Ir para conteúdo

Isabel D

Membros
  • Total de itens

    16
  • Registro em

  • Última visita

Conquistas de Isabel D

Novo Membro

Novo Membro (1/14)

2

Reputação

  1. Continuando meu relato da viagem a GRÉCIA - TURQUIA... agora, a parte da INCRÍVEL e FANTÁSTICA TURQUIA!! País encantador de muitas histórias, as regiões da Turquia desde o Mar Negro, o Mar de Mármara, Mar Egeu e Anatólia, foram por muito tempo Colônia Grega, por isso que algumas coisas nos faz lembrar a Grécia, apesar de que os gregos foram expulsos pelos turcos após a guerra e toda cultura grega proibida, também pelo domínio romano em alguns locais, que deixou seu legado tanto na Grécia como na Turquia. Bom, segue os relatos dos incríveis oito dias que permanecemos na região de Mármara, Egeu e Anatólia Central... como é longe.... como fomos longe!!!! Por isso, pra mim foi incrível, sensacional... viagem fantástica e inesquecível!! Dia 18/06 (8º dia) – às 8h saímos do hotel em Rhodes-Grécia, para pegar o ferryboat rumo a Marmaris-Turquia. Fizemos o check out no Porto de Rhodes, o ferry saiu as 9h com duração de 50 min. O barco era barulhento e cheirava óleo, mas o que me chamou a atenção no ferry, foi uma indicação de “coletes de salvação sob o assento” em PORTUGUÊS, muito legal... não tinha visto nenhuma informação na nossa língua e foi a única...rsrs Chegando ao porto pegamos um táxi para a rodoviária de Marmaris e logo embarcamos num micro-ônibus rumo a Selçuk, chegamos à horinha da saída do ônibus... devia ser entre 10h30 e 11h da manhã. A viagem durou 4h. Obs.: fiquem de olho... combinem antes o valor do táxi... quiseram cobrar “o olho da cara”... o dinheiro turco é igual ao real, pouca diferença (1 turca lira (TL) = R$ 1,02 mais ou menos e com relação ao euro  1 euro = 3 TL). Outra coisa..., não encontramos, no porto quem falasse inglês ou espanhol e também, no ônibus o motorista e o “rodomoço” também não falavam... foi difícil.. mas deu pra se virar..rsrs Fiquei impressionada com os ônibus na Turquia (pelo menos, os que pegamos), novos, limpos, e o “rodomoço” a todo o momento passava oferecendo água, chá, bolacha doce, salgada, café, cappuccino... uma delícia... e muito simpático o rapaz. Interessante que no ônibus, estávamos nós três e um senhor com o filho pequeno, cinco pessoas pra toda essa mordomia. Muito bom.. (gente... e o combustível lá.. é muuiitooo carooo.... agora o nosso também está...rsrs), não sei se eles tem lucro, porque a passagem custou a bagatela de 13 TL (R$13,00), é mole!!!! E como eu já tinha lido aqui nos relatos dos mochileiros, não tem banheiro nos ônibus, mas sem problema, eles fazem bastante paradas em postos/rodoviárias. O que achei muito diferente foi o banheiro feminino turco... tinha as partes com o vaso sanitário normal, mas tinha também, e a maioria, só um buraco no chão (tinha que fazer xixi em pé)...rsrsrs Bom, depois de 4h, rodando por uma região totalmente diferente da Grécia, enfim tudo novo... chegamos em Selçuk. Chegando à rodoviária de Selçuk, os turcos taxistas e “vanzistas” já vieram todos encima para vender passeios e corridas, a gente fica atordoada, no fim, fechamos com um taxista a corrida para o hotel e os passeios para o dia seguinte. (Depois, o dono do hotel não gostou, porque queria ele vender pra nós... prá cabá... esse pessoal viu... afff... e o preço dele era mais caro). A pensão.... não muito boa, no sentido de decoração, tudo velho, parecia sujo (os tapetes pendurados nas paredes... aff). O quarto, ainda bem, estava limpo, mas com janela pra rua, a criançada brincando de bola, caminhão passava dedetizando a rua... uma doidera, mas era só por 1 noite... aguentamos. Nos deram um café da manhã muito diferente, com tomate, pepino e azeitonas... meio estranho, mas é assim na Turquia..rsrs Deixamos as malas e fomos andar perto do hotel para comer, chegamos até a porta da Igreja de São João, mas estava fechada, muito grande, bastante ruínas, mas com partes conservadas, muito linda... pensar que depois da morte de Jesus, o Apóstolo João e a mãe de Jesus viveram para essa região... é muito emocionante. Em frente a essa igreja tem umas lojas, e os caras quando viram que éramos turistas... foram logo chegando vendendo as coisas... livros, souvenirs... até ganhamos um brochinho com olhinho grego ou turco..rsrs (lá tem muito olho grego...) A cidade de Selçuk é uma gracinha... muito aconchegante.. Jantamos uma pizza... muito boa. Voltamos pra dormir. Gastos (8º dia): - taxa no porto de Rhodes para embarcar = 15,00 € - táxi porto de Marmaris até a rodoviária = 2,50 € - viagem ônibus Marmaris x Selçuk = 13,00 TL - banheiro no posto = 1,00 TL - táxi em Selçuk (rodoviária x hotel) = 3,30 TL - pizza/refrigerante/água = 9,90 TL Dia 19/06 (9º dia) – As 8:30h da manhã o Sr. da Van-táxi estava nos aguardando para o passeio e fomos... Visitamos a casa de Maria, onde provavelmente ela viveu após a morte de Jesus, dizem que ela foi prá lá por volta do ano 42, é realmente emocionante saber que ela viveu ali – a Mãe de Jesus – Maria. Chegamos em EFESUS - as ruínas dessa cidade são demais – me apaixonei... emoção sem descrição... é maravilhoso ver as ruínas e a dimensão dessa cidade na época – tem ruas inteiras ainda. Emoção imaginar, saber que os apóstolos João e Paulo caminharam por esta cidade, que Paulo pregou nessa cidade escrevendo uma Carta aos Efésios – muito lindooo. Prá mim foi indescritível visitar esse lugar. As fotos registraram... Visitamos o que restou do Templo de Diana, a deusa mais importante da época.... não ficou pedra sobre pedra.. ou seja, só um pilar... Fomos ao túmulo dos Sete Adormecidos, conta a lenda que sete cristãos foram perseguidos e fechados numa gruta por vários anos... e que depois foram abrir e eles estavam vivos ainda.!!! Enfim, foi um passeio com visitas inesquecíveis... escrevendo assim, depois de quase um ano... é como reviver cada momento. Passamos também pela mesquita IsaBey... aliás.. quantas mesquitas com seus minaretes tocando a cada hora.... muito diferente mesmo. Após, fomos almoçar, descansar um pouco e pegar o ônibus para Pamukkale (destino também aguardado com muita ansiedade..). O ônibus sai pontualmente as 16:30h e chegamos em Denizli as 20:00h mais ou menos, daí pegamos uma Van no próprio desembarque na rodoviária