Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

leandr0d0rock

Membros
  • Total de itens

    21
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    1

leandr0d0rock venceu a última vez em Março 20 2018

recebeu vários likes pelo conteúdo postado!

Reputação

47 Excelente

1 Seguidor

Sobre leandr0d0rock

  • Data de Nascimento 27-09-1982

Outras informações

  • Próximo Destino
    Bolívia

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. 10° dia - 07/01/2018 Depois de uma viagem super tranquila, num busão bem conservado, nos padrões bolivianos é claro.. Cheguei em Sucre.. Rodoviária pequena... mas jeitosa.. manos.. tava frio pra caralho... estava com muita fome... não sabia o que era comida boa, já tinha uns 3 dias.. Eu só queria um mate e um pão.. podia ser amanhecido... duro.,. mas eu precisava comer.. O bus encostou era umas 5h30.. tava escuro.. peguei minhas mochilas e parti a procura de um lugar pra tomar café... primeiro fui no baño (1 bol)... E fui a caça.. Tudo fechado.. peguei o celular.. sem bateria... Tomada??? esquece.. tem que pagar se quiser carregar o cel.. E eu não tinha uma moeda... achei um banco vazio.. sentei, me encolhi e dei umas cochiladas.. clareou.. deu umas 6h30, pensei.. vou procurar algo lá fora... manosss não dava.. frio demais.. dei mais uma volta e vi um local abrindo.. e perguntei no meu portunhol se lá tinha café... o rapaz muito educado (ironia) disse pra eu esperar 1h. hahahaha.. chorei.. blz.. Passado a tal 1h.. entrei.. olhei o cardápio.. muito barato.. haaa.. gordo que sou.. não pensei duas vezes.. pedi um mate de coca, dois sanduiches com queijo derretido... e olha tava gostoso demais.. comi e segundos.. hahaha. Enquanto comia entrou um casal... brigando e tal.. hahaha advinha??? casal brasileiro... sentaram do meu lado.. fiquei calado e ouvindo.. rsrrsrs.. não aguentei.. e falei: Porra, não briguem.. haaha.. deram risada, e falaram não estamos brigando... hahahha eram de Vitória - ES. Não demorou muito e entrou outro casal de Floripa.. "formação de quadrilha" rsrsrrs... conversamos por umas duas horas.. tava com saudades de falar português... Eu fiz o percurso invertido.. os 4 estavam começando o mochilão.. eu tava terminando... nos despedimos.. e parti para conhecer um pouco de Sucre. Pra mim era fundamental estar lá.. pela importância história para os bolivianos de origem quéchua e aimará.. Eu estava na capital boliviana.. Bem sai da rodoviaria, afim de encontrar um hostel, pois tinha a ideia de passar uma noite por lá... Achei um hostel na calle Argentina (não lembro o nome), por 30 bols. uma cama.. Na moral.. hostel ruim pra caralho.. mas olhei outros e todos estavam acima de 60 bols.. não dava pra mim. Manos.. dei um rolezão na cidade.. tem o rolê dos dinossauros e tal... não curto.. e alguns guias me ofereceram o passeio.. me cobraram 300 bols.. não tinha essa grana.. Bateu a fome.. achei um restaurante que vendia um combo de macarrão e suco por 18 bols.. ahhh vale lembrar que era um domingo, a cidade tava cheia de turistas e nativos tb.. todos os lugares estavam caríssimos.. e eu na dureza total... Comi bem.. e tomei um sucão de limão.. fui pro hostel.. pensei na vida.. e me bateu um estalo.. o que eu vou fazer aqui amanhã sem grana??? hahaha era umas 14h30.. aproveitei que não tinha nem desarrumado a mochila.. fui na recepção e falei que ia na rodoviária comprar passagens e voltava.. a mocinha me falou que dificilmente eu conseguiria.. pois os bus para Santa Cruz saiam a partir das 16h30 e provavelmente não ia ter passagens... ahh mano.. meti o loko.. fui pra rodoviária.. Cheguei lá.. quem eu encontro??? A Carol.. a brasileira que fez o Uyuni comigo.. ela tava na mesma condição que eu... passamos a procurar juntos as passagens para Santa Cruz... Aparece um cara e oferece os ultimos dois lugares.. 160 bols. Fui perguntar para Carol se ela estava afim de ir naquele bus. Outro cara passou e comprou.. fiquei puto... Procuramos em todos os guiches.. kkk Ela tava mais ferrada que eu.. pois eu ainda tinha lugar pra dormir.. ela não encontrou hostel... já estavamos indo embora.. qndo uma mulher gritou: "Santa Cruz, Santa Cruz, Santa Cruz".. eu gritei de longe.. QUANTO CUESTA??? hahahahhahha os dois 140 bols.. não pensamos duas vezes.. era 16h20.. o bus saía 16h30.. hahahha fomos correndo até o bus.. Mano.. mano... manooooooo o busão era zuado... mas muito zuado.. eu e a carol entramos os motoristas pegaram as passagens.. faltavam os boletos de rodoviária. 1,50 bol cada. Em Sucre, tem uns caras vendendo nos corredores. compramos, e partiu.. Por sorte fomos um do lado do outro.. Manos.. não tinha um turista.. só bolivianos... cachorro, porco, 4 pessoas em dois lugares, pessoas em pé.. nos corredores.. hahhahahahah muito louco... E o motorista???? hahahaha corria pra caralho... essa viagem de bus dura em média, 15 horas.. a nossa foi em 12 horas.. Barulhento pra caramba o bus, mas o piloto era muito bom.. quando peguei aquela confiança.. apaguei.. manos.. apagamos.. acordamos em Santa Cruz.. com o motorista chamando... Se vale a pena ir de bus??? Pra mim valeu.. 70 bols... chegamos 4h45... um calor infernal em Santa Cruz... Começava o 11° dia - 08/01/2018 uma segunda-feira...
  2. Salve, salve galera!!! Primeiramente gostaria de agradecer a todos que leram o relato até o momento. Minha vida ta louca.. E to sem tempo de terminar.. rsrs hoje descolei um tempinho..
  3. leandr0d0rock

