Ir para conteúdo

ppafisa

Membros
  • Total de itens

    11
  • Registro em

  • Última visita

Conquistas de ppafisa

Novo Membro

Novo Membro (1/14)

0

Reputação

  1. Eu fui para Croácia em abril e usei o seguro exigido pela União Européia, a Croácia não faz parte? passei pela Alfandega que tem controle rígido pois eu estava em onibus e não tive nenhum problema.
  2. Eu e minha mulher vamos em 31 de março proximo, vamos chegar por Roma e elaboramos o seguinte roteiro entre dia 01 e dia 04 Napolis, Pompeia e Positano, saindo pela manhda do dia 05 para Roma onde ficaremos até dia 08, alugoar um carro e descer até milão, passando por Pisa,Verona,Veneza,Firenze (estáforadeordem) em Milao trem até Paris com estada de 3 dias sanindo para Londres com 3 dias também saindo para Amsterdan também 3 dias e Berlim também 3 dias todo o trajeto de trem, de Berlim a Varsóvia prevendo chegar dia 29 pela manha, visita a Cracóvia, Varsóvia e se der tempo Republica Chega e Budapeste de trem, saida de Varsóvia para S.Paulo no dia 06 de maio, vcs. que tem experiencia a respeito pode me dar alguma sugestão no que eu possa estar errando, caso o roteiro se aperte por algum motivo, enforcaremos Checa e Buda.
  3. olá como vc. faz para localizar o multidestino que eu não consigo achar muito grato
  4. Olá Estou gostando muito do seu relato, pretendo fazer esta viagem eu e minha esposa, a temporada lá e dezembro,janeiro e fevereiro? Temos ambos 60 anos Vc. diria sobre alguma cautela ou restrição? Abs Ola! Vocês irão adorar lá. Contudo a alta temporada é de Maio a Setembro, pois o tempo é mais seco e gostoso de visitar. De dezembro a abril, chove muito o que atrapalha um pouco o passeio (as vezes muito), porém há menos pessoas e é possível aproveitar melhor os lugares. 1º Com relação ao clima, faz frio razoável (de 5ºC a 10ºC a noite) em Cusco e Aguas Calientes de noite e logo de manhã, por isso, recomendo levar blusas de frio. Não esqueçam de levar blusas também durante os passeios, por que, apesar de sentirmos um calorzinho durante as caminhadas para visita, de noite a temperatura já esta mais baixa. Levem pijamas quentinhos também. 2º Na época em que fui (fevereiro), chove muito, por isso é importante levar sapatos impermeáveis e capas de chuva boas, do contrário, podem pegar um resfriado. 3º Não recomendo realizarem a caminhada de Aguas Calientes até o Topo da Montanha, pois é uma subida com muitas escadas e acredito que seja puxado demais. 4º Geralmente, os passeios envolvem muitas caminhadas, assim sendo, usem um sapato bastante confortável e não escorregadio. Eu vi muitos senhores e senhoras fazerem os passeios com razoável tranquilidade, em alguns momentos eles ficaram no ônibus, pois o caminho era longo, mas em diversas oportunidades as ruínas ficam bem pertinho de onde o ônibus acaba parando. 5º Para ajudar nas "escaladas" vocês podem levar ou comprar por lá, bastões para caminhada, acho que ajuda bastante para apoiar durante as subidas de escadas. 6º Acho interessante elencar os passeios por nível de dificuldade, assim fica mais fácil vocês programarem os dias que farão cada tour: O mais tranquilo, para mim, foi Maras Moray, apesar das subidas e descidas, o passeio é mais lento e, por isso, não ficamos tão cansados. O segundo mais tranquilo é o City Tour, a maioria das ruínas fica pertinho de onde o ônibus para ou o passeio envolve visitas as igrejas, mas como são muitos lugares, eu acabei ficando mais cansada do que no caso de Maras Moray; talvez tanta informação também tenha me deixado com mais cansaço. Já o Valle Sagrado é mais pesado, fiquem preparados para subirem MUUUUITAS escadas. Mas, as paisagens na viagem são maravilhosas. Por fim, o mais cansativo de todos, com certeza, é o dia de visita a Machu Picchu, mas também, o mais lindo (a vida geralmente funciona assim né?). 7º Levem uma mochila com água e comidinhas, como salgadinhos, bolachas e outros petiscos. Alguns passeios não têm parada para refeição ou local adequado para alimentação. Eu senti uma fominha no primeiro dia e aprendi rapidinho que deveria levar meu lanche. 8º LEVEM PAPEL HIGIÊNICO, em 70% dos banheiros que visitei (inclusive pagos), não tinha papel 9º Tenham muito espaço na máquina fotográfica, é tudo tão lindo e diferente, vocês vão querer capturar cada momento. 