para seguir para Pamukkale... logo chegamos. No ponto onde a Van nos deixou (ponto de venda e escritório da empresa Pamukkale), encontramos uns brasileiros (de São Carlos – quase próximo onde moro... mundo pequeno... muitos viajantes..rsrs) que estavam fazendo a viagem inversa a nossa... vieram da Capadócia, passaram por Pamukkale e iam para Selçuk. Eles nos orientaram comprar o passeio de balão ali mesmo e, realmente pagamos mais barato do que estava reservado lá. Bom... mas voltando falar de Pamukkale – D-I-V-I-N-O – lugar indescritível. O Hotel Vênus, que ficamos, foi também ótimo – o melhor da viagem (depois de Rhodes..rs) – lindo, limpo, organizado. Tomamos um banho, jantamos no hotel mesmo, pois acoplado a ele tem o bar-restaurante, lugar lindooo, tomamos uma cervejinha pra “bebemorar” e fomos descansar pra acordar cedo e ir ao Castelo de Algodão. Gastos (9º dia): - hotel em Selçuk = 42,90 TL - Van (passeios + ingressos) = 85,00 TL (van táxi = 40TL / ingresso Efesus = 30TL / ingresso Casa de Maria = 15 TL) - ingresso para Terrace House em Efesus = 15,00 TL - almoço em Selçuk = 20,50 TL - sorvete / água = 4,00 TL - souvenirs diversos = 78,00 TL - táxi para a rodoviária = 3,40 TL - ônibus-van de Selçuk para Denizli/ Pamukkale = 34 TL (não me lembro quanto gastei no posto, mas para usar o banheiro = 1,00 TL) Dia 20/06 (10º dia) – Quando encontramos os brasileiros, eles nos disseram para começar o passeio pelas ruínas de Hierápolis e depois ir para o Castelo de Algodão e curtir as piscinas, e assim fizemos, as 9:10 chegamos na entrada que dá direito as 02 visitas (ah... foi o pessoal do hotel que nos levou até a entrada – não cobraram nada). O tempo estava fechado, chuvisqueiro e vento. Esperamos um pouco na entrada e logo seguimos para visitar as ruínas de Hierápolis. Essa cidade é “irmã” da cidade de Laodicéia (citada no Apocalipse), fica em Denizli, mas tem pouca ruína dessa cidade. As duas cidades são mencionadas no Novo Testamento. Hierápolis era bem populosa e foi abandonada por volta do ano 1100 devido a vários terremotos (suas muralhas são medievais!!). Tem ruínas da cidade bem preservadas e todas tem indicação que local era, pra mim foi tudo lindo, maravilhoso, emoção de professora amante da História e da Bíblia. Foi a maior realização passar por esses locais – INESQUECÍVEL. Subimos uma colina e chegamos as ruínas da Igreja de São Felipe (dizem ser o apóstolo de Jesus), que foi martirizado nesse local – emoção pura. Nesse local aconteceu um fato muito engraçado... encontramos um casal de brasileiros de Porto Alegre, eram somente eles e nós nesse local – o senhor disse assim: “só brasileiro doido mesmo pra subir um morro desse”...kkk Enquanto andávamos pelas ruínas, o tempo abriu e o sol apareceu... lindooo e fomos para as piscinas do Castelo de Algodão.... local fascinante e maravilhoso. As termas de Cleópatra (mas dizem que ela nunca apareceu por lá...rsrs) é linda.. com as colunas ruídas no fundo da piscina... só as fotos para melhor descrever mesmo... Uma coisa que nunca li por aqui e outro lugar, é que andar pelo Castelo de Algodão dói os pés, pois tem que ir descalço e o chão da montanha é áspero por causa do calcário, mas é lindoooo. As piscinas secas aguardam águas que são manejadas pela Administração do parque. Perfeito!! Andamos por todo local, nadei na piscina da Cleópatra, almoçamos, visitamos o Museu.... E voltamos para o hotel as 17h, para tomar um banho rápido (não no quarto, pois já tínhamos feito o check-out, é um banheiro que eles reservam para os turistas mesmo..), comer e pegar o ônibus para Göreme – Capadócia as 20:30h. Fomos de micro-ônibus até Denizli e na rodoviária pegamos o ônibus as 22h00 (interessante que entramos no ônibus sem as passagens, pois a nossa “agente” de Göreme fez as reservas e disse que iríamos pagar lá... ficamos com medo de não embarcar... mas pasmem... mal falamos para o motorista e ele nos mandou subir.. palavra é palavra... pagamos lá). Viajamos a noite toda. Paramos três vezes na estrada, em postos, para usar o banheiro. No último posto, acordei meia sonolenta e via tudo iluminado.. a cobertura do posto parecia uma tenda de circo – legal... pena que não tirei foto – de madrugada, nem lembrei..rs) Gastos (10º dia): - passeio de balão (pagamos em Pamukkale) = 100 € - ingresso Hierápolis (Pamukkale) = 25 TL - nadar piscina Cleópatra = 10 TL - visitar Museu = 6 TL - almoço / sorvete / água = 10 TL - souvenirs = 30 TL - micro-ônibus para Denizli = 10 TL - banheiro na rodoviária = 1,00 TL - paradas nos postos = 3,00 TL (pra usar o banheiro) (não marquei tudo... e não lembro) Dia 21/06 (11º dia) – Chegamos por volta das 8 horas da manhã em Göreme – visão magnífica da cidade – estava na terra dos Flinkstones – Fomos direto ao guichê do ônibus Suya para pagar as passagens... estava fechado.... interessante que os guichês das companhias ficam na pracinha – na rua mesmo. Logo o rapaz chegou e pagamos o ônibus – consciência tranquila!! Parecia de mentira aqueles morros-cavernas – lindoooo Pegamos o táxi e fomos para o hotel – Local Cave Hotel – gente... sem palavras... uma graça. Deixamos as malas, tomamos café, um banho e fomos até a agência Güle Güle, conversar com a Maysa, que tanto nos ajudou. Lá já saímos para o passeio-tour pela região (agendado aqui do Brasil) para conhecer: o Museu a Céu Aberto – Igrejas pintadas nas cavernas; Vale do Amor; Chapéu de Fada; Avanos; Ürgup – tudoooo maravilhosoooo. Ficamos o dia todo. Voltamos a tarde, banho e já saímos para jantar, andar pela cidade a noite que é uma gracinha e fomos dormir pra acordar as 3 horas da madrugada para o passeio de Balão!!! Gastos (11º dia): - ônibus de Pamukkale para Göreme = 50 TL - passeios fechados com agência Güle Güle para 2 dias (com guia em espanhol e almoços inclusos) = 256 TL - entrada Göreme Open Air Museum = 20 TL - entrada Göreme Open Air Museum The Dark Church = 10 TL (é só que marquei... não lembro o resto... rs) Dia 22/06 (12º dia) – As 4 hs da madrugada, a Van da agência de balão veio nos buscar para o passeio. Primeiro nos levaram para a apresentação e tomar café da manhã e depois fomos para o balão – SENSACIONAL – muito lindoo – visual deslumbrante. Quando o balão “aterrissou” teve até champanhe pra comemorar. Depois do passeio de balão, voltamos