    Lima

    Valeu pela resposta.. Mas ja fui...rsrs.. Pela Latam as taxas aeroportuárias estão inclusas.. Não precisei pagar nenhuma taxa.. Sent from my LG-D855 using Mochileiros mobile app
  4. 8° dia - Uyuni - 05/01/2018 Depois de uma viagem tranquila.. cheguei em Uyuni umas 5h..Havia lido vários relatos sobre as baixas temperaturas, fui preparado, blusa, segunda pele, touca, luvas e etc.. hahahha.. Na moral?? não usei nada disso.. Tava uma temperatura agradável.. tipo uns 10°C. Um friozinho tolerável para os padrões de altitude.. Em La Paz no dia 1° estava 2°C.. E já estava calejado tanto da altura quanto do frio. Mesmo assim ao descer do bus, fui para um Café que fica de esquina.. para dar uma carga no meu celular e comer algo, pois, salgadinhos e bolachas não são suficientes para um homem de 100 kg.. rsrsrsr... Tomei um mate de coca (não pela altitude.. mas pq gostei mesmo), e comi dois sanduíches pra dar aquela sustância... Conheci duas brasileiras (carols) rssrsr uma de SP e outra do Rio.. As duas já tinha fechado com agências.. antes de chegar.. Eu tinha o equivalente a 1500 bolivianos no bolso.. rsrrs ja estava em Uyuni. Então tinha que fazer o Salar, ir para Sucre, para Santa Cruz, Corumbá e SP... Sendo assim, o que fazer??? Inicialmente sondei com os brasileiros que encontrei quanto haviam pago para fazer os 3 dias de salar.. A maioria havia fechado por 1000 bols com tudo incluso.. Isso me deixaria com apenas 500 bols.. e dificilmente daria pra fazer tudo.. CARALHOOO!!!!! Isso me deixou estressado.. pois queria muito fazer 3 dias.. Assim que clareou, peguei minhas mochilas e parti para procurar agências... Ahhh eu tenho um grupo no whats sobre a trip Chile, Peru e Bolivia, e nesse grupo conheci um cara de uma agência.. que pelo que eu tinha visto e vj até hj, faz passeios fantásticos.. E conversando com esse cara ele me indicou uma agência, porém ele me passou um valor, eu entendo que a galera que trabalha com isso, tem lá suas comissões e tal.. Mas deu um rolo.. e eu vou citar.. Quero dizer que não sou fdp.. mas numa negociação, não existe duas palavras... Então parti para a agência... não me lembro o nome da avenida.. mas é a avenida que tem várias agências de turismo.. antes de chegar nela, passei em várias, para comparar os preços.. Pqp.. tava tudo muito caro... Alta temporada.. dia 05 de janeiro.. pra quem vai com pouca grana como eu... tente ir em outra data... tava muito caro... o passeio de 3 dias tava numa média de 1200 bols.. Porra!!! Chorei.. de soluçar.. trsrrsrs hj eu dou risada, mas na hora foi foda... Cheguei na avenida principal.. e parei numa praça.. Cidadezinha pequena mesmo.. sentei nos bancos da praça, e fiquei pensando no que iria fazer... Queria demais os 3 dias.. mas não tinha grana... tinha um cartão de crédito, mas era para uma emergência.. e para a passagem de volta qndo chegasse em Corumbá.. Achei uma agência que aceitava "tarjeta", mas os preços ficariam fora da minha realidade... Porra.. precisava tomar uma decisão.. era uma sexta-feira.. e provavelmente isso fez a diferença no preço... pesquisei para fazer no sábado... os preços estavam realmente fora de padrão... Peguei meu celular fiz a releitura das conversas com o cara que conheci no grupo.. ele havia me indicado a agência "Manuel expediciones".. o passeio de 3 dias sairia 1200 bols, de 2 dias sairia 750 e 400 de 1 dia.. Nas minhas condições econômicas, no máximo o de 2 dias.. nas outras agências o passeio de 2 dias mais barato que achei foi 600 bols.. Pensei, um não eu já tenho, vou procurar o sim... de 3 dias não dava pra fazer.. então bora fazer dois dias... fui na Manuel Expediciones e cheguei falando do cara e tal.. e perguntei sobre o passeio de 2 dias... conversa vai e conversa vem.. e a mocinha fez pra mim 500 bols por dois dias.. manos.. difícil negociar no "portunhol", eles se empolgam e falam rápido demais.. metralhadora de palavras.. rsrsrsrs foi foda conseguir algo melhor.. mas referente a outras agências tava ganhando 100bols e referente a conversa que tivemos no whats, 250 bols.. Fechei...rsrsrs.. 500 bols.. 2 dias.. já fui arrumando a mala.. pois levaria só a de ataque.. aí a mocinha chegou em mim e disse que eu tinha que pagar a diferença... eu perguntei desse jeito: Que porra de diferença???? E ela: Que vc combinou com o fulano de tal (não vou citar aqui).. E eu disse: Ele esta aqui? Eu disse que era indicado por ele, e o que a senhora me passou?? É esse valor que eu vou pagar e já era.. se não quiser, devolve a grana e pronto... Ela: Ahh relaxa brasileño.. ta tranquilo.. deixa assim mesmo.. Acho que se ela tivesse devolvido a grana, na hora ficaria sem ação, mas analisando hj.. deveria ter pego minha grana de volta.. Porém, lendo outros relatos, concluo que o serviço é horrível, o que compensa mesmo são as paisagens... Bora.. Na moral!!! o nosso 4x4 era o mais velho e mais sujo de