Ir para conteúdo

anthonyscimino

Membros
  • Total de itens

    7
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Boas galera! Penso em emigrar pra Malta nos próximos meses, minha ideia é ir pra estudar inglês, mas eu gostava muito de trabalhar pra juntar um dinheiro e poder ir pra Itália tirar minha nacionalidade. Ouvi dizer que pra trabalhar lá é preciso ser cidadão da UE (como em praticamente todos os outros países da UE), eu morei em Portugal por 3 anos e via muita gente trabalhando "na mocada", "clandestinamente", pois estavam lá com visto estudante (meu caso) ou viagem. Em Malta rola esses esquemas tb? Ouvi dizer que a fina lá é trabalhar em casa de apostas, pouco trabalho e alto salário, será que aceitam pessoas sem nacionalidade europeia? Se nas casas de apostas não, algum outro tipo de trabalho (garçom, cozinha etc)? Outra coisa, visto! É difícil arranjar visto pra estudo? Tenho de estar matriculado numa escola de inglês? Alguém sabe de oportunidades de au pair? Enfim, toda e qualquer informação para uma pessoa que sai do Brasil e queira estudar inglês em Malta, mas ao mesmo tempo queira trabalhar pra juntar uma grana e tem dúvida sobre os vistos e as oportunidades de emprego, pois, como disse, depois do verão pretendo ir pra Itália tirar minha nacionalidade. Muito agradecido.
  2. Pô Adriano, valeu demais a dica. Vou ao meu banco para perguntar como funciona a questão de saques em ATM e compras em débito naquelas bandas. Aproveito e já tiro a dúvidas sobre as taxas cobradas... como não tenho cartão de crédito nem havia pensado na possibilidade de os ATMs de lá servirem para meu cartão. Ajudou d+, muito obrigado.
  3. Galera, preciso de umas dicas quanto à moeda... Dia 4/7 chego à Croácia onde ficarei por 12 noites e gostaria de saber: moro em Portugal, seria melhor trocar o Euro aqui pela moeda local ou ir com Euro para lá e lá trocar? Ou seria melhor trabalhar com Euro? Chegarei na Hungria onde fico na casa de uns amigos e depois parto para a Zagreb, Zadar, Pag, Hvar e Dubrovnik... a pensar neste itinerário, o que me aconselham mais: levar moeda local trocada em PT, levar euro para lá trocar ou só andar com euro? Muito obrigado
  4. Farei um roteiro parecido pela Hungria e Croácia entre junho/julho e utilizei o rome2rio.com para fazer uma previsão de quanto irei gastar com transportes e a média que encontrei entre Budapeste/Zagreb foi entre 14/25E.
  5. Malta, acabou que decidi diminuir o número de países para aproveitar as praias croatas. Irei deixar Polónia e Rep. Checa para o fim de ano e Grécia para o próx ano fora de temporada. Irei ficar 4 dias na Hungria e 12 na Croácia, a ordem de cidades é Budapeste, Zagreb, Zadar, Pag, Hvar e Dubrovnik. Irei criar tópicos específicos em cada país para pegar dicas, mas desde já muito obrigado pelas dicas e atenção.
  6. Muito obrigado pelas dicas! O InterRail é cômodo, mas não sei se valeria a pena já que o valor é considerável... ainda não montei meu roteiro, mas minha ideia é tê-lo até meados de maio, por enquanto espero mais posts por aqui, juntarei todas as informações para ter certeza que conseguirei uma boa viagem com um preço acessível! =)
  7. Malta, estou a programar uma viagem para o leste europeu durante o mês de julho, pretendo ir à Grécia, Croácia, Hungria, República Tcheca e Polônia... talvez Romênia, mas acho improvável por falta de $. Penso em fazer pelo Interrail e quem sabe conseguir uns couchsurfing's... mas não descarto chegar lá e usar os transportes que aparecerem pela frente. O Interrail para 22 dias (posso andar 10 dias de trem à vontade) fica em 269E... então, quem já passou por lá, compensa fazer o inter e ter garantido transporte (via comboio) para todos as cidades e países??? E o couchsurfing? Acham válido tentar ou melhor arrumar uns hosteis mais barato??? Gostaria de dicas de cidades (estará no alto verão!!! praias imperdíveis da Grécia e Croácia são objetivos principais!!!), locais (pontos turísticos, monumentos históricos/naturais, restaurantes, bares, discos) e, claro, saber de experiências de quem fez algo parecido... Saio de Portugal e ainda não sei qual será o primeiro destino, nem o último, mas a ideia é ir para o mais barato e sair do mais barato. Quero ficar uns 3, 4 dias em cada país, ou seja, no max 3 cidades por país... a não ser que compense ficar mais tempo num ou outro país. Toda a ajuda será (muito) bem-vinda, abraços e obrigado.
×
×
  • Criar Novo...