para o hotel para descansar e depois sairmos para mais um passeio com a Van e guia da agência. Fomos ao Vale Verde e Rosa – linda a natureza de Göreme – muito diferente. Fomos até uma cidade da região que não me lembro o nome, lá ouvimos música da região, tomamos chá, visitamos uma olaria artesanal, uma fábrica de jóias... enfim.. andamos por tudo.. À noite saímos para jantar e andar pelo centro de Göreme. Encerrava aqui nosso passeio pela Capadócia, que vai ficar na memória e fotos para a posteridade. Lindaaa!!!! Ah.. nos passeios era comum encontrar pés de cereja – carregadinho de frutas, ao lado do nosso hotel tinha um... muito lindo.. e pé de uva (não parreira..) encontrava no chão como se fosse uma planta qualquer...rsrs.. pés de figo também tinha bastante... adorei tudo isso. No ônibus de Denizli para Göreme encontramos uns garotos japoneses fazendo a viagem e lá na região sempre os encontrávamos passeando também, ai está foto deles... foi engraçado rsrs Gastos (12º dia): - souvenirs = 20 TL +/- - meu anel de prata com pedra Sultanita = 90,00 TL (só o que lembro!!) Dia 23/06 (13º dia) – saímos de manhãzinha de Göreme, para irmos até Nevsehir pegar o avião para Istambul, marcado para as 9h10, pela Turkish Airlines – vôo tranquilo, chegamos em Istambul por volta das 10h30. Pegamos um táxi no aeroporto para o Bairro Sultanahmet, nosso hotel foi o Sultanahmet King Palace – não foi dos melhores, enfim.... foi opção. Mas, a localidade dele muito boa, perto da Mesquita Azul e Hagia Sofia e ao lado da Little Hagia Sofia. Já na chegada, fiquei encantada com as Muralhas da antiga Constantinopla, que a visão que tive do táxi foi da foto abaixo... infelizmente peguei da internet, pois não consegui tirar foto... daí.. esquecemos de voltar para visita-la... imperdoável... dificilmente terei uma próxima chance. (Quis deixar a foto aqui, para quem for pra Istambul não se esquecer de visita-la) Chegamos ao hotel, deixamos as malas e saímos conhecer o “pedaço” e almoçar.... tudo lindoo... Istambul é apaixonante. Andamos por tudo... visitamos a Mesquita Azul, ficamos na praça observando as pessoas... como é diferente daqui... Fiquei encantada com TUDOOO. Pena que a comida não me encantou muito... tempero muito forte... gosto de pimenta, mas lá é tudo super apimentado... mas deu pra sobreviver...rs. No último dia escolhi jantar uma sopa de lentilha, fiquei super feliz... gente.. não deu prá comer... pura pimenta... fiquei no pão (imenso... tem um nome... mas esqueci) e coalhada. Fomos para o hotel descansar e tentar assistir o jogo do Brasil na copa, mas não passou na TV... acreditam!!!!!!! Gastos (13º dia): - van de Göreme para Nevsehir = 10 euros - passagem avião (Nevsehir x Istambul) = 92 euros = 264 TL (lembrando que a TL – turca lira = R$ 1,00, se fosse comprar no Brasil a passagem sairia por R$ 750,00) - almoço / souvernirs / doces ??? Dia 24/06 (14º dia) – Começamos o dia visitando a Hagia Sophya (em grego) ou Ayasofya (em turco), que significa “Sagrada Sabedoria”, que já foi igreja, mesquita e agora é um museu, sem palavras... maravilhoso Depois, caminhamos rumo ao Gran Bazar... m-a-r-a-v-i-l-h-a... não dá prá ficar só um pouquinho.. Voltamos, visitamos a Cisterna Yerebatan... lindaaa... foi construída em 532 para armazenar a água trazida pelo Aqueduto de Valens, a água era trazida de nascentes de uma floresta a 25 quilômetros ao norte da cidade. A capacidade total de armazenamento de água é de 80 mil metros cúbicos. À tardinha fomos fazer o passeio de barco pelo Estreito de Bósforo... gente... euzinha no Estreito de Bósforo... que tanto li e falei nas aulas de História – o estreito que divide Istambul e liga a Europa com a Ásia... realmente emocionante!! Agora escrevendo, depois de quase um ano... é inacreditável... EU FUI !! Gastos (14º dia): - ingresso Hagia Sofia = 30 TL - ingresso Cisterna Yerebatan = 20 TL - passeio de barco pelo Estreito de Bósforo = 15 TL - compras no Gran Bazar = só me lembro de um abajur lindo = 15 TL (não podia voltar sem um daqueles lindos abajures) e uma camiseta do time de futebol 50 TL - não lembro mais....rs - outro abajur maior numa loja do bairro = 40 TL - almoço / souvernirs / doces ??? Dia 25/06 (15º dia) – Logo de manhã fomos visitar o Palácio Topkapi e o Harém... e que Palácio... maravilhoso!!!! uma riqueza... tem jóias expostas maravilhosas... um diamante imenso... não pode tirar fotos delas....só mesmo as fotos pra revelar o que tento dizer. A tardinha, andamos pela praça... pelas ruas de Istambul.... e toda vez que íamos e voltávamos do hotel passávamos pelo Bazar Arasta... é antigo e muito boommm. A noitinha encontramos o antigo Hipódromo, que fica na grande praça da Mesquita... muito lindo os obeliscos ... quanta história (o Hipódromo era o foco cultural do Império Bizantino, também chamada de Parque At Meydon ou Praça dos Cavalos, porque nos tempos do Império Romano havia corridas de bigas) !! Emocionante!!! O que me arrependo também, é não ter ido a famosa Praça Taksin, no lado asiático de Istambul... optamos por curtir mais o lado europeu...rsrs Gastos (15º dia) - entrada Palácio Topkapi + Harém = 30 TL + 15 TL - 2 tapetes pequenos (não legítimos – mas de Istambul) – 60 TL - bolsinhas de Istambul (souvenirs) – 15 TL - brincos de pedras – 32 TL - chás ??? Dia 26/06 (16º dia) – Pela manhã voltamos em alguns lugares, andamos pela praça da Mesquita, compramos mais algumas “cositas”... voltamos ao Gran Bazar e como andamos... não dava pra voltar ao Brasil sem nos despedirmos do Gran Bazar... inesquecível. Encontramos o marco zero de Istambul - bem próximo a Hagia Sophia - é o Million - de onde é registrado a distância de Istambul com as principais cidades do mundo - é do período bizantino - data do século IV. Almoçamos e voltamos ao hotel para acabar de fechar as malas, tomar um banho e partir para o aeroporto, nosso voo era as 17h30. Viagem divina... maravilhosa..... inesquecível.... dois países que agora não estão só nas páginas dos livros, mas dentro de minha mente através de meus olhos e dentro do meu coração!!!! Muita saudade e vontade de um dia voltar.... !!!! Pois lá, em vários lugares, senti uma saudade... de um tempo histórico que nunca vivi!! Espero que tenham apreciado o relato e que tenha ajudado. Abraços até a próxima...