todos... Até aí.. blz.. não tem essas frescuras.. Eramos em 7 mais o motorista.. Eu, Carol (brasileira e a única que lembro o nome), uma família de bolivianos de Santa Cruz, sendo uma criança, duas mulheres e um cara e um casal da Colômbia.. Ahh o motorista, Omar, um cara de 19 anos, pouco experiente (rolou vária tretas). Todos do mesmo continente, facilitou a comunicação. Primeira parada era no Cemitério de Trens, ao meu ver, super desnecessário.. e o nosso motorista deu a primeira brecha. Marcou com a gente em 1h.. chegamos por volta das 11h.. ficaríamos até 12h.. Ele saiu e ficamos lá... Deu 12h e cadê nosso piloto?? rsrrsrrs sé loko.. a sorte que uma das mulheres da família boliviana (Jeni se eu não me engano) era bem "bocuda" rsrsr já ligou pra agência e falou: O OMAR NOS DEIXOU AQUI!!!! Ele apareceu em 5 minutos e resmungando.. Segundo ele, foi tomar um banho.. Ele tomou.. pq eu?! hahahaha Partimos para uma feirinha de artesanato onde iriamos almoçar.. tava um calor infernal.. e meu nariz parecia uma cachoeira kkkkkkk.. rinite atacou no deserto... meu estômago estava nas costas é claro.. A Jeni e sua nora começaram a pressionar o Omar para irmos comer.. Ele ficou meio bravo e trouxe o rango... PQP.. Eu não tenho frescura pra comer, sou daqueles que comem churrasco grego no centro de SP.. kkkkk... Mas a comida que nos foi servida só por Deus!!! Alí eu percebi que a "guerra" estava só começando... Mas.. segue o baile!! Depois do almoço.. partimos para o deserto.. que lugar bonito da porra!!!! Depois partimos para o Hotel.. onde passamos a noite.. sem banho.. e quase sem janta.. pois o nosso motorista fez o favor de esquecer nossa janta.. kkkkk todo mundo roxo de fome.. kkkk.. antes de chegar tivemos o prazer de ver o por do sol.. Lindo demais esse lugar.. a noite eu até tirei fotos.. mas meu celular deu pau e eu perdi as fotos.. chorei... 9° dia - Salar de Uyuni - 06/01/2018 No outro dia partiríamos para uma montanha que não me recordo o nome, mas que possui 5300 m de altitude. Acordamos tomamos café e bora... Tentei subir.. mas não deu.. meu corpo não ajudou.. muita falta de ar.. mas.. consegui ficar numa parte razoável e registrar momentos fantásticos... Enquanto o grupo foi subir a montanha.. eu tive o privilégio de registrar com os meus olhos o que foto nenhuma é capaz de fazer... é emocionante.. e todos os perrengues são esquecidos.. Manos a Bolívia é fantástica!!! Depois daí continuamos nosso rolê.. próxima parada era nos cactus gigantes.. tinha que pagar uma taxa... mas.. não paguei.. e não fui... hahaha e não me arrependi.. improvisei... Como era o passeio de dois dias.. partimos para o "espelho".. e fomos cedo.. pois o casal colombiano tinha voo para La Paz as 19h.. ferrou nossas fotos.. mas o que os meus olhos registraram.. vai ser impossível transpor para vcs!! No caminho paramos pra fazer mais umas fotos clássicas.. Mais umas horinhas de viagem e sal na cara... e nos deparamos com essa belezura!! hahaha Infelizmente o nosso tour acaba ali... Senti demais de não ter uns 1000 bols a mais.. para fazer os 3 dias e ter dinheiro para voltar pra casa.. mas sair de casa sem planejamento tem essas consequências... Mas, não me arrependo.. curti cada segundo.. e foi maravilhoso... Bolívia, Eu te amo!!!! hahahahaaha Voltamos para a agência.. Apesar do serviço péssimo, o salar é maravilhoso e lindo... Ao ponto de me fazer esquecer os perrengues desse passeio. Estava morto e sujo... Passei no hotel Itália do lado da agência.. paguei 50 bols.. para tomar banho (o melhor banho da Bolívia) e deitar um pouco, pois meu bus para Sucre partiria as 22h. Tem que chegar antes para confirmar.. tipo 21h15 no máximo.. se não chegar, colocam outro no seu lugar... Depois do banho arrumei a mochila e deitei.. acordei 20h50.. peguei tudo fui correndo para o "terminal de buses", nada mais é que um quarteirão que saem ônibus.. hahaha.. Uma fome que doía o estômago...hahahaha... Depois de confirmar a passagem, fui procurar algo para comer.. achei uma vendinha apenas... Só bolachas e salgadinhos... Comprei bolacha de maizena e bananas e 2l de água com 10 bols. e partiu Sucre.. o Bus era confortável... e com pouquíssimos bolivianos e muitos estrangeiros... Jantei bolachas e 2 bananas.. tomei 1 litro de água pra encher a barriga... hahahha e depois que peguei aquela confiança no piloto, apaguei.... Acordei com o motorista me chamando já em Sucre... Cheguei por volta das 6h..
