Ir para conteúdo

yamadawilliam

Membros
  • Total de itens

    28
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Outras informações

  1. Voltei do Japão na semana passada e essa dúvida da cotação no Japão também era a minha antes de viajar. Eu levei somente dólares e troquei nas casas de câmbio do aeroporto, que possuem cotação melhor do que as agências no centro. Quando pesquisava no Brasil, o dólar estava a cerca de 113 ienes. Todo o meu cálculo foi considerando 1 dólar a 102 ienes, mas consegui no aeroporto 1 dólar a 107,30 ienes! Minha irmã comprou um pouco de iene em SP, mas acredito que o mais vantajoso é levar dólar mesmo.
  2. Voltei do Japão na semana passada, passei 02 semanas por lá. Porém fiz stopver em Paris (50h) e na volta em Amsterdam (50h), a ida para o Oriente por conta do fuso-horário é bem cansativa, demorei cerca de 07 dias para conseguir colocar o meu relógio biológico em dia. Por conta disso, sugiro que a estada no Japão seja no mínimo de 10 dias... além de que se for sair de Tokyo e ir para outros lugares, o tempo será muito curto. Se não quer gastar dinheiro, fique em hotel cápsula em Tokyo, custa cerca de R$ 100,00/dia e, apesar de banheiros comunitários, sempre estão bem limpos. Na mai
  3. Em março quando solicitei o visto, eu estava comprando dólares para a viagem, deste modo o meu saldo da conta corrente não tinha muito crédito, mesmo sendo empregado e com renda superior a 6 salários mínimos. O consulado exigiu extratos da conta corrente da minha irmã que iria viajar comigo e também do meu pai, se eu não os tivesse apresentado o meu visto seria negado.
  4. Luciana, Compre antes e, quando for iniciar o período do pass, troca em alguns locais nas estações de trem (pesquise, não são todas). Troquei na Shinjuku Station de Tokyo, depois com o passe na mão você sempre passará pelo controle manual das estações, ou seja, não passa pela catraca eletrônica mas pelo guardinha que sempre fica em uma das laterais.
  5. Gaijinsan, Retornei do Japão na semana passada. Na hora de solicitar o visto, o formulário de descrição do roteiro não é muito extenso, é uma tabela com uma célula para preenchimento. Acredito que o importante é ter as reservas de hospedagem detalhadas, acredito que se você não tiver isso pode ter problemas. Fui sem agência ou operadora turística, mas as reservas de hotel eu não abri mão exatamente para não ter problemas com o visto. Sugiro também ter um bom saldo positivo na conta corrente ao apresentar a documentação. Por conta da instabilidade econômica do país, fui comprand
  6. Show, acompanhando também! Fui no primeiro semestre de Floripa até Posadas via São Borja. Tenho 13 dias saindo de Londrina PR mas a ideia é cruzar o Paraguai até Assunción e depois seguir até o Atacama com uma Ranger 4x4, com que carro você foi?
  7. Sugiro passar um pouco rápido pelo Uruguai, pois é de lascar mesmo. Tudo bem que desci no dia 02/01/14 mas paguei mais de 80 reais num hostel com 15 camas no quarto e isso foi no ano passado! Para abastecer, a gasolina estava R$ 4,30/L quando no Brasil estava R$ 2,90/L. Não conheço a Europa, mas acho que dependendo do país não fica muito diferente do Uruguai. Na Argentina já foi mais suave... em Posadas (divisa com Paraguai) paguei R$ 22,00 por uma pizza brotinho + 01 Budweiser litro (aqui uns R$ 35,00) e R$ 80,00 em uma hotel simples mas bem localizado na praça principal, ou seja, mais ba
  8. Juliana, 7 dias é ,muito pouco. Escolha um dos 3 destinos e foque em um só, senão não vai aproveitar nenhum deles.
  9. Bruna, na Serra Gaúcha mas embaixo (já é SC) tem as trilhas do Rio do Boi, do Gato Preto, entre outras, dá uma pesquisada. Paredões de até 800m de altura, imperdível!
  10. Vale a pena, mas se prepare para o frio que é de rachar! Em São Joaquim não perca as vinícolas Sanjo e Villa Francioni e Urubici o Morro da Igreja e Serra do Corvo Branco. Recentemente caiu uma barreira nessa serra, mas se for só no início da descida já é bacana.
  11. Fiz o roteiro de Uyuni à fronteira do Chile (15km de SPA) em 3 dias, achei suficiente. De SPA fui até Calama de ônibus e depois peguei outro ônibus até Arica, na fronteira com o Peru e na beira do Pacifico. Depois é só atravessar a fronteira e pegar um bus até Cusco, é uma outra possibilidade.
  12. Concordo com o Gustavo, são muitas informações e sugiro que vá atrás dos tópicos falando sobre cada assunto. Boa sorte!
  13. As agências vendem normalmente o roteiro de 3 ou 4 dias, estou alugando um 4x4 por 4 dias e creio que farei os principais atrativos. Dá sim.
  14. Tem uma documentação que precisa no caso do carro não estar no seu nome, mas não sei qual é No uruguai fui numa seguradora no Chuí e paguei R$ 120,00 por 10 dias em janeiro de 2014. Na Argentina na fronteira com São Borja paguei só R$ 40,00 por 15 dias e a seguradora ficava na própria aduana. Não se esqueça de ver as leis de transito de cada país, na Argentina tem que ter 02 triângulos, etc etc (também não sei como é), entrei só por 02 dias e fiquei meio cabreiro de levar multa... dizem que os policiais argentinos são meio corruptos. Leve sempre uma graninha pra uma emergência, mesmo
  15. Fiz o roteiro do Salar por Uyuni até a fronteira do Chile (15km de SPA), cheguei no dia 28 de dezembro de 2014 à noite na cidade e já me ofereceram na saída do ônibus às 20h. Como queria ganhar tempo, nem pesquisei o preço com outras agências, provavelmente teria achado mas perderia o dia seguinte pechinchando com outras agências e mais uma diária de hotel/hostel. Compre na cidade, mas tenha pelo menos um dia de backup para rodar e pesquisar preços, o contrário do que fiz.
×
×
  • Criar Novo...