° dia: Cataratas lado Brasileiro / marco das 3 fronteiras 3° dia: Paraguai / mesquita 4° dia: Argentina 5° dia: Templo budista / citytour 1°dia: Nossa viagem começou na verdade no dia 14/11, pois moramos em uma cidadezinha do interior então tivemos que nos locomover até Ribeirão Preto para pegar o ônibus que nos levaria até Foz do Iguaçu. Chegando em Ribeirão tivemos o nosso 1° probleminha, pois fomos ao shopping comprar alguns quitutes para a viagem e na volta para a rodoviária percebemos que tinhamos perdido a blusa da minha namorada pelo caminho . Pois bem pegamos o ônibus e seguimos viagem. Chegando em Foz (15/11) fomos direto para o hostel fazer o check-in e deixar o mochilão. Depois de muito pesquisar escolhemos ficar no Che Lagarto (R$110 quarto privativo) o que no fim se mostrou uma boa escolha pois alem de ser um excelente hostel, ele fica bem no centro da cidade bem pertinho do terminal de ônibus, o que facilitou muito as coisas Depois disso pegamos a linha 120(R$3,45) e fomos direto para o parque das aves(R$24). Resolvemos não ir neste dia para as cataratas do lado brasileiro, pois como era um feriado estava muito cheio e iamos perder muito tempo na fila e tal... Então pudemos curtir o parque das aves sem pressa Foi fantástico! Realmente é uma sensação incrível estar rodeado de pássaros e outros tipos de animais em meio a mata. Muito bom mesmo. Lego após este passeio voltamos para o hostel para descansar, e aproveitamos para ver o por do sol na cobertura do hostel. 2°Dia No segundo dia (16/11) acordamos cedo tomamos nosso café no hostel, que é muito bom diga-se de passagem, só faltou o pão de queijo para ficar perfeito. E depois fomos direto fazer o passeio das cataratas do lado brasileiro. Pegamos novamente a linha 120, e desta vez descemos no ponto final que é onde vc vai comprar os tickets para as cataratas (R$36). Detalhe interessante sobre esta linha 120, é que tem uma senhora que costuma entrar nele ,geralmente no aeroporto, para vender capa de chuva. É uma figura. O passeio é perfeito! O caminho da entrada do parque até as cataratas é feita em um ônibus tipo jardineira, que permite ver e sentir todo o clima de mata do parque. O parque é lindo. As cataratas falam por si, Esplêndidas! Uma beleza sem fim. Só deixo um ressalva para você que é mochileiro que assim como eu tem um orçamento "reduzido" , é que as coisas dentro do parque são MUITO CARAS até a água... Então leve seu kit sobrevivência, com água e guloseimas. Saímos e fomos direto almoçar. Perto do hostel encontramos um lugar muito legal chamado 'seu bar', para a nossa surpresa ele servia refeições muito boas e com um preço super justo, para comer a vontade era R$13 se não me engano... Onde acabou se tornando nosso restaurante oficial. Depois disso arrumamos a mochilinha de novo e saímos novamente desta vez com sentido ao marco das 3 fronteiras.. Pegamos o ônibus da linha 103(R$3,45) e partimos sentido ao marco, pensem em um lugar longe! Depois de muito andar neste ônibus pelas quebradas de Foz, chegamos ao marco e estava fechado para reforma ... O pior é que antes de sair para o passeio entramos no site visitefoz e estava dando como tudo certo . Pior ainda descobrimos que por conta de estar em reformas os ônibus nem passariam mais lá por conta do horário em que nós fomos (18hs), corriamos o risco de não ter como voltar de lá e nós escolhemos justamente esse horário por conta do por do sol que nos disseram que é maravilhoso lá. Logo após esta aventura voltamos para o hostel para curtir uma baladinha na cobertura e depois descansar. 