  5. 7° dia - La Paz - 04/01/2018 Minha estadia em La Paz estava chegando ao fim, neste mesmo dia as 20h, partiria para outro ponto alto (literalmente) da viagem, Uyuni. Peguei minha roupa na lavanderia... Arrumei minhas malas.. tomei um desayuno. Guardei minha mala no hostal e fui para a praça Murillo.. e fui a pé.. pois já me sentia muito bem.. claro sem exageros.. Eu estava um pouco longe... Andar por La Paz aclimatado, não tem preço... rsrsrs consegui subir muitos morros sem sentir o peso da altitude.. Aclimatar é fundamental!!! Andei bastante... e registrei alguns momentos no caminho da Plaza Murillo.. Um ponto turístico da cidade, pois é onde está localizada a sede do governo boliviano.. E como todas as "Plazas" na Bolívia.. bem cuidadas, ocupadas pelo locais.. acho isso fantástico!!! La Paz é simplesmente demais!!! Fenomenal como os bolivianos possuem identidade com o espaço que habitam.. Achei fantástico!!! Foi um passei muito louco... voltei para o hostal, peguei minha mala e fui para o terminal de buses.. já era umas 18h.. e iria embarcar as 20h... Fui pela Trans Omar -150 bol O bus saiu as 20h30 e chegamos as 6h em Uyuni..
  6. 6° dia - Tiwanaco - La Paz Entre eu e a agência (não me lembro o nome e perdi o recibo rsrsrs), marcamos as 7h30. O guia me buscou no hostal e fomos de encontro ao grupo num micro ônibus. No primeiro momento, rodamos toda a cidade em busca dos turista que fariam o passeio.. Foram umas 20 pessoas.. de vários pontos da cidade. Quando deu umas 9h partimos para Tiwanaco... Na estrada, onde chamam de pedágio rsrsrs a polícia enquadrou o bus.. Manos.. um toque: * Para todos os lugares que vc for, leve os documentos.. a doleira serve pra isso.. eu levei duas.. uma pra din din e cartão e outra para docs. * Alguns hoteis e hostels informam os turistas para não levar passaportes e docs para rua, pois o risco de assalto é muito grande, mas risco de assalto há em todo lugar.. * Eu fui com o Rg, então, por todos os lugares que fui, levava o RG, Carteira de Vacinação e Autorização da imigração. (tirei cópias desses docs e guardei na mochila, também tirei fotos dos docs e deixei no meu email, caso viesse a ser furtado ou roubado). * Na blitz, os políciais pediam a identificação para todos.. Infelizmente algumas pessoas que estavam no bus, estavam com carteirinhas de estudantes e outros docs que o governo boliviano não reconhece como documento... Achei o policial até gentil.. rsrsrsrs quem me conhece sabe que não costumo ser simpático com homens da segurança. srrsrs, pois ele disse: "quem tiver com documentos no email, eu aceito"... mas a rapaziada não tinha nada... * Na Bolívia também tem o "jeitinho brasileiro" de resolver as coisas.. hahahahaha a famosa "propina"... cerca de 8 pessoas no nosso ônibus não tinham documentos.. cada um pagou em média 100 bols.. e passamos... Passado os perrengues dos amigos do bus, chegamos a Tiwanaco... A primeira vista Tiwanaco é um sítio arqueológico que representa mais um espaço com grande conteúdo histórico, (gosto muito), do que um espaço turístico pra quem não entende nada de história autóctone (nativa)... Tiwanaku foi ocupada por uma sociedade que viveu entre 1200 a.C à 1300 d.C.. Tem um museu fenomenal, mas é proibido tirar fotos mesmo sem flash. Foi bom, pois as vezes ficamos presos a fazer boas fotos e vídeos e esquecemos de olhar e registrar na nossa memória... O guia era ótimo, mesmo não concordando com alguns discursos.. E foi ótimo olhar a paisagem e conhecer mais sobre a história local.. sobre as nossas origens!! Infelizmente é um sítio com pouca estrutura turística, mas possui uma riqueza histórico-cultural incalculável... Não me arrependi da visita.. Fantástico!!! Cheguei por volta das 14h em La Paz.. Cansado.. pois a altitude não da um tempo.. rsrsrs.. aproveitei esse resto de dia e coloquei as roupas sujas para lavar, pois levei roupas para 5 dias. Minha mochila é de 50 litros.. E carregar peso durante a viagem acho muito desnecessário.. e não é saudável para minha coluna torta rsrsrs... De frente com o hostal Maya inn, há cajeros automatic (caixas eletrônico) e um café fenomenal.. Onde eu tomei o melhor chocolate quente da minha vida.. acompanhado de um pedaço de Brownie... 40 bols.. caro.. mas um gordo não mede esforços qndo o assunto é comida.. Ahh na Bolívia comi muito bem.. voltei mais cheio.. rsrsrsr.. Minha janta foi uma pizza muito boa da Mozzarela..
  7. 5° dia - 02/01/2018 - La Paz. Após uma noite muito mal dormida, pois tive que ficar no oxigênio uma a cada duas horas. Dormi até umas 9h, tomei meu desayuno e parti pra agência negociar... Como tinha passeio para Tiwanaco pela manhã e já tinha pago. Tentei conversar com a agência para tentar remarcar, pois havia pago 200 bols. Sem sucesso!!! Mesmo apresentando a carta do médico, o horário do atendimento médico, a agência alegou que tinha reservado a van e que não tinha como devolver a grana. Como havia pagado 200 bols. Eu conclui que metade ou quase isso havia sido pago para van, e fiz a proposta de trocar por um outro passeio. A agência me ofereceu o city tour por La Paz, que custa 100 bols direto no próprio bus. Mas para o prejuízo não ser maior, aceitei e marquei para as 14h30. Foi bacana. Eu estava mal ainda pela altitude e tive oportunidade de ir ao: *Valle de la luna; *Mirador Killi killi E conhecer a La Paz de 3000 m de