Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Beatriz Bougleux

Membros
  • Total de itens

    67
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

3 Neutra

Sobre Beatriz Bougleux

  • Data de Nascimento 03-10-1986

Outras informações

  • Lugares que já visitei
    Portugal: Lisboa, Sintra, Cascais, Porto e Guimarães
    Itália: Roma e Tivoli
    França: Paris
    Inglaterra: Londres
    Brasil: Maceió, Maragogi, Porto de Galinhas, Rio de Janeiro, Paraty, Salvador, Ilhéus e Porto Seguro.
  • Próximo Destino
    Indecisa entre Alemanha e Holanda ou República Tcheca e Hungria.
  • Meus Relatos de viagem
    http://www.mochileiros.com/lisboa-roma-natal-e-paris-ano-novo-t122733.html

    https://www.mochileiros.com/londres-3-dias-deu-quase-tudo-errado-t147055.html
  • Ocupação
    Estudante de jornalismo e blogueira nas horas vagas
  • Meu Blog

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Beatriz Bougleux

    Paris - Ano Novo

    @paulogastaleu fiquei na torre mesmo. Esperei dar meia noite e dps fui embora. Aos olhos de terceiros foi sem graça mas foi a realização do meu sonho.
  2. Beatriz Bougleux

    relato Escala de 12hrs em Paris

    Conheci Paris em dezembro de 2015 e me apaixonei mais ainda pela cidade. Na minha segunda viagem, resolvi não vir de TAP (como na primeira vez) e escolhi vir pela AirFrance (melhor opção impossível). Quando fui comprar minha passagem eu tinha três opções de escala (meu voo era São Paulo -> Paris -> Lisboa). Eu podia escolher entre 2hrs de escala (achei muito arriscado caso tivesse algum imprevisto no embarque), 8hrs ou 12hrs. Com 8hrs eu não poderia fazer nada além de sentar e esperar as horas passarem então resolvi pegar a escala de 12hrs e fugir um pouquinho até a cidade. O voo foi tranquilo, com um jantar muito bom (tinha arroz, carne cozida com batata e de sobremesa tinha brownie de chocolate e um bombom sonho de valsa), o café da manhã também estava muito bom mas sinceramente só me recordo das frutas (minha mãe não consegue dormir no avião e disse que durante a madrugada a aeromoço ofereceu sorvete para ela 2 vezes e ela ficou super feliz em assistir filme e comer sorvete toda a madrugada rs). Chegamos em Paris sem atrasos e foi tudo muito rápido na imigração, depois de apresentarmos todos os documentos e passaporte, fomos liberadas. Pegamos o trem para Paris (em torno de 10,00 euros) e em pouco mais de 1 hora já estavamos em frente a Catedral de Notre Dame (que seria nossa primeira parada). Como na primeira viagem minha irmã estava muito gripada e ficou 1 dia no hotel enquanto eu e minha mãe passeávamos, a ideia desse dia era passar pela Catedral de Notre Dame e o Museu do Louvre para ela conhecer rapidamente. Caminhamos da Catedral de Notre Dame pela margem do Rio Sena passando em frente ao Museu d'Orsay até o Louvre. Fomos em seguida para a Champs-Elysées pois minha mãe queria passar na loja da Disney e eu na Sephora. Almoçamos no Mc Donald e seguimos até o Arco do Triunfo. Como já estava no final da tarde, resolvemos encerrar o passeio e voltar ao aeroporto com um pouco mais de antecedência do que o necessário. Pegamos novamente o trem até o CDG e rapidamente voltamos ao aeroporto. Passeamos um pouco pelas lojas e depois seguimos para o portão de embarque. Este é um relato rápido, somente para deixar registrado nosso pequeno roteiro de algumas horas em Paris para quem for fazer uma grande escala como a nossa. Recomendo levar somente uma mochila e nenhuma mala de rodinha. É possível fazer este roteiro finalizando na Torre Eiffel também. Fica um pouco corrido mas é uma oportunidade de ver um pouco da cidade.
  3. Beatriz Bougleux

