Ir para conteúdo

raquelfranz

Membros
  • Total de itens

    28
  • Registro em

  • Última visita

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

Conquistas de raquelfranz

Novo Membro

Novo Membro (1/14)

0

Reputação

  1. Todos no grupo rezando para o dólar baixar
  2. Sensacional a sua viagem. Achou que valeu a pena ir à Providência? planejando conhecer a Colômbia no ano que vem anotei todas as dicas.
  3. Oi Edtrindade! Olha, gostamos mais de Amsterdã do que Londres. Com certeza vale a visita. Abraços! !
  4. Vanessa deu sim. Tu sabe que esperávamos mais frio ainda. . Estava tudo muito mais barato e sem fila e muvuca. nos programamos para ficar mais dias em cada lugar por causa dos dias curtos e da possibilidade de nevar. Agora só vamos no frio. Um viva para a baixa temporada hehe
  5. Guria que viagem massa! Achou que vale a pena mesmo esticar a viagem até Providência? e sobre valores, a cotação da moeda estava favorável? qto mais ou fechou essa super trip? Colômbia está na minha lista para o ano que vem. Parabéns e obrigada pelo seu relato!
  6. Sensacional! Cuba está nos planos, encaixando em viagem com a Colômbia. Meu medo era de não curtir como deveria a ilha em 7 dias, mas teu relato me animou! Obrigada pelas dicas, anoitei tudinho!
  7. Como tínhamos que voltar para Amsterdam para embarcar no dia 08/02 para o Brasil, achamos na internet um jeito bom e barato de voltar para a Holanda: o barco Stena Line que faz a travessia da Inglaterra para um porto próximo de Amsterdam. O pulo do gato desse negócio é que você compra a passagem que dá direito a passagem de trem de Londres até o porto, do porto até Amsterdam, a uma cabine com camas e banheiro (muito bom), economiza com hotel e viaja a noite. Valeu MUIIIIIIIIIIIIIIIIIIITOOO a pena. Esse link foi meu norte para a compra dessa passagem, para os interessados recomendo a leitura. http://www.familiaviagem.com.br/2014/01/15/de-londres-a-amsterdam-a-bordo-da-superferry-stena-hollandica/ Chegamos em Amsterdam e estava frio demais! Ainda na vibe barcos, ficamos hospedados em um. O Botel Zebra foi a melhor opção que encontramos. Custava a mesma coisa que um hostel e muito menos do que estavam cobrando pelos hoteis. Ficou menos de 200 reais a diária para o casal, com café da manhã e Wifi. A dica é que fica muito perto da estação central, então é perfeito para os dias de passeio fora de Amsterdam. Essa região da cidade tem menos opções de bares e restaurantes, mas tudo certo. Saibam que o barco tinha cabines pequeninhas mesmo, mas confortáveis e com bom banheiro privativo e chuveiro quentinho. Nesse dia fomos para Zaanse Schans, a cidade dos moinhos. Na volta para Amsterdam uma paradinha na cervejaria do moinho, porque ninguém é de ferro 07/02 nosso último dia de viagem, o ponto alto de toda a nossa viagem: nossa ida à La TRappe. Um sonho realizado, meu noivo e eu amamos cervejas artesanais e não pensamos duas vezes em fazer esse passeio. Acordamos cedinho e compramos nossas passagens para Tilbug na estação Central. São umas 2 horas de viagens de trem e uma baldeação no meio do caminho. Tudo tranquilo. Chegando em Tilbug corra para pegar o onibus número 141 que passa ao lado da estação de trem. 5 minutos de onibus e você estará lá. Imprimi esse link e levei junto, ajudou a chegar na La Trappe http://www.beercast.com.br/leia-o-rotulo/como-chegar-famosa-cervejaria-la-trappe-mesmo-se-voce-um-cara-meio-perdido/ Marcamos aqui no Brasil uma visita guiada em inglês (só aos sábados) e foi ótimo. Da visita para o restaurante do lugar. Naquele sábado passamos umas 4 horas comendo e bebendo no restaurante. O lugar estava cheio, de idosos à famílias, poucos turistas e muita comida boa. Nesse dia estouramos o orçamento: passagem até Tilbug +- 70 euros cada; prato de carne ao molho de cerveja +- 13 euros cada; copo de cerveja 3, 4 euros. Claro que tomamos todas as cervejas, não tinha como não provar tudo hehehe De volta para Amsterdam pegamos um macarrão na estacão de trem e fomos dormir, cansados e super felizes. Dia 08/02 pegamos o trem na Estação Central até o aeroporto e voltamos para casa. Um parenteses para o excelente voo e atendimento da KLM