Ir para conteúdo

Helen Pusch

Colaboradores
  • Total de itens

    219
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    1

Tudo que Helen Pusch postou

  1. Sim! Muito! O povo mais querido e amável que eu já conheci! E as atrações turísticas são fantásticas! Oi, Fabiano! Obrigada por "visitar" meu relato eheh. Teus relatos ajudaram demais na minha viagem, muito obrigada novamente! Abraço.
  2. Olá, Luma! Ainda não conheci nenhum dos outros países asiáticos além do que relatei aqui, então fica bem complicado opinar sobre eles... Sobre ficar corrido ou não, depende dos lugares que tu pretendes visitar. Se por exemplo, tu reservares 10 dias para a Tailândia: colocar 2 ou 3 cidades-base tá tranquilo, acima disso acho que começa a ser correria... Abraço! Olá, iaosp! Muito obrigada! Paguei 1300 bahts, o equivalente na época a +-36 dólares. Abraço!
  3. Oi! Tirando a parte de Koh Samui e Koh Tao, que não estive, acho que a distribuição de dias está boa. Só acho que tu podes enxugar aquele deslocamento Chiang Mai-Bangkok-Phi Phi e colocar tudo em um dia só, tem voos diretos de Chiang Mai para Krabi ou para Phuket e tu poderias tentar encaixar com os horários dos ferrys para Phi Phi. Abraço!
  4. Olá, Rafael! Infelizmente não tenho como opinar a respeito das Filipinas, não estive por lá! Quanto ao teu roteiro inicial, eu inverteria a ordem de Chiang Mai e praias, iria de Kuala Lumpur direto para Chiang Mai e depois para Krabi para um gran finale nas praias. Boa viagem!
  5. Ilhas Gregas, que maravilha! Essa viagem está nos planos, vou novamente usar teu relato que com certeza será excelente! Eba!
  6. Sério que tu também ficou com a Memay?! Que coincidência! Pode ficar orgulhoso sim, teu relato ajudou demais! Muito obrigada novamente! Abraços!
  7. Olá, Priscila! Muito obrigada! Puxa, sobre a tua dúvida, não vou poder ajudar... Uma das primeiras decisões que tomamos, bem no início do planejamento, foi a de fazer os trechos internos de avião para ganhar tempo. Li muito pouco sobre os deslocamentos de ônibus e trem, mas tinha visto algumas coisas interessantes nesse site aqui: http://www.seat61.com/ (o foco são as viagens de trem, mas tem também bastante informações sobre outros meios). Com certeza em outros relatos aqui do Mochileiros tu encontras dicas de quem fez esses trechos desta forma. Boa sorte, boa viagem e bom casamento!
  8. Na verdade já fui, já voltei e terminei o meu relato! E agora resolvi ter um pouco de vergonha na cara e agradecer às pessoas que relataram antes e que ajudaram no meu planejamento!
  9. Olá! Excelente relato! Foto lindas e muitas dicas úteis e importantes! Obrigada por compartilhar! Abraço!
  10. Adorei os posts (e o blog) de vocês! Especialmente o senso de humor, com doses fortes de sarcasmo ! Obrigada por compartilhar! Abraços!
  11. Ótimo relato, além de ser muito engraçado! Adorei o fluxograma sobre a rotina em Phi Phi! Muito obrigada por todas as informações, foram muito úteis! Abraço!
  12. Olá! Li teus três relatos sobre o sudeste asiático e eles ajudaram com bastante informação para o planejamento da minha viagem! Obrigada por descrever tudo tão bem! Abraço!
  13. Oi, Angie! Só para agradecer pelo ótimo relato, usei muitas informações tuas no meu planejamento! Abraço!
  14. Obrigada pelo teu relato, ele foi bem importante na minha decisão de fazer o mesmo tour. No fim das contas, o Maya Bay Sleep Aboard foi uma das melhores coisas da viagem, e recomendo a todos! :'> Abraço!
  15. Obrigada pelo relato e por todas as informações! Foi muito útil no meu planejamento! Abraço!
  16. Olá! Só para agradecer pelo teu excelente relato! Ajudou muuuito no meu planejamento! Já fui, já voltei, já escrevi meu relato e só agora criei vergonha na cara de agradecer às pessoas pelos seus relatos, mas... "antes tarde do que mais tarde", certo? Abraço!
