Ir para conteúdo

andreiab2

Membros
  • Total de itens

    14
  • Registro em

  • Última visita

Sobre andreiab2

  • Data de Nascimento 21-04-1988

Bio

  • Ocupação
    Funcionária Pública

Outras informações

Conquistas de andreiab2

Novo Membro

Novo Membro (1/14)

0

Reputação

  1. Seu medo é compreensível. Estou com viagem marcada para Paris em fevereiro e não vou mentir e dizer que não me passou pela cabeça cancelar a ida até lá. Mas a verdade é que as chances de acontecer um ataque terrorista e eu ser atingido são muito baixas. Esse medo que bate é o mesmo medo que dá quando vamos viajar de avião após ler as notícias de queda de avião. As chances de sermos explodidos por um homem-bomba ou morrer em um desastre aéreo são muito baixas. Estatisticamente é bem mais perigoso viver no Brasil do que viajar para Paris e ser vítima de um ataque terrorista. Entre 100 países que registraram suas taxas de homicídios, o nosso ficou em 7º. No seu perfil mostra que você é de Feira de Santana, sabia que sua cidade está entre as 10 com maior taxa de homicídios de jovens no Brasil. E também figuramos entre os primeiros em mortes no trânsito. Não sei quais as suas condições, se vai com frequência à Europa ou se essa é uma oportunidade única, mas coloque na balança a relação medo e oportunidade de conhecer Paris. Guilherme não é minha oportunidade única mas não volto a Europa esse ano, porque quero ir em New York em Dezembro para assistir um Jogo dos Patriots , sou fã de futebol americano , são minhas primeiras ferias do ano de 2015, eu viajo sempre. A respeito da minha cidade, tirando todo preconceito que a maior parte das pessoas que encontro em viagem tem, além de outros comentários infames que ouvi em Lima, Cusco,Santiago.... e outros tantos olhares que eu leio como puro preconceito porque de acordo com alguns Nordestinos não viajam..... você pode ler inúmeras estatísticas, mas eu moro aqui há 8 anos, nunca me aconteceu nada, não tenho medo de andar em minha cidade, para você ter uma ideia os homicídios que ocorrem em Feira de Santana 90% são encomendados ou de envolvimentos com tráfico e afins , eu fui policial e hoje trabalho no MPBA na Promotoria Criminal, ou seja , uma coisa é vc ler as estatísticas outra é viver e saber de que se tratam de verdade estas estatistifica. Eu tenho mais medo de ir a Paris agora do que sair a noite em minha cidade, porque não estamos acostumados com terrorismo, eles estão, não vou ficar olhando para os quatro cantos atrás de objetos deixados, e entre ir para outro lugar e ficar coma mente tranquila e ir a Paris e ficar paranoica, opto pela primeira opção. Em uma viagem futura incluo Paris no Roteiro mas agora não ainda mais depois que minha mãe falou :”não vá, não dê chance ao azar” Adriano muito obrigada pelas respostas eu ficaria 4 dias em Paris, como sempre viajo no mochileiros lifestyle não me importo muito com hotel, gosto do clima de hostel, se bem que pelos preços de hotéis em Istambul no hotwire aliado ao preço ínfimo da passagem ( 59 euros Frankfurt Istambul, 35 euros Istambul Viena) + a livre espontânea pressão de duas amigas que moram lá, iria aproveitar para visitar elas e curtir um pouco e ficar em um hotel 4* pagando 29 dólares , pensei em Munique pensei em Salzburgo, mas a verdade é que meu roteiro e planilhas ficaram bagunçadas depois de tirar Paris, eu tenho o Bahn card 25 indico que comprem rss comprei por uma pechincha 15 euros, e os três trechos que já comprei tive 30 euros de desconto já, infelizmente não posso mais mudar, já estou com a passagem de trem comprada Viena- Praga(18euros), Praga- Berlim(19euros) Berlim-Amsterdam(22 euros ice) , Amsterdam - Frankfurt(29 euros), Confiando em uma amiga dinamarquesa que iria embarcar na aventura, fiz o que nunca fiz antes ….comprar passagem chegando e saindo pelo mesmo lugar, a amiga cancelou não conseguiu as ferias eu me estrepei porque inicialmente iria chegar em