altitude a El Alto 4100 m... Nesse dia almocei no Mercado Lanza. Vai a minha indicação para quem vai a La Paz e com pouca grana. Comi macarrão com pollo (metade do menu que consiste com uma sopa de entrada, prato principal e sobremesa) e gastei 5 bols. Comida simples, mas gostosa e visivelmente feita com higiene.. As 14h30 fui para o local de saída: Calle Illampu, próxima do hostal. E bora.. O rolê é bacana, inicialmente parece ser chato, mas conforme vai passando pela cidade, vc acaba se encantando com as ladeiras estreitas, as pessoas no seu cotidiano pra lá e pra cá, as montanhas ao fundo completando a paisagem que é sem dúvida impressionante!!! O tour para uns 15 a 20 minutos no Mirador Killi Killi... Pouco tempo.. mas.. A vista do Mirador é fenomenal.. La Paz é fenômeno!!! hahaha Apesar de me derrubar, me deixar sem ar, La Paz me conquistou com facilidade!!! Após sair do Mirador, o tour segue para o relevo mais baixo da cidade, onde estão as Universidades, a população "branca" os famosos criollos (descendentes de espanhóis nascidos na América), é uma cidade que particularmente não me atrai, pois possui arquitetura moderna, prédios e condomínios.. tipo São Paulo (numa proporção mega reduzida é claro rsrs).. É o caminho para o Valle de la Luna. Para um Geógrafo essas erosões são fantásticas.. rsrsrs e eu gostei demais... E fiquei anestesiado... Tudo que eu imaginava sobre o lugar, atendeu minhas expectativas.. vale de la luna.mp4 Pra quem não estava nem respirando, foi um ótimo passeio.. rsrsrs.. tomei 100 bols de prejú.. mas serviu de aprendizado para uma próxima vez.. Mas eu ainda queria muito ir a Tiwanaco. Pois tem muita representatividade nos conceitos latino-americanos.. Eu tenho uma identidade muito forte com a cultura e estava disposto a fazer mesmo que custasse outros passeios (como Uyuni), talvez qualquer outro que estivesse no meu lugar não faria o que eu fiz... hahaha.. Mas meu objetivo era ir a fundo na cultura boliviana e indígena.. e Tiwanaco era uma sociedade antecessora aos Incas.. O que na minha concepção e numa lista de desejos, era mais importante que Salar de Uyuni. Na volta do tour.. no prédio do hostal tinha uma agência, fechei com eles Tiwanaco - 65 bols a van ida e volta - almoço 35 bol - 100 bols a entrada em Tiwanaco. Ahhh.. antes de sair para o tour.. fui até o terminal de buses e consegui trocar o dia da viagem para Uyuni para o dia 04/01 as 20h. Lembrando que o médico me recomendou ir depois de 3 dias.. Como psicológico tava abalado.. rsrsrrs..
  8. 4° dia - 01/01/2018 - La Paz Foi dificil demais dormir... e tava frio.. então foi foda... Acordei um pouco melhor... Fui pro desayuno.. simples.. mas com qualidade... A comida boliviana não foi novidade pra mim, pois, vou sempre na feira Kantuta (boliviana) no bairro do Pari em SP.. Então a meta do dia era fazer uns rolês.. procurar uns passeios baratos.. trocar ideias .. comprar umas roupas.. pois só tinha uma blusa.. e o frio a noite era violento.. Para quem curte comprar, La Paz é o lugar.. Andei demais...fui em várias agências.. mas viajar em alta temporada é de fu... tem que ter grana... e eu não tinha... hahaha.. Eu nãoo dispensava Tiwanaco do meu "roteiro".. rsrsrs.. Almocei.. (não tirei foto).. Almocei no restaurante Pollo Rey (arroz, frango frito, batata frita e um molho picante muito gostoso) com Mocochinche gelado por 15 bols... Como estava me sentindo bem para andar e tal.. decidi ousar... fui no terminal de buses e comprei passagem para Uyuni. Pela Trans Omar por 150 bols para quarta-feira (03/01), é bom comprar antes na alta temporada.. pois acaba muito rápido.. No terminal me deparei com essa belezura: O wi-fi é cobrado mas funciona.. eu vj que em quase todas rodoviárias do Brasil não tem nem tomada pra carregar.. wi fi então é luxo.. usei 30 minutos e paguei 1bol.. E parti pra explorar o relevo urbano boliviano. Essa é calle Sagarnaga.. foi minha morada por quase 5 dias.. Fui "zanzar"... Andei demais.. La Paz tem muito morro... Comparo com Ouro Preto.. Mas La Paz ainda conta com a altitude... andei por lugares maravilhosos.. e outros nem tanto... Conheci alguns bolivianos, conversamos sobre o Evo, Aimarás, Quéchuas, Brasil, Neymar e outros assuntos.. Os poucos que eu encontrei em tentaram entender meu "portunhol" foram muito atenciosos... Eu fiquei anestesiado com La Paz.. Infelizmente eu não registrei "1 dedo" do vi e vivi por lá.. mas tem um pouco aí: Da um bom "meme" hahaha... Andei pra caraleo... rsrsrs o dia inteiro.. voltei pro hostal.. tomei banho e fui deitar...estava exausto.. E já estava próximo de anoitecer... Chegando no hostal e vendo essa tela "maravilhosa"... rsrrss.. Bateu aquela fome...já tinha cochilado.. então eram mais de 21h... peguei um folder na rua de uma pizzaria que coincidentemente estava com uma promoção de entrega grátis... foi ela mesmo.. Pizza maravilhosa, bom preço, delivery