Ir para conteúdo

LinharesXT

Membros
  • Total de itens

    62
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que LinharesXT postou

  1. Conheço várias pessoas que possuem a 250 e todos reclamam de falta de potência para viajar com garupa. Quanto à estrutura, seria preciso ver o manual mas o meu palpite é que a moto aguenta desde que você reduza em quebra-molas, buracos, etc... Abraços, Linhares
  2. Bastante interessante a maneira como você descobriu a ER!
  3. Show! A foto final ficou top! Esses controles de entrada devem ser necessários. O parque fica perto do Rio e BH.
  4. Neste dia eu atravessei de São Paulo para Minas Gerais. Águas da Prata Subindo a serra entre Águas da Prata-SP e Andradas-MG. Um pouco mais à frente parei nesta pequena queda d'água chamada "ponte de pedra": Este primeiro trecho foi tranquilo. Depois que a estrada chega próxima do asfalto e volta para o interior, começaram algumas descidas muito íngremes. A relação de marchas da CRF ajuda bastante, pois a primeira é bem travada. De Andradas para Ouro Fino, o caminho da fé passa por dois vilarejos. Imaginei que seriam estradas de terra normais q
  5. Caminho da Fé No caminho da da fé a pista estava boa, apenas um pouco escorregadia. Só que o GPS me mandou por um caminho de fazenda que era só lama! Depois que eu vi o carro atolado, eu entendi aquilo como um sinal e fiz meia volta! Caminho errado Observem o detalhe da roda: serviu de molde pra lama! A minha roda também não estava lá essas coisas... mas voltando para a estrada de chão batido, logo ele ficou limpa! Casa Branca - SP Minas Gerais no horizonte São João da Boa Vista, ainda em SP Abraços, Linha
  6. Saí de Uberaba para o leste na BR262 e logo peguei uma estrada municipal que cortava fazendas para o sul. Segundo o GPS era sem saída, mas ao final me deparei com uma plantação que havia sido colhida e pude visualizar o asfalto. Logo cheguei no Rio Grande, divisa entre Minas Gerais e São Paulo. Passei por algumas cidades e, num ponto onde o GPS mandava dar uma grande volta, perguntei se não havia um caminho por estrada de terra para Capivari da Mata. Peguei informações num posto de gasolina e consegui achar um atalho para essa pequena vila. De lá fui para a cidade de Ituverava onde almocei u
  7. Opa, o problema mecânico vai aparecer mais pra frente na história! Foi um retentor da bomba d'água que vazou. A dificuldade foi encontrar um da CRF250L! Quanto à velocidade de cruzeiro, ela perde feio para a Té250, pois tem uma relação de marchas mais reduzida. Ano passado eu viajei com três amigos de Ténéré. Vide relato no ADVrider! Abraços, Linhares
  8. Depois de um primeiro dia longo que havia sido programado com antecedência, resolvemos explorar a região sem muito compromisso. Saímos de Araguari por uma estrada de terra que passa próximo à cachoeira das freiras. Uma estrada de fazenda leva à parte de cima da cascata. A altura da queda impressiona! Em seguida, procuramos um caminho de terra que nos levasse à próxima cidade do roteiro improvisado que era Cascalho Rico. Este trecho não estava no GPS e foi preciso perguntar várias vezes. Inclusive um rapaz de moto nos guiou por alguns quilômetros. Estas serras próximas de represas têm um visu
  9. Com certeza, Tiago! Teve um dia que eu dormi em Pouso Alegre aí perto da sua cidade. Gostei muito da estrada para Cristina - visual incrível! Abraços, Linhares