Paris( graças a deus que não fiz isso) e voltar por Praga. Criskeune muito obrigada pela ajuda, Eu pensei mil vezes em Munique em Copenhague em Oslo, em tudo que possa imaginar rsss, mas por livre espontânea pressão de duas amigas to quase indo para Istambul mesmo, minha dúvida agora é fico um dia em Frankfurt e pego o voo no outro dia ou arisco essas 2 horas entre chegar e pegar o voo para turquia? Aceito indicações de outros locais a visitar também, não bati o martelo ainda sobre Istambul só sei que tenho que estar em Viena dia 5 de fevereiro para pegar o trem para Praga, rsss Vou ficar chego dia 28 as 13 28 a 02 (em aberto) de 02-a 5 em Viena ( o trem é 17hrs chego 21 em praga) de 05 a 09 Praga ( o trem é as 16:30 chego as 21 ) de 09 a 13 ( trem as 6 da manhã chego a s13 em Amsterdam) de 13 a 16 Amsterdam ( Trem para frankfurt 12:35 chego as 16 no aeroporto meu voo para Salvador é as 19:30 Tam)
  2. Certeza absoluta que não vai acontecer mais nada, nunca se pode ter, afinal não tem como saber o que estes doidos estão planejando mundo a fora... Mas em fim, pessoalmente acho que o pior já passou, agora a fiscalização e atuação da polícia está bem grande para que seja fácil algum terrorista aprontar lago em Paris de maneira fácil. Segurança por segurança. eu acho que Paris é bem mais segura do que Istambul, historicamente Istambul tem tido bem mais problemas neste sentido do que Paris devido a questão dos Curdos, e recentemente esteve assolada por protestos violentos contra o governo, mas nos últimos meses Istambul tem estado bem calma e é sim um destino bom para se visitar. Mas em fim se você não se sente confortável em ir a Paris neste momento, é perfeitamente normal e aceitável. Adiano, vc que é experiente, vc acha que a imigração de Frankfurt pode implicar porque eu vou entrar por lá e duas horas depois pegar um voo para Istambul? fiquei pensando isso agora. ainda mais a turquia sendo um país muçulmano.... Eu sei que não é o topico mas aproveitando o ensejo, eu chegando em Frankfurt as 13:05 consigo pega rum voo 14:55 da onurair ? ou é melhor eu ficar um dia em frankfurt e pegar outro voo?
  3. Criskeune foi exatamente o que pensei, estou indo sozinha também, depois do que li hoje sobre a possibilidade de novos ataques já não tenho mais dúvidas de cortar Paris, com muito muito pesar.... estou agora tentando ver para onde vou rssss estou com Istambul em mente ou algum Pais nórdico, mas a dúvida é gigante.
  4. Muito Obrigado Adriano, sim tenho tudo certinho, mas a questão é o medo de ocorrer mais alguma coisa em Paris, dai estava pensando em ir para Istambul, a passagem ta 50 euros já com 20kg de bagagem porão, e a volta chegando em Viena 35, Ficaria assim se eu cortasse Paris Istambul- Viena-Praga-Berlin-Amsterdam. Meu maior medo e colocarem algo nos trens e tal, não vou mentir estou meio(morrendo)d e medo de algo ocorrer, e eu perder minha vidinha. Seria uma troca interessante Paris por Istambul?
  5. Estou com viaje marcada para dia 27 desde mês chegando em Frankfurt , mas estou com muita dúvida se corto ou não Paris do roteiro devido aos acontecimentos....
  6. Estou indo dia 27/01, passagem já comprada, chego por Frankfurt e vou direto para Paris. Inicialmente pensei assim: Paris 28/01-02/02 Amsterdam 02/02- 05/02 Berlin- 05/02- 08/02 Praga- 08/02- 12/02 Munique 12/02 -15/02 Frankfurt-16/02 (volta as 19hrs)
