Ir para conteúdo

Jeferson Jess

Membros de Honra
  • Total de itens

    54
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre Jeferson Jess

  • Data de Nascimento 02-08-1983

Bio

  • Ocupação
    Jornalista e Arquiteto de Informação

Outras informações

  1. Pessoal, Gostaria de opiniões sobre a bota Sanabria, da marca espanhola Altus. Alguém já usou ela ou tem mais informações sobre a marca? http://www.altus.es/ficha_prod.php?idioma=1&idartic=4010036&posi=c Abs!
  2. Salve galerinha! Quem me indicou este topico foi o Cleber... sou de Curitiba tmb, mas estou morando agora em POA. Estou ainda me adaptando por aqui, mas já to na fissura de conhecer as redondezas, fazer trilhas ou alguma maluquisse. Já trouxe meu carro pra cá e mês que vem quero trazer minha bike pra encarar algumas cicloaventuras tmb Pena que eu perdi o travessia de Muçcum e Gaporé.. mas sou parceiro para as próximas. Meu fone aqui em POA é 51 8134-8831 Até mais! Jeferson
  3. ... O segundo princípio da vida é a peregrinação. A vida deve ser uma busca – não um desejo, mas uma pesquisa: não uma ambição para tornar-se isso, para tornar-se aquilo, um presidente de um país, ou um primeiro-ministro, mas uma pesquisa para encontrar ‘Quem sou eu?’. É muito estranho que as pessoas que não sabem quem elas são, estão tentando se tornar alguém. Elas nem mesmo sabem quem elas são neste momento! Elas não conhecem os seus seres – mas elas têm um objetivo de vir a ser. Vir a ser é a doença da alma. O ser é você e descobrir o seu ser é o começo da vida. Então cada momento é uma nov
  4. Este relato de viagem será diferente. Será contado em tempo real e com a ajuda das pessoas que estiverem conectadas. Nos dias 10 até 13 de setembro irá acontecer em São Paulo a Adventure Sports Fair 2009, a maior feira de esportes e turismo de aventura da América Latina. A Expedição Carona Interativa pretende marcar presença na feira dia 13/09 (domingo), mas para que isso ocorra terá que encarar um desafio: sair sábado à tarde de Curitiba e retornar depois da feira até 14/09 (segunda-feira) às 9h, levando consigo apenas a roupa do corpo, carteira de identidade, um Iphone 3G e R$ 1,00 n
  5. Legal pessoal! Quero muito entrar em contato com vcs e trocar umas idéias. Estou pensando em bolar uma seção de entrevistas de caroneiros no blog da Expedição (www.caronainterativa.com.br). O que acham da idéia? Meu msn é [email protected] Abraços, vamos conversando!
  6. Chega de doses homeopáticas!!!! Queremos o resto da históriaaaaa!!
  7. Ainda não dá pra dizer o nome do filme.. o roteiro está incompleto! Continuaaaaa... rs
  8. Haha.. que doidera.. To curioso pra saber o resto da história!!
  9. Fala Rogério! Muito legal o relato... Pena que alguns picos passaram batidos, Boipeba, Barra Grande e Caraíva. Mande umas fotos pra galera! Abraços!
  10. Oi Dete... Realmente depois de uma situação de risco vc aprende muitas coisas. Claro que hoje tomo mais cuidado na hora de fazer loucas aventuras... Mas em compensação me sinto mais preparado para resolver algum tipo de imprevisto durante a viagem... Abraços
  11. Em julho de 2002, eu e mais um amigo fomos para Machu Picchu, pelo clássico roteiro do trem da morte, sem dinheiro e querendo desvendar uma trilha recém descoberta que dava acesso a cidade sagrada. Era o Caminho de Salcantay, que durava sete dias e se encontrava com a tradicional Trilha Inca. Salcantay é uma montanha sagrada do Peru, com quase 6.300 metros e onde está o ponto mais crítico da trilha, sua passagem próxima ao cume. Mas até onde sabíamos, não iríamos enfrentar neve pelo caminho... Dias antes de começarmos nossa caminhada, uma forte onda de frio atingiu o Peru e Bolívia deixand
  12. Fala galerinha.. Fui pra Chapada e achei muito maneira as trilhas de lá... Mas a trilha mais alucinante que encarei foi o Caminho de Salcantay, no Peru, sem guia e com a trilha coberta de neve! Foram sete dias passando pelos Andes, Floresta Amazonica e depois Machu Picchu. Abraços
  13. Maneiro o findi em Claudinha! Sempre digo que a pior parte de qualquer trip é sair de casa. É onde rolam as coisas mais negativas, os amigos furam, os pais se preocupam demais, o trampo atrapalha, etc. Mas depois, quando se está na estrada, parece que tudo se transforma. Não importa se tá viajando sem grana, de carona, passando por perrengues... na estrada, tudo vira curtição e adrenalina! On the road, sempre! Bjus!
  14. Dae Marcelo... A galera já tinha me falado um pouco dessa história, mas esse relato ficou show de bola! Abraços! Jeferson www.carona.pop.com.br
×
×
  • Criar Novo...