Ir para conteúdo

carla navarro

Membros
  • Total de itens

    22
  • Registro em

  • Última visita

Sobre carla navarro

  • Data de Nascimento 05-02-1987

Conquistas de carla navarro

Novo Membro

Novo Membro (1/14)

3

Reputação

  1. Rodrigo e Marcos, vou citar pra vcs o que eu acho IMPERDÍVEL: 1 - cataratas brasileira 2- parque as aves... esses dois vcs conseguem fazer em 1 único dia. 3- cataratas argentinas, a proposta deles é bem diferente do lado brasileiro e vale mto a pena. 4 uma visita panorâmica a Itaipu 5- Comprinhas no Paraguai (rsrs mulher já viu né? )... A noite vc pode ir no duty em puerto iguazu e no ice bar que fica na argentina. E lembrem: façam tudo de ônibus sem medo, é simples e sai mto mais barato!!!!
  2. Oi Lilli, td bem? Vc sabe me dizer qual foi o custo total da viagem em reais? E o custo com guia? As passagens internas vcs compraram aqui no Brasil ou lá na hora? Obrigada
  3. Oi flor... não fica mto perto não! Precisa ir de táxi! Fica há uns 15 min do porto!!!
  4. No quarto dia então, fomos para o Parque Nacional Iguazú, onde se permite a vista das cataratas pelo lado Argentino. Pessoas, vale a pena ir, fui das 3 vezes que estive em foz! Trata-se de um visão diferente das cataratas, pelo fato que vc chega em cima da garganta do diabo e vê as quedas por cima!! Dá pra arrepiar,,, Eu sempre me arrepio! O valor da entrada é de 200 pesos argentinos, em torno de R$60,00. IMPORTANTE: Levem pesos, pq lá não se aceita outra moeda!!! Saindo de lá fomos dar uma volta em Puerto Iguazu e almoçamos em um simpático restaurante chamado La Dama Juana, que fica bem no centro e tem uma ótima comida! E aproveitamos que estávamos no Argentina para comprar seus famosos alfajores e vinhos, com um preço que vale a pena, haja visto a desvalorização da moeda argentina! E esse foi o nosso passeio... Mas também recomendo que visitem a Itaipu... É bem bacana a visitação. Das outras vezes que fomos fizemos o circuito especial que trata-se do passeio onde se conhece a Itaipu inclusive por dentro, e também fomos ver a iluminação noturna da barragem, que é bem linda! Vale a pena tb conhecer itaipu para completar o passeio!!! Espero ter ajudado e qq dúvida estou a disposição!!!
  5. Bom pessoal, venho aqui para trazer dicas e informações para quem pretende ir à Foz do Iguaçu. Essa já é a terceira vez que vou pra lá... Sou apaixonada pelas cataratas e pela cidade! Dessa vez fomos de carro, (moro no interior de sp). Saimos de casa em torno de 13 hrs do dia 24 de dezembro, já cientes que passaríamos o natal na estrada. Chegamos lá em torno das da manhã do dia 25. Dessa vez ficamos hospedados no Manacá hotel. Hotel simples, mas mega bem localizado. Tb recomendo o hotel Rouver, onde me hospedei a primeira vez que estive lá. Pra quem gosta de um hotel com algumas estrelas, recomendo o Best Western Tarobá... Todos os 3 muito bem localizados, Como disse, dessa vez fomos de carro então todos os passeios, exceto o Paraguai, fomos de carro, porém para quem vai de avião eu não recomendo que fechem os passeios com agências. Lá é muito fácil andar de ônibus e se consegue fazer todos os passeios através desse meio de transporte, o que faz com que vc economize muitoooo! Dá pra ir inclusive para a Argentina de ônibus. No dia 25 fomos para o Parque Nacional do Iguaçu. A primeira atividade foi fazer o sobrevôo de helicópetero pelas cataratas. Eu e meu marido não fizemos essa passeio das outras vezes por se tratar de um passeio caro, porém dessa vez resolvemos nos aventurar, afinal, já era a terceira vez que estávamos lá e queríamos algo diferente. O valor do passeio é de R$315,00 por pessoa e dura 10 minutos! Isso mesmo, 10 minutos! rsrs... Mas vale a pena, é uma sensação única e muito especial. A segunda atividade foi então foi ir novamente ver as lindas quedas das cataratas do iguaçu. O valor do ingresso para Brasileiros é de R$ 31,20 dilmas. Também recomendo muito o passeio macuco safari, que consiste em um passeio de barco que te