Ir para conteúdo

Ellen Santtos

Colaboradores
  • Total de itens

    20
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre Ellen Santtos

  • Data de Nascimento 21-02-1988

Outras informações

  • Ocupação
    Analista de Sistemas
  1. MOCHIMA E ISLA DE MARGARITA

    Não é verdade, pelo menos nunca ouvi falar disso nos grupos. Recomendo que você não faça reservas, se fizer na hora você economiza até o dobro dependendo do lugar. E não, não há possibilidade de não achar hotel, imagina que eu fui na mais alta temporada, férias no final do ano, e mesmo assim achei opções de hotel. è difícil achar mais barato, mas sempre tem.
  2. MOCHIMA E ISLA DE MARGARITA

    Olá Mayara, obrigada, Margarita é um lugar lindo Eu fiz o câmbio em santa helena recomendo fazer na pousada mihclele em sanata helena, o dono da pousada realiza o câmbio e é super paciente, espera você conferir o dinheiro não é aquela correria da fronteira. Troquei em real e hoje a cotação esta 300bs=1 real muito em conta. Até chegar em Margarita você passa por algumas cidades depende muito do ônibus que você pega em santa helena. Qualquer dúvida, pode perguntar ficarei feliz em ajuda-la. Pretendo voltar esse ano ainda
  3. Isla Margarita - Perguntas e Respostas

    Olá Alexsandro segue meu relato, também sou Manaus e fiz o trajeto todo de ônibus, espero ajudar. manaus-venezuela-de-onibus-mochima-e-isla-de-margarita-t108534.html
  4. MOCHIMA E ISLA DE MARGARITA

    Venezuela é VIDA!
  5. MOCHIMA E ISLA DE MARGARITA

    Você mora onde Lari?? Podemos combinar alguma coisa siim
  6. MOCHIMA E ISLA DE MARGARITA

    Pois é, foi muito pouco mesmo, quando fui fiz o câmbio de 45/1 hoje o câmbio na fronteira está 65/1 imagina a loucura!!!! Não tenho os contatos de onde fiquei pois foi tudo no susto mesmo, cheguei e fui ficando.. mas não é tão difícil achar um lugar, imagina que fui em dezembro nos dias de mais alta temporada e achei lugares disponíveis.. Boa viagem, não vejo a hora de voltar!
  7. MOCHIMA E ISLA DE MARGARITA

    Obrigada Lari, sobre as hospedagens, sim, consegui tudo sem reserva. Total hospedagem, alimentação, e passeio gastei +/- $400 reais.
  8. Monte Roraima Agosto 2015

    Pessoal, estive em Santa Helena em janeiro, e vi muuuuuuuita gente negociando preço com agências Venezuelanas. Conheço gente que subiu até por 500 reais num trekking de 6 dias. (a única coisa que se diferenciava das demais pessoas que pagaram mais, era que não incluía isolante térmico e saco de dormir). No mesmo grupo tinha brasileiro que pagou 1.300 reais. Conversa com jeitinho que sempre rola desse preço diminuir. Boa viagem pessoal.
  9. MOCHIMA E ISLA DE MARGARITA

    São duas horas mesmo. Saindo de Puerto La Cruz que é mais longe. Não gastei muito por lá, mas em comparação a outras partes da Venezuela lá é "mais caro" mas não deixa de ser absurdamente barato pra nós brasileiros. Eu fiquei no Hotel Porlamar no centro da ilha, a diária foi o equivalente a 9 reais. 400bs por pessoa, o nosso quarto custou 800bs. Câmbio R$ 1 x 45 bs Boa viagem!
  10. MOCHIMA E ISLA DE MARGARITA

    Obrigada LENEROSI Também quero ir ao Monte Roraima e indo pelas empresas Venezuelanas o pacote sai muito mais em conta
  11. MOCHIMA E ISLA DE MARGARITA

    Olá Ataide Junior, obrigada! Em nenhum momento foi solicitado o seguro viagem, nem o cartão de vacinação da febre amarela, mas esse último é bom ter.
  12. MOCHIMA E ISLA DE MARGARITA

