Ir para conteúdo

Acrofales

Membros
  • Total de itens

    25
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Obrigado pela informação, Hélio! Vamos contratar guia para Sertão Zen A dona da nossa pousada nos conselho trocar um dos dias no PNCV para ir na Cachoeira Santa Bárbara, e realmente parece muito bonita. Já combinamos a pousada, então não podemos ficar em São Jorge, mas já que alugamos carro todos os dias, sairemos um pouco mais cedo e chegamos nos atrativos sem problemas
  2. A minha namorada e eu vamos visitar a Chapada no feriado de Tiradentes! Pensamos no próximo itinerario, mas gostaria de saber as dicas de vocês. E também saber se vale a pena contratar um guia local (e se for o caso, alguma dica sobre guia) 20/04 Chegar em Alto Paraiso 21/04 PNCV: Trilha dos Saltos 22/04 PNCV: Trilha dos Cânions 23/04 Ainda não decidimos entre Sertão Zen ou a Ponte das Pedras. 24/04 Vale da Lua de manhã. Na tarde de volta para Brasilia e um tur rapidinho de Brasila antes de pegar o voo de volta para casa. A gente vai alugar carro para ser mais independentes. Um 1.0
  3. Estava seguindo a evolução das previsões para final de semana agora de Páscoa. Tá complicado decidir entre essa travessia e o Pico Paraná. Se as previsões estão certos, na sexta a tarde, e no sábado vai estar bastante nublado (ainda que as previsões estão cada vez melhores). No domingo parece que dará algumas vistas e quando entrar tormenta na tarde espero já estar voltando para casa. Eu somente tenho dúvidas sobre a navegação no sábado se a visibilidade está ruim. Tenho GPS com tracklog, descrição, mapa e bussola, mas nunca fizemos a trilha antes. Lí que é comparavel com Petro-Tere. Se for, a
  4. Vi (na vdd também neste forum) que é possivel fazer a travessia a pé desde Delfinopolis até a Casca d'Anta, e estamos olhando para fazer este caminho no feriado de Pascoa. Alguém sabe se é possivel fazer sem guia? Há tracklog? As descrições que eu li parecem tranquilos, mas estando lá, as coisas sempre são diferentes, e sendo só 3 dias não temos muito tempo para nos perder e ainda chegar no trabalho na segunda O outro assunto é como sair: tem jeito de organizar taxi para ir de volta até o carro? Tem jeito de voltar desde a cachoeira para Delfinopolis sem 4x4? Com guia é possibilidade
  5. Estamos pensando em fazer este caminho no feriado de Pascoa. Alguém fez nos ultimos anos (ou ainda melhor meses)? Alguma coisa mudou? Há tracklog? A descrição acima faz pensar que é tranquilo, mas estando lá, as coisas sempre são diferentes, e sendo só 3 dias não temos muito tempo para nos perder e ainda chegar no trabalho na segunda O outro assunto é como sair: não apatece muito andar até São Roque para pegar taxi de volta até o carro. Tem jeito de voltar desde a cachoeira para Delfinopolis sem ter Troller e motorista? Aceito que taxi pode sair caro, mas enquanto não é absurdo, podemos
  6. Não tenho mais informação que isso. Quando a gente estava lá, a dona da casa (sou péssimo com nomes, e esqueci anotar o nome dela ) estava fora (o Seu Maneco falou que ela estava em Paraty para algum assunto pessoal), então não se alugava, mas em geral, tem um quarto disponível para aluguel. O assunto é que como todo Martins de Sá, não tem sinal celular, então não pode reservar com antecedência. Não é uma situação ideal se vai fazer a trilha sem barraca, mas pelo menos sabe que o quarto existe E se vc não consegue reservar, outra pessoa tbm não pode
  7. Tô com dúvidas sobre o melhor jeito de planejar uma subida. Nem sei se devemos fazer isso, ou melhor pensar fazer alguma trilha na mata atlantica e esquecer do pico até ano que vem. A gente mora em Campinas, e temos dois feriados ainda até natal. 20-22 de Novembro, e 5-8 de Dezembro. Já que são 6 horas de carro, estive pensando de fazer no próximo jeito para feriado de Novembro: Sair cedo de casa no dia 20, dirigir para Pico Paraná, e subir até A1. 21: bate volta, ataque ao cume e dormir de novo em A1 (é seguro deixar a barraca montada? Ou melhor levar tudo ao cume e voltar?) 22: des
  8. Estamos pensando em subir este pico no feriado de 20-22 de Novembro. Alguma dica sobre a clima? Ainda dá para subir o PP? Ou já é tarde demais na temporada e as tempestades de verão fazem a trilha perigosa?
  9. Haha, o video é legal! Estamos pensando em fazer esse percurso no fds que vem. Algumas perguntas: 1. Sem barraca, dá para dormir num túnel ou casa de maquinas? Com sacos de dormir bons, mas ao "ar livre"? Intentamos levar menos peso possivel. 2. Como se faz a logistica de entrada e saida? Como chegar na entrada, e como voltar para o carro depois? 3. Qual o melhor trajeto: descendo ou subindo? Parece que tanto o Augusto como o Luka fizeram descendo, mas com tanto reclamar das trilhas estar escorregadios, não é melhor fazer subindo? Em geral corre menos risco de escorregar ao
  10. Para alguém ainda procurando: no Martins de Sá tem uma casa que aluga quartos, então é possivel! Não sei quais as praias melhores da peninsula, mas eu preferi Sumaca. Que delicia de praia! Parece que os borrachudos não estão saindo nunca mais. Agora tem borrachudos em td qq canto na ponta e parece que ficam tudo ano. Que horror de bicho.
  11. Acrofales