10º O centro de Cusco é bastante seguro (não sei como são as coisas nos locais mais afastados), mas tomem cuidado com as informações passadas.Os peruanos são extremamente prestativos, por isso, eu acho que algumas vezes eles preferem passar alguma informação equivocada, do que deixar de ajudar, o que pode acabar atrapalhando o passeio. Assim, pergunte para diversas pessoas a mesma informação (onde ficam os lugares, quanto custa alguma coisa e etc.), para ter certeza de que é aquela mesmo. Mas não se assustem, Cusco é pequenininho, mesmo se perdendo a gente se acha bem rápido. 11º As igrejas cobram entrada, por volta de 5 soles e da pra descolar um guia se os senhores chorarem um pouquinho =D 12º Estudem a história dos locais se possível. Os guias são super simpáticos, mas acredito que alguns acabam repetindo o que aprenderam com os mais velhos e, muitas vezes, a explicação não passa de uma lenda. Conseguimos pegar um guia muito inteligente, que sabia o por que de quase tudo, foi muito interessante ver, depois de pesquisarmos também, que, em alguns momentos, o que outros guias haviam contado, não era exatamente a verdadeira história. 13º Se forem para outra cidade que não Cusco, tomem cuidado com os pertences. Não sei se é mais ou menos perigoso que o Brasil, mas conheci pessoas que foram roubadas, na Plaza de Lima, e lavaram tudo. 14º Quando possível, peçam comprovante de pagamento dos locais. Meu irmão foi parado pela polícia federal e foi necessário mostrarmos o comprovante de hospedagem do hotel. Também por segurança, para que ninguém possa dizer que não pagaram o devido. 15º Seria muito interessante que, se não forem usar passaporte, o RG dos senhores tenha menos de 10 anos. Apesar de não ser obrigatório, eles podem encrencar um pouco com isso. 16º Consultem as vacinas necessárias para entrarem no país (até onde eu sei, no Peru não há necessidade de tomar nenhuma). Eu tomei a da febre amarela, por precaução. 17º Comprem os ingressos para Machu Picchu assim que possível, em alta temporada acaba rapidinho. 18º Deem preferência por agências de turismo registradas na Direção Nacional de Turismo Acho que é só. Ficou um texto longo, mas espero ter ajudado. Minha ultima recomendação é: Façam bastante pesquisa sobre a viagem. Eu tentei relatar aqui tudo que considero importante para os senhores, mas outras pessoas podem ter uma visão bem diferente, por isso, passeiem um pouco pelo google se possível. Olha que site legal eu encontrei enquanto estava escrevendo esse texto: http://machupicchu.com.br/df/dfg.html Esse guia é um pouquinho grande, mas pode ajudar: http://www.mincetur.gob.pe/Turismo/guia_facilitacion/portugues_guia.pdf Se precisarem de ajuda, estou a disposição. Abçs!!! Nossa....... Muito obrigado pela atenção e paciência Olá Estou gostando muito do seu relato, pretendo fazer esta viagem eu e minha esposa, a temporada lá e dezembro,janeiro e fevereiro? Temos ambos 60 anos Vc. diria sobre alguma cautela ou restrição? Abs Ola! Vocês irão adorar lá. Contudo a alta temporada é de Maio a Setembro, pois o tempo é mais seco e gostoso de visitar. De dezembro a abril, chove muito o que atrapalha um pouco o passeio (as vezes muito), porém há menos pessoas e é possível aproveitar melhor os lugares. 1º Com relação ao clima, faz frio razoável (de 5ºC a 10ºC a noite) em Cusco e Aguas Calientes de noite e logo de manhã, por isso, recomendo levar blusas de frio. Não esqueçam de levar blusas também durante os passeios, por que, apesar de sentirmos um calorzinho durante as caminhadas para visita, de noite a temperatura já esta mais baixa. Levem pijamas quentinhos também. 2º Na época em que fui (fevereiro), chove muito, por isso é importante levar sapatos impermeáveis e capas de chuva boas, do contrário, podem pegar um resfriado. 3º Não recomendo realizarem a caminhada de Aguas Calientes até o Topo da Montanha, pois é uma subida com muitas escadas e acredito que seja puxado demais. 4º Geralmente, os passeios envolvem muitas caminhadas, assim sendo, usem um sapato bastante confortável e não escorregadio. Eu vi muitos senhores e senhoras fazerem os passeios com razoável tranquilidade, em alguns momentos eles ficaram no ônibus, pois o caminho era longo, mas em diversas oportunidades as ruínas ficam bem pertinho de onde o ônibus acaba parando. 5º Para ajudar nas "escaladas" vocês podem levar ou comprar por lá, bastões para caminhada, acho que ajuda bastante para apoiar durante as subidas de escadas. 