  2. Olá Marcos Os lugares são sensacionais, vão sim !!! ah... estou tentando montar um blog e lá vou colocar as fotos com a descrição histórica... espero conseguir... é um pouco difícil....rsrs abs
  3. Oi Juliana, Esqueci de responder aqui... mas deixei um recado no seu relato, que por sinal repito aqui... foi muito lindo e interessante... é muito bom ver o mesmo lugar onde fomos, relatado por outros olhos. A emoção da viagem foi mesmo parecida com a minha. Mas é bom mesmo não é? Acho que cada viagem é uma emoção... tem sua particularidade, sendo sempre a primeira vez. Vou acompanhar seus posts.. um beijão
  4. Olá Wesley, legal vc estar acompanhando meu relato.. se precisar de alguma dica para sua viagem e eu puder ajudar... será um prazer. Não perca nenhum detalhe da Grécia... é linda... divina... Falo isso, porque fiquei sem visitar alguns lugares em Atenas e sinto muito por isso, os lugares que não visitei foram: Ágora Antiga, Ágora Romana, Templo de Hefesto, Museu Arqueológico Nacional. abs
  5. Juliana.. desculpa não tinha visto a 2ª página do seu relato... por isso disse para continuar escrevendo... mas agora li tudo... realmente seu relato me fez reviver cada lugar por onde fui... os travertinos são maravilhosos, divinos.... nossa quando fui tinha muuiiita gente.... quase saia mais gente do que paisagem... você vai ver minhas fotos quando postar..rsrs. Éfeso foi pra mim um experiência e emoção sem tamanho... aliás é tuuudoooo lindo mesmo!! Obrigada por poder ver os lugares por onde passei com outros "olhos", no caso os seus que tiraram as fotos. beijo até a próxima.
  6. Juliana,a seu relato está sensacional... que delícia ver em suas fotos alguns lugares que passamos também, e que vou relatar em breve. Realmente, é uma viagem inesquecível e as sensações que tivemos parece que foram as mesmas... durante o voo... nas visitas aos lugares (como na Mesquita Azul)...rsrs. Como digo é uma recordação pra posteridade. E, eu amei suas fotos. Na minha viagem, fizemos o caminho inverso ao seu... começamos por Marmaris - Selçuk - Eféso - Pamukkale - CApadócia - final Istambul. É muito bom né... dá uma vontade de voltar... mas é longeee... e tem muitos outros lugares pra gente conhecer. beijão pra você.. continua o relato que continuarei lendo.
  7. A parte da Turquia... logo edito. Desculpem se ficou grande o relato da Grécia, mas a vontade é de contar cada detalhe e mostrar cada lugar em fotos.. rsrs
  8. RELATO DE VIAGEM – GRÉCIA – TURQUIA – 16 dias em JUNHO/2014 Estou em débito com os Mochileiros... mas, estou aqui para relatar minha EMOCIONANTE, APAIXONANTE e INESQUECÍVEL VIAGEM que realizei em Junho/2014. A época escolhida foi ótima... o clima excelente... Como já passou alguns meses (07 meses), certamente não vou me lembrar de muitos detalhes... mas, o que tenho registrado vou passar. Também, deixarei dicas para que o próximo mochileiro possa aproveitar. Fiz a viagem acompanhada de 02 amigas e achei muito bom, pois acredito que não conseguiria viajar sozinha. Falo o espanhol, mas pouco usei... somente em Atenas, na Capadócia (com nosso guia) e muito pouco em Istambul. Quanto ao inglês... falo e entendo pouco, mas uma de minhas amigas falava, o que ajudou e muuuitooo. Todo nosso roteiro foi montado baseado em relatos deste site, por isso considero muito relevante a pesquisa para quem tem interesse em viajar “por conta”, sem depender de agências de viagens/grupos/excursões e ficar presa em horários, onde ir etc. Só para registrar, a minha idade e de uma das amigas é de 5.4 e a outra 4.8. Pra quem pensa (como eu pensava) que idade é empecilho... não é não.... é muito bommmm viajar em qualquer idade. Porém, se você tiver um pouco de preparo físico é bem melhor, pois neste roteiro a gente sooobeee muuitooo morro... haja pernas..rsrs. Bom, emocionada, fiz a primeira reserva no hotel na Capadócia, Göreme – Local Cave Hotel – muiiito bommm, e outros hotéis, tudo pelo “booking”, não tivemos problemas, no relato comento sobre eles. As passagens (SP x Atenas – Istambul x SP), compramos em agência, pois como foi nossa primeira viagem “por conta” e não iríamos comprar todas juntas, ficamos com receio em adquiri-las através de site e depois não conseguir o mesmo voo para as três (passagem = R$ 3.300,00 + 250,00 seguro). As passagens de locomoção (ferry boat) na Grécia, compramos pelo site grego: Viva.gr (os gastos com todos os tickets foram em torno de R$ 440,00). Na Capadócia tivemos a ajuda da Maísa, uma brasileira que mora em Göreme e trabalha numa agência de turismo – “Güle Güle Viagens” – ela quem acertou nosso passeio/guia pela Capadócia e a passagem de ônibus de Denizli para Göreme (pasmem... viajamos sem as passagens... por que íamos pagar lá... só falamos para o motorista isso e embarcamos.... uauhhh... lá a palavra ainda vale). Somente compramos a passagem na hora, quando desembarcamos do ferry boat em Marmaris-Turquia... pegamos um táxi até a rodoviária e o ônibus para Selçuk já estava de saída... foi oportuno.. porque nesse local só o agente de viagem, que nos vendeu a passagem, falava inglês... deu friozinho na barriga... em terra de turco.. sem entender nada..rsrs Bom, durante o relato, vou postar algumas fotos e, conforme for me lembrando de algo interessante, registro. Ah... os gastos vou relatar o que tenho anotado.. deixei de marcar muita coisa... mas pra quem quer saber, em toda viagem, pagando hotel, locomoção, refeição, passeios, entradas, souvenires, levei R$ 5.700,00 (+/- 1.800,00 euros), ainda voltei com 60 euros...rsrs.. “Viajar não é um gasto, mas um investimento em conhecimento e aprendizado” (não sei nome do autor) Bom, NOSSO ROTEIRO foi o seguinte: GRÉCIA – TURQUIA  10/06 a 26/06/2014 7 dias Grécia e 8 dias Turquia: 10/06 - viagem (sai Gru-SP 18h30 – vôo LX 93 - Swiss) 11/06 - Atenas (chega +/- 17h tarde) 12/06 - Atenas 13/06 - Atenas - Mykonos (ferry Hellenics Sea Ways – sai: 08h05 – chega: 12h20) 14/06 - Mykonos – Santorini (tarde: ferry Seajet 2 – sai: 14h20 – chega: 17h30) 15/06 - Santorini 16/06 - Santorini – Rhodes (ferry Blue Star 1 - sai 00:50 para Rhodes – chega: 09h00) 17/06 - Rhodes 18/06 - Rhodes para Marmaris-Turquia (ferry King Saron – Sea Dreams - sai: 9h00 – chega: 10h50) de Marmaris p/ Selçuk – ônibus saiu: +/-11:30 – chega: 15:30) 19/06 - Selçuk (Éfeso) – Denizli - Pamukkale (ônibus/van saiu: 16:30 – chegamos 20:30) 20/06 – Pamukkale-Denizli – Nevsehir-Göreme (van: 20h30 - ônibus Suya sai: 22h00 – chega: 08h00 Capadócia: Nevsehir-Göreme) 21/06 – Capadócia: Göreme 22/06 – Capadócia: Göreme (voo de balão) 23/06 – Göreme-Nevsehir – Istambul (voo sai: 09h10 – chega: 10h30) 24/06 - Istambul 25/06 - Istambul 26/06 - Istambul x Zurich (voo sai 17h15) – Zurich x SP (voo sai 22h40) 27/06 - chegada em SP (manhã) Então, foram (sem contar o dia da viagem): 1 dia chegando em Atenas as 17h30 1 dia em Atenas (contando com o dia da chegada a tardinha – porém o ideal é ficar 2 dias inteiros) 1 dia e meio Mykonos (ideal 2 dias inteiros) 1 dia e meio em Santorini (ideal 2 dias inteiros) 2 dias em Rhodes 7 dias – GRÉCIA 1 dia e meio - região de Selçuk - Éfeso 1 dia e meio Pamukkale 2 dias Göreme-Capadócia 3 dias - Istambul 8 dias – TURQUIA DIÁRIO DE VIAGEM 10/06 – Saímos de Pederneiras (próximo a Bauru) as 10h00 de carro rumo a Guarulhos-SP, chegamos por volta das 16h, fizemos todo procedimento de embarque com calma, minha amiga selou as malas no aeroporto (com filme plástico), aliás, isso foi 2 dias antes do início da Copa do Mundo, o aeroporto estava impecável, ficou muito lindo mesmo, a parte nova de embarque/desembarque internacional. Rodamos pelo Duty Free e fomos comer algo, pois nosso almoço/lanche também foi na estrada. O voo da Swiss foi pontual, saiu as 18h30 (“que avião!” – excelente). O jantar foi ótimo: frango grelhado com legumes – tempero delicioso – pena que não tirei foto..rsrs). Aliás, o que mais fiz nessa viagem foi fotografar e ainda acho que deveria ter tirado mais...rs... ...”dormi”...”acordei”...”dormi”...”acordei”... as 4h30 da madrugada pela tela no avião estávamos sobrevoando a África-Marrachech - perto do Deserto do Saara... que emocionante. 11/06 (1º dia) - as 09h50 horário europeu (04h50 Brasil) estávamos passando pelo Mar Mediterrâneo-Ilhas Baleares-Ilha de Mayorca – Espanha – depois de um lado era Barcelona e do outro Turin-Itália... muito legal mesmo... pra quem nunca tinha cruzado o Oceano rumo a Europa foi marcante mesmo... eu amoooo (velocidade 868 km – 38.000 pés , -61º -59ºC) Quando sobrevoamos o sul da França – região dos “Perpigneus” – perto de Carcassone – outro sonho de viagem... foi muita emoção mesmo... saber que láaaa embaixo estava essa região dos meus sonhos – um dia chego lá: Carcassone... Provence... França... Itália). E os Alpes Suíços.... um sonho visto das alturas.... lindooo. Chegamos no aeroporto de Zurich as 11h00 (pontualidade suíça) – no Brasil 06h00 – 5h de diferença. No aeroporto, só foi o tempo de irmos para a plataforma de embarque “E”, pois o avião para Atenas saía as 12h50, deu tudo certo (como meu filho já tinha ido para a Suíça, nos deu dicas de como era o aeroporto... foi providencial). O voo passou pelo sul da Alemanha (Tirol) – Graz (Insbruck) – Lienz (Slovenia) – ao lado de Zadar – sob Sarayevo... até chegarmos em ATENAS por volta das 17h30... (não marquei... tamanha era a emoção). Procurando como ir para o Bairro PLAKA, onde ficava nosso hotel, pretendíamos ir de metro, mas como estávamos com malas (e não mochilas...rs) o melhor foi pegar táxi mesmo. Genteeee... que emoção... me apaixonei por ATENAS, a primeira visão da Acrópoles..... (nosso hotel ficava atrás dela... aff.... que lindoooo) Nosso hotel (falo nosso, porque era onde tínhamos para chegar/voltar... como em nossa casa...rs) era o “Adams”, no Bairro Plaka, ótima localização, perto do Templo de Zeus, Arco de Adrianus e Acrópole. Super recomendo... bom preço também... limpinho...etc. Deixamos nossas malas no hotel, um banho rápido e saímos para andar pela redondeza das ruas do Bairro Plaka, chegamos até a Acrópole e jantamos. Era um sonho... eu em ATENAS!!! Minha primeira visão da Acrópole.... foi a maior emoção vivida, conhecer um lugar histórico, que só via em livros, filmes e, como amante e professora de História... foi demaissss. Gastos do 1º dia (o que tenho marcado tá..) - táxi (aeroporto-hotel) = 11,70 € - jantar = 9,50 € - água (2) = 1,00 € - hotel (2 diárias) = 58,50 € - creme/docinho = 4,50 € 12/06 (2º dia) – Levantamos cedo – café 8hs – partimos para entrar na Acrópole, já tinha bastante gente... começou a garoar... mas logo passou, ainda bem.... (mas com chuva mesmo eu não sairia de lá). Emoção indescritível estar nesse lugar de muita história... os pilares de mármore, que grandiosidade... quanta coisa aconteceu nesse lugar... Essa foi nossa 1ª maratona da viagem... andamos por tudo... dentro e fora, aliás... saímos por um lado que não tinha muita gente... Bem que disseram (escreveram aqui no Mochileiros), quanto mais cedo for, melhor, pois mais tarde chegam as excursões dos navios... e quanta gente... era tudo oliveiras... com as azeitoninhas... muito fofas Depois, fomos almoçar... antes passamos pelo Museu da Acrópole de Atenas, muuiitoo grande e lindo, ficamos só na parte de baixo, não quisemos entrar... Após o almoço, no centro de Plaka, fomos até o Templo de Zeus (na entrada encontramos com uma família brasileira.. muito legal), Arco de Adrianus, caminhamos pelo Jardim Nacional e Praça Syntagma, ela é muito grande... a gente se perde lá dentro... nós a atravessamos para ir até o Parlamento e ver a troca de guarda.. muito legal. vimos esses noivos entrando no parque... sozinhos... será o casamento grego?! Obs.: nas fotos do Parque.. na