Ir para conteúdo

alexandresfcpg

Membros
  • Total de itens

    470
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    4

Tudo que alexandresfcpg postou

  1. Ah tá, é tipo uma cotação paralela de quem faz câmbio na rua? É isso mesmo?
  2. Então fabiano, pretendo comprar na hora mesmo. Desculpe minha ignorância, mas o que é câmbio blue?
  3. Beleza Pedrada, vou dar uma olhada nesses sites. E com relação a parada, vou direto pra B. A. mesmo por questões de cronograma de viagem, mas valeu pela dica!
  4. Primeiro precisa reservar as entradas, e você fazer de duas formas: entrando no site do governo peruano (coloquei o link no relato) ou comprando de alguma agência por lá, sempre tem. Eu particularmente recomendo compra do site, sai mais em conta e já vai garantido pra lá. Já pra ir a Machu Picchu, a partir de Cusco, tem algumas opções: por trem (caro pra porra, mas muito mais seguro, rápido e confortável) ou por trilhas. Pelo trem, dá pra reservar pela Internet (entra no site da Peru Rail ou da Inca Rail) ou pode comprar lá, ao lado da Praça de Armas de Cusco tem uma agência da Peru Rail. Já
  5. Cara, relaxa, agência é o que não falta em Arequipa, fiz o meu lá na hora e foi de boa, aliás tu vai ficar até com raiva dos caras de tão chatos que são, eles fazem um corredor polonês na calçada pra arrebanhar turistas. Tem três tipo de tour: o de um dia, bem corrido, acorda às 3h; o de dois dias turístico, você sai num dia, dorme em Chivay e no outro dia vai pra Canyon; e o de dois dias com trekking, você desce o canyon, dorme lá embaixo numa hospedagem, e sobe no outro. Eu fiz o de dois dias turístico e não gostei, tu perde um dia de bobeira, se for fazer ou faz o de um dia ou o de dois com
  6. Ano passado fiz de Puno a Arequipa, e depois de Arequipa a Cusco de ônibus. Em ambos os casos fui pela companhia Transzela e recomendo muito, na época paguei 50 soles de Arequipa a Cusco, ônibus super confortável, De Puno a Arequipa eu comprei ainda na Bolívia, peguei um preço bom também.
  7. Salve galera mochileira! Chegarei ao Uruguai vindo pela Argentina, irei de barco para Colônia e depois para Montevidéu e Punta del Este. É possível trocar reais por pesos em Colônia? E caso sobrem pesos argentinos, dá pra trocar por lá também? Troco tudo lá ou só uma parte e o resto em Montevidéu? E, por último, quanto está o câmbio atualmente por lá (se possível, em ambas as cidades)? Desculpem o excesso de perguntas, mas informação é a melhor arma pra não passar apuro né rsrs Abraços!
  8. Fui no ano passado, peguei o ônibus da Cruz del Sur ás 3h30 em Lima, cheguei em Paracas por volta das 7h30 / 8h (não lembro exatamente) e no próprio local onde fica a agência da cruz del Sur tinha uma agência na qual fechei os passeios, um saia 70 soles e o outro 80 soles, você paga quando volta do passeio. Eu não lembro o nome, mas recomendo, os passeios forma bons e o guia foi o melhor que tive em todo o mochilão, chamava-se Luis. Saímos pro passeio das ilhas umas 9h, 9 e pouco e voltamos do passeio da reserva umas 16h e pouco, pegamos o ônibus de 18h45 e voltamos pra Lima, tudo no mesmo dia
  9. Salve galera mochileira! Tenho duas perguntas: quanto está valendo o real em Buenos Aires pra câmbio e também em Salta (passarei por Salta antes de Buenos Aires, pois virei do Atacama); e caso sobre pesos chilenos, é possível trocar por pesos argentinos em Salta?
  10. Olá pessoal, como vou começar meu mochilão pelo Atacama, eu passarei por Salta primeiro e depois irei a Buenos Aires, e pretendo fazer de ônibus mesmo, terei tempo pra isso (tudo pela economia). Quanto tá saindo mais ou menos um ônibus que faça esse trajeto? Tentei pesquisar pela Internet, mas o site das companhias que pesquisei é ruim de consultar.
  11. Entendi. Então, no mochilão do ano passado, fiz quase igual: tomava um café da manhã monstro, almoçava legal (sempre procurava os lugares onde os nativos comiam) e comia alguma bobeira de noite. Seguirei esse padrão esse ano. Uma coisa que farei é abusar dos supermercados, comprar bastante coisa que d~e pra ir alimentando nos passeios, parece que não, mas é mó economia. Obrigado pela resposta!
  12. Olá João! Estarei indo pro Atacama agora em setembro, e embora você ainda vá continuar o seu relato, preciso saber quanto mais ou menos tu gastou com alimentação em SPA, qual a média de valor das refeições e se tem lugares mais econômicos pra comer por lá. E também com relação a hospedagem, esse hostel que você ficou, quanto tava o quarto compartilhado? E só completando, o relato do Nogy é épico mesmo!
  13. Mês que vem farei esse roteiro, só que antes passarei pelo Atacama e norte argentino. Coloquei uns 4 dias pra BA, 1 pra Colônia, 2 em Montevidéu, dou uma passada em Piriápolis e depois P. del Este, volto a Montevidéu e de lá SP. Cabo Polônio e Punta del Diablo são alternativos, dependendo do desenrolar do mochilão posso incluí-los.
  14. Fala Tiago, beleza? Então, eu gastei por volta de 4200 contando com alimentação, transporte (incluindo 4 aéreos), hospedagens, passeios, comprar, cervejas, e até o seguro de viagem. Se quiser dar uma olhada, na primeira página eu postei uma planilha de despesas que tá bem detalhada por item. Se não conseguir abrir ou tiver alguma dúvida pode perguntar de boa. Abraços e boa viagem, não irá se arrepender, é fantástico esses lugares!
  15. Fiz em setembro/outubro do ano passado, passei por S. Cruz, Sucre, Uyuni, La Paz, Copacabana, Arequipa, Cusco e Lima, fiz Salar do Uyuni, Canyon de Colca, Machu Picchu e Valle Sagrado e Ilhas Ballestas e indico todos eles. Durou 23 dias e gastei ao todo (incluindo passagens, hospedagem, alimentação, passeios, seguro de viagem) em torno de 4200,00, levei 2600,00 tudo em real e troquei por lá, foi de boa, embora o valor não seja muito vantajoso. Com relação a hostels, só reservei o Jodanga em S. Cruz com antecedência, o restante fui arrumando pelo caminho, recomendo o Wild Rover que tem em La
  16. Bastante útil seu tópico, em breve estarei em terras colombianas.
×
×
  • Criar Novo...