Ir para conteúdo

rodrigo.2014

Colaboradores
  • Total de itens

    309
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que rodrigo.2014 postou

  1. Sério? Estou planejando ir em Maio Esse preço é no mercado ou em restaurantes? Somente em Ushuaia?
  2. Eu cheguei no Panamá umas 20 h e meu voo pro Brasil saiu umas 15 horas. 1) Dormir no aeroporto lá vai ser difícil. A não ser que você já tenha feito isso antes. Procure ver no site se o aeroporto não fecha após determinado horário. Acredito que não fecha! 2) O trânsito no Panamá é caótico!!! Demorei 30 minutos do aeroporto até o hotel! No dia seguinte, sai do hotel lá pelas 11 h e demorei quase 3 horas pra chegar no aeroporto. No domingo não deve ter muito trânsito por lá 3) Não vai dar tempo de você ir até o canal. Daria tempo se você acordasse muito cedo. Mas ai você que sabe. Melhor ir fazer um tour pelo centro mesmo pela manhã.
  3. rodrigo.2014

    Esqui no Chile

    Recomendo vocês irem pra El Colorado Farellones é meio sem graça. El Colorado fico um pouco mais acima, mas é bem melhor. Tem uma estrutura boa com lanchonetes e área de descanso. E também tem uma pista pra iniciantes! Achei El Colorado mais bonito. Lá é mais alto e tem uma vista mais bonita.
  4. rodrigo.2014

    Esqui no Chile

    Pode usar o seu óculos de sol mesmo! A única coisa que é essencial é uma calça impermeável e uma luva própria pra ski/snow (impermeável). A blusa você pode ir com uma jaqueta impermeável ou um fleece. Você vai suar muito e sentir calor.
  5. rodrigo.2014

    Esqui no Chile

    A maioria das vans vão subindo e parando em todas as estações. Você pode até conseguir uma van que suba para o Valle Nevado direto, mas é mais difícil. E sim, a maioria das empresas vende tudo separado. Você pega o transfer e chega até a estação. Depois você compra seus ingressos. Tem empresa que vende o pacote completo, mas acaba saindo mais caro. Você quer ir para o Valle Nevado ou Farellones?
  6. rodrigo.2014

    Esqui no Chile

    Pegue as primeiras vans que partem para o Valle Nevado. Desse jeito você pegará menos fila para alugar a roupa e comprar o ingresso para esquiar.
  7. Esses passeios você consegue reservar nas próprias cidades. Em Arequipa e Cusco existem muitas agências de turismo. Conte com uma antecedência de um dia pra conseguir reservar. Mas normalmente as pessoas reservam quando chegam nestas cidades. Machu Picchu é bom você comprar o ingresso com antecedência, ainda mais se for subir Huayna Picchu. O ingresso para lá você compra pela internet As trilhas serão difíceis você comprar pela internet. Mas fique tranquila! Chegando lá você consegue reservar numa boa! Os peruanos são bem preparados para o turismo
  8. rodrigo.2014

    Esqui no Chile

    Não entendi. Você vai estar em Farellones e vai esquiar em outra estação mais acima? Se for isso, você pode combinar com uma agência (Ski Total) se eles podem te pegar em Farellones e subir com vocês para as outra estações. Mas vai ser meio trabalhoso... 1) Vocês vão ter que ter sorte de descer 7 pessoas em Farellones pra vocês "subirem" na van 2) Ou ter sorte da van não ir lotada e possuir 7 lugares vagos A estrada é um pouco perigosa por conta da neve. Para quem nunca dirigiu na neve pode ser um problema. Mas eu faria o seguinte.... As vans vão saindo de Santiago e deixando a galera nas estações. A todo tempo vai chegar van em Farellones para deixar gente. Nessa hora, vocês podiam conversar com o motorista e ver se ele pode deixar vocês nas estações mais acima. Lógico, vocês vão depender da boa vontade e de quanto ele vai cobrar por isso. Mas a quantidade de vans que vão chegando nas estações é grande. Vocês vão ter vários motoristas para negociar....
  9. Acredito que você achará vaga sem problemas Em Arequipa existem uma PORRADA de agência de turismo. O pessoal te aborda o tempo inteiro e já chegam perguntando qual passeio você quer fazer porque eles arrumam qualquer um. Então é bem tranquilo. Somente se você quiser fazer com determinada empresa, ai você pode acabar não achando vaga. Mas se não tiver preferência você achará várias empresas de turismo. É bem tranquilo!
  10. Providência!!!! Não fiquei em Forestal Mas o melhor lugar para ficar é em Providência. Ruas movimentadas, perto do metro, muita gente caminhando a noite Resumindo: Providência
  11. rodrigo.2014

