Ir para conteúdo

josebastos.ribeironeto

Membros
  • Total de itens

    16
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que josebastos.ribeironeto postou

  1. Verdade, tem 2 meses que voltei da Argentina e do Chile e fomos apenas com o RG. Foi bem tranquilo. O único porem é que você fica com uma identificação em papel que parece que vai dissolver só de olhar.
  2. Bom dia a todos. Pela segunda vez estamos indo para o Peru de carro, a primeira foi em 2013 conforme relatado de-rondonia-a-machu-pichu-t97676.html Porém desta vez iremos com um carro a diesel, e como todos sabem os carros fabricados recentemente exigem o combustível diesel S-10. Este combustível na região do Peru para Cusco, existe? Quem já viajou para lá nestas mesmas condições de abastecimento, como fez? Obrigado.
  3. Pessoal, comprei esse livro "GUIA VISUAL - FOLHA DE SAO PAULO - ARGENTINA" e ele é um guia muito completo. estamos lendo e cada pagina aparece coisa interessante a se fazer. http://livraria.folha.com.br/livros/argentina/argentina-dorling-kindersley-1011306.html vale a leitura e o preço: 100,00 reais.
  4. existem voos diretos e diários de buenos aires para santiago, ou el calafate ou ushuaia? Alguem sabe dizer a faixa de preço destes voos?
  5. Boa tarde mochileiros: Já possuo um relato de viagem de Rondônia ao Peru - de-rondonia-a-machu-pichu-t97676.html e agora estamos indo para a argentina. Iremos de avião até Buenos Aires em meados de agosto/2016 e gostaríamos de umas dicas de roteiro. Inicialmente temos ideia de sair de Buenos Aires e ir ate santiago esquiar, vi que voos são baratos neste trecho. Chegando no Chile alugaríamos um carro e iriamos rodar ate uns pontos turísticos próximos a capital e no regresso a Buenos Aires faríamos a mesma coisa, alugaríamos um carro e iriamos conhecer o interior da argentina. Isso tudo em 24 dias. Agora vamos as duvidas - Faço o cambio Real/Peso ou Real-Dollar/Peso? - É tranquilo alugar carro com a CNH brasileira? - Viajar de carro pelo interior é tranquilo? - Quais principais cidades a se visitar? - Quais documentos necessários a levar? - Principal: Vale levar cartão de credito ou tudo em espécie? Obrigado.
  6. E ai beleza. Entao, já fizemos esse percurso a pé. Não optamos em subir de aguas calientes até machu pichu de onibus, somente a volta. assim como o caminho da hidreletrica ate aguas calientes, tambem optamos por fazer a pé. Mais informações fiz um post de-rondonia-a-machu-pichu-t97676.html Att.
  7. Boa tarde mochileiros: Já possuo um relato de viagem de Rondônia ao Peru - de-rondonia-a-machu-pichu-t97676.html e agora estamos indo para a argentina. Iremos de avião até Buenos Aires em meados de agosto/2016 e gostaríamos de umas dicas de roteiro. Inicialmente temos ideia de sair de Buenos Aires e ir ate santiago esquiar, vi que voos são baratos neste trecho. Chegando no Chile alugaríamos um carro e iriamos rodar ate uns pontos turísticos próximos a capital e no regresso a Buenos Aires faríamos a mesma coisa, alugaríamos um carro e iriamos conhecer o interior da argentina. Isso tudo em 24 dias. Agora vamos as duvidas - Faço o cambio Real/Peso ou Real-Dollar/Peso? - É tranquilo alugar carro com a CNH brasileira? - Viajar de carro pelo interior é tranquilo? - Quais principais cidades a se visitar? - Quais documentos necessários a levar? - Principal: Vale levar cartão de credito ou tudo em espécie? Obrigado.
  8. Pessoal, boa noite: Estamos a caminho da argentina - para buenos aires nos meados de agosto porem temos umas duvidas antes de concretizar a compra das passagens. Quanto tempo é necessário para não enjoar do local e quais melhores cidades a se conhecer, é fácil ir até Ushuaia? tenho até 20 dias para aproveitar. Agradeço.
  9. Seguinte pessoal, gostaria de umas dicas, pois vou tirar ferias entre agosto/setembro e queremos ir para a argentina, porem nao sabemos o tempo suficiente para nao enjoarmos do local (tipo uns 15-20 dias) e quais melhores locais para ir. Compensa alugar carro, quem puder ajudar. agradeçemos.
  10. tambem gostaria deste roteiro: [email protected] tambem desejo ir para lá final do ano agora. Ai não sei se vale a pena passar 7 dias em buenos aires ou se é legal alugar um carro e ir passear
  11. companheiros de viagem, estou com vontade de conhecer a Argentina em dezembro agora, e gostaria de saber quais cidades me recomendam para passar uns sete dias. Parto de Vitória/ES. Tenho vontade de conhecer a região de esqui de bariloche, mas vi que dezembro não neva. Alguém pode sugerir algum roteiro bacana à dois? Final do ano passado fui pra machu pichu.