    Londres 3 dias - Deu (quase) tudo errado

    Viagem realizada em fevereiro de 2017 com minha mãe e minha irmã de 16 anos. 1° dia: Saímos do Porto (Portugal) com destino a Londres (aeroporto Gatwick) dia 18 de fevereiro no voo das 9:55hrs e chegamos em Londres às 12:10hrs. Logo na saída do avião tivemos o "privilégio" de conhecer a polícia inglesa e seus cachorros. Todos os passageiros foram revistados e neste momento já perdemos um bom tempo na fila. Em seguida fomos para a fila da imigração e já separei todos os documentos que achei que seriam necessários. O agente da imigração fez todos os tipos de perguntas possíveis. Perguntou sobre a minha profissão, escolaridade e vida pessoal. Perguntou sobre a minha irmã mais nova e minha mãe, neste momento falamos que ela era viuva e ele quis saber tudo sobre meu pai (quando tinha falecido, idade que faleceu, empresa que trabalhava no Brasil, ramo de atuação da empresa e qual era a profissão dele). Também perguntou sobre nossa primeira ida para Londres (motivo da viagem) e sobre essa nova entrada no país. Mostrei para ele as passagens de retorno para Portugal (e para o Brasil dias depois), reserva do hostel, roteiro dos próximos 2 dias e o meu passaporte antigo que tinha os mesmos carimbos de entrada e saída igual da minha irmã mais nova. Após este "pequeno" interrogatório que levou cerca de 30 minutos, fomos liberadas. Eu tinha comprado a passagem do translado do aeroporto até a estação de trem Victoria pela empresa Easybus no horário das 13:30hrs e achei que tinha tempo e esse foi meu erro. Com os atrasos anteriores perdemos o ônibus e no bilhete estava escrito que podíamos pegar o seguinte "se tivesse vaga", fui no guiche da empresa e a moça me disse que tinha as 3 vagas e que podíamos pegar o outro ônibus 1hr depois. Chegou o ônibus e fomos embarcar e o motorista disse que não tinha vaga e que teríamos que comprar outro bilhete para o ônibus das 15:30hrs pq o meu só tinha validade para 1 horário seguinte. Voltei no guiche da empresa e a moça disse que tinha sido vendido os 3 lugares que ela me reservou e que realmente eu teria que comprar outros 3 bilhetes. Pagamos mais 30,00 libras e esperamos pelo ônibus das 15:30hrs. 2hrs depois chegamos ao nosso primeiro destino e com o metro lotado, simplesmente foi horrível chegar até a estação Tower Hill onde estava localizado nosso hostel. Chegamos no hostel ciente que tinhamos perdido aquela noite pois depois de todos os imprevisto só queriamos um banho e dormir. Infelizmente não sabiamos que ainda iriamos enfrentar mais um problema. No site do hostel não estava escrito que menores de 18 anos não podiam ficar em quarto compartilhado feminino e eu fiz a reserva neste quarto. Na recepção fui informada disso e abri o site e a recepcionista realmente constatou que eu estava certa por não ter essa informação e chamou a gerente. Expliquei a situação e ela deu a opção de ficarmos em um quarto com 4 camas e pagarmos pelas 4 camas e eu não aceitei porque o erro não era meu e sim do hostel que aceitava menores de 18 anos mas que não explicava as condições. Depois de quase 2 horas tentando resolver o problema da reserva (pois não queriamos pagar pela falta de informação do hostel), já estavamos esgotadas e com fome, então, minha mãe decidiu assumir o custo e pagar pela outra cama mesmo sem uso. Infelizmente apesar do hostel ser muito bem indicado, me decepcionou pois simplesmente disse ou você paga pela 4 camas ou não pode ficar aqui. Fomos para o quarto, tomamos um banho e fomos procurar um local para comer, com sorte, achamos uma pizzaria e jantamos. 2° dia: Acordamos cedo e fomos tomar café da manhã, pagamos 5 libras cada pessoas. Seguimos a pé até a Tower Bridge, atravessamos a ponte e pegamos o ônibus n° 42 até a London Eye. Iamos tentar subir na London Eye mas a fila estava tão grande que desistimos, compramos um chocolate quente (horrível) no Mc Donald e continuamos nossa caminhada. Atravessamos a Westminster Bridge, seguimos até a St. Margaret's Church’e a Abadia de Westminster. Continuamos até o Palácio de Buckingham pelo St. Jame’s Park (belíssimo), depois seguimos pela Constitution Hall Street até a estação do metro Hyde Park Corner e descemos na estação Piccadilly Circus. Já estavamos cheias de fome e encontramos um local super simpático para almoçar. Comi um peixe com batata frita, uma porção de arroz e um suco de laranja e ficou em torno de 13 libras. Como toda amante de chocolate, minha primeira parada foi na loja da M&M. Comprei uma camiseta (5,00 libras), um copo de chocolate tamanho M (7,00 libras) e um chaveiro (acho que foi em torno de 3,00 libras). Assistimos uma apresentação de rua super bacana com um grupo de meninos dançando e continuamos nossa caminhada. Depois de passar em algumas lojas e compras as famosas lembrancinhas, seguimos de metro até a estação Knightsbridge e fomos conhecer a famosa loja Harrods. Fui na loja da Guess e comprei uma bolsa em promoção (coisas de mulher hahahaha), seguimos até a loja da Adidas onde minha mãe comprou o presente de natal atrasado da minha irmã. Terminamos o dia voltando até a Tower Hill e jantando em um restaurante indiano. 3° dia: Nosso ônibus de retorno ao aeroporto ia sair as 14hrs e a ideia inicial era acordar cedo e ir até Madame Tussauds mas estavamos tão cansadas do dia anterior que dormimos um pouco mais e fomos direto para a estação Victoria pegar o ônibus. O voo de retorno para Portugal foi tranquilo e não teve atrasos. Nossa ideia inicial era fazer a Piccadilly Circus no primeiro dia a tarde/noite mas tivemos que ir no dia seguinte e isso fez com que corressemos o dia todo. Preciso confessar que nunca fui muito fã da Inglaterra (mas sou adoro as autoras Jane Austen e Sophie Kinsella) e minha experiência no hostel não colaborou para que minha opinião mudasse. Espero que em uma próxima visita eu tenha mais tempo para conhecer Londres e quem sabe começar a gostar um pouco dela. Abaixo segue alguns dados. Passagem aérea: Porto -> Londres -> Lisboa (TAP): R$ 262,88 Hostel: Wombats City Hostel London (Boa localização, café da manhã com custo de 5,00 libras/por dia mas muito bom, limpeza e conforto ok. O hostel possui secador de cabelo e adaptador de tomada – 5,00 libras de caução cada item).
  4. Beatriz Bougleux