    San Andrés

    Dá uma olhada na página de San Andrés no Melhores Destinos. Lá tem um fórum para cotação de dinheiro em San Andrés. Quando eu fui olhava lá. Todo dia alguém atualizava. Por aqui não consegui muitas informações
  12. 12º DIA (16/09) Último dia no Peru!!! Acordei cedo, tomei café, fechei a mala e fui fazer o check-out. O meu voo sairia de Cusco às 11 horas da manhã. Ainda no Brasil, eu tinha comprado o voo das 17:30 h. Esse é o último voo saindo de Cusco para Lima. Eu tinha lido antes que o aeroporto de Cusco fecha por qualquer motivo e os atrasos e cancelamentos são constantes. Na verdade, como o aeroporto é muito pequeno e fica rodeado por montanhas as condições de visibilidade devem estar ótimas. Qualquer chuva é motivo pro aeroporto "fechar". No primeiro dia em Lima um taxista falou pra eu adiantar meu voo. Era muito arriscado pegar o último voo. Se eles cancelassem esse voo eu estaria perdido e iria perder meu voo Lima - São Paulo. Eu iria voltar com a TAM e o voo interno era com a StarPeru. Com isso eu não teria nenhuma garantia caso a StarPeru não oferecesse o voo. Para quem compra os trechos com a mesma companhia aérea é mais tranquilo! Faltando uns 3 dias para o término da viagem eu recebi um e-mail da StarPeru dizendo que meu voo tinha mudado e eu iria no voo das 11 horas. Perfeito! Nem precisei tentar antecipar. Voltando ao relato.... Fiz o check-out, deixei minha mala na recepção e fui atrás dos últimos presentes! Comprei uma porrada de chaveiro, chocolate e mais algumas coisas. Voltei para o hotel e peguei um táxi (13 soles) até o aeroporto. O caminho demorou uns 20 minutos. Não tinha muito trânsito nesse horário. Chegando no aeroporto fui até o balcão da StarPeru despachar as malas. O aeroporto de Cusco é muito pequeno e não tem quase nada. Na sala de embarque tem algumas lojas de roupa e cafés. Fiquei esperando o embarque e lendo um livro. Eu só queria entrar naquele avião e chegar em Lima. Estava com medo de perder meu voo de volta para o Brasil. O voo da volta só sairia meia noite de Lima. Eu tinha muito tempo, mas estava preocupado. Embarque feito, decolamos e em menos de uma hora e meia estávamos chegando em Lima. Peguei as malas no aeroporto e fui tentar despachar na TAM, mas me disseram que só poderia fazer isso a partir das 18 horas. Na saída do desembarque doméstico existe um locker. Eu não lembro o preço. Acho que é 23 soles para deixar lá dentro ou 30 soles para deixar dentro de um locker mesmo! Eu não peguei o locker, deixei a mala lá dentro mesmo. Sempre tem um funcionário lá dentro e eu não tive nenhum problema. Esse preço vale por 24 horas. Mas tem preço por hora também. Só vale a pena pagar por hora por um período de até 3 horas. Depois é mais jogo pagar o valor do dia inteiro. Eu tinha planejado de ir até o shopping larcomar. Já era 13 horas e eu iria ficar no shopping até às 20 horas. Depois iria voltar pro aeroporto pra pegar meu voo que sairia somente meia noite. Peguei um uber pool (compartilhado). A corrida deu 29 soles até o larcomar. O problema de pegar o carro compartilhado é que demora mais. Eu não estava com pressa e foi bem de boa. Compartilhei o carro com uma senhora peruana gente boa pra caramba! Cheguei no larcomar e fui atrás de comida!!! Estava morto e nesse dia tinha decidido que queria comer bem! Resolvi comer no restaurante Tanta do famoso chefe Gastón Acúrio. Ele tem vários restaurantes e esse é o mais barato. Eu pedi um cheviche (40 soles) e uma cusqueña (13 soles). Caramba, que delícia! O