nesse trecho. Resumo da viagem: Fique mesmo mais dias em cada cidade, fizemos tudo com calma e curtimos TUDOOO o que queríamos. Vá a Brugges e a La Trappe se gosta de cerveja. Gostaria de saber porque tantos roteiros cortam a Bélgica ou porque só deixam 1 dia para Bruxelas, foi nosso lugar preferido de toda a viagem. Coma, beba e seja feliz. Faça o que gosta, museus, bares, shows.. Nossa viagem teve 17 dias, entre sair de Chapecó, ir a Brasília, Europa e voltar para casa. Nossa trip custou em torno de 5.000,00 reais para cada um com tudo incluído, lembrando que conseguimos a passagem na falha da KLM. Obrigada a cada um que nos ajudou a montar o roteiro, vocês são show!
  8. Nos dias que se seguiram fizemos com CALMA tudo o que queríamos. Como o roteiro turistão é bastante semelhante, vou colocar minhas dicas principais. Com tempo sobrando, vá à Torre de Londres. É caro (acho que 22 libras cada), mas para a gente foi uma visita Top! London Eye imperdível, pegamos sol nos nossos 5 dias de Londres e estava muito linda a vista lá de cima. IMPERDÍVEL mesmo são os museus, o British Museu precisa umas boas 3 horas pelo menos para você visitar tudo. De lá para o Museu Imperial de Guerra (IWM) que é maravilhoso, emocionante. Tudo de bom, não tenho palavras para descrever o espaço reservado para o Holocausto, emocionante. Esses dois museus são de graça Adoramos o bairro Notting Hill e fomos até a linha da Emirates onde há um bondinho sobre o Rio Tamisa. Não tem muita coisa para ver naquele lado da cidade, mas valeu a pena. Ainda nas dicas de Londres: se puder fique em um Hostel com cozinha. Nosso hostel foi o Generator e era maraaaaaavilhoso, mas não tinha cozinha para os hóspedes. Em Londres os supermercados estão recheados de comida pronta boa e super baratinha. Pratos completos por 3, 4 libras. Ainda na linha da economia, comemos muito Subway por 3 libras no almoço, já com refri. Também amamos a rede de lanches Pret A Manger e seus lanches e cafés quentinhos. Finalizamos Londres com boas lembranças e dinheiro sobrando. Mesmo visitando tudo o que queríamos e comendo bem, nos seguramos nos gastos. Não bebemos tanto quanto em Bruxelas e a comida não era tão boa também. Daqui seguimos viagem para Amsterdã, na tarde da quinta feira (05/02) pegamos nosso trem na estação Liverpool para uma nova etapa da viagem.
  9. O trem para Londres partiu com muita pontualidade. Sobre Londres fica um desabafo: mesmo praticando a teoria do " quem converte não se diverte", é MUITO difícil gastar em Londres e não pensar que a libra custa quase 4,50 reais. Abro aqui um parênteses para falar sobre nosso orçamento da viagem. Com ajuda dos amigos mochileiros estipulamos um valor de 60 euros por dia por pessoa e de 60 libras dia por pessoa para gastos com alimentação,bebida, ingressos, etc. Não fomos para gastar com compras e também levamos um valor a parte para gastos como as passagens para Brugges e para Tilbug, na Holanda (já falo dessa cidade). Sobraram 130 libras(!) e uns 300 euros. Sobre Londres.. dia 31/01/2015 chegamos em Londres a noite, nosso hostel era o Generator London, que ficava convenientemente perto da Estação de trem onde desembarcamos com a Eurostar. Nessa noite só nos alojamos no hostel, jantamos e bebemos lá mesmo. O hostel ganha pontos pela limpeza, organização, localização, preço, TUDO FOI BOM na nossa estadia. Reservamos pelo Booking um quarto privativo que achamos que teria banheiro, mas não tinha hehehehe enfim, tudo deu certo,os banheiros eram ótimos de qualquer maneira. Sobre os valores, no hostel todos os dias serviam uma opção de prato do dia por 5,50 libras e uma opção de sopa por 3,50 libras. Tem também um cardápio bem bacana,com preços médios de 5 a 8 euros. Um pint de cerveja era muito mais barato que na rua, 2,90 libras. No dia 01/02, domingo, nosso destino eram as feiras. Primeiro passo para Londres é comprar o cartão Oyster para o metrô. Carregamos ele e com cerca de 35 libras cada andamos por 6 dias na cidade sem gastar nem mais um centavo. Valeu MUITOOOOOO a pena Primeira parada: feira de Brick Lane . Nos indicaram a estação Liverpool e lá fomos nós. Ai que decepção.. achamos a feira tão