    Oi pessoal, vou relatar minha aventura em ir pela primeira vez a esse país lindo! Foram dias de alegria, boas vibrações e pessoas que tive a felicidade de conhecer. Quando eu disse que ía para Venezuela muitas pessoas deram muitos pitacos, bons e ruins. Foi uma mistura de sugestões , recomendações, com uma “pitada” de terrorismo. (risos) Domingo 21 de dezembro de 2014: Saímos de Manaus às 20:30 de um domingo, chegamos em Boa vista por volta de 6:30 da manhã seguinte. Foram 10 horas de viagem bem tranquila, sem nenhum contra tempo, graças a Deus. Segunda-Feira 22 de dezembro de 2014: Chegando na rodoviária de Boa Vista fomos atrás de comprar passagem pra Pacaraima, e por sorte o único ônibus que saia por dia de lá iria sair às 07:00 e por mais sorte ainda conseguimos comprar as 2 últimas passagens. De BV até Pacaraima são umas 4hrs de ônibus. Chegando até Pacaraima fomos direto pra Polícia Federal carimbar o passaporte pra saída (lembrando que NÃO PRECISA ter passaporte para entrar em países na América do Sul. Você pode ingressar no país com apensar seu RG válido, atualizado e em bom estado. Leve a sério o “bom estado”) e pasmem ficamos 5 horas sofridas na fila, nem tinha muita gente sabe, e até agora não entendo nem com esforço extra como eles conseguiram demorar tanto no atendimento.. mesmo com 2 horas de almoço.. Enfim carimbamos nossos passaportes e seguimos para o Seniat onde pegaríamos outro carimbo pra entrar na Venezuela, lá foi tranquilo, sem fila chegamos, carimbaram e saímos. Tudo certo pra seguirmos pra Santa Helena de Uairén certo? ERRADO! Na correria da documentação esquecemos de cambiar o dinheiro e voltamos andando pra Pacaraima (poderíamos ter cambiado ali na fronteira, mas achamos arriscado por estarmos a pé kkk então pegamos um taxi em Pacaraima e cambiamos na fronteira mas de dentro do táxi (muita gente faz isso) 1 real por 40 na fronteira, NÃO RECOMENDO!! Além desse pessoal ser "espertinho" o câmbio em Santa Helena estava 45x1 só trocamos ali na fronteira 20 reais pra pagar o táxi mesmo. Pedimos ao taxista que nos levasse até a Pousada Michele (muito recomendada em outros blogs e achei que seria uma boa passar a noite lá já que estávamos exausta). O nosso plano era seguir pra Puerto La CRuz ou até mesmo pra Puerto Ordaz mas por estar tarde devido a demora na polícia federal achamos melhor dormir em Santa Helena de Uairén. Táxi Pacaraima - Santa Helena 100 bs (R$ 2,50) por pessoa. Chegando na Pousada pedimos um quarto pra duas pessoas, mas teríamos que esperar porque o quarto estava sendo desocupado e ainda iam limpar, esperamos e ali mesmo encontramos uma moça que havíamos visto na fila da polícia federal, conversamos e rapidamente viramos amigas de infância, resolvemos dividir o quarto com ela, a Moça era Dare de Goiás, estava indo pro México a partir da Colômbia e estava viajando sozinha. Continuamos ali esperando o quarto ficar pronto pra podermos entrar, enquanto isso conhecemos outra pessoa o Francisco que nos ajudou muito na compra da passagem para Puerto Ordaz ele sempre está pela pousada oferecendo passeios para o MOnte Roraima e La Gran Sabana. Pousada Michele 3 pessoas = 1.050bs ficou 350bs por pessoa. Francisco Alvarez (fala Espanhol e Inglês) [email protected] Terça-Feira 23 de dezembro de 2014: Acordamos, banho e fomos tomar café, nosso ônibus ia sair de Santa Helena 15:00, "ia" pois quando chegamos na rodoviária alguma coisa aconteceu e saímos 18:00 e bote pra esperar, conversar, comer, rolou até um filme no notebook da Dare e fotos muitas fotos. Já era noite quando o ônibus por fim chegou e partimos rumo a Puerto Ordaz. O ônibus era uma atração a parte, música muito alta e corria muito, muito kkk Paramos várias vezes, uma delas onde entrou um guarda Venezuelano e pediu identificação de todos. Foi bem rápido até. Seguimos em alta velocidade e chegamos em Puerto Ordaz por volta das 04:00 da manhã. Quarta-feira 24 de dezembro de 2014 Descemos no Aeroporto pois não vimos que