ceviche veio muito bom. O problema foi que veio pouco. Veio como entrada! Eu iria pedir uma massa com camarões, mas fiquei preocupado em vir outro prato pequeno (gourmet) e eu ficar com fome. Eu tinha visto um hamburguer saindo da cozinha e estava GIGANTE! Decidi que iria comer aquele hamburguer. Que hamburguer bom!!!!! Eu sou fã demais de hamburguer e eu nunca comi um igual aquele. Muita carne, queijo, salada! Sem miséria. A conta deu uns 70 soles. Sai de lá totalmente satisfeito! Eu tinha ainda mais umas 4 horas pra rodar no shopping. Esse shopping é bem pequeno. Fiquei olhando as lojas e entrando em algumas pra matar o tempo. Lá tem bastante loja legal e é um shopping alto padrão. Pena que é pequeno, mas tem muito restaurante. Tem vários "steakhouses", no estilo outback. Tem cinema também. Por fim, fui no starbucks pegar um café e ficar no celular. Quando foi chegando as 20 horas eu fui pegar um uber. O problema seria o wi fi!!! Teria que pedir lá do starbucks e ir correndo pra rua! Pra minha sorte, o shopping tinha wi fi e o sinal chegava até na rua! Fui pra rua e consegui pedir o uber na calçada! O preço do uber x estava naquela tarifa dinâmica e a corrida estava custando 100 soles! Olhei no uber black e a corrida estava saindo a 50! Pedi o black e rapidamente cheguei no aeroporto. Demorou uns 25 minutos! A noite o trânsito fica bem mais tranquilo! Chegando no aeroporto, eu peguei minha mala e fui despachar. Passei pelo duty free e comprei chocolate. O milka estava muito barato e comprei umas 3 barras grandes. Estava com uma promoção: compre 3, pague 2!. O voo até São Paulo foi tranquilo e rapidamente estava no Brasil. Ainda comprei uma garrafa de Baileys em Garulhos. Acho que paguei 19 dólares. Eu tinha olhado o preço na ida e no Peru estava mais caro! Deixei pra comprar em Garulhos mesmo. Depois fui despachar minha mala e esperar meu voo para Brasília! Era hora de voltar pra casa!!!!
  13. ......continuando Depois da espera na fila eu entrei no micro-ônibus. A subida até Machu Picchu é em torno de 30 minutos. Quando chegamos lá em cima já fomos abordados por vários guias. Para quem está em grupo pode ser vantajoso. Eu não perguntei o preço, mas é bem caro! Como eu falei antes, as vezes comprar um livro com as explicações é válido! Ficamos uns 10 minutos na fila para entrar. Para entrar eles conferem o nome da entrada com o do passaporte. Não pedem cartão de crédito para conferir! É muita gente e isso ia tomar um tempo enorme. Após passar pela fila eu fui subir as escadas até o portão do sol. Vá primeiro nele! As fotos típicas de Machu Picchu são tiradas lá! Aproveite que ainda não vai estar entupido de gente. Deixe por último a parte "baixa" de MP. Dê preferência aos picos altos para fazer várias fotos! Porque depois das 10 h você não irá conseguir tirar fotos legais. A primeira foto de Machu Picchu...... Machu Picchu by Rodrigo da Silveira, no Flickr Machu Picchu by Rodrigo da Silveira, no Flickr MP by Rodrigo da Silveira, no Flickr Machu Picchu by Rodrigo da Silveira, no Flickr Machu Picchu by Rodrigo da Silveira, no Flickr Machu Picchu by Rodrigo da Silveira, no Flickr Machu Picchu by Rodrigo da Silveira, no Flickr Finalmente no portão do sol! A foto clássica de Machu Picchu.... Machu Picchu by Rodrigo da Silveira, no Flickr Eu fui subindo até o Portão do Sol e tirando várias fotos. Pelas fotos deu pra ver que tinha muita gente. Mas depois das 10 horas aquele lugar fica LOTADO. Então, a hora de fotografar é antes das 10 horas. Fiquei lá em cima tirando