6º Acho interessante elencar os passeios por nível de dificuldade, assim fica mais fácil vocês programarem os dias que farão cada tour: O mais tranquilo, para mim, foi Maras Moray, apesar das subidas e descidas, o passeio é mais lento e, por isso, não ficamos tão cansados. O segundo mais tranquilo é o City Tour, a maioria das ruínas fica pertinho de onde o ônibus para ou o passeio envolve visitas as igrejas, mas como são muitos lugares, eu acabei ficando mais cansada do que no caso de Maras Moray; talvez tanta informação também tenha me deixado com mais cansaço. Já o Valle Sagrado é mais pesado, fiquem preparados para subirem MUUUUITAS escadas. Mas, as paisagens na viagem são maravilhosas. Por fim, o mais cansativo de todos, com certeza, é o dia de visita a Machu Picchu, mas também, o mais lindo (a vida geralmente funciona assim né?). 7º Levem uma mochila com água e comidinhas, como salgadinhos, bolachas e outros petiscos. Alguns passeios não têm parada para refeição ou local adequado para alimentação. Eu senti uma fominha no primeiro dia e aprendi rapidinho que deveria levar meu lanche. 8º LEVEM PAPEL HIGIÊNICO, em 70% dos banheiros que visitei (inclusive pagos), não tinha papel 9º Tenham muito espaço na máquina fotográfica, é tudo tão lindo e diferente, vocês vão querer capturar cada momento. 10º O centro de Cusco é bastante seguro (não sei como são as coisas nos locais mais afastados), mas tomem cuidado com as informações passadas.Os peruanos são extremamente prestativos, por isso, eu acho que algumas vezes eles preferem passar alguma informação equivocada, do que deixar de ajudar, o que pode acabar atrapalhando o passeio. Assim, pergunte para diversas pessoas a mesma informação (onde ficam os lugares, quanto custa alguma coisa e etc.), para ter certeza de que é aquela mesmo. Mas não se assustem, Cusco é pequenininho, mesmo se perdendo a gente se acha bem rápido. 11º As igrejas cobram entrada, por volta de 5 soles e da pra descolar um guia se os senhores chorarem um pouquinho =D 12º Estudem a história dos locais se possível. Os guias são super simpáticos, mas acredito que alguns acabam repetindo o que aprenderam com os mais velhos e, muitas vezes, a explicação não passa de uma lenda. Conseguimos pegar um guia muito inteligente, que sabia o por que de quase tudo, foi muito interessante ver, depois de pesquisarmos também, que, em alguns momentos, o que outros guias haviam contado, não era exatamente a verdadeira história. 13º Se forem para outra cidade que não Cusco, tomem cuidado com os pertences. Não sei se é mais ou menos perigoso que o Brasil, mas conheci pessoas que foram roubadas, na Plaza de Lima, e lavaram tudo. 14º Quando possível, peçam comprovante de pagamento dos locais. Meu irmão foi parado pela polícia federal e foi necessário mostrarmos o comprovante de hospedagem do hotel. Também por segurança, para que ninguém possa dizer que não pagaram o devido. 15º Seria muito interessante que, se não forem usar passaporte, o RG dos senhores tenha menos de 10 anos. Apesar de não ser obrigatório, eles podem encrencar um pouco com isso. 16º Consultem as vacinas necessárias para entrarem no país (até onde eu sei, no Peru não há necessidade de tomar nenhuma). Eu tomei a da febre amarela, por precaução. 17º Comprem os ingressos para Machu Picchu assim que possível, em alta temporada acaba rapidinho. 18º Deem preferência por agências de turismo registradas na Direção Nacional de Turismo Acho que é só. Ficou um texto longo, mas espero ter ajudado. Minha ultima recomendação é: Façam bastante pesquisa sobre a viagem. Eu tentei relatar aqui tudo que considero importante para os senhores, mas outras pessoas podem ter uma visão bem diferente, por isso, passeiem um pouco pelo google se possível. Olha que site legal eu encontrei enquanto estava escrevendo esse texto: http://machupicchu.com.br/df/dfg.html Esse guia é um pouquinho grande, mas pode ajudar: http://www.mincetur.gob.pe/Turismo/guia_facilitacion/portugues_guia.pdf Se precisarem de ajuda, estou a disposição. Abçs!!! Nossa............. Muito obrigado pela atenção e paciência...
  5. muito grato pelo seu relato, vc. tem o custo fiannanceiro?
  6. Olá Estou gostando muito do seu relato, pretendo fazer esta viagem eu e minha esposa, a temporada lá e dezembro,janeiro e fevereiro? Temos ambos 60 anos Vc. diria sobre alguma cautela ou restrição? Abs
  7. Em Ouro Preto tem um camping legal Nao esqueça de incluir Tiradentes que também de camping
×
×
  • Criar Novo...