antes o motorista havia parado no terminal (nem conhecíamos), então ficamos um pouco lá e depois pegamos um táxi até o terminal de Pueto Ordaz, bem perto até. Chegando lá senta e espera acontecer um milagre de ter ônibus até Puerto La Cruz, imagina a cena, dia 24 de Dezembro todo mundo querendo viajar, e nós lá, falando um espanhol safado tentando achar um ônibus que nos leve.. NÃO HAVIA, só haviam táxi e eles cobravam caro pra ir até La Cruz uma vez que são umas 4 ou 5 horas de distância de Ordaz. Ficamos lá até amanhecer e esperar aparecer um Ônibus, conhecemos uns meninos que moram no Brasil mas que são Venezuelanos e estavam tentando ir até La Cruz também, umas 11 horas saiu um ônibus que nos levou por 800bs até Puerto La Cruz. Chegamos umas 4 horas em Puerto La Cruz, e decidimos que tentaríamos chegar até MOCHIMA, sabíamos que se não fosse naquele dia só seria dia 26 uma vez que no dia 25 não teria chance de ir. Então nos despedimos dos meninos (que nos ajudaram muito) e pegamos um táxi até Mochima, ou até a entrada custou 300bs por pessoa. Eram aqueles táxi que dividimos com outras pessoas. Descemos e pegamos uma carona com um homem muito bacana que estava descendo pra Mochima. **NOTA: Não vá de táxi de Puerto La Cruz até mochima, pegue um ônibus até Santa Fé, no terminal de Puerto Ordaz mesmo 30bs e de santa fé pegue outro até Cumaná 30bs e peça pra parar na entrada de Mochima. Lá vai ser preciso pegar um táxi pra descer ou pegar uma carona como fizemos. Ou pegue um ônibus em Puerto Ordaz que vá até Cumaná e depois que passar pelo terminal de La Cruz peça pra ficar na entrada de Mochima.. Ficamos em duas ótimas pousadas, duas porque como chegamos dia 24 já estavam reservadas pra outras pessoas no dia 26 e como eu queria muuuuito ficar mais um pouco por lá, fomos pra outra pousada a Vicenta. Sobre pousadas: Existem muitas opções de pousadas, mas por ser época de férias demos sorte de encontrar quarto disponíveis. Aaaah, NÃO EXISTE QUALQUER SINAL DE WIFI em nenhuma delas, (isso era um requisito que nos fez falta, depois explico o porque) na realidade só soubemos de 1 cyber na cidade toda. E na noite do dia 24 a pessoa que toma conta dele havia saído pra ser feliz. Logo que chegamos descansamos um pouco e fomos atrás de algo para comer e conhecer um pouco a cidade, imagina que dia 24 as pessoas estavam bebendo e andando pelas ruas da pequena Mochima. Falamos com o dono da pousada e nos explicou sobre os passeios, fomos com outro rapaz até o "porto" olhar os valores e os tipos de passeios. Na volta paramos bem ao centro onde uma senhora vende artesanatos, ela é brasileira, muito receptiva já mora lá tem alguns anos. Voltamos a pousada e bateu um desespero, imagina que queríamos falar com nossa família e não havia internet. Não havia chip pra vender na cidade e o pior não havia telefones públicos, ai ferrou. O dono da pousada vendo nosso desespero ofereceu o celular pra eu passar uma mensagem pra minha mãe, mas eu precisava falar com ela sabe.. coração apertado. Foi quando lembramos da tia do artesanato, siiiim, a brasileira. Fomos até ela e pedimos ajuda. Se havia alguma forma de fazer uma ligação, ou algum contato pela internet, logo ela disse que internet era difícil, mas que se comprássemos um cartão de celular ela poderia emprestar o celular não sei de quem pra ligar.. MARAVILHA! Fomos comprar o cartão (60bs) e voltamos, liguei pra minha mãe e aos prantos desejei feliz natal. Disse que não iria entrar em contato pelos próximos dias e falamos mais algumas coisas, desliguei. Chorei de novo mas de alívio por ter falado com ela, e foi a vez da keite ligar pra família dela. Agradecemos muito a tia do artesanato e voltamos a pousada de alma lavada.. imagina que eu não dava notícias desde o dia 22 em Santa Helena. Quinta-feira 25 de dezembro de 2014 PARQUE NACIONAL MOCHIMA é um lugar lindo, com praias lindas, as fotos não retratam a verdadeira beleza do lugar. Fizemos um passeio que incluía as 8 praias e no