várias fotos! Depois resolvi ir até a ponte inca. Após passar por um posto é necessário colocar seu nome e país em um caderno. A caminhada até a ponte inca é de 10 minutos. Mas é um pouco insana! Para quem tem medo de altura é melhor nem ir. Se você escorregar vai cair em um precipício violento! Fui caminhado até a ponte e quando cheguei eu não acreditei. Essa é a ponte..... Ponte Inca by Rodrigo da Silveira, no Flickr Ponte Inca by Rodrigo da Silveira, no Flickr Caminho até a ponte Inca.... Ponte Inca by Rodrigo da Silveira, no Flickr Sinceramente, não perca tempo com essa ponte! Todo mundo acha que é um ponte insana! Mas são 4 tábuas dispostas lá! Perca de tempo total!!! Eu voltei até o portão do sol e tirei mais fotos! Nessa hora o sol já tinha saído e eu precisei tirar minha blusa de frio. Para alegria dos mosquitos! Eu tinha esquecido o repelente e acabei virando alvo deles! Lá existe um mosquitinho que te pica e chupa teu sangue. Parece um pernilongo, a diferença é que você sente ele te picando. Não esqueça o repelente!!! Lá perto do portão do sol fica cheio de alpaca e lhama. O problema é que todo mundo fica dando comida na tentativa de tirar uma self ou uma foto legal com elas. E o resultado disso é que os animais ficam extremamente "viciados" em comida. Não abra nenhuma comida perto delas, porque você será atacado! Uma hora eu sentei pra passar protetor solar e quando eu coloquei na mão o protetor uma lhama veio em cima de mim e deu uma cheirada na mão. Mas só cheirou e saiu fora!!! Todo mundo senta pra conversar e comer e as lhamas ficam só de olho..... MP by Rodrigo da Silveira, no Flickr MP by Rodrigo da Silveira, no Flickr MP by Rodrigo da Silveira, no Flickr Depois de descansar um pouco eu resolvi ir até a parte de baixo de Machu Picchu. Andar lá sem guia ou sem alguma explicação é a mesma coisa que nada! Fiquei por lá por uns 30 minutos. Nesse local é aonde tem mais guia e fica muito cheio de gente. Fui caminhando e cheguei até a entrada de Huayna Picchu. A entrada abre às 10 horas e o ingresso deve ser comprado antes! Acho que só sobem 200 pessoas por dia. Então quem quiser subir deve comprar com bastante antecedência. Após passar por lá eu resolvi sair pra carimbar o passaporte e ir ao banheiro. Entrada para Wayna Picchu... IMG_5114 by Rodrigo da Silveira, no Flickr "Cidade baixa" IMG_5104 by Rodrigo da Silveira, no Flickr IMG_5105 by Rodrigo da Silveira, no Flickr IMG_5133 by Rodrigo da Silveira, no Flickr Para ir ao banheiro você deve sair do parque.... IMG_5140 by Rodrigo da Silveira, no Flickr Carimbei o passaporte, fui ao banheiro e resolvi entrar de novo! Após a primeira entrada você pode retornar uma ou duas vezes. Eu entrei de novo e aquele lugar estava lotado! Muitaaaa gente. Como já tinha tirado bastante foto eu só sentei e fiquei admirando o lugar. Fiquei lá até meio dia. Meu trem saia às 14:30 eu tinha que estar na estação às 13:45. Na saída a fila estava enorme pra descer! Tem que sair com antecedência de no mínimo uma hora. A descida de micro ônibus demora 30 minutos. Eu cheguei em Aguas Calientes e ainda deu tempo de almoçar. Comi um menu del dia por 14 soles. Após almoçar fui para a estação! Entrei no trem e a volta até Ollanta foi tranquila! Coloquei um fone de ouvido e fui escutando música e dormindo. Estava morto! A viagem de trem foi tranquila e eu cheguei em Ollanta lá pelas 16 horas. Eu estava receoso de não achar alguma van pra voltar. Eu tinha lido que nesse horário é tranquilo achar. Uma coisa que eu pude ver no Peru é que