    Ajuda - Roteiro Portugal - Set/Out 17

    Aconselho incluir 1 bate e volta em Cascais. Conheça o Cabo da Roca e a Boca do Inferno. Para criança um bom passeio é o oceanário em Lisboa. É lindo e eu acho q apesar do preço vale a pena. Em Sintra eu recomendo a Casa da Piriquita para um café da manhã ou lanche e o Castelo dos Mouros e a Quinta da Regaleira. Lugares lindos e ao ar livre. O Palácio Nacional da Pena é lindo por fora mas não achei que vale o ingresso para a visitação interna, e o mesmo para o Palácio Nacional de Sintra. No Porto eu acho que vale a pena comprar o ticket do ônibus turistico de 2 dias pq além de ser uma cidade com ladeira para todos os lugares, eu paguei 23 euros e estava incluido 2 dias de ônibus (q tem 2 rotas diferentes), o passeio de barco pelo rio (este ingresso separado custa 15 euros) e a visitação a uma casa de vinho. Em Guimarães vale a pena andar de teleférico e ver a cidade do alto. Bilhete de ida e volta estava 5 euros em fevereiro deste ano. Em Lisboa não recomendo pagar o bilhete para a visitação no Mosteiro dos Jeronimos, eu conheci e me arrependi. Não use tuktuk pois são caríssimos. O bilhete de metro/ônibus/eletrico por 1 dia custa 6,15 euros e vale a pena. Se tiver com saudade do arroz e feijao brasileiro, minha dica é ir no restaurante La Parilla no shopping Colombo, o prato com bebida custa em torno de 7 euros e é mto boa a comida deles. Lembrando que é nesse shopping que tem primark rs.
  5. Beatriz Bougleux