3° Dia: No terceiro dia(17/11) dormimos um pouquinho mais, e por conta disto mão fomos para a Argentina neste dia, e resolvemos ir para o Paraguai. Pegamos o ônibus para o Paraguai(R$4) em frente ao terminal, e partimos... Chegando lá, mal descemos do ônibus e já fomos abordados por uma multidão de vendedores , que vendiam de TUDO eles não tinham um padrão de venda. ex: teve um cara que chegou me oferecendo um pau de selfie e terminou me oferecendo viagra . Uma quantidade infinita de lojas e barraquinhas.... Tenho que confessar, acabamos ficando meio perdidos em meio a tudo aquilo que acabamos nem tirando uma fotinha de recordação Voltamos ao Brasil almoçamos e resolvemos ir até a mesquita. Depois de 40 minutos de espera no terminal pegamos um ônibus acho que era 102 (R$3,45), para andar uns 3 ou quatro pontos e chegamos ao ponto da mesquita.... Ou seja esperamos 40 minutos para fazer de ônibus um trajeto que na volta gastamos 25 a pé. Enfim descemos do ônibus e caminhamos até a mesquita, chegando lá adivinha?... ESTAVA FECHADA PARA REFORMA TAMBÉM Então fomos a uma loja de doces árabes que fica em frente a mesquita tudo muito bonitinho, eu não sou muito chegado mas minha noiva curte então já viu vamos lá... Quando perguntamos o preço OITENTA E CINCO REAIS O QUILO!!! Para a minha sorte tinha umas bandeijinhas sendo vendidas a R$20 e foi o que acabamos comprando. Como fizemos o caminho de volta a pé tivemos tempo de dar boas risadas com tudo isso e até brinquei com a minha noiva que eu ia abrir uma loja de brigadeiro ao lado e ficar rico Chegamos no hostel trocamos de roupa e fomos à missa pois era uma quinta-feira então era dia de nos encontrar com o Senhor. Após a missa fomos jantar e descansar. 4° Dia No quarto dia (18/11) acordamos cedo fomos trocar reais por pesos pois o ônibus que faz Puerto Iguazu x Cataratas só aceita pesos e a cotação lá é horrivel. Pegamos o onibus para a Argentina (R$4) em frente ao hostel passamos pela aduana e um pouco antes de entramos na cidade de Puerto Iguazu descemos em um pontinho no meio do nada para pegar o ônibus para as cataratas do lado argentino... Não precisam se preocupar porque os motoristas sempre falam onde é os pontos. Pegamos o ônibus (ARG 60 se não me engano) sentido as cataratas do Iguazú e encontramos um casal de suiços muto gente boa que estavam perdidinhos pois o motorista não sabia falar direito inglês e virou aquela confusão acabamos pegando amizade com eles e seguimos para as cataratas. Lá após a entrada o acesso as cataratas(ARG 250) é feita de trem. Na primeira estação se fazem os passeios inferior e superior, e na segunda estação se faz a garganta do diabo. Nós fizemos primeiro os passeios e deixamos a garganta por ultimo. Todos são fascinantes!! A garganta do diabo também não deixa por menos, é impossível não se impressionar com a quantidade e a força das águas de lá. Saímos das cataratas bem tarde e fomos fazer umas compras no dutty free. É bem legal pena que não deixam tirar fotos. 5°Dia: Deixamos para ir no templo budista no nosso ultimo dia(19/11), pois queriamos um passeio mais tranquilo . Então fomos ao terminal e pegamos novamente a linha 103 mas agora no sentido contrario... E depois de muito andar finalmente chegamos ao tal templo budista. E posso te falar... É MUITO BACANA!!! E o melhor não paga nada para entrar. Tudo limpinho, organizado, um lugar de muita paz! Foi o único lugar onde compramos lembrancinhas na atração, pois todos os outros eram muito caro as coisas lá. Após sair do templo fomos almoçar, e ai sim ir para o hostel fazer o check out pegar o mochilão e partir de volta para casa.
  4. Nilão e Denise

    Esqui no Chile

    Fala galera! Se nada der errado eu, e minha namorada também estaremos em Santiago em agosto deste ano. Pretendo ficar de 11 à 18 de agosto. Estamos planejando pegar pelo menos 02 dias de neve então se alguém souber de um jeito para dar uma quebrada nos preços as dicas serão bem vindas.
  5. Agora vc me animou Wellington Oliveira. Pois comprei uma transglobe 78 a uns 20 dias e confesso q estava receoso se ela seria durável.... Como eu dou muito "pau" nas minhas mochilas se durar uns 4 anos já esta de bom tamanho. kkkkk
  6. Toalha, tudo que vc precisa é uma toalha Não podia perder essa oportunidade Mas agora é serio: Chinelo, não esqueça o chinelo! Não importa a temperatura ou lugar, não esqueça o chinelo!!!!! Eu já esqueci e sei como é horrivel ficar sem .... E se vc esquecer e estiver fora do pais (como foi o meu caso) comprar um se tornará um verdadeiro martirio .