realidade são do Jardim Nacional, a Praça Syntagma ou da Constituição, fica em frente ao Parlamento da Grécia. Na volta, nos perdemos nesse parque... andamos pra caramba... fomos sair do lado errado.. em frente ao Estádio das Olimpíadas de Atenas... como andamos...rsrs Conseguimos voltar, descansamos um pouco na praça e aí aconteceu uma coisa chata... minha amiga perdeu ou “roubaram” a carteira dela, pois aconteceu uma coisa estranha, um senhor sentou-se perto de nós, disse que onde estávamos não tinha saída.. quando levantamos ele se levantou também, e essa minha amiga conversou com ele (pode ter sido coincidência, mas...), sorte que tinha poucos euros, mas o cartão de crédito foi... daí começou a dor de cabeça e perdemos boa parte da tarde (infelizmente) para ir a delegacia grega fazer o boletim de ocorrência... acham isso... rsrs, voltamos para o hotel e demorou mais para conseguir cancelar o cartão dela aqui no Brasil (era o 1º dia da Copa)...afff A tardezinha, voltamos para perto da Acrópole, passeamos pela Rua “Apostolus Paulus”, passamos perto de onde um dia foi o Areópago, onde o apóstolo Paulo um dia, falou sobre o Deus Desconhecido aos gregos... é muita emoção passar por esses lugares. Caminhamos pelas ruas de lojinhas, eram 22:30h fomos jantar e ver o 1º jogo do Brasil (eu assistindo a Copa do Brasil... na Grécia.... é pouca emoção??). Voltamos para o hotel (pra variar erramos a rua e andamos muito até chegar...rsrs) arrumar as malas, porque no dia seguinte iríamos para o Porto Piraeus pegar o ferry rumo a Mykonos. Foi um dia INESQUECÍVEL que ficará em minha memória por toda eternidade. Amei ATENAS, queria tanto voltar... “Um homem (uma mulher) precisa viajar, por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros e tevês, precisa viajar, por si, com os olhos e pés, para entender o que é seu”. (Amyr Klink) Gastos do 2º dia (o que eu lembro...rs) - entrada Acrópole = € 12 - almoço = € 15,50 - água / yogurt = € 4,50 - camisetas 3 = € 19,50 - souvenirs div. = € 68,40 - jantar = € 12,50 13/06 (3º dia) – De manhãzinha tomamos um cafezinho com bolo no hotel, e o yogurt grego que havia comprado a noite numa “yogurteria” (muuitooo boomm) e pegamos o táxi as 6:30h para o porto. O ferry “Nissos Mykonos” saiu as 08:05h, quando entramos no ferry não sabíamos (e ninguém avisou na entrada) que poderíamos ter deixado nossas malas na parte de baixo, então, subimos a escada rolante com as malas “pesadas”, sorte que um rapaz me ajudou e para descer, que foi pior, pois a escada era de degrau - não rolante, outro rapaz me ajudou.., mas minhas amigas penaram com as malas. A viagem de barco foi muito linda, pois passar pelas ilhas de casinhas brancas.. foi divino!! Passamos por Paros, Ios, e outras.. chegamos em Mykonos as 12:20h. Essa ilha é realmente paradisíaca, linda, divina, inesquecível... me apaixonei por Chora, o centro da ilha, onde ficava nosso hotel, que também era muito fofo, a foto fala... Chora, Mykonos Mas.... bem que disseram aqui no site, que o porto de Mykonos era um caos, realmente, uma decepção... muita gente descendo dos ferries, não tinha lugar pra se “esconder” do sol escaldante do meio-dia, falta de organização, difícil táxi, ônibus com malas não dava pra pegar... esperamos quase 1 hora, quando apareceu um “anjo grego” e nos levou pro hotel, que compensou tudo... uma gracinha.. o “Myconian Inn”, ótima localização, as atendentes (donas) muito cordiais e atenciosas. Meu Deus, mais escadas até nosso quarto... com as malas!!!!!!!! (também alertaram... levar mala pequena... e como fazer isso numa viagem dessas?? Preciso aprender...rsrs)... mas a moça subiu e desceu as malas pra nós. Paisagem, casas, lugares inesquecíveis dessa ilha... deixamos nossas malas no hotel e já descemos o “morro”, com degraus largos... para almoçar (aí começava a outra maratona – descer, subir degraus para ir ao centro de Chora e voltar pro hotel... mas que canseira e dor nas pernas mais feliz... rsrs) – tudo lindoooo Fomos conhecer o local, andar pelas ruazinhas brancas, visuais incríveis... e muitas fotos. Voltamos para o hotel, tomar um banho e descansar um pouquinho, e já descer para ir a Little Venice e Moinhos e assistir ao Pôr do Sol... que m-a-r-a-v-i-l-h-a, indescritível, só estando lá para ver e sentir a emoção do lugar... obrigada Meu Deus!! Após isso, jantamos e continuamos andando pelas ruazinhas, lojinhas, não dava vontade de ir dormir... mas a canseira tomava conta.. e um começo de resfriado também... precisei passar numa farmácia e comprar pastilhas pra garganta. Encontramos 2 brasileiras no hotel... estavam fazendo o trajeto inverso ao nosso, estavam vindo de Santorini... pra onde iríamos... e disseram que adoraríamos Santorini... e não é que adivinharam...rsrs Gastos 3º dia - táxi (porto x hotel) = € 8,50 - almoço = € 12,50 (Mourayio Restaurant) - água = € 1,50 - souvenires = € 14,00 - hotel = € 28,50 - jantar = € 9,25 - vestido Manu = € 18,00 - cappuccino = € 1,35 - farmácia ??? não lembro (o lugarzinho carooo.... rs... mas eu quis e fui feliz...) 