  7. [t1]Desventuras em Série : 17 dias de incontáveis historias loucas tristes engraçadas Peru-Bolívia-Chile[/t1] Tudo começou com uma imensa comemoração de perda de peso, eliminei definitivamente de minha vida 70 kg que faziam muito mal, principalmente ao coração. Não, eu não fiz dietas malucas, ou tomei qualquer tipo de remédio, ou entrei em uma seita de bodybuildings que fazem atividades físicas extenuantes 23 hrs por dia. Na verdade, apenas decidi perder 70 kg de peso morto de uma única vez e com um simples ato: um maravilhoso divorcio Em meio a tristeza, fruto do medo e da solidão, existiam duas alternativas, me fazer de vitima das circunstâncias amaldiçoando meu ex marido por ter tido um casamento ruim, ou aceitar que fiz uma escolha errada, e que comecei a consertá-la, pedindo o divorcio e seguindo o desconhecido com alegria de viver e realizando meus sonhos, esse ultimo, por certo, era o único caminho provável e correto a seguir. Seria essa a tal da resiliência, que dizem os "ologos" por ai? Na manhã seguinte, levantei da cama com os olhos bem inchados, me permiti ter uma noite em claro, uma garrafa de vinho e uma ideia na cabeça. Agora era hora de realizar os planos que ficaram trancafiados anos a fio dentro de uma mochila velha de colegial e um violão comprado com o meu primeiro salário. Como boa subversora que sou, decidi que não teria mais regras, estabeleci, dentro da minha mente hiperativa, três preceitos, os quais não iria mudar ou abandonar por ninguém, 1- Degustar o mundo, assim como uma garrafa de um bom vinho tem que ser degustado, ou seja, aos poucos para se aproveitar o melhor dele, o mundo tem que ser degustado não apenas conhecido com rapidez, mas, admirado com todas suas nuances e cores. 2. Viver a felicidade não apenas buscá-la, quem vive de buscar esquece de aproveitar o que é encontrado, as vezes a felicidade está logo ali virando a esquina 3. Não manter um relacionamento se este me fizer infeliz, romper sem dó nem piedade, um relacionamento baseado na pena, ou nos filhos não e relacionamento é uma prisão sem muros. O pior tipo de prisão que existe, a da alma. 4. opa, pelo que me lembro eram três, ah que se dane, só mais cinco minutinhos, quer dizer só mais um estamento, vai mais um preceito maluco, me dei mais um ideal maluco, 4- Levantar sempre, por pior que sejam as quedas, pois é com as quedas que se aprende a voar com segurança. Naquela mesma semana fatídica, meados de abril de 2014, após meu ex marido retirar todas as coisas dele, encontro no canto do meu guarda roupa um mochilinha amarrotada cheia de poeira e de sonhos antigos, abri, e como em um rompante de felicidade e tristeza tomei a decisão que mudaria minha vida dali em diante, conhecer o mundo era minha missão primordial na terra. Por um momento esqueci que era um mãe, recém separada, com contas a pagar e uma vida para tocar, mas tinha uma grana guardada e dois anos de ferias acumuladas. Comecei incessantemente a pesquisar roteiros, lugares e também quem sabe né.. companhia, mas a decisão já estava tomada, vou viajar sim!!! nem que seja sozinha mesmo, aprendi a amar minha própria companhia, hora de torrar grana com o que amo, VIAJAR!!!! mas eu não sabia o que essa aventura me aguardaria, o meu ponta pé inicial, a primeira viagem, foi na verdade o primeiro passo, para uma desventura em série, uma louca e divertida viagem começando por Lima e Terminando em Santiago.
  8. Gostei muito do seu roteiro, acabo de chegar de um mochilão Peru-Bolívia-Chile, e querendo fazer em fevereiro as Patagônias, começando na verdade em 29 de janeiro. Olhando por cima vi que tem voo de Porto Montt e El Calafate.
  9. È..... hoje não tem relato.. que triste, Minha leitura noturna diária.... prendeu minha atenção de tal maneira, que ainda estou morrendo de curiosidade do resto da história, e as freiras, e o convento, o que será que aconteceu... rss Deveria virar livro!
  10. Parabéns e pelo relato, virou minha leitura diária, dou risada sozinha. Por favor continua a escrever, rsss. em uma semana vou na minha trip e este relato que deveria virar livro, esta ajudando muito.
  11. Mesma Vibe aqui, mas estou com uma dúvida cruel entre Junho e Agosto, Agosto seriam só 10 dias ( minhas ferias ) ja junho encaixo com são joão ( 15 dias) , pensando em Chile (Santiago e Atacama) e Peru( Cusco e Machu Picchu) e se der outras cidades como salar, ainda to elaborando roteiro, vou só, sou da Bahia. qualquer coisa meu email [email protected]
×
×
  • Criar Novo...