  12. hlirajunior A maioria dos hoteis e albergues por lá não possuem Cochera (garagem), sendo assim conseguimos achar um terreno que era somente cochera, na avenida do sol. Deixamos o carro la por todo o tempo que ficamos em cusco. Havia varios carros de brasileiros estacionados por lá. Fizemos o seguro padrao somente do carro na fronteira, colocaram um adesivo no vidro com o nome do motorista e pronto. Este seguro a mais lhe da o direito por um serviço de guincho se nao me engano mas nao optamos por isso. Economizamos.
  13. Finalmente em 2013/2014 consegui fazer a primeira viagem. Com mais dois colegas, saímos de Ji-Parana/RO e fomos de carro (palio 1.0) até machu pichu. Saindo de RO (Porto Velho) dia 27/12 chegamos em porto maldonado (Peru) para dormir e dia 28/12 estávamos em cuzco. Hospedamos no hostel margarita (diária de 15 reais por dia) muito próxima das praças das armas. Compramos um pacote de cuzco para machu pichu por 150 dólares, a empresa é localizada na Praça das Armas mesmo e incluía transporte e hotel em águas calientes (vilarejo mais próximo de machu pichu - pois não se vai e volta no mesmo dia - belo lugar com varias lojas e restaurantes) e com direito a guia turístico. O transporte nos leva até uma hidrelétrica próxima de Águas Calientes e tem-se a opção de fazer esse percurso a pé ou de trem. Optamos por ir a pé, e demorou cerca de 2 horas de caminha tranquila com belas paisagens seguindo o rio. Chegando no vilarejo fomos levados ate o hostel (com WiFi e água quente e janta). No outro dia cedo partimos para Machu Pichu. Decidimos subir a pé (tem a opção de ir de ônibus) mas aconselho somente para quem tem fôlego (a folha de coca é aconselhável e ajuda bastante na respiração), pois é muito ingrime e a altitude começa a fazer efeito, mas o resultado final é espetacular (vai levar cerca de 1 hora de subida direto). Em machu Pichu o guia fez a apresentação do lugar (em inglês e em espanhol - Rubens o nome, muito gente boa) e depois tivemos um tempo de 2 horas "livres" para rodar e tirar foto a vontade) O lugar é muito bonito e venta muito, aconselho a levar pelo menos um casaco. Na volta para Águas Calientes, descemos a pé também, muito mais rápido do que subir. E no caminho de volta para a hidrelétrica optamos por voltar de trem (que por sinal é muito bonito por dentro). Passamos a virada de ano na praça das Armas, e foi muito bom. Muitas pessoas, muitos estrangeiros, jovens, muito bacana. Não reservamos nada, fomos com a cara e a vontade de viajar, ignorando o fato de muitos otários falando que não íamos conseguir nem chegar lá (povo pessimista). Digo a vocês, foi ótimo, com alguns pontos a destacar: - Carro próprio. O carro tem que estar no nome de algum integrante da viagem. - Gasolina: Ande sempre com o tanque da metade para cima, você nunca sabe que imprevisto irá acontecer além de que os postos de gasolina por lá (chamados de grifos) serem escassos. Não é todo lugar que existe e a distancia entre uma cidade "grande" e outra é longe. - Cambio exagerado de soles/reais na fronteira - devido ao grande numero de brasileiros. Não usamos reais lá dentro, mas aconselho a se informar sobre a taxa de câmbio antes para não ser pego de surpresa. - Altitude: Pode ocorrer em algumas pessoas. Comigo não ocorreu nada, mas meu colega passou mal quando alcançamos uma certa altitude antes de chegar em cuzco. Ele precisou ser medicado ao chegar na cidade. - Desabamentos que ocorreram em janeiro nos deixou presos na estrada por uns 3 dias sem qualquer informação por parte dos peruanos, uma bagunça (saiu ate no G1). - Leve comida, salgados, água. Como ficamos na estrada presos, não havia lanchonetes e nem nada (parece que não existe isso lá) e os vilarejos são muito remoto, não tem hotel, posto, restaurante. - Leve um mapa, GPS de celular pois os peruanos não sabem dar informações concretas (as distancias entre cidades são ditas em tempo de viagem e não em quilometros). Fora isso, foi uma viagem ótima, muito bonito de se conhecer e NÃO é uma viagem cara. Gastei menos de 1000 reais somando todas as despesas. inca bridge - machu pichu Trem de volta de Águas Calientes incluso no pacote para MP. Alpaca em machu pichu Entrada de Machu Pichu Carretera para Cuzco - Paramos no caminho para ver as Lhamas. Praça das Armas - Cuzco Chegada em Águas Calientes Virada de Ano na Praça as Armas em Cuzco Carretera Interoceanica - Palio guerreiro Inca Bridge Praça das Armas Estrada seguindo para o Brasil - próximo ao ponto Abra Oquepuño. Ponto Abra Oquepuño - Ponto mais alto que chegamos 4873 metros acima nível do mar. Muito Frio. Inca Cola - Fronteira (demora para registrar o veículo) Machu Pichu
×
×
  • Criar Novo...