Ir para conteúdo

DanielOliveira

Membros
  • Total de itens

    7
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutra

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. DanielOliveira

    Calça Impermeável

    zeclaudio, fui na decathlon ontem e vi essa calça, me pareceu muito boa, mas acabou que nem experimentei. Ela parece uma intermediária entre a forclaz 900 e a de ski. Queria uma avaliação de quem já usou essa calça tambem. Vou pra TDP em setembro e minha grande dúvida Eh a calça.
  2. Fala galera. Vou para TDP em setembro, ou seja, final de inverno e uma das minhas maiores dúvidas é sobre a calça. Li muito sobre as 3 camadas, no entanto não sei como seria essa calca da camada externa. Pelo que eu entendo e entendi, vi uns modelos que eu achei q seriam o suficiente para usar tais como o forclaz 900 da quechua, mas conversando com um vendedor da decathlon, ele disse que eu deveria usar uma calça de ski, pois a forclaz não tem tanta impermeabilidade quanto as de ski. Agora isso que me deixou na dúvida, qual eu uso. Alguma dica galera?
  3. Muita dúvida. Vou para a Patagônio em setembro, final de inverno. Minha intensão era comprar um Trilhar e Rumos super pluma gelo, mas é muito pesado. Me sugeriram comprar um super pluma inverno e usar aquela espécie de lençol da "sea to summit", não sei qual o nome daquela parada. Cheguei a ver as similares da inverno, tal qual como uma da quechua, que parece que sumiu do site a de 5º e agora só tem as de 10º, e a Deuter +5º. Qual a opinião de vocês? Minha barraca é a Nepal e uso um isolante EVA. Abraços.
  4. Galera, minha mãe vai embarcar para Las Vegas e Miami no próximo mês e gostaria de saber alguma loja que boa de esportes nesses lugares onde eu possa encontrar produtos de camping e trekking de qualidade. Valeu
  5. Galera, estou me interessando bastante em subir o pico das Agulhas Negras. Andei lendo uns relatos mas algumas dúvidas foram surgindo e mesmo com vários tópicos sobre, não consegui soluciona-las. Serei direto em relação a elas para ficar mais fácil: -Pra quem vai acampar dentro do parque, existem vagas para carros? Se não, há alguma opção melhor para estacionar e seguir ao parque? -Faz muito frio a noite? Teria necessidade de usar segunda pele? -Para subir as agulhas, é necessário guia? O pagamento é combinado ou é por meio de gorjetas? Basicamente minhas dúvidas são essas.
  6. Esse é meu primeiro post e estava pensando em uma experiência boa e viagem que eu tive. Ano passado fiz um intercâmbio em Nova Iorque e fiz uma ótima escolhe em incluir um fim de semana em DC. Foi um passeio muito bom, o tempo ajudou e foi uma das melhores decisões que eu tive na viagem. Cerca de 1 mês antes de eu ir a NY, decide ir a DC. Comprei ida e volta de trem pela AmTrak por 98 USD, mas logo lendo um pouco, vi que dava pra ter sido mais barato se eu fosse de ônibus. Arrumei um Hostel na H street. Ele ficava a cerca de 10 minutos a pé da estação de trem. Custou 35 USD uma cama em um quarto com 6 pessoas. Se não me engano, tinha quarto para mais pessoas que chegava a ser mais barato. O hostel era muito bom e aos domingo, o breakfast é grátis (pena que acordei tarde). Meu fim de semana começou logo com o capitólio que é praticamente ao lado do hostel (15 minutinhos a pé). Muito tranquilo e cheio de turistas. Quando você olha em direção ao obelisco, vê que aquele campo verde é maior do que realmente parece. Comecei a andar por ele. É como um grande parque onde as pessoas fazem picnics e praticam esportes. A paisagem é cheia de esquilos. Ao lado direito, passei pelo National Archives e fiz questão de pegar a fila de 15 minutos pra entrar. Lá você pode ver arquivos sobre a história americana, mas o que realmente me atraiu e provavelmente é o que atrai todos que vão lá é a declaração de independência e a constituição americana ("don't touch the glass"). Continuei meu passeio até o obelisco, estava em obras no período em que fui e tinha uns andaimes e ele estava com uma espécie de cobertura por cima dele. Fui até os fundos da casa branca. Uma parte da grade onde é infestada de turistas e você luta por um espacinho e uma boa foto. Eu não sabia, mas se eu andasse, seguiria até a frente dela, o que me renderia mais ótimas fotos. Depois dela, fui seguindo até o monumento da segunda guerra. Tem um chafariz muito bonito e é um bom lugar pra descansar, pois já tinha andado bastante. Segui até o Lincoln Memorial. Não é gigante como eu pensava que fosse, mas é magnifico! Além disso, a vista para o capitólio é perfeita. Fui seguindo pelo outro lado onde se tem o monumento a guerra da Coréia. Lá perto tem também o Martin Luther King memorial que é muito bonito. Uma pedra onde foi moldado o corpo dele e várias frases ditas por ele em sua volta. De la, dei a volta no laguinho e fui até o Thomas Jefferson memorial. É como o do Lincoln, só muda o presidente. Foi minha última parada nesse dia. Voltei ao hostel MUITO cansado. Só sai pra comer em um restaurante ao lado dele que é não é muito barato, mas foi o que arranjamos naquela região. Existe um bairro mais noturno em Washington, mas eu realmente estava muito cansado pra sair naquela noite. Ainda tinha um domingo pela frente. Minha sorte no sábado foi que fez sol e rendeu fotos maravilhosas. No domingo, o tempo estava nublado e chuviscando. Resolvi ir aos museus, pois todos são de graça. Eu tinha escolhido dois que eu queria ir sem falta. O aeroespacial que é imperdível, e o de história natural. Quando terminei, ainda consegui ir ao National Gallery of Art que é muito bom também e com vários quadro de artistas famosos (o auto retrato de Van Gogh por exemplo, está lá!). Além desses, fui também a sede do Smithsonian, mas não é nada demais, a não ser pela arquitetura do prédio. Esses foram meus dois dias em Wasington DC. Foi muito cansativo e deu pra conhecer quase tudo. Espero voltar lá qualquer dia desses. Abraços, galera.
×
×
  • Criar Novo...