  7. Olá, esta muito bom o seu relato! Eu estou de passagens compradas para dezembro, e gostaria de saber co qual agencia vc fechou o passeio em Nazca, se vc fechou na hora ou foi agendado com antecedencia, e é claro quanto. Se vc puder me passar essas informações eu agradeço, pois eu terei apenas 20 dias e preciso planejar muito bem meu roteiro, para "caber" um dia em Nazca. Se ajudar o meu e-mail é: [email protected] Vlw!
  8. Obrigadão Lela!!! Vc não sabe como esta me ajudando e terminar o roteiro e o planejamento de custo... Principalmente em relação de quanto dinheiro realmente eu devo levar, porque eu realmente estava perdido Fico te devendo essa. Vlw, aquele abraço!!!
  9. Belissimo relato Lela!!! Eu ja estou de passagens compradas para dezembro paguei um preço legal ..... Eu estava muito preocupado com o tempo que eu ia poder ficar lá, pois, só terei 20 dias no final do ano, e todos os relatos que eu vi eram para 23 dias ou mais Mas vendo o seu relato percebo que vai dar e sobrar!!! E ainda vai dar para colocar o passeio e Nazca e mais um dia em La Paz para fazer o downhill Eu sei que varia muito mas, vc poderia me dizer quanto que vc gastou em reais lá? Só para eu ter uma ideia de quanto realente eu tenho q levar
  10. Eu ja mochilei três vezes usando o airbnb todas muito tranquilas :'> Ele com certeza fica no meus três lugares de busca favoritos. (Hostelbookers, couchsurfing, e airbnb) De boa... Pode confiar!!!
  11. Muito boa essas dicas!!! Com certeza eu teria "ralado" bem menos se tivesse lido topicos assim antes!! Mas vou te falar... Ainda não descobri um jeito 100% seguro de despachar minha mochila, eu uso e recomendo a transport cover da deuter (é oq eu acho q tem de melhor para isso...) Mas ainda não me sinto totalmente seguro com ela. (e olha que eu paguei caro naquilo umas 150 pila )
  12. Cara esse não pode faltar... É O MEU PREDILETO!!! Influenciado por um amigo, o jovem Scott Thomas envia um e-mail desaforado a Mieke, uma alemã que ele acredita se tratar de um homem. Quando descobre que Mieke é na verdade uma mulher ele decide partir atrás dela para pedir desculpas, enfrentando vários problemas na Europa. Com a ajuda de seus amigos, Cooper Harris e os gêmeos Jenny e Jamie eles irão visitar Londres, Paris, Amsterdam, Bratislava, Berlim e Roma, metendo-se em todos os tipos de situações embaraçosas e engraçadas ao longo do caminho.
  13. Adriano brigadão mesmo pela ajuda!! Eu vou dar uma olhada aqui nos sites e qualquer coisa eu mudo o meu roteiro. Valeu mesmo!
  14. Bom dia a todos! É a 1° que eu estou indo para o leste europeu no mochilão, e surgiu uma duvida agora. Estou fazendo os ultimos preparativos antes de ir para o mochilão pela europa e me deparei om uma realidade que não tinha visto antes, a Polonia não entra na lista do eurail Usei a eurail (regional pass) 2 vezes e foi super tranquilo por isso a escolha novamente. Mas se alguem tiver outra sugestões é sempre bem vinda, pois ainda não comprei o passe. Não é a 1° vez que vou para europa mas é a 1° vez que coloco os paises do Leste no meu roteiro... Vou ficar 45 dias por lá, entrando pela Italia, depois irei para o leste, meu plano é (ou era) ir para Viena, fazer um citytour de um dia em Bratislava, depois Cracovia, Praga, e Budapeste... Depois sigo viagem para França e outros paises... Eu não sei que empresas fazem esses percursos entre Viena/ Bratislava até Cracovia. Coloco Viena/ Bratislava, pq se for muito complicado para chegar em Cracovia eu deixo Bratislava de fora .... E também gostaria de saber qual a melhor opção de Cracovia para Praga. Então eu quero saber quais as empresas que fazem esses trajetos onde eu compro os tickets, e tudo mais... Nunca comprei passagens avulsas pela Raileurope, e tem uma opções lá sera que compensa? Bom é isso galera obrigado pela atenção
×
×
  • Criar Novo...