leva embaixo das quedas menores das cataratas... Muito bom!!! Esse passeio custa em torno de 170 dilmas, dessa vez não fizemos, mas fizemos das outras vezes e super vale a pena. No segundo dia fomos ao Paraguai de ônibus... É super tranquilo e não tem erro. Se não me engano o valor da passagem é de R$4,50. Eu gosto de comprar umas bugigangas lá, mas com o preço alto do dólar (sim, lá se vende tudo em dólar, mas aceitam real tb) não era tudo que era vantajoso. Sempre é bom ter um pouco de cuidado com os pertences, mas eu nunca tive problemas. Na volta a gente sempre prefere retornar de taxi, pela facilidade em passar pela receita brasileira (é mais difícil parar táxi), é só chorar um pouco e se consegue negociar um bom valor (pagamos 30 reais até o hotel). No terceiro dia estava programado ir para o parque do lado argentino, porém amanheceu chovendo então fomos andar um pouco pela cidade e na hora que a chuva passou fomos até o marco das 3 fronteiras, que trata-se do local onde encontram-se três grandes nações da América do Sul: Argentina, Brasil e Paraguai, divididas em si apenas pelos Rios Iguaçu e Paraná... Uma bela paisagem a se admirar. Saindo lá fomos ao parque das aves. O Parque das aves é um parque particular, Conta atualmente com uma trilha calçada de 1500 metros, por entre as árvores nativas, e situa-se próximo as Cataratas do Iguaçu. É um parque muito bacana por permetir a entrada nos viveiros e o contato com as aves! O valor da entrada é de R$24 para brasileiros.
  6. A terça ficou reservada para ir à Cayo Bolivar! Esse passeio foi uma verdadeira aventura!!!!!!! Cayo Bolivar é uma ilha deserta e selvagem que fica há uma hora de San Andrés (dependendo das condições do Mar). No nosso caso, fizemos o percurso em 1h20m e foi um Deus nos acuda!!!! O mar estava tão bravo, mas tão bravo que todos chegaram lá enxarcados, passando mal e alguns até chegaram a vomitar! TOME UM DRAMIM!!! Eu tomei um plasil e mesmo assim senti os efeitos do mar! Como a ilha é TOTALMENTE deserta, não há restaurantes ou até mesmo banheiros. O almoço, já incluso no passeio, é feito pelos próprios barqueiros e é bem gosto (tinha arroz, peixe ou frango frito, patacon e salada e biscoito doce de sobremesa). As bebidas ficam à disposição em um isopor e pode-se beber a vontade (cerveja, refrigerante e água). Como eu não passei tão bem no percurso, não fui dar uma volta na ilha. Fiquei no trecho em que descemos do barco mesmo. Meu marido fez uma rápida caminhada e achou bem bonito. O trecho onde fiquei Tb era bem bonito e rendeu belas fotos. O retorno foi bem mais tranqüilo que a ida e fizemos o percurso em 45 minutos. Resumindo minha opinião sobre esse passeio: A ilha é linda, porém eu não enfrentaria aquele mar novamente para ir até lá, além de ser um passeio bem caro e não se tem muito o que fazer na ilha!!! Na quarta e último dia, pela manhã voltamos ao centro para caminhar e comprar e no período da tarde fizemos o passeio Mantarrayas (intereção com arraias). O passeio consiste em passar para conhecer o mangue de San Andrés e depois o barco segue até a ilha Acuário. Lá se faz a interação com as arraias, no meio do mar. Na hora que estávamos lá armou-se um temporal então não aproveitamos muito... Mas deu para ver as Arrais mergulhando, tirar fotos, tocar nelas (inclusive em uma arraia bebê). Valeu a pena! Uma experiência única!!!!!! A noite, para encerrar nossa estada, fomos conhecer a famosa casa noturna CocoLoco! A entrada é gratuita e a casa funciona de quarta à domingo. O local toca principalmente salsa e reggaeton, ritmos populares na ilha. A estrutura do lugar e a decoração são bem legais. Tem uma área no fundo com um deque pro mar. Acho que é válido conhecer! E assim que encerramos nossa viagem ao Caribe Colombiano! Opinião Geral: Amei tudo!!! A ilha é bela, o povo simpático e é um destino razoavelmente barato! Vale a pena! Obs: O câmbio fiz em Cartagena, por isso não sei dizer como está em San Andrés. Em Cartagena paguei 1 dólar para 1.910 pesos. Espero ter ajudado!