    Estudio do Harry Potter

    Depois de muuuito tempo, estou passando para atualizar. Fui ao estúdio e deu td certo. Chegamos em Londres as 9hrs da manhã, caminhamos 4 ou 5 quadras até a estação Euston. Comprei o ticket p a Estação Watford Junction (11,00 libras ida e volta - valor em dezembro de 2015) e a viagem durou cerca de 20 minutos. Saindo da estação já pegamos o ônibus até o estudio. Chegamos lá 1hr antes do horário do nosso ingresso mas deixaram a gente entrar sem problemas. Ficamos em torno de 3hrs no local e retornarmos para Londres. Pegamos o trem de volta p Paris as 18hrs.
  6. Beatriz Bougleux

    Paris - Ano Novo

    Eu estive em Paris no Ano Novo de 2015/2016 e tbm tive várias dúvidas. Como já foi falado, luz do sol nessa época do ano é pouca mas dá p curtir bastante com certeza. Tive mta sorte e não peguei nenhum dia de chuva. Com relação ao bate e volta em Londres, se vc tem vontade, eu digo que vá, simplesmente pq eu fiz uma loucura maior ainda, eu fiz um bate e volta no estúdio do harry potter que é em uma cidade proximo de Londres e deu td certo kkkkk. Mta gente me disse p n fazer pq era pouco tempo, mas fiz pela minha irmã e foi p ela, o melhor dia da viagem. Este ano estive em Londres por 1 dia tbm e fiz um roteiro corrido mas compareci em vários ptos turisticos e inclusive deu tempo de dar uma passadinha na Harrods kkkkk. Disney, super aconselho mas se informe certinho qt ao horario de funcionamento. Para crianças eu tbm dou a dica do parque https://www.parcasterix.fr/ Aproveite as feiras de natal e prove as comidinhas de ruas q são uma delicia, ok? Tome mto cuidado na Basilica Sacre Coeur com o golpe da pulseirinha, eles puxaram o braço da minha irmã e eu tive que gritar p soltarem ela antes de colorem a pulseira nela e dps tentarem "arrancar" dinheiro da gente. Eu achei 7:30 um horario cedo p começar o dia mas depende mto da disponibilidade de vcs, eu sempre saia do hotel por volta das 8:30/9hrs e ficamos na rua até +/- 21hrs. Deu p passear bastante e conhecer mtos lugares com esse tempo na rua. Tenha uma ótima viagem. Paris é td de bom!
  7. Beatriz Bougleux

    Portugal - 2 semanas

    Oi filipelyrio td bom? Obrigada pela dica! Vou dar uma olhadinha nas 3 opções sim!
  8. Beatriz Bougleux

    Portugal - 2 semanas

    Oi pessoal! Eu, minha mãe e minha irmã fomos para Europa em dezembro de 2015 e infelizmente ficamos somente 2 dias em Lisboa e 1 dia em Sintra . Agora decidimos ir novamente mas ficar somente em Portugal . Nosso pré roteiro é este: 1° dia - Chegada em Lisboa 2° dia - Lisboa 3° dia - Lisboa 4° dia - Lisboa (day trip para Sintra - já fomos mas queremos ir de novo rs ) 5° dia - Lisboa (day trip para Évora) 6° dia - Lisboa 7° dia - Lisboa para Nazaré (passeio em Nazaré) 8° dia - Nazaré (day trip para Batalha) 9° dia - Nazaré (day trip para Fátima) **** Verifiquei em alguns site que é melhor dormir em Nazaré do que em Batalha (que seria a cidade "do meio"). Essa informação está correta????? 10° dia - Nazaré para Porto 11° dia - Porto 12° dia - Porto (day trip para Guimarães) 13° dia - Porto (day trip para Braga) **** Estou em dúvida sobre a day trip de Braga, vale a pena?????? Caso eu exclua esta day trip para Braga, vale a pena incluir + 1 dia em Nazaré ou escolher outra day trip ou ficar em Porto????? 14° dia - Porto 15° dia - Porto 16° dia - Voo diurno de volta para São Paulo Obs: Nós estamos planejando ir em dezembro de 2017. Sei que está longe, mas gostamos de planejar tudo com antecedência Agradeço a ajuda dos amigos!
  9. Beatriz Bougleux