  17. DIA 31 (27/01/16) Praia pela manhã; Ferry para Phuket; Voo para Amsterdã 20:20 Além da "deprê" normal de fim de viagem (ainda mais por estar indo embora de um lugar tão fantástico), amanheci passando mal... Pois é, muitas pessoas relatam que passaram mal em algum momento durante sua viagem pelo sudeste asiático, devido ao tipo de alimentação ou às más condições de higiene, e eu entrei para essa estatística aos 45' do 2º tempo. Especialmente em Phi Phi, tive o cuidado de não comer nada cru (tipo frutas ou sucos) e nem em barracas de rua. Água sempre mineral, em todos os lugares em que estivemos. Mas, ainda assim, antes do dia clarear eu já estava super nauseada e com vontade de devolver toda a janta do dia anterior… Eu mal tinha condições de levantar da cama, então fiquei tentando dormir e o Rodrigo foi aproveitar as últimas horinhas de praia. Apesar do horário normal do check-in deles ser 11h, no dia anterior uma moça da recepção nos disse que poderíamos sair 12h. Às 11:10 toca o telefone do quarto e uma mulher fala: "check-out time eleven o'clock" . Tentei argumentar que outra pessoa tinha nos dito que poderíamos sair ao meio-dia, mas ela só repetiu "check-out time eleven o'clock". Vi que não ia adiantar nada discutir por telefone, me enfiei debaixo do chuveiro pra ver se me reanimava um pouco e comecei a catar as coisas que ainda não estavam dentro dos mochilões. Enquanto isso, o quarto girava ao meu redor... ãã2::'> Ali pelas 11:30, o Rodrigo chegou e aí descemos na recepção para explicar a situação. A criatura se convenceu, e voltamos ao quarto para arrumar as últimas coisas. Liberado o quarto, fiquei em uma espreguiçadeira à beira da piscina enquanto ele foi almoçar. Ali pela uma e meia, um funcionário da hospedagem nos acompanhou até o píer, levando nossos mochilões em um carrinho (ainda bem, eu mal aguentava a mim mesma). Peguei uma coca-cola e embarcamos no ferry. Achei engraçado o ferry bastante vazio... Largamos as bagagens na área apropriada e sentamos na parte mais baixa do barco, onde tinha um ar condicionado bem bom e pouca vista, eu não estava podendo nem com a ideia de ver o mar balançar... ãã2::'> Deu 14 horas, 14:05, 14:10 e nada do ferry partir. Fui perguntar a um funcionário qual era o horário de partida e ele informou: 14:45. Meeeudeeeus, meu mal-estar passou naquele momento! O fiadapu nos vendeu um bilhete para as 14h (e escreveu no voucher: 14 horas). Quando compramos, ele perguntou o horário do nosso voo e deu uma balançadinha com a cabeça, como quem diz "vai dar tempo". Mas na verdade aquele ferry (daquela companhia, que acabei nem reparando qual era) saía 14:45. #ficaadica: especialmente para quem está indo para Phuket para pegar um voo, fiquem bem atentos a esses horários de saída dos ferrys, confirmem bem com o vendedor. Enfim, fui tomando água e coca-cola durante o trajeto e aos pouquinhos me sentindo melhor. Mais ou menos 17 horas chegamos em Phuket, ainda levamos uns 15 minutos até nos enfiarem em um carro para ir até o aeroporto. Junto com nós foram dois caras, acho que americanos, muito putos da cara porque já estavam com o horário bem apertado. Havia mesmo várias obras no caminho, levamos quase uma hora até o aeroporto, mas deu tudo certo. Pena que não prestei atenção no nome da companhia que fez esse serviço para nós, mas o meu estado não me permitiu... Check-in e migração foram muito tranquilos. A essa altura eu estava com febre, o que por um lado foi bom porque dormi que nem um bebê durante o voo... Um detalhe curioso é que quando chegamos em Amsterdã (o voo foi Phuket-Abu Dhabi/Abu Dhabi-Amsterdã), nossas bagagens estavam cobertas por uma camada gosmenta de água de coco, congelada pelo frio dos porões do avião, um nojo. Acho que alguém inventou de querer trazer um carregamento de água de coco direto da Tailândia... E assim foi nossa viagem pelo Sudeste Asiático! Recordações para o resto da vida! Demorei, mas finalmente terminei o relato! Assim pude degustar por um pouco mais de tempo a viagem, escolhendo fotos, brincando de editar uns vídeos, etc... Falando em vídeos, fiz esse daí para resumir o que vimos e vivemos lá: Espero ter ajudado algumas pessoas a decidirem o que vão ou o que não vão fazer por aquelas bandas de lá. O que é certo é que SURREAL, e recomendo a todos! Fiquem à vontade para mandar dúvidas, comentários, elogios eheheh... Abraços e boas viagens a todos!