para os preguiçosos como eu... A Pizza chegou.. Nessa hora me levantei.. cara... eu vi o mundo girar.. parecia brisa de corote... vodka.. catuaba.. tudo junto.. tontura, dor de cabeça e coração a mil... sensação horrorosa...peguei a piza e subi.. muito mal...a sensação ruim não passava.. muito pelo contrário só piorava... Eu fiz um seguro de viagem para 17 dias.. Já imaginava que a altitude poderia me causar estragos... Eu não sou de fazer propagandas e tal.. mas vi que algumas pessoas tiveram problemas com seguro e tal... Mas fiz pela Affinity (120 reais na América do Sul os 17 dias, fiz o mais básico).. Era dia 01/01 - feriado e quase 23h... entrei em contato com a representante era 22h30.. mandei foto do contrato e disse os meus sintomas... as 22h50 ela me disse que o médico chegaria em meu quarto em 30 minutos.. e me atenderia em português... Eu estava com medo...pois, os sintomas só pioravam..tremia demais.. coração disparado.. tonto.. e cabeça explodindo... as 23h20 em ponto o médico chegou... O Soroche havia me pegado de jeito rsrrsrs... foi foda.. O médico era brasileiro.. facilitou o processo... fez os procedimentos e eu tive que ficar com o balão de oxigênio no quarto. E o médico me esclareceu muito "MITOS" e "VERDADES"... Antes de ir pra altitude li relatos de pessoas falando sobre.. E todos diziam que a hidratação é fundamental... Mas cada corpo reage de uma forma.. no meu caso a água era um "veneno"... Segundo o médico, numa região no nível do mar, o nosso corpo necessita de 3 a 5 litros de água para funcionar bem.. Numa região como La Paz onde a pressão atmosférica é diferente, o nosso corpo necessita de uma quantidade muito menor.. ou seja, ele me proibiu de tomar água... e tomei medicamentos para diminuir a quantidade de líquido do meu corpo... logo, minha alimentação tava toda errada... pois, doces, pizza, salgadinhos retem líquido no corpo... Tomei um carrinho por trás... comprar remédios Não foram caros... mas lá se foram 100 bols pra farmácia... Perguntei do Soroche Phills e da folha de Coca.. * Soroche Phills é tipo o doril aqui no Brasil.. qualquer um se alto medica.. (nesse sentido, não a composição) então vai muito do corpo.. o remédio tem cafeína, pra mim era um veneno.. mas comprei antes de ir e tomei alguns.. não fez efeito. * folha de coca... Segundo o médico, é místico, pois tem uma conotação muito mais filosófica e de fé do que propriamente medicinal.. claro ele é médico, jamais acreditaria numa parada dessa.. mas comprei tb.. e assim como Soroche Phills, não fez efeito.. o Mate eu tomei muito... e achei que fez diferença... Detalhe.. eu havia comprado passagem para Uyuni para o dia 3/01... o Médico disse que eu havia de ficar com o oxigênio até a tarde do dia 2/01 e ficar no mínimo até dia 04/01... na cidade.. pois eu teria uma nova consulta com o mesmo. Eu falei pra ele.. não posso, comprei passagem para Uyuni.. Comprei passeios para Tiwanaco... Ele se propôs a fazer uma carta para que eu conseguisse mudar as datas dos passeios.. e da viagem.. Acabei ficando em La Paz até o dia 4/01. Não brinque com a altitude.. ela é feroz.. rsrsrrs.. o atendimento foi perfeito... ainda bem que eu fiz um seguro... esse atendimento segundo o médico, ficaria em torno de 700 dólares.. srsrrsrs eu nem usei isso durante a viagem toda.. kkkkk.... Ahh qndo ele foi embora eu comi a pizza...kkkkk gordo é foda!!! Muito gostosa, comi mais dois dias por lá.. continua....
  9. 3° dia - La Paz Antes de começar, algumas considerações: * Foram umas 20h de viagem. * Eu achei caro, mas o bus era muito confortável (o melhor da trip) * E La Paz era o meu principal desejo na Bolívia... A galera curte Uyuni e tal.. mas os aspectos culturais me chamam mais atenção do que os naturais.. E La Paz tem tudo isso e muito mais.. * Ahh e to demorando pra relatar pq a vida ta corrida... rsrs Sai de Santa Cruz pensando: "Vou dormir a viagem toda".. hahaaha.. dormi e acordei umas 30 vezes e sempre parecia estar no mesmo lugar. A estrada de Santa Cruz para La Paz é muito boa em 70% da viagem. E justamente nessa parte dormi bem.. Durante a noite, após pegar aquela confiança no piloto, apaguei.. Detalhe: Só eu de estrangeiro no Bus... Vi um cara com a camisa do santos... Até cheguei e cumprimentei, tipo, "eai santista"? hahaha.. o cara me deixou no vácuo.. kkk.. Depois eu vi que ele era boliviano... Nas paradas... tudo muito caro (para os padrões bolivianos é claro), mas como a grana era curta, logo eu já achei absurdo os preços... Comprei 5L de água em Santa Cruz.. Como tomo bastante.. foi toda.. biscoitos e salgadinhos são fundamentais... hahaha.. O bus da transcopacabana (bus cama) é mega confortável.. tem uma tela pra ver filmes e séries... como meu fone estava na mala despachada.. tive que alugar um fone.. Alugar??? Sim... Como o meu portunhol é apurado.. o rapaz que ofereceu o serviço falou tão rápido que eu nem entendi