aonde tiver turista vai ter gente oferecendo alguma coisa. Ao sair da estação havia um MAR de gente gritando "táxi" "van". Como eu estava sozinho o táxi ia sair caro. Eu achei um cara que tinha uma van e cobrava 10 soles até Cusco. Fechei com ele na hora e ele me levou até a van! Sentei na van e fique lá uns 15 minutos e ninguém chegava. Eu estava vendo que todos os turistas já estavam indo embora e não vinha mais nenhum pra van! Eu sai da van e um cara falou pra eu esperar que eles estavam esperando alguns turistas. Mas ninguém estava vindo! Eu acabei saindo e fui atrás de uma van que tinha realmente condições de sair! Achei uma que tinha duas meninas japonesas lá dentro! O motorista falou que já estava saindo e que seria 10 soles também. Entrei na van e partimos pra Cusco. O problema foi que esse cara parava toda hora pra entrar gente. Ele foi parando em tudo o que é cidade ao longo do caminho. O problema da van é que demora demais pra chegar em Cusco. Para demais! Eu não aconselho pegar a van! Ainda mais se for mulher e estiver indo sozinha. A van para em muita cidade isolada e não para pra pegar turista. Para pra pegar uma galera mais humilde. O melhor é tentar pegar um táxi com alguém e dividir! Cheguei em Cusco lá pelas 20 horas. Tomei um banho, passei as fotos e fui encontrar com a galera de Arequipa. Todo mundo estava passando mal por causa da altitude. Acabei indo sozinho pro pub irlândes. Tomei umas 2 cervejas, comi um hamburguer e fui para o Mama África. Última noite em Cusco! Fiquei até tarde lá e no dia seguinte tinha que acordar super cedo para fazer o check-out.
  14. 11º DIA (15/09) Finalmente chegou o grande dia! Machu Picchu sem dúvidas é o ápice da viagem. Muita gente vai primeiro pra lá e depois vai conhecendo os outros do lugares do Peru. Eu recomendo deixar MP por último! Depois de lá tudo fica sem graça! A entrada para Machu Picchu abre às 6:30 h e as vans começam a subir a partir das 6 horas. Todo mundo que dorme em Águas Calientes acorda super cedo pra ir logo para a fila. Aqui vão algumas dicas.... 1) Para facilitar, a cidade de Aguas Calientes é "cortada" por um pequeno rio. Os ônibus saem de lá pelo lado direito da cidade. Nesse mesmo lado você consegue comprar as passagens de ônibus para chegar até MP 2)Só leve o essencial para Machu Picchu. O que não pode faltar é água, repelente, óculos de sol, protetor solar, protetor labial e alguma comida! Não leve muita coisa. Caso você leve, você poderá deixar em um locker que eles disponibilizam. Eu não lembro o preço agora! 3) Não esqueça de levar seu passaporte para receber o carimbo de Machu Picchu. Eles começam a carimbar a partir das 9:30 h. Na verdade, fica o carimbo lá. Você chega e carimba! 4) Chegando em Machu Picchu você vai ver vários guias. Muitos guias e muitos preços diferentes. Caso você não queira gastar e mesmo assim conhecer o lugar eu recomendo você comprar um livro que conte a história de la. Eu fiz amizade com um pessoal dos EUA e eles compraram um livro que explicava tudo! Se eu soubesse antes, com certeza iria comprar um! Você certamente vai economizar muitooooo 5) Machu Picchu fica "tranquilo" até umas 10 horas. Após esse horário os trens que saem de Poroy começam a chegar e a galera do bate-volta acaba enchendo o lugar. Então, o melhor é chegar cedo para tirar fotografias. Vai ter muita gente tirando foto. Mas depois fica IMPOSSÍVEL de tirar alguma foto boa! É muita gente!!! Depois de tirar todas as fotos é o momento para desfrutar da paisagem É isso, se eu lembrar de