  18. Olá, Gabriel. Então, na época paguei 3000 bahts, mas sei que eles aumentaram para 3500. Informações atualizadas em https://krabi-konnect.trekksoft.com/en_AU/activity/34535/maya-bay-sleep-aboard. Oi, Aldair! Muito obrigada! Quando descemos na praia em Maya Bay, a maré estava bem baixa e caminhamos um bom trecho sobre as pedras. No tempo que ficamos na praia até anoitecer, a maré foi subindo novamente. Realmente, no começo o visual era um pouco diferente das fotos que eu já tinha visto, por ter um bom pedaço "seco", até que a água subiu de novo e ficou "normal". Na época do ano que fui, deu pra ver nas fotos, não dá para ver o sol se pondo, somente a claridade batendo nos paredões do lado direito de quem está na praia. Quanto aos horários, vou te dar estimativas : creio que pelas 17 horas o sol sumiu atrás das pedras e aí levou mais uma hora e pouco até anoitecer mesmo. De manhã, pelas 7 horas a gente já estava novamente na praia e ela já estava com bastante claridade, mas só ali pelas 8h o sol foi aos poucos subindo e batendo na água. Acho que essas questões dependem da época do ano que tu vais (por causa do horário do nascer e do por do sol) e da tábua de marés também. Se tu optares por ir com barco privado, te recomendo ir beeeeem cedo e chegar antes das multidões. Mas eu achei a experiência de dormir lá umas das coisas mais incríveis que fiz nessa viagem. Abraços!
  19. DIA 30 (26/01/16) Phi Phi (Loh Dalum) Dia completamente à toa aproveitando a paradisíaca praia de Loh Dalum. Pensamos em fazer o passeio para Bamboo Island, mas gostamos muito desse dolce far niente de passar o dia à beira do mar sem hora para nada e foi essa nossa opção. Nossas necessidades básicas eram supridas a menos de 100 metros dali (cerveja e pizza) e assim ficamos até o final da tarde. Demos uma caminhada no centro para fechar o transfer para Phuket para o dia seguinte. Olhamos em diversas agências, a maioria também oferece a opção do translado até o aeroporto. Todos estavam cobrando 450 bahts por pessoa, fechamos com um cara que era o único a oferecer por 400. Pedimos pelo ferry das duas da tarde, nos disseram que em Phuket a estrada até o aeroporto estava em obras e poderia demorar, assim a margem de tempo estava boa (nosso voo era às 8 da noite). Voltamos para a pousada e ainda aproveitamos a piscina bem boa deles, até quase anoitecer. À noite passeamos novamente no centrinho e jantamos em outro restaurante não tão caro (para os padrões de Phi Phi) de comida tailandesa, o Pum Thai Restaurant. Lugar bem pequeno e simpático, comidinha simples. Gastos do dia (bahts): 80 ceva 80 pizza 285 lanches e etc na 7eleven 400 transfer ferry Phuket+ van até o aeroporto (por pessoa) 551 janta
  20. Olá, Gabriel! Obrigada ! Aquele lá é o preço do barco, que pode levar até 6 pessoas. Por exemplo, se for um casal sai 1900 for person eheh. Sai às 8 da manhã e retorna 4 da tarde. Esses preços são das saídas de Ao Nang. Quando estávamos em Phi Phi, que fica bem mais perto de Bamboo Island, chegamos a ver com um barqueiro por 3000 bahts. Abraço!