  10. O primeiro dia foi excelente! Tivemos sorte de não pegar nem uma gota de chuva. Em Araguari choveu pouco antes de nós chegarmos. De manhã foi preciso ficar atento ao GPS para não errar o caminho de Luziânia para Buritizinho e depois Pires do Rio. A estrada estava ótima! Em alguns trechos estávamos a toda velocidade! O que pra minha moto significa 120 km/h Pegamos uma hora de asfalto até Ipameri e voltamos para terra. A estrada ficou um pouco mais travada, mas ainda bem tranquila porque estava seca. Alguns locais pareciam ficar bem escorregadios quando chove! De Goiandira para Anhanguera es
  11. Olá, fiz uma agradável viagem de moto neste mês de março. A idéia foi seguir este roteiro até a cidade de Casa Branca, São Paulo, sempre próximo da divisa com Minas Gerais. depois atravessar a fronteira e finalmente cruzar para o estado do Rio na região do vale do Paraíba. O nome do tópico veio da incrível velocidade de cruzeiro da CRF250L que é de 80 km/h !!! No primeiros dois dias eu tive a companhia de um amigo em sua XT660, mas depois segui sozinho até o interior do RJ. Tive um problema mecânico e precisei deixar a moto por lá e voltar de avião. Na semana santa fui buscá-la e voltei par
  12. Que bacana! Andar na areia deve ser muito bom! Parabéns pela aventura em tão boa companhia! Abraços, Linhares
  13. Muito legal os atrativos turísticos de Uruaçu! Abraços, Linhares
  14. Caros, segue relato de um passeio que eu fiz com os amigos do Clube XT600 de BSB para Vianópolis-GO por estradas de terra próximas ao lago Corumbá IV: Concentração no posto Shell por volta das 07:30h e saída às 08:00h pontualmente! Saímos sentido cemitério do Gama e logo pegamos estrada de terra descendo para a DF-180. Breve trecho de asfalto e entramos à direita onde tem um frigorífico. As estradas estavam com muitas poças de lama e num pequeno acesso para a DF-290 já rolou um trecho de "quiabo" (lama bem escorregadia) que deixou a galera esperta! Cruzamos a p
  15. Ruy, parabéns pela viagem! Ainda mais sendo a primeira e num lugar tão bonito! O relato ficou muito bom, mas podia ter acrescentados alguns parágrafos Quanto à estrada de terra, ajuda se você abaixar a calibragem dos pneus. Abraços, Linhares
  16. Parafuso soltar em viagem é algo bem comum mesmo. Qual é a autonomia da moto? Não deve ser 120km se você abasteceu duas vezes... Parabéns pela viagem! Abraços, Linhares
  17. Olá, Wagner, alguns amigos foram para Maceió recentemente e utilizaram esse caminho de LEM e Barreiras para ir e voltar. Abraços, Linhares
  18. Legal! Já vi o pessoal combinar de fazer essa trilha, mas ainda não tive oportunidade! Abraços, Linhares
  19. Pessoal, gostaria de compartilhar algumas fotos que eu tirei com minha super lente de 500 mm O passeio foi neste feriado de finados pelas seguintes cidades de Goiás: Abadiânia, Silvânia, Boa Vista de Goiás, Morrinhos, Itumbiara, Quirinópolis, Caçu, Serranópolis e Jataí. Fomos de Suzuki Jimny, um pequeno valente que atravessou muitas poças de lama! Viatura da expedição Estrada para Bela Vista de Goiás Ponte em Santa Rosa da Meia Ponte, município de Inaciolândia Este aqui estava embaixo da ponte (super lente de agora em diante) Pé de tucano Da ponte
  20. Fernando, que viagem fantástica! Parabéns por mais uma aventura! Confesso que senti a falta das fotos num primeiro momento, mas o seu relato é muito bom. Fiquei imaginando a areia batendo na perna, soprada pelo Vento Sul! Abraços, Linhares
  21. MCM, muito bom o seu relato! Quando estive na região, visitei apenas uma vinícola, a Miolo. O guia era um rapaz barbudo que tinha mais cara de guia florestal Essa dica do Salto Ventoso fechou com chave de ouro! Que linda queda d'água! Espero conhecer na próxima! Abraços, Linhares
  22. Lucas, posta mais informações aí! Abraços, Linhares
×
×
  • Criar Novo...