mais dicas vou colocando ao longo do roteiro. Voltando.... Eu acordei umas 5 horas, tomei banho, arrumei minhas coisas e desci para o café da manhã. Não consegui comer direito porque estava um pouco ansioso. Tomei bastante café, comi um pão com queijo e pronto! Fui andando e a cidade estava toda escura! Aquele lugar é muito bonito! A cidade de Águas Calientes está "cravada" na Floresta Amazônica e o visual é totalmente diferente de Lima. Muita montanha e muita árvore. Eu acabei chegando na fila umas 5:45 e quando eu olhei estava tudo LOTADO. A fila estava gigante!!!! Fui para o final da fila e fiquei esperando! A fila demorou quase uma hora para começar a "andar". Nesse tempo fiz amizade com uma galera lá e o tempo passou rápido! Essa foto ficou horrível, acabei tirando do celular... MP by Rodrigo da Silveira, no Flickr O dia começou a amanhecer!! MP by Rodrigo da Silveira, no Flickr E a fila andou.... MP by Rodrigo da Silveira, no Flickr
  15. ........continuando Chegamos em Ollantaytambo e o parque estava LOTADO! Tinha muita gente e isso acabou me decepcionando. O guia falou que quem fosse para estação deveria ficar uns 30 minutos por lá. Ele fez uma explicação de 20 minutos e tivemos 10 minutos para fotografar. O restante do grupo andou e conheceu todas as partes do parque. Eu conheci uma galera do Equador que iria pegar o trem no mesmo horário e combinamos de ir junto até a estação. A estação é perto do parque, acho que dá uns 10 minutos de caminhada. No caminho tem uma porrada de tuck tuck que faz o trajeto até a estação de trem. Pegamos um e o cara cobrou 1 sole por pessoa! Ollanta by Rodrigo da Silveira, no Flickr Ollanta by Rodrigo da Silveira, no Flickr Ollanta by Rodrigo da Silveira, no Flickr Chegamos na estação de trem e ainda tínhamos uns 30 minutos até o trem chegar. Eu fiquei sentado na estação e o pessoal do Equador foi fumar. Do lado de fora da estação há vários restaurantes arrumados. Para quem não comeu no almoço "CILADA" é uma boa opção comer lá. O trem chegou e rapidamente todos já estavam sentados. Estação de trem by Rodrigo da Silveira, no Flickr Estação de trem by Rodrigo da Silveira, no Flickr A viagem até Aguas Calientes dura em torno de 80 minutos. A paisagem é muito bonita e vale a pena sentar na janela. Pena que não tem como marcar seu assento. Então você tem que dar sorte para o sistema te colocar na janela. Chegando em Aguas Calientes a primeira coisa que eu fiz foi comprar as passagens de micro ônibus para Machu Picchu. Custam 24 dólares (ida e volta). A passagem só é vendida em uma quiosque oficial e você facilmente vai encontrá-lo. Após comprar os tickets eu fui até o hotel para fazer o check-in. Fiz o check-in, tomei um banho e fui comer alguma coisa e ir atras dos mantimentos para Machu Picchu. Antes, não se esqueça de imprimir o ingresso de Machu Picchu. É preciso entrar no site que você compra o ingresso e digitar o código da reserva e imprimir a entrada. Eu não ia fazer isso e ia rodar! Eu só tinha a confirmação do pagamento que é expedida quando compramos a entrada. Eu acabei indo comer uma pizza (20 soles), tomei 2 cusqueñas e fui para o hotel. No caminho comprei água e biscoitos. Muita gente, estava comprando pão, queijo, presunto e fazendo sanduíche. Fiquei com preguiça de fazer, mas é a melhor opção. Em Machu Picchu a comida é uma fortuna!!! Melhor comprar antes. Cheguei no hotel e ainda assisti o jogo Palmeiras x Flamengo e depois fui dormir. No dia seguinte iria acordar às 4 horas e eu estava muito cansado. Ah, todos hoteis de Aguas Calientes oferecem café da manhã super cedo. Geralmente a partir das 5 horas!