  7. Na segunda o Gusto levou para a gente o carrinho que tínhamos alugado, as 8. Logo em seguida saímos para desbravar a ilha! Nossa primeira parada foi na Cueva de Morgan, que foi bem rápida, pois optamos por não entrar no local (a entrada custava 12.000 pesos por pessoa). Continuamos andando pela estradinha à beira mar apreciando a bela paisagem! A próxima parada foi em West view. Esse lugar é exclente para snorkel, com uma quantidade bem grande de peixes. Paga-se 4.000 pela entrada e vc ganha um pedaço de pão para dar aos peixes. Nesse local ainda há lanchonete, um tobogã , trampolim e é onde se faz o mergulho com escafandro (aquanautas). Eu adorei! Vale à pena a parada. Ficamos lá em torno de 2 horas e achei bem válido! Saindo de lá, paramos na La Piscinita! La Piscinita é como uma versão mais simples de West View, com bem menos movimento de pessoas - por isso, indicado para quem prefere lugares mais vazio. Achei a água mais clara aqui e com mais peixes. Muito bacana! Paga-se 3.000 pesos para entrar e também ganha pão para dar aos peixes. Aproveitamos e almoçamos uma belo peixe frito! O almoço para casal, com refrigerante ficou 55.000 pesos. Satisfeitos, seguimos até o Hoyo Soplador. Esse local trata-se de uma fenda natural que, devido a força das ondas, sai um ventão do buraco, fazendo cabelos e roupas sejam lançados para o alto! É bem bacana! Foi uma parada rápida para conhecer o local e tirar algumas fotos! Continuamos o passeio, sempre admirando a bela paisagem e mais tarde fomos às compras no centro. O que vale a pena para comprar são os perfumes, bebidas e tênis. Do resto não achei muito compensador.
  8. Chegamos em San Andrés,no sábado dia 9 de agosto, em um vôo da Copa airlines, vindo de Cartagena, às 17:00. Passamos tranquilamente pela imigração e fomos à procura de um taxi para nos levar até o nosso apartamento. Sim, isso mesmo: como estávamos em um grupo de 5 pessoas, optamos por alugar um ap em San Andrés. Ficamos no Bay Point (reservamos e pagamos através do decolar). Eu recomendo: Ótima localização, apartamento todo equipado, faxinas diárias eram feitas e tinha piscina!. Pagamos 10 mil pesos do aeroporto ao nosso ap (o preço deve ser fechado com o taxista antes da viagem, pois não há taxímetros). Chegamos, trocamos de roupa e fomos conhecer o centrinho de San Andrés. O centro é um charme, cheioooo de lojinhas, principalmente lojas do Duty Free La Riviera e lojas de perfumes. No caminho fomos abordado por um vendedor de passeios. O nome dele é Gusto e ele fica na joalheria TexOro del Caribe, que tem uma pequeno espaço reservado para venda de passeios. A joalheria fica bem em frente a maior La Riviera que tem no centro, é fem fácil de achar! Conseguimos negociar bem com ele, e fechamos todos os passeios lá mesmo. O que foi fechado foi o seguinte: Domingo: Jhony Cay e Acuario - Cortesia pelo passeio Mantarrayas que fechamos para ir na quarta. Pagamos apenas 5 mil por pessoa, no pier, referente à uma taxa. (Passeio das 9 às 15 hrs). Segunda: Aluguel de uma Kawasaki Ranger para conhecer a ilha (é maior e um pouco mais forte que o carrinho de golfe). 135.000 pesos. Pega com tanque cheio e devolve com tanque cheio! Cabe 5 pessoas tranquilamente! ( pega as 8h e devolve as 18h) Terça: Cayo Bolívar - 145.000 pesos por pessoa com comida e bebida. (passeio com duração das 8 as 17 hrs) Quarta: Mantarrayas - 50.000 pesos por pessoa (passeio com duração das 15 as 18 hrs). Logo após a negociação fomos a procura de um lugar BBB pra comer. Optamos pelo restaurante cafecafe! Gostamos! Fomos bem atendidos, comida boa e um preço justo! Depois do jantar voltamos ao ap pra descansar! No domingo, as 9 em ponto, o Gusto estava em frente ao nosso prédio para nos levar até o Pier de onde sairia nosso Barco, rumo ao acuário e jhony cay. Andamos 2 minutinhos e chegamos no Pier, que ficava bem na rua do nosso ap. Lá no pier fomos recebidos por um cara, mas não consigo me lembrar o nome