do que se tratava.. só vi os fones na mão dele... e pensei: é esse mesmo. Acredite, paguei 10 bols.. achando que tinha comprado... hahahhahah.. no final da viagem ele passou recolhendo e eu fiquei com cara de c... Antes de chegar.. num tédio danado.. abri a cortina e me deparei com as paisagens abaixo: Particularmente eu acho muito louco.. hahaha geógrafo é foda... Mais umas horinhas de viagem.. e pela janela começo a visualizar a loucura de El Alto.. literalmente falta ar.. rsrrs Loucura o relevo do lugar... inicialmente.. parece uma quebrada... pra quem é de SP ou RJ.. Mas são casas enormes sem acabamento.. Para pagar menos impostos.. acho válido, pensando em governos que sempre exploram com impostos.. a melhor forma de ter "reembolso".. rsrsrs Cheguei... Maaaaannooooo do céu... cadê o ar pra respirar... vale lembrar que: 1° Sou gordo 2° Sedentário 3° Fumante Haahaha já estaria cansado em SP.. imagina a 3600 m de altitude... Sensação horrível... com 2 malas pesadas... sai do bus... fui no posto de informações turísticas do terminal de buses... cheguei no dia 31/12... a hora que abri a boca.. a mocinha me disse: es brasileño?? e eu com o sorriso no rosto respondi: si hermana... rsrrss ela falou bem da Bahia.. rsrsr foi o que eu entendi.. kkkk falam muito rápido.. mas são super simpáticos... Como nem sabia que estaria lá no dia 31/12.. rsrsrs.. não sabia onde ia ficar... um taxista encostou e disse tem um hotel perto da calle das brujas.. por 70 bols... eu disse.. é muito caro...tava sem bateria... sem ar... com fome.. precisando de banho... fui... * taxi 15 bols. Cheguei no hotel uma puta escadaria.. mano, eu não conseguia dar dois passos sem sentir meu coração saindo pela boca.. rsrsrs.. mas não era 70bol.. era 90... falei na cara dele.. nem fudendo... rsrsrs Perguntei prum gringo, na rua, onde ficava calle sagarnaga... sei lá de onde ele era.. mas me entendeu e falava português melhor que eu... hahaha... Eu nunca botei fé na altitude.. manos.. o bagulho é foda... dava 2 ou 3 passos e parava.. respirava 10 minutos...rsrss eu andei uns 500 metros em meia hora... pqp.. cheguei na rua por cima.. era um morro bruto... parei no Hostal Maya inn.. luxo por 70 bols.. hahaha detalhe: * Hostal Maya inn * Habitação privada com tv acabo, banho e ducha compartilhado. * Desayuno * E o mais importante de tudo... ELEVADOR!!! Esse detalhe foi fundamental Tomei um banho e sai pra me aclimatar... tava louco pra tomar cerveja, mas não conseguia nem comer...tava dificil respirar.. Estava próximo da Praça São Francisco.. e pra variar a praça a noite estava linda. Decoração de Natal.. e Praça sempre cheia... La Paz é como toda cidade grande.. tem gente de todo lugar da Bolívia.. Mochileiro pra caramba de todas as partes do mundo... E tem que ficar ligeiro... "Vagabundo" tem em todo lugar.. Quem é de SP ta ligado... é um olho no gato e outro no peixe... vi vários vacilando e sendo furtado... virada de ano... passei sóbrio.. e com muita falta de ar... Quando começou a esvaziar a praça fui pro hostal... pra não vacilar, pois, dava dois passos e parava.. rsrsrs
  10. Salve, salve galera do mochileiros... Quero dizer que antes de começar esse relato, foram várias leituras de relatos aqui no mochileiros... Relatos que me motivaram tanto a ir para esse mochilão, quanto para relatar as minhas experiências vividas em território boliviano... Pra inicio de conversa, eu leio relatos desde 2014... quando me despertou a vontade imensa de viajar pela América do Sul.. Inicialmente pretendia fazer o roteiro clássico (Chile, Peru e Bolívia)... Mas.. a grana sempre curta.. me impediam de dar passos mais largos.. Mas em 2017 fui demitido do meu emprego.. e decidi ir pra onde eu conseguisse ir... Sou professor de História e Geografia.. logo estar em qualquer um dos países citados me faria imensamente feliz... Em outubro de 2017 comprei passagem só de ida para Santa Cruz de la Sierra.. Até pensei em comprar a passagem de volta... mas... "meti o loco".. conversei comigo mesmo (sempre faço isso.. tipo louco na rua)... e pensei: VOU PRA ONDE O DINHEIRO DER!!! E quando a grana acabar eu volto... Mas em Novembro.. acabei decidindo que iria pra Bolívia somente.. E que os pontos mais altos da trip ficariam por conta de La paz, Uyuni e Sucre... E o meu principal objetivo era entender (ou pelo menos tentar) o cotidiano do boliviano nos relevos altiplanos... Sua história, sua cultura, sua culinária, folclores, etc... Bem... Aqueles comentários dos amigos aconteceram é claro... tipo: O que vc vai fazer na Bolívia? Tem alguma coisa boa la? ahhh e sem contar naqueles comentários do tipo: Mano.. lá é pobre.. é isso.. é aquilo...Mas o pai aqui não deu a mínima.. Digo mais.. Sou de São Paulo.. Acho que não há cidade no mundo mais desigual.. e com mais bandido por metro².. rsrsrs.. então qualquer golpe pelo mundão a fora a gente sobrevive... kkkk.. E Chega o grande dia.. a ida..Comprei passagem só de ida pela Latam: São Paulo x Santa Cruz de la Sierra (Com conexão de mais de 12h em Lima.. custou R$499,00).. 