  16. Isso, em Machu Picchu tem muito inseto! Parece um pernilongo! Mas é diferente. Quando ele "chupa" o seu sangue você sente na hora! E na hora que ele sai fica uma bolinha com sangue. Valeu as dicas! Vou deixar pra comprar um repelente lá em Cusco antes de ir para MP. Continua o relato? Continuo!!!
  17. Eu conheci algumas pessoas que estavam lá! Não falaram nada de ruim! Então, tem gente que sofre mais com inseto né? Teve um cara lá que levou o OFF e disse que não adiantou nada! Pra todo efeito, vá de calça!!! Tente ir com uma blusa de manga comprida. O problema é que depois das 9 horas o sol sai com força e é impossível ficar com uma blusa de frio. Aquelas blusas de malhar com manga comprida seriam ideais. Porque daria pra aguentar o sol! Se você for com isso não precisa comprar um repelente muito forte! Agora se for de bermuda e camiseta o bicho vai pegar! Melhor investir em um bom repelente!
  18. Isso, em Machu Picchu tem muito inseto! Parece um pernilongo! Mas é diferente. Quando ele "chupa" o seu sangue você sente na hora! E na hora que ele sai fica uma bolinha com sangue.
  19. 10º dia (14/09) Nesse dia eu comecei a fazer a jornada até Machu Picchu. Para quem não sabe, existem três modos de chegar até lá: 1) Van até a hidrelétrica e depois umas 2 horas de caminhada até chegar ao vilarejo de Águas Calientes. Esse é meio mais barato, porém o mais insano. O caminho feito pela van é perigoso e dizem que os motoristas dirigem com imprudência 2) Trem saindo de Poroy. Essa estação fica ao lado de Cusco. A passagem desse trem é mais cara e geralmente quem vai para MP no estilo bate-volta acaba comprando o trem saindo de Poroy 3) Trem saindo de Ollantaytambo. Esse trem é pra galera que vai fazer o passeio pro vale sagrado! Ao chegar em ollanta todo mundo vai para a estação e pega o trem de lá. Foi o que eu fiz! Eu acordei umas 8 horas, fiz o check-out e avisei que iria voltar no dia seguinte. Isso é muito comum por lá e todo mundo faz. Deixei minha mala no hotel e levei uma mochila de ataque com minha roupa para o dia seguinte e só. Levei uma água e a comida eu comprei em Aguas Calientes. Também levei protetor solar e esqueci o maldito repelente! Não esqueçam o repelente!!!!!O passeio iria sair de Cusco às 9 horas da manhã e o guia me falou que estaríamos às 15:30 em Ollanta. O meu trem iria sair às 16:30 e eu deveria estar às 16:15 na estação. Quando cheguei na praça eu vi um monte de gente já saindo pro vale sagrado e o nosso grupo foi o último a sair! Já comecei a ficar preocupado com o tempo e vi que o guia estava muito lerdo. Falei com ele e ele disse que iria agilizar. Saímos de Cusco umas 9:30 e fomos para o primeiro ponto da parada: a feirinha de artesanato! ãã2::'> O problema desse passeio é que eles não param de oferecer coisas. Toda hora sobe alguém no ônibus pra vender algo! E isso acaba tomando tempo! Para quem está com o tempo marcado é horrível. A ida para o Vale Sagrado constitui-se em 3 paradas: Pisac, Ollanta e Chinchero. Para quem vai pegar o trem em Ollanta será só duas atrações (pisac e ollanta). Todas os parques estão incluídos no boleto turístico. Voltando ao relato..... Saímos de Cusco atrasados e eu estava com uma ressaca brava! Tava muito quente e o motorista do ônibus não ligava o ar! Eu tava com muito sono e passando mal. Até uns 20 minutos de estrada eu fui sem ninguém do meu lado. Mas depois o bus parou e entrou uma família de peruanos. Um