    Munique - Hotéis

    Muito obrigada pela resposta Adriano e Ju. Ju vou dar uma olhadinha nesta acomodação que você ficou.
  10. Beatriz Bougleux

    Munique - Hotéis

    Oi Lu, td bom? Gostaria de saber como ficou a questão da sua hospedagem pois estou fazendo cotação de hotel para quarto triplo. Vc ficou neste hotel que comentou lá em cima? Ficou em outro? A região é tranquila? Em Roma eu fiquei próximo do Termini e me falaram q era uma região feia mas achei super tranquilo, sabe me dizer se é +/- assim?
  11. Oi Ju! Eu comprei este modelo - http://www.fieroshop.com.br/bota-montaria-823-fiero/p - e usei algumas vezes antes de viajar sim mas não sei se foi suficiente ou não. A bota da quéchua eu não tinha usado nenhuma vez e ela não me machucou em nenhum momento.
  12. Informações gerais: Roupa térmica: Comprei 2 blusas térmicas e 3 calças antes de viajar. As blusas eu comprei pelo site da Decathlon e paguei em todos de R$ 60,00 cada uma, as calças eu comprei no shopping da minha cidade e custou R$ 20,00 cada. Usei todos os dias a roupa térmica. Sapato: Viajei com 1 tênis, levei 1 bota da Fiero preta impermeável (paguei R$ 285,00) e 1 bota da Quechua para neve toda forrada (comprei em promoção por R$ 129,00 na Decathlon). No primeiro dia usei a bota da Fiero e ela machucou meu pé, todos os outros dias eu somente usei a bota da Quechua, super confortável e deixou meu pé bem quentinho. Dica: não faça como eu, leve somente 1 bota confortável, impermeável e quentinha e 1 chinelo. Acessórios: Do Brasil eu levei gorro, cachecol e luva e quando usei quase congelei. Minha sorte é que meus pais tinham viajado no ano anterior para Berlim e eu pedi que me trouxesse 1 gorro preto e 1 luva preta. Comprei 1 kit de inverno na Primark (1 gorro por 2,00 euros, 2 luvas por 2,00 euros e 1 gorro por 4,00 euros) e outro gorro com cachecol em Paris (15,00 euros). Em Roma minha mãe comprou 1 cachecol para ela e também foi ótimo para esquentar. Dica: somente leve do Brasil 1 kit inverno para o primeiro dia e depois compre na Europa um apropriado, pois o daqui não serviu para o frio que peguei nesta época do ano. Casaco: Levei 3 casacos, 1 preto impermeável para neve da Quechua (paguei caro mas é daquele estilo Uniqlo que vira uma “bolinha” quando dobra – R$ 350,00 na Decathlon), 1 casaco azul e 1 bege todo forrado por dentro (comprei os dois no site da aliexpress e tive muita sorte pois chegaram perfeitos – o azul custou R$ 85,00 e o bege R$ 110,00). Sinceramente foi muita coisa, deveria ter deixado de fora o bege pois era o que mais ocupava espaço, acho que dois são suficientes, até porque comprei 1 moleton em Roma e outro casaco bem quentinho (o casaco azul da foto do Jardim de Luxemburgo eu comprei em Roma por 10,00 euros e é todo forrado por dentro e bem quentinho). Dinheiro: Optei por levar tudo em espécie e calculei 60,00 euros por dia. Este valor foi até muito para minha viagem mas lembre-se que cada pessoa tem um estilo de viagem e pode gastar menos ou mais do que este valor diário. Fiz a troca em 3 épocas diferentes, peguei cotação à R$ 3,15, depois em R$ 3,50 e depois em R$ 4,60. Não usei cartão de crédito e nem débito. Mala: Minha mãe e minha irmã levaram cada uma, uma mala grande. Eu comprei antes de viajar uma mochila de 70L, mas em Roma comprei uma mala de mão pois já não cabia mais nada dentro da mochila. Se tivesse levado metade das roupas que levei não precisava ter gasto este dinheiro com mala extra. Roupas: Eu levei coisa d++++++ e me arrependi muito. Das blusas que levei, 3 ficaram sem usar, 1 calça não usei nenhuma vez e outra só usei 2x. Como disse antes o tênis