dele... Ele era um morenão bemmm alto e dono de um restaurante em Jhony Cay. Ele pediu para esperar 10 minutinhos que o nosso barco já sairia... Doce ilusão! Tivemos que esperar por 1 hora!!! Sorte que tinha uma sombrinha e aproveitamos para tirar algumas fotos. Do barco as paisagens e o mar já fazem seu queixo cair!!!! É lindo ver o mar das sete cores! Conforme o barco vai se movimentando o mar vai mudando de cor!!! É fantástico!!! A primeira parada foi no acuário e Haynes Cay. O Acuário e haynes cay são duas ilhotas que ficam lado a lado e que vc consegue atravessar de uma à outra caminhando ( a água não passa da altura da cintura). No acuário há umas piscinas naturais ótimas para snorkeling. Mas atenção: eu e todos lá aconselham o uso de sapatílias para entrar nas águas por lá, justamente por conta dos arrecifes que podem causar ferimentos. Eu levei meu snorkel e sapatília de mergulho daqui do Brasil, mas lá é bem fácil achar pra comprar ou alugar por preços acessíveis. Lá tb tem serviço de guarda volumes. Pagamos 5.000 pesos. Ficamos lá por cerca de 2 hrs. Tempo que achamos suficiente para fazer snorkeling, tirar fotos e conhecer as 2 ilhotas. Após isso seguimos para Jhony Cay. A ilha em si não é grande, é quase do tamanho de um campo de futebol, mas é linda e tem uma boa infra estrutura, com bares, restaurantes, aluguel de cadeiras, artesanatos, etc. E os preços não são ruins. Almoçamos um delicioso peixe frito com arroz de coco, salada e patacons(banana da terra frita) e pagamos 20.000 por pessoa. Tivemos 4 horas na ilha, então deu tempo de sobra para caminhar, entrar no mar, tirar fotos... Tudo muito lindo, adoramos!!! Mas a volta tb não podia ser diferente da vinda... assim como ficamos 1 hora esperando na vinda, esperamos mas 1 para ir embora, pois todas as lanchas saem no mesmo horário, o que gera uma fila e muito atraso! O combinado para a volta era às 15:00, mas saimos de lá mais de 16:00. Na volta, ao invés do pier, eles te deixam na praia de Spratt Bight, que é a praia central de San Andrés. De lá retornamos ao ap pra curtir um pouco da piscina!!!
  9. kkkkkkk... É que as mulheres têm um sexto sentido!!! rs
  10. Marcelo, no meu caso gastei cerca de 190 mil cops diários para um casal, entre passeios, alimentação e algumas poucas lembrançinhas. Mas acho que é válido vc pensar em levar dólares e trocar por pesos lá, é bemmm mais compensador!Se vc levar real, vai sair no prejuízo. Confie nessa dica!
  11. Aliás, todos os preços relatados são por pessoa!!!
  12. Ola Stephanie... Farei um relato essa semana, mas caso vc tenha alguma dúvida pode ir perguntando! Obrigada
  13. 4º dia... NO quarto dia fomos conhecer o Convento de La Popa. O Convento de Santa Cruz de La Popa, cuja primeira construção data de 1607, é um dos pontos turísticos mais importantes de Cartagena. Estrategicamente localizado no ponto mais alto da cidade,à 150 metros, tem uma vista espetacular, de onde é possível admirar quase toda a cidade. Pagamos 9 mil pesos para entrar no convento. O convento é muito bonito e a vista realmente vale a pena. Saindo do convento fomos até o shopping de Cartagena, o Mall Plaza el Castillo. Shopping bem moderno e bonito. Aproveitamos para almoçar! Após o almoço fomos conhecer o monumento Zapatos Viejos (Sapatos Velhos). O Monumento dos Sapatos Velhos é uma homenagem ao Luis Carlos López, um dos maiores poetas de Cartagena das Índias, e sua obra mais popular, o poema "Minha Cidade Nativa" no qual é concluída assim: "Mas Hoje, cheio de desleixo obsoletos / bem que podes inspirar esse carinho / que um tem em seus sapatos velhos..." A noite fomos ver o pôr do sol, no famoso Café Del Mar! O Café fica nas muralhas e tem um requinte único. O sol estava um pouco tímido, entre as nuvens, nesse dia, mesmo assim rendeu algumas belas fotos! No dia seguinte demos mais uma volta pela manhã na cidade amuralhada e após o almoço seguimos viagem para Ilha de San Andrés! Espero ter ajudado! Abraço à todos!
×
×
  • Criar Novo...