14/06 (4º dia) – acordamos cedo e pegamos um ônibus para ir conhecer a Praia Paradise... bonita... diferente... areia grossa... não tinha muita gente porque o agito começava bem mais tarde para ir até tarde da noite... é a praia do nudismo / meio nudismo também.... encontramos alguns adeptos... Nos sentamos pra descansar um pouco... curtir o visual da praia... do mar Egeu... somente molhamos os pés... e, é muito lindooo. Logo retornamos, fomos andar pelas ruazinhas de casinha branca de Chora, que pra mim foi a coisa mais bela e diferente... que lugar gostoso... pena que está muito longe do Brasil. Almoçamos e voltamos para o hotel, fechar as malas, pegar o táxi, ir para o porto de Mykonos e partir com destino a Thira - Santorini. Noossaa... o ferry saiu com 1:30h de atraso, o horário correto era as 14:20h, foi muito ruim, pois estava um sol escaldante, apesar das reclamações, tudo era divertido, ao mesmo tempo que ficávamos irritadas, ríamos da situação (e a canseira batendo...rsrs). Enfim, o ferry “Sea Jet” chegou... em 3h estávamos em Santorini – passamos por algumas ilhas, mas não gravei os nomes, todas fofas. Que vista mais diferente e bela de Santorini, as casinhas brancas e tetos azuis lá encima do penhasco... (gente... subida...rsrs), foi outra emoção indescritível... só vendo para sentir... Mas... quando descemos no porto, outro caos para conseguir van / táxi / ônibus nem pensar... gente... fiquem espertos os caras das vans são malandros, falam aquele inglês “agregado” e o motorista nos enganou... entendemos 15 euros pra nos levar ao hotel montanha acima, quando chegou no hotel nos cobrou 45 euros... um assalto.. enfim.... fazer o quê... (outra coisa... o hotel tinha como nos buscar... mas não sabíamos.. então quando fizerem reservas, perguntar sobre isso). Bom, a van nos deixou em frente a uma ruela que quase enfartamos... eram degraus apedrejados para descer com as malas, nem as rodinhas rodavam direito... que dureza, o lugar já estava escuro.. sem luz...afff, mas um rapazinho ajudou a descer a mala... camarada ele.. O hotel era bom (Villa Popi), muito esquisito, a gente entrava pela ruela, e lá havia vários hotéis... tudo junto... difícil explicar... mas também, não tem jeito de fazer ruas normais no morro... tudo pendurado...rsrs... é tudo diferente e lindooo. Deixamos as malas e fomos procurar lugar pra comer, daí quando estávamos saindo do nosso quarto do hotel (que por sinal ficava separado do corpo do prédio), encontramos outra saída/entrada pra o hotel que só era rampa, nada de escadas, iuhuuuu... ganhamos a noite e “salvação” nossa para o dia seguinte, ficamos mais sossegadas quanto aos degraus, porque subir com as malas seria o “caos”. Como ficamos no centro de Fira (Thira), capital de Santorini, tudo fácil, porém, com tantas ruazinhas entrelaçadas que para se perder nos becos (ainda mais a noite) era muito fácil também.. Fomos jantar, pedi um lanche: um croissant com queijo e presunto quente...kkkk, veio uma bengala enorme cortada ao meio e, a “trouxinha” da minha amiga muito grande também...rsrs Gastos 4º dia em Mykonos: - almoço = € 8,80 - táxi = € 5,00 - ônibus para Paradise (ida e volta) = € 3,20 - souvenir (canequinhas/chaveiro) = € 15,00 (aproximad.) em Santorini: - van = € 15,00 - água (2) = € 1,00 - lanche = € 2,50 - souvenir (minhas canequinhas) = € 10,00 15/06 (5º dia) – Levantamos cedo e fomos procurar tour para a Ilha do Vulcão. Compramos um que nos levou a Ilha da Caldeira (vulcão), Ilha de Thirassia, Hot Shower (banho água quente) e Vila de Oia. Descemos de teleférico para o porto antigo de Santorini e pegamos o “nosso” barco “Adonis”. Muito lindo o visual de Santorini de cima do teleférico, as fotos falam.... é emocionante... lindo... maravilha... A cratera do vulcão é surpreendentemente lindaa, mas a subida....... aff... quase tive um treco, subir toda aquela montanha, sem nenhuma sombra... as crateras... Gente, um pouco de preparo físico nessa viagem vai bem viu... cheguei ao topo, consegui trazer até uma pequena pedrinha (depois vi que era proibido..rs). Depois da cratera, o barco nos levou ao Hot Shower, que pára longe da borda e o pessoal pula na água e nadam até onde estão as águas quentes... perto das pedras vulcânicas... fiquei só vendo, diz que fica com cheiro de enxofre no corpo por causa da água. Daí partimos para Thirassia, cuja capital é Manolo, para subir até a cidade eram somente uns 320 degraus, optamos por ficar no porto, almoçamos por lá, caminhamos pela borda-pedras do mar.. não tem areia..rsrs.. e depois partimos para Oia. OIA é l-i-n-d-aaaa, suas ruazinhas de casinhas brancas, tetos azuis, visual magnífico, e pôr do sol maravilhoso. Um lugar que não pode deixar de ser visto. (Oia lê-se Ia) Mas,... quando chegamos no porto, as únicas maneiras de subir a montanha era: de “mula” – Donkey Taxis ou subir cerca de 500 degraus... optamos pelos degraus... quase tive um treco... subíamos.. parávamos para fotos... e descansar... e as mulinhas iam passando pela gente carregando malas ou gente.. tadinhas... tínhamos que olhar pro chão prá não pisar nos “cocôs” delas.. elas subiam rapidinho e nós... devagaarrrr. De repente, vimos uma poeira bem lá encima, e o que era? as loucas das mulas descendo em tropa, todas juntas, que poeirão... ficamos eu e minha amiga literalmente grudadas no murinho que separava da “ribanceira”, elas passavam quase raspando na gente... que medo... que raiva delas... kkkkk. A outra minha amiga conseguiu uma fresta na encosta do morro e conseguiu tirar estas fotos... Enfim, chegamos ao topo, como disse... lugar maravilhoso, realmente de cartão postal, de foto pra posteridade... andamos pelas ruazinhas e fomos procurar um lugar para esperar o por do sol (sunset), era tanta gente querendo um lugarzinho... incrível... lindooo (pena que o céu estava com algumas nuvens, por isso classifiquei o por do sol de Mykonos mais lindo). Voltamos de ônibus, do próprio tour, para Fira, fomos ao hotel, tomar um banho e que banho..., saímos pra jantar e voltamos para nos arrumarmos para pegar o ferry boat para RHODES, as 00:50. Santorini – Thira – OIA - maravilhas de Deus, da natureza, dos homens... VALEU!!!! Gastos 5º dia - tour = € 24,00 - entrada vulcão = € 2,00 - almoço = € 9,50 - água = € 0,80 - souvenires = € 8,00 - janta = € 4,00 - táxi para o porto = € 6,00 16/06 (6º dia) – As 00h50 entramos no ferry Blue Star para Rhodes, previsão de chegada: 09h00. Não sabíamos como iriamos dormir, se era poltrona, cadeira, chão... rsrs, pra nossa surpresa nos acomodamos num ambiente onde tinha poltronas, sofás, mesinhas, pegamos nosso cantinho e lá ficamos.. deu para dormir legal. As 06:20h da manhã, chegamos