  21. DIA 29 (25/01/16) Retorno a Phi Phi; tarde praia (Loh Dalum); view point Mal começou a clarear o dia e a galera já foi levantando. O visual era absurdo de lindo: no lado da praia a claridade vinha aumentando por trás dos paredões e do outro lado a lua ia se pondo. Tomamos um café da manhã simples e fomos para a praia (um barco pequeno faz umas 3 viagens para levar todos do barco até a praia. É necessário um calçado, se a maré está baixa temos que caminhar um trecho em cima de pedras). Novamente ficamos aproveitando Maya Bay só para nós, enquanto um ou outro barquinho de turistas vindos de outras ilhas a recém estava chegando. Uns três ou quatro caras ficaram no barco, a ressaca estava forte demais para eles conseguirem se mexer . E um outro veio para a praia, mas ficou estatelado na areia, cochilando . Tiramos aquela foto clássica do grupo, com todos pulando. Voltamos para o barco, tivemos mais um pouco de tempo para mergulhar de snorkel e… ninguém queria, mas fomos embora... O mar estava mais fortinho no retorno. Sentamos bem na proa do barco, saltando a cada onda. Pegamos nossas bagagens no escritório e fomos direto para a pousada. Chegamos antes do horário do check-in, mas o quarto já estava pronto e eles nos deixaram entrar. Só largamos nossas coisas e fomos pra praia de Loh Dalum. Passamos a tarde ali. Em uma rua que sai na praia tinha tudo o que a gente precisava: mercadinhos vendendo ceva gelada e vendedores de pizzas em fatia (tem desses aos montes). No final da tarde, subimos até o view point. A subida é cansativa, ainda mais com o calor que faz, mas o visual lá de cima realmente compensa. Fizemos um caminho a partir da nossa pousada, não era um caminho muito frequentado. Passamos por uma espécie de posto de controle onde temos que pagar uma taxinha para passar, com uma escadaria que leva até a parte mais alta. Ouvi falar algo sobre uma possibilidade de subir por outro lado e não pagar esse “ingresso”, mas não descobrimos onde fica. Descemos pelo caminho mais comum, o sol ainda não tinha se posto e muitas pessoas ainda vinham subindo, esbaforidas. Vimos muitas hospedagens nesses arredores e também bares/restaurantes com vistas bem legais. À noite saímos para o centrinho, que tem de tudo. Restaurantes chiques e restaurantes mais econômicos (das mais variadas cozinhas), bares, baladas, lojinhas, artesanatos etc. Depois de passear bastante, procuramos um restaurante com preços menos antipáticos e acabamos jantando no Anna’s, um lugar de comida tailandesa e bonitinho, comida ok. Gastos do dia (bahts): 70 ceva do mercadinho perto da praia 80 fatia de pizza 30 escadaria para o view point (por cabeça) 239 7eleven (compras diversas: lanches, água, cevas, etc) 500 jantar
  22. Olá! Cada um desses países tem atrações para preencher com folga 20 dias de viagem! Ficar 5 dias em cada seria um pecado, na minha opinião. Até mesmo porque na função de check-out+deslocamento+ check-in entre eles, tu gastarias praticamente um dia inteiro, ou no mínimo metade, sobrando 4 dias para cada. Sugiro focar em um deles, no máximo 2. Recomendaria só Itália OU só França OU Espanha+Portugal. Mas isso é o meu estilo de viajar, gosto de curtir os lugares com mais calma. Pense a respeito dos lugares que tu faz questão de conhecer e pese se vale a pena a correria de ir de um para o outro. Se tu puderes ir em outra época, tipo maio ou outubro, com certeza será mais econômico, além das atrações estarem menos abarrotadas e o clima ser mais ameno. Abraço!
  23. Muito obrigada, belbaleira! Quem não tem palavras sou eu! Sou de Porto Alegre, mas sinto-me abraçada! Estou quase terminando a "novela" viu, falta relatar só três dias... É meu estilo de viagem ter as coisas mais planejadinhas com voos, hospedagem reservada etc. E preferi os voos pra ganhar um pouco mais de tempo mesmo. Mas é plenamente viável fazer da maneira que tu queres, muita gente faz e acho que alguns trajetos devem ser experiências muito legais, tipo o trem entre BKK e Chiang Mai ou entre Hoi An (Da Nang) e Hue. Acho que teu roteiro está muito bom. E esse voo direto de Chiang Rai para Phuket é um achado! Acho que teria feito o mesmo que tu se esse voo existisse na época (ou eu que não fiquei sabendo...). Enfim, fazer e refazer o roteiro mil vezes faz parte. Cada vez que leio um relato de outra pessoa ou uma informação nova penso que poderia ter feito diferente a viagem, mas é assim mesmo. E no final das contas, de um jeito ou de outro a gente aproveita muito porque lá tudo é demais! Ótima viagem pra ti, se tiveres mais dúvidas fique à vontade para perguntar! Abraço!
  24. Oi, Luiz! Não posso dizer que tenho "problema sério", mas eventualmente enjoo em barcos. Esse de Maya Bay foi bem tranquilo, era um balanço agradável. No dia seguinte durante o retorno pegamos um mar mexido, mas não a ponto de enjoar. Não vi ninguém passando mal no barco, tirando a galera que bebeu demais eheheh. Depende muito do quanto tu enjoa (e das condições do dia, é claro), mas pensa com carinho porque é sensacional!
×
×
  • Criar Novo...