e a bota preta só ficaram dentro da mala e o casaco bege foi outro item exagerado. Clima: Em Lisboa foi mais agradável pois não estava ventando muito como nas outras cidades. Pela foto de Sintra pode ver que até fiquei com uma blusinha sem manga durante o dia e o casaco só coloquei a noite. Roma tinha 2 tipos de clima, de manhã e de noite ficava bem frio mas o sol esquentava um pouco de dia e andando ficava mais agradável. Em Paris o grande vilão foi o vento, pegamos 8 graus o dia mais frio mas estava com uma sensação térmica muito baixa e o vento no rosto parecia que cortava a gente. Gostaria de agradecer a todos que me ajudaram a montar esta incrível viagem e me colocar a disposição para ajudar os colegas que vão viajar! Um enorme abraço a todos e desejo um ano de 2016 com muitas viagens!!!!!
  13. 01/01: 14° dia: Bem vindo 2016 Acordamos cedo e fui conhecer o Jardim de Luxemburgo, a cidade estava vazia e tranquila e quando chegamos no jardim tinha apenas algumas pessoas correndo e poucas famílias. Ficamos um pouco por ali e depois seguimos ao Panthéon (que também é lindo). Paramos para tomar um chocolate quente e comer os famosos macarons, achei caro mas é muuuuito bom. Seguimos em direção a igreja Saint Sulpice e assistimos o final de uma missa muito bonita. Voltamos para a região do hotel e almoçamos um prato ruim e estranho (não curto carne de carneiro). Deixamos minha irmã no hotel e eu e minha mãe seguimos para o mercado de natal da Champs-Élysées. Passeamos pela feirinha e compramos algumas coisas e depois voltamos ao hotel. Arrumamos as malas pois no dia seguinte faríamos o check out. Neste dia não calculei meus gastos, mas separei tudo o que tinha sobrado para no dia seguinte comprar alguns perfumes (amo perfumes). 02/01: 15° dia: Tchau Paris... eu vou mas volto logo Tomamos um café da manhã reforçado e fizemos o check out, deixamos as malas no hotel e voltamos na Champs-Élysées. Fui na Sephora e comprei 2 perfumes e ganhei mais 1 da minha mãe, depois passei na loja da Disney e comprei um ursinho de pelúcia. Almoçamos em um restaurante brasileiro em frente ao mercado de natal e depois seguimos em direção a roda gigante (12,00 euros). Enquanto minha mãe ia com minha irmã na pista de patinação no gelo, eu fui na roda gigante. Foi simplesmente lindo ver novamente Paris do alto e a única coisa que me deixou triste foi ver tanta coisa que ficou sem visitar. O passei valeu a pena. Encontrei com minha mãe e minha irmã e pegamos um tuk tuk (um cara numa bike que leva até 3 pessoas para passear na cidade) e fomos até a Torre Eiffel. Me despedi de Paris e da torre e voltamos ao hotel. Iamos de metro e ônibus até o aeroporto de Orly mas a recepcionista do hotel disse que financeiramente não valia a pena, pois o ônibus custava 7,00 euros por pessoa e o táxi ficava entre 20,00 e 25,00 euros. Pegamos um táxi e ela acertou, ficou 22,50 euros e valeu super a pena. O voo da minha mãe era as 19:10hrs e o meu e da minha irmã era as 20:35hrs. Uma rápida explicação: eu e minha irmã compramos nossas passagens entre final de janeiro e inicio de fevereiro de 2015 e minha mãe resolveu ir com a gente após o falecimento do meu pai final de maio, então este voo de Paris para Lisboa ficou diferente pois o nosso estava lotado. Voltando.... Minha mãe embarcou e eu avisei a ela que caso tivesse algum problema e nosso voo atrasasse, que era para ela pegar o voo de Lisboa para SP da mesma forma, e parecia que eu estava adivinhando que algo ia acontecer. Quando foi em torno das 20hrs, descobrimos que o voo ia atrasar um pouco e acabamos embarcando as 21:20hrs e o voo levou 20 minutos a mais