na ilha de Kos, já parte do Duocaneso grego, que amanhecer lindooo. Tomei um cappuccino com um cookie delicioso (€ 4,70).. voltei dormir.... acordei já chegando em Rhodes, 08h30. As 09h00 desembarcamos, a viagem foi ótima, deu pra dormir bem. No porto não tínhamos muita vista da cidade... e, prá variar, nenhum táxi queria levar a gente... que perseguição...rsrs, mas logo conseguímos.. e adivinhem onde ficava nosso hotel – Sophia Pension – o mais gracioso e charmosinho da viagem a Grécia, me apaixonei... DENTRO DA CIDADE ANTIGA – MEDIEVAL – emoção sem fimmmm. Sabe por que nenhum táxi queria levar a gente... kkk, porque ficava do outro lado – quase em frente ao porto.... rsrs. O táxi nos deixou em frente ao portão da entrada principal da cidade, pois carro não entra lá... daí fomos puxando as malas até a pensão... que ficava bemmm longe do portão... mas tudo bem... eu estava numa cidade medieval... Deixamos as malas, pois nosso check-in era somente as 13h, saímos andar, observando cada lugarzinho dessa cidade e comer algo. Me apaixonei pela cidade, pelas ruas, o Castelo do Grão Duque... quanta história rolou nesse lugar, quantas aventuras, lutas, é emocionante demais. Fomos até o portal onde ficava o Colosso de Rhodes (uma das sete maravilhas do mundo antigo, que hoje está no fundo do mar... depois de um terremoto), no lugar tem 1 casal de alces (símbolo de Rhodes), estão onde um dia ficavam os pés do Colosso, pra mim foi muito importante ver tudo isso... parece que volto na história... Não tinha vontade de sair de dentro da cidade antiga... por isso que, da parte nova da cidade, só vimos o porto e o Mercado em frente ao portal, nada de shopping... lojas... somente as lojinhas de dentro..rsrs.. queria curtir cada minuto... cada esquina... cada pedra... cada ruína... que delícia... ficamos por 2 dias.. Gastos 6º dia - táxi = € 2,00 - salgado = € 2,20 - água + suco = € 1,70 - souvenires = € 7,00 - museu/Castelo = € 6,00 - jantar ?? 17/06 (7º dia) – Compramos um passeio de barco que nos levou até a praia de Lindos (praia linda, lugar divino e com Acrópolis), passamos pelo Morro de Tampsika e avistamos parte do mosteiro, pela Baía de Antony Quinn e outros lugares lindos... o azul do Mar Egeu é divino... sem igual. O passeio durou das 9h30 as 17h30... cansou.... mas valeu cada minuto. O barco parou num lugar para quem quisesse mergulhar... que água... transparente... as fotos falam... muito lindooo. Em Lindos... mais subida... com mulinhas...rsrs... não consegui chegar na Acrópolis, mas a de Atenas já tinha me preenchido. que água desse mar.... um azul divino!!! DIA ESPLÊNDIDO!! À noite, demos a última andada pela cidade, jantamos... e fomos dormir para de manhã partirmos para Marmaris-Turquia. Encerrava aqui nossa visita a GRÉCIA – que ficará gravada em minha mente e coração por toda eternidade. Apaixonei-me por cada lugarzinho que passei dessa terra maravilhosa. Que vontade de voltar...... Salve Grécia com suas histórias, seus lugares, seus encantos!!! a-p-a-i-x-o-n-e-i Gastos 7º dia - passeio = € 15,00 - almoço = € 3,00 - águas + sorvete = € 1,75 - raladorzinho = € 2,50 - jantar = € 6,50 - colares+pulseiras+brincos = € 56,00 - hotel = € 55,00 (comprei o que quis e pude... rs) “Viajar, seja qual for o destino... conhecer o mundo e suas maravilhas... chegar perto de Deus... conhecer suas criações e atos”. (Bonfa) “Viajar é aproveitar o que o mundo tem de melhor a oferecer”. MAIS ABAIXO ESTÁ O RELATO SOBRE A TURQUIA
  9. Desculpe Edvania... mas não deu mais pra entrar no site.. e vi sua msg agora... espero que tenha dado tudo certo. bj
  10. Fantástico seu relato.... farei esse trajeto em junho... só que começando por Atenas (e na Turquia entraremos por Marmaris e iremos para Selçuk, Pamukkale, Goreme e Istambul... e já estou apaixonada. Vou acompanhar o fim de seu relato.. estou curiosa. Abs
  11. Boa dica.... faço minhas unhas, minha mãe e irmã são manicures e sobrinhas e netinha doidas por esmalte.... vou fazer a festa (rs)... muito obrigada mesmo pelas dicas. gde bjo
  12. Amei seu relato.... irei lá em junho... não tem problema comprar as passagens de ônibus e avião por lá mesmo??
  13. Oi Juliana, sim vamos entrar por Marmaris, passar por Selçuk e Pamukkale e vamos passar a noite no ônibus.. vamos ter que aguentar..rs, pois o tempo é curto... teríamos que ficar uns 20 dias para andar com calma... se vc tiver mais informações te agradeço.
  14. Olá pessoal, estou muito feliz em poder compartilhar com vocês meu roteiro de viagem. Depois de muito pesquisar e ler os relatos aqui no mochileiros (por uns 3 anos...rs), agora finalmente, eu vou..... Vou passar meu roteiro e sei que muitos vão achar muito apertado... mas a vontade de querer ver tudo e não ter tempo (e muito $)... é muito grande. Depois vou deixar umas perguntas e quem puder me informar, agradeço muito. Segue então meu roteiro (nosso... vamos em 03 amigas): 10/06 - 18h30 - Saída Guarulhos x Zurich x Atenas 11/06 - 16h40 - chegada em Atenas 13/06 - 08h05 - ferry para Mykonos (chega 12h40) 14/06 - 13h50 - ferry para Santorini (chega 16h45) 16/06 - 00:50 - ferry para Rhodes (chega 09:00) 18/06 - ferry para Marmaris (pela manhã - ainda não marcado) - ida para Aydin / Selçuk (ônibus/van) - dormir em Selçuk 19/06 - de Selçuk para Pamukkale (saída a tarde de ônibus) 20/06 - Pamukkale para Goreme (viajando a noite) 23/06 - Goreme para Istambul (pela manhã) 26/06 - 17h40 - retorno SP Ficou um pouco apertado não é? Então, como eu disse estamos com a passagem comprada, hotéis reservados, os ferrys das ilhas comprados... só está faltando o ferry de Rhodes para Marmaris (ainda não estão vendendo) e as passagens de ônibus de Pamukkale para Goreme e de avião de Goreme para Istambul. Será que podemos deixar para comprar lá? Corremos o risco de não embarcar? Obrigada... até mais.... Isabel
×
×
  • Criar Novo...