final escolhemos uma pra passar o dia. **Nota: existem vários passeios na cidade, de vários preços. Sábado 27 de dezembro de 2014 Acordamos cedo! Tínhamos um plano de ir até Puerto La Cruz afim de tentar comprar passagens pra voltar direto pra Manaus, SEM SUCESSO, a agência estava fechada, e não havia possibilidade de conseguirmos voltar até o dia 8 (falando de voltar direto de Puerto até Manaus) Então, pegamos um táxi e tentamos chegar até o ferry de Pueto La Cruz, sim TENTAMOS, pois o motorista falou que seria impossível pegarmos um ferry se não tínhamos bilhete. ***Nota: Se você tem planos de ir no mês de dezembro esteja ciente que é alta temporada e que existem MUITAS PESSOAS querendo fazer o mesmo roteiro que você, -AINDA MAIS SE TRATANDO DE MARGARITA- então, você tem duas saídas, outra lugar menos procurado ou espera até conseguir o que deseja lá mesmo. Nós decidimos a primeira opção, que seria ir até Cumaná, e de lá tentar pegar um ferry naquele dia. Pois bem, voltamos ao terminal de Puerto La Cruz e pegamos um ônibus até Santa Fé. (30bs) Chegando em Santa Fé, pegamos outro ônibus até Cumaná (30bs) Chegando ao ferry de Cumaná, não conseguimos pegar o que saia meio dia, mas conseguimos para o das 17hrs Eu já viajei várias vezes de barco, 4 dias (Manaus-Porto Velho) e nunca tive problema algum com enjoo, mas aquele ferry foi demais! Chegamos umas 19hrs na ilha de Margarita. Pegamos um ônibus até Porlamar. (50bs) Margarita é um lugar muito bonito, existem várias coisas pra se fazer, praias, shopping, bares, cassinos, enfim, muita coisa mesmo. E o melhor tudo com um custo muito baixo. Se optar por ir no Mês de dezembro precisamente nas datas que eu fui, saiba que a correria de fim de ano não é diferente por lá, então programe-se ou esteja preparado a passar por muitos contra tempos. Nossa volta foi bem complicada pois tínhamos data pra estar em Manaus e mesmo saindo com tempo extra tivemos vários imprevistos. Foi um perrengue do bem hahaha Vou tentar detalhar meu gasto pra que vocês possam ter uma ideia. Gastos 1 pessoa Quantos dias: 18 Saindo rodoviária dia 18 dez 2014 e retornando 7 janeiro 2015 Valor gasto: R$620.00 reais (TOTAL incluindo passagens ida/volta) ÔNIBUS Manaus-Boa Vista: R$ 100.00 pela AMATUR ÔNIBUS Boa Vista-Pacaraima:R$ 18.00 pela Rivaltur Picolé na fila da Polícia Federal:R$ 2.00 com o tio do picolé ÔNIBUS Pacaraima-Boa Vista: 18.00 pela Rivaltur ÔNIBUS Boa Vista-Manaus: 80.00 pela Eucatur Então só com passagens de ônibus TOTAL = R$ 218.00 R$400.00 reais foram trocados por bolívar. Câmbio 1 real = 45 bs TOTAL= 18.000 BS Desses 18.000 bs ainda voltei pra casa com 3.050 BS Bebi como se não houvesse outro dia, comi relativamente bem e me diverti tanto que nem consigo descrever. Quero agradecer a Keite Lopes (que conheci aqui no MOCHILEIROS.COM) pela cia, amizade e confiança. Venezuela é um país lindo pessoal, com pessoas super alegres e receptivas. Não presenciei nenhum caso de violência, roubo ou qualquer coisa do tipo (isso não quer dizer que não haja). PS: A Venezuela é muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito mais que Margarita, se tiver a oportunidade de ir em outros lugares faça-o! Existem praias, montanhas, cachoeiras, enfim lugares lindos em diferentes partes do país. SUPER RECOMENDO!! VAI SEM MEDO DE SER FELIZ VENEZUELA EU VOLTO!!!
  13. VIAGEM DE MOTO, SAINDO DE MANAUS A MÉRIDA

    Que máximo, eu estou saindo de Manaus em dezembro dia 20 rumo a Venezuela, (os destinos ainda estão sendo traçados) mas pretendo passar em Cartagena também, mas de busão ou avião dependendo dos valores.
  14. Isla Margarita - Perguntas e Respostas

    Eu estou no mesmo barco hahaha a diferença é que saio dia 20/12. Quero ir até Margarita, depois Los Roques, talvez Mérida) Talvez pq quero ir até Cartagena na Colômbia. Boa Sorte pra nós lol
  15. JACUNDA TRANCE FESTIVAL

    Esse festival vai ser MUITO BOM!!! Um dos melhores -se não o melhor- que já houve na região. Sejam bem vindos!!!
×