do que o tempo normal pois ele deu uma volta maior por causa de uma tempestade (essa foi a explicação dada pela comissária de bordo). Chegamos em Lisboa e ainda tínhamos que passar no controle de passaporte, como tinha o voo para SP e para RJ naquele momento e um monte de gente atrasada, eles mal olharam na nossa cara e liberaram a gente. Literalmente corremos até o portão de embarque (que para ajudar era o último do terminal) e fomos umas das últimas a entrar no avião, e a cara de alivio da minha mãe quando avistou a gente não tem nem como explicar, pois ela morre de medo de andar de avião e estava além de preocupada, desesperada por ter que viajar tanto tempo sozinha. Estava com o corpo cansado e mentalmente esgotada pela situação de quase perda de voo. Dormi e nem jantei, acordei quando faltava 3hrs para chegar em SP, assisti um filme e tomei o café da manhã. Desembarca em SP foi simplesmente triste, acho que a sensação de “não quero voltar à rotina” todo mundo sente nessa hora. Agora é juntar mais uma graninha e planejar a próxima viagem.
  14. 31/12: 13° dia: Ano novo Mais um dia bem longo na nossa lista. Primeiro fomos conhecer a Catedral Sacre Coeur, pegamos o metro e resolvemos subir de funiculaire até a igreja (ele custa o mesmo preço do metro – 1,80 euros). Eu já sabia do golpe da pulseirinha e avisei minha mãe e irmã e quando estávamos chegando na bilheteria se aproximou um cara da minha irmã e bem na hora que ia puxar o braço dela eu meio que empurrei ele e puxei ela de lado e disse “no” para ele com a cara bem fechada e ele se afastou. Passado o pequeno susto, compramos o bilhete e subimos. A catedral é linda mas achei a notre dame mais linda. Resolvemos subir até o domo e quase morremos de cansadas (uma dica: compre uma garrafinha de água antes de subir porque ela irá te ajudar a chegar ao topo e se você tiver problemas com lugares fechados, é melhor ficar esperando lá embaixo) mas valeu todo o esforço quando chegamos lá no topo e tivemos uma vista privilegiada de Paris, simplesmente lindo. Ficamos um pouco por lá e começamos a saga da descida. Depois resolvemos pegar o ônibus que passa em frente a catedral até o Moulin Rouge e ficamos arrependidas pois ele passou por lugares lindos e vários comércios, deveríamos ter ido a pé. Descemos próximo do Moulin Rouge e almoçamos, depois seguidos até o café des deux moulins e eu comi um delicioso creme brulee. Continuamos nosso passeio até o Moulin Rouge e ele é super lindo. Pegamos o metro em frente ao local e seguimos até o Arco do Triunfo. Passeamos na Champs-Élysées até a loja da Disney. Passamos na loja da Peugeot e compramos um presente para meu primo e na Sephora (verifiquei algumas coisas que queria comprar para voltar depois). Voltamos ao hotel para descansar, tomei um banho e dormi umas 2hrs. Acordei e me arrumei para ir passar a virada do ano na Torre Eiffel, minha irmã não quis ir e minha mãe foi comigo. Iamos descer na Champs-Élysées mas o metro simplesmente passou direto e somente parou na estação depois do Arco do Triunfo. Tivemos que caminhar um bom pedaço até a torre mas conseguimos chegar lá uns 15 minutos antes da meia noite. À meia noite, ela acendeu e ficou piscando por 5 minutos e quando terminou começamos a seguir para o metro, neste momento começou os problemas da noite. Fomos para a estação mais próxima e ela estava fechada, mas colocaram um aviso no setor de baixo avisando que a entrada “x” estava aberta, o problema é que como o aviso estava lá embaixo, todo mundo descia a escada para achar o aviso e precisar subir de novo, isso fez ficar a maior confusão a entrada do metro. Seguimos para