1° dia - 28/12 Sai de SP dia 28/12 rumo a Santa Cruz de la Sierra Decolamos as 8h e cheguei em Lima as 10h (no fuso horário peruano.. -3h) Chegando em Lima.. decidi sair pra dar um rolê, pois o meu vôo para Santa Cruz seria só 00h30... Então cambiei uns 200 reais e parti para terras peruanas... Ahh vale lembrar que meu idioma nesse mochilão foi o popular "portunhol"... Dar uma estudada ajuda.. e o google tradutor foi super utilizado na Bolívia.. Pq no Peru?! kkkkk.. O esperto aqui não ativou o Roaming e nem comprei chip internacional... logo nem wi-fi eu tinha... Achei que seria possível comprar um chip no Peru sem Burocracias... mas...sai a caça de uma lan house.. kkkk.. acredite, em Lima pelo menos, todas as praças que passei tinha Wi-fi.. logo todo mundo usava o celular.. me fu.... Fui para Miraflores.. um bairro bem turistão.. ajuda pra quem fala portunhol.. os peruanos foram muito gentis em tentar me entender... hahaha.. A frase mais falada foi: "Habla despacio por favor"? hahaha.. sé loco... O taxi do aeroporto até lá me custou 100 soles.. 50 na ida e 50 na volta com o mesmo taxista.. Gente boa...manja de portunhol.. de política, futebol e de Peru... Miraflores é lindo!!! Mas estava sem comunicação com a família... e andando pelas ruas de lima encontro um desse: Sim.. Um orelhão... kkkk e mais 2 soles de moeda.. liguei pra minha mãe... e disse: to vivo.. o avião não caiu... hahaha e to ligando de um orelhão... hilário... Andei pra caraleo... mais não fiquei cansado... fiquei tão anestesiado com Lima.. que nem tirei fotos.. o que os meus olhos registraram ta aqui e ninguém me tira... Tirar fotos é bacana e tal.. mas nada substitui sua presença no espaço que vc quer estar.. e como um gordo que sou.. foto da comida eu tirei.. hahaha.. Foram 12 soles por essa belezura de macarrão com pollo e papas.. hahaha acompanhado de meio litro de chicha super gelada!! Depois do rango.. dei mais umas voltas.. e já deu 18h.. horário marcado com o Taxista.. Não curto andar a noite em lugares que não conheço.. por segurança.. Ahh me falaram que o trânsito em Lima era caótico... hahahaha... eu fico pensando que nome se dá ao trânsito de São Paulo??? Mas é tipo Marginal tietê sentido ZL às 17h... é ruim.. mas dá pra tolerar.. eu acabei dormindo... Voltei para o Aeroporto, fiz o check in e dormi lindo num mezanino... foram umas 3 horinhas de sono gostoso... 2° dia A conexão acabou e 00h30 decolamos para Santa Cruz de la Sierra.. Manos.... nunca fiquei com c... na mão em um vôo como nesse dia.. pqp.. foi turbulência do começo ao fim... só de lembrar me da agonia.. chuva.. Foram 3h de tortura.. e no pouso aquela derrapada.. o avião saiu até de lado... ufaa cheguei... As 4h30, horário da Bolívia... Pequei a mochila e bora pra imigração... foram 30 minutos... jogo rápido.. Fui com Rg novinho...passei na Aduana.. suave.. sem caô... 5h10 estava na rua... Não sabia pra onde ir... tinha uns soles no bolso e uns 200 reais.. cambiei no aeroporto.. deu uns 500 bols.. Tomei um mate de coca.. e esperei clarear...tava chovendo.. e eu tava sedento a uma cama macia e a um banho.. E tava decidido... ia dormir em Santa Cruz.. Umas 6h30 peguei um taxi por 60 bols até a plaza 24 de Sethembier.. E ainda chovendo fui no Resindecial Ikandire na Calle sucre, do lado da praça... quarto privado com "baño" compartilhado por 55 bols.. com desayuno... deixei minha mochila lá.. e fui dar um role.. tirar umas fotos.. ver o que tinha de bom por lá.... Depois do descanso e algumas voltas por Santa Cruz, foi possível perceber como os crucenhos ocupam os espaços públicos da cidade, as praças estão sempre lotadas no final de tarde. Achei bacana e registrei o momento.. Essa foi a primeira impressão que tive de Santa Cruz... E mandei um até logo para Santa Cruz, pois passei por lá na volta... No outro dia parti para La Paz, onde eu teria as melhores e as piores experiências da viagem... Comprei a passagem para La Paz pela Transcopacabana por 220 bols - bus cama.. Achei caro... mas.. não achei mais barato por bus cama.. lembrando que seriam quase 20h de viagem...
  11. leandr0d0rock

    Lima

    Eai Galera, blz?!?! Estou indo para a Bolívia e Peru.. Porém, tenho uma conexão em Lima de 13h para Santa Cruz de La Sierra. Posso sair do aeroporto? Se sim, pago alguma coisa? aguardo.. valeu
  12. Estou indo em Dezembro (22), eu e uma amiga, totalmente terrestre... São Paulo - Santa Cruz - Sucre - Uyuni - La Paz - Cochabamba - Santa Cruz - SP Sem pressa..
  13. Eu, minha namorada e mais dois amigos iremos fazer a mesma trip. A partir do dia 06/07...
  14. Que bacana!!! Quanto vocês gastaram com as passagens de bus? Quantos dias ficaram? To muito afim de fazer essa viagem de ônibus!!! Leandro
×
×
  • Criar Novo...