cara gigante sentou ao meu lado e pronto! Não conseguia nem me mexer, muito menos dormir! Paramos em um mercadinho FAJUTO e ficamos por lá durante uns 20 minutos! Pura perda de tempo!!! Aproveitei para tirar algumas fotos... Vale Sagrado by Rodrigo da Silveira, no Flickr Vale Sagrado by Rodrigo da Silveira, no Flickr Para cada foto, uma "gorjeta" para a mulher! Não acho isso legal.... Vale Sagrado by Rodrigo da Silveira, no Flickr O dia estava muito quente! O sol estava muito forte e o protetor foi mais do que necessário. Entramos no bus e fomos para o primeiro ponto do vale: Pisac!!! Ficamos uns 45 minutos por lá ou até mais! Não estava marcando o tempo e não sei o tempo exato! O guia deu as informações de Pisac e nos deu uns 20 minutos para nós fotografarmos! Tirei várias fotos e a vista de lá é animal!!!!! Pisac by Rodrigo da Silveira, no Flickr Pisac by Rodrigo da Silveira, no Flickr Pisac by Rodrigo da Silveira, no Flickr Pisac by Rodrigo da Silveira, no Flickr Pisac by Rodrigo da Silveira, no Flickr A próxima parada seria o almoço. Aqui vai uma DICA importante! O almoço você pode contratar nas agências de turismo! Caso não reserve, eles levarão todo mundo para ir almoçar em um restaurante "conveniado". Não cai na CILADA!!!!! O almoço lá é 25 soles, mas não compensa!!! A comida é "a vontade". Sendo que a carne uma funcionária coloca uma MISÉRIA no seu prato. Não vale a pena comer naquele lugar!!! O melhor é levar um lanche, comer ele e esperar chegar até Ollanta! Lá é mais organizado e você vai ver vários restaurantes. Caso a fome ainda aguente, deixe pra comer em Aguas Calientes!!!! Eu acabei almoçando nesse restaurante fajuto. Ficamos uns 40 minutos por lá e depois fomos para Ollantaytambo.
  20. Pois é, eu passei um dia por lá e a subida é tensa! Você vai ficar muitos dias por lá? O maior problema de Cusco são as subidas. A falta de ar vem na hora! Eu prefiro ficar em lugar plano porque eu ando muito a pé nas viagens. Agora caso você vá ficar poucos dias em Cusco e irá pegar alguns táxis é bem de boa! Ainda mais porque você irá pagar uns 3 soles por um táxi da plaza até o hostel. Então, perto do Mercado San Pedro é um pouco longe. Não é uma distância enorme, mas é um pouco afastado. Você pode ficar perto do Templo do Sol, mas eu não vi hospedagem por lá. Mas eu preferiria ficar perto do Templo do Sol do que no mercado. Mas não fiquei muito atrás do templo, tente ficar sempre mais próxima da Plaza. O templo já fica um pouco lá em baixo da Av. el Sol, quase no final. Tem um hostel que chama Pariwana. Vários brasileiros que eu conheci e estavam lá e os amigos que eu fiz em Paracas também ficaram lá. Eu não cheguei a ir por lá, mas olhando pelo Google Maps eu gostei da localização.
  21. Carol, Desculpe pela demora. Esses dias estão corridos. Então, As dicas mais essenciais são em relação à segurança. Evite andar em lugares pouco movimentados, especialmente a noite. Geralmente, a região do "centro" é mais perigosa e vazia a noite. As regiões mais nobres possuem uma boa circulação de pedestres e carros a noite. Então, acaba sendo mais tranquilo andar a noite. Mas em Cusco. eu andei pelo centro de madrugada e foi bem tranquilo. Basicamente é isso, o resto eu acho que nós brasileiros já estamos acostumados. Não expor celular e objetos de valor na rua, andar sempre com a carteira no bolso da frente e não andar com muito dinheiro. Mas vá sem medo, você com certeza irá conhecer várias pessoas e sua viagem acabará sendo feita com mais pessoas
×
×
  • Criar Novo...