a estação seguinte e aconteceu a mesma coisa, só que nessa segunda entrada a confusão estava enorme e os homens estavam muito bêbados e ficavam tentando passar a mão nas mulheres. Saimos da confusão e tentamos pegar um taxi mas não conseguimos e resolvemos continuar andando e na estação seguinte não tinha confusão e estava aberta. Pegamos o metro e chegamos no hotel quase 1:30hrs da manhã. Por maior que tenha sido a confusão para pegar o metro e voltar ao hotel, eu com certeza passaria outro ano novo em frente a torre mesmo sem fogos. Gastos do dia: Bilhete unitário: 5,40 euros (3 bilhetes) Funiculaire: 1,80 euros Subida na catedral: 6,00 euros Ônibus até Moulin Rouge: 1,80 euros Almoço: 9,40 euros Creme Brulee: 7,00 euros Cartão postal, lembrancinha e miniaturas: 18,00 euros Total do dia: 49,40 euros
  15. 30/12: 12° dia: Partiu Londres Eu e minha irmã acordamos bem cedo e às 7:20hrs já estávamos na estação de trem Paris Nord. Fizemos toda a parte burocrática tranquilamente e seguimos para o trem (sinceramente achei o de Roma mais bonito, mais novo e mais limpo). A viagem durou certa de 3hrs e chegamos em Londres as 10:10hrs. Saimos da estação St. Pancras e seguimos 4 ou 5 quarteirões até a estação Euston. Comprei 2 bilhetes de ida e volta para a estação Watford Junction e fomos procurar a plataforma do trem. Como não consegui entender a tela da televisão onde tinha as informações, acabei perguntando para algumas pessoas e pegamos o trem no horário correto. Nosso trem era o trem “rápido” que ia direto para a estação e levou 15 minutos e assim que saímos da estação, o ônibus do Harry Potter já estava parado lá. Pagamos 2,00 libras cada uma e entramos no ônibus, neste momento minha irmã já estava começando a surtar de alegria. Em 5 minutos chegamos no estúdio, fomos até a bilheteria e com o email da compra em mãos, retiramos os 2 ingressos e 1 “passaporte” com informações do estúdio. Assim que entramos no estúdio, fomos na lojinha e minha irmã comprou algumas coisas e eu comprei 1 chaveiro para minha coleção. Entramos no estúdio e a primeira parte do passeio é um vídeo com entrevista de algumas pessoas relacionadas a publicação dos livros e dos filmes. Depois entramos numa segunda sala onde um rapaz faz algumas brincadeiras e em seguida assistimos um filme dos 3 personagens principais, em seguida abre-se as portas e já estamos no cenário do HP onde eles faziam as refeições. Neste local também tem 1 rapaz fazendo algumas perguntas e depois é liberado o passeio. Sinceramente achei que fosse realmente o estúdio de gravação, mas não, eles escolheram vários cenários e acessórios e juntaram para a visitação. Achei legal para quem é fã e a única coisa que realmente chamou minha atenção foi a locomotiva onde é de tamanho real e a maquete da escola que é simplesmente gigante e cheia de detalhes incríveis. Minha irmã adorou e saiu de lá feliz da vida. Voltamos pelo menos caminho mas pegamos o trem que parava em algumas estações antes da Euston e levamos uns 25 minutos dessa vez. Voltamos caminhando para a St. Pancras e pegamos nosso trem de volta para Paris com tranquilidade, este segundo trem era muito mais confortável e bem mais novo do que o primeiro. Chegamos em Paris e fomos direto ao hotel, onde descasamos para o dia seguinte. Gastos do dia: lembrando que este passeio foi todo pago pela minha mãe e compramos a passagem de trem e o ingresso do HP com alguns meses de antecedência (os valores estão no primeiro post). Bilhete do metro: 3,40 euros (2 bilhetes) Chaveiro no HP: 6,00 libras Trem para o HP: 11,00 libras (ida e volta) Ônibus do HP: 2,00 libras Almoço: 15,00 libras
×