    Roupa repelente

    Obrigado pelas dicas! Nao me expressei muito bem no primeiro mensagem: estou procurando para comprar aqui no Brasil e nao acho nada. Fiz a compra no website do craghoppers, e espero que chega antes do meu viagem, mas é curioso que as lojas de montanhismo nao tem nada desse tipo (pelo menos aqueles nos arredores de sampa).
  12. Muito maneiro saber que a travessia já ta aberta de novo! Acrofales, tu lembra se dava pra ver influência do incêndio do ano passado na trilha da travessia? Ou não houve nenhuma mudança? (digo até a nível estético mesmo) Foi a primeira vez que fiz a travessia, entao nao posso comparar, mas o caipim ja esta bem alto e nao se ve evidencias de incendio na trilha. Adoramos a abundancia de flores na parte alta.
  13. Se vocês fizeram o circuito no Torres del Paine e o caminho das Incas, fisicamente Petro-Tere não vai dar muito problema não. Mas ainda assim a navegação pode ser bem desafiador. Nos fizemos num dia soleado e a navegação era simples, mas ficou já muito claro que se fazer a trilha com nevoeiro, a navegação (sobretudo do segundo dia) estaria foda (e se perder a trilha, pode ser bem perigoso). Acho que se aquele casal fez a trilha uma vez, ajuda, mas tem muitos trechos onde isso não é suficiente para achar a trilha em nevoeiro não. Leva GPS com tracklog. Outra coisa: no segundo dia tem uma de
  14. Acrofales

    Roupa repelente

    Estou procurando roupa impregnada com permetrina. Alguma linha de produtos semelhante ao Craghoppers Nosilife (http://www.craghoppers.com/men/nosilife) ou Outdoor Research Sentinel (http://www.outdoorresearch.com/blog/gear-geek/bug-repellent-clothing-and-accessories-for-hiking-camping-and-travel). Não achei nada assim, o qual acho estranho. Esses produtos não funcionam contra os mosquitões que temos aqui?
  15. Fizemos a travessia e tivemos tempo espectaculuar. Um pouco de nevoeira na tarde da sexta e um pouco no domingo, mas pela maioria foi bom. E a travessia mesma é realmente espectacular! Recomendado para tudo mundo! Vou adicionar as dicas que é importante levar corda. Ajuda no cavalinho, mas ainda mais na descida 5 minutos antes do cavalinho. Poder fazer rapel (ainda que seja sem cadeirinha: são uns 4 metros) para descer as pedras na última descida do segundo dia é realmente muito melhor e mais seguro do que ter que descer elas escalando.
×
×
  • Criar Novo...