caidinha, ficamos pouco e fomos embora. Claro que depois descobrimos que estávamos no lugar errado.. ehhehe enfim, de lá para Camden. Me diz o que é esse lugar? o melhor de Londres com certeza! Passamos o dia nesse bairro. Entre passear, comer e beber, fica a dica: domingo é O dia para ir lá. Fizemos a festa na feira de comida que tinha no lugar.Provamos comida de tudo quanto é lugar do mundo, e no final decidimos por um prato peruano maravilhoso. O preço aqui gira em 6 a 8 euros o prato. Andamos por tudo, fomos de pub em pub até encontrar o famoso pub da Amy.. estava lotado! De lá para o bar da nossa cerveja preferida no mundooo: a Punk Ipa da Brewdog. Um pub pequeno e sem a atmosfera dos pubs tradicionais de Londres. Era caro: 4,90 um pint. Mas era tãooooooooooooo bom.... A noite voltamos para o centro e ficamos no hostel curtindo com uma galera do Brasil que encontramos lá. Estávamos em Londres numa vibe diferente.. como fomos com muitos dias para a cidade(5 dias inteiros) não fizemos roteiro e não nos pressionamos para fazer as coisas. Muito melhor ver menos cidades e ir com mais tempo em cada uma.
  10. Caio Olá. Por favor posta esse teu relato. To pensando em fazer algo parecido, também tenho tempo limitado para viajar
  11. Brugges era tão linda e cheia de lojas de chocolates. Muitos bares pequeninhos e cheios de charme, a gente se jogou. DESCULPEM, mas não tenho o nome dos bares Só te digo uma coisa: tem muita draft boa lá. De dar em bar gastamos em média menos de 3 euros por cerveja. Também comemos queijos, salames e ótimosss pães e geleias por 22 euros em outro bar que fomos, que é claro, não anotei o nome Assim, entre muita caminhada e muitas cervejas e comida, acaba o nosso dia em Brugge. Voltamos bem tarde, com um dos últimos trens. Novamente a viagem foi tranquila e muito rápida. Já em Bruxelas parada rápida para comer um sanduíche (16 euros 2 baguetes) e cama. Foi um grande dia. Para você que está planejando sua trip, inclua um dia em Gent. Não fomos e nos arrependemos. Sobre Brugge, não é o lugar mais barato, mas nós gastamos 162 euros nesse dia, com passagem, comida, bebida, tudinho. Então é possível 31/01, Último dia de Bruxelas. Acordamos cedo e fomos tomar nosso café da manhã no MC Donalds e já usar uma internet de graça tbm hehehe o check out do hotel foi super rápido. Aproveitamos para pegar o metrô sentido Atomium. Povo não da pra ir com pouco tempo. É uma senhora ida de metrô, acho q era a última estação. Sabe que muita gente postou que não gostou, mas eu adorei. O dia estava lindo e a vista era muito bonita. Custa 11 euros cada e o trem sai por 2,10 o trecho para cada um. De lá para a estação de trem e se preparar para Londres. Imigração tranquila, umas perguntinhas e lá fomos nós!!!!! Viajamos com Eurostar, passagem comprada no Brasil ainda.
  12. O segundo bar do dia foi o La Moeder Lambic. Bonito e com boas cervejas. Mesmo gostando ficamos pouco tempo, nossos corações pediam para voltar ao Delirium. Lá fomos, tomamos não sabemos quantas saideiras, até a banda maraaaaavilhosa começou a tocar. Tocaram até Jorge Ben Jor. Novamente amamos, melhor lugar do mundo! Terceiro dia de Bélgica, combinamos com nossos super amigos para irmos para Brugges. Compramos as passagens na estação do centro e custou 56,40 euros ida e volta para um casal. Foi uma viagem tranquila e demorou cerca de uma hora e pouco. A cidade de Brugges é o filé da nossa trip, a gente amou! Nada explica aquele lugar, parece filme. Passeamos, caminhamos bastante e almoçamos em um restaurante na praça central, não era dos mais baratos, mas era muito bom. Nossas fotos não estão muitos boas, a gente não tem muita paciência para retratos ehhehe. Seguindo o dia, fomos para a cervejaria da cidade. Como somos pessoas de muita sorte, chegamos bem na hora da única visita do dia.. Sem saber. Por isso, se informe antes de ir. A De Haalve Maan é tão boa que suas cervejas estão no livro "1000 cervejas para beber antes de morrer". Lugar legal, mesmo se não souber inglês fluente dá para se virar na visita. Custa 9 euros por pessoa e dá direito a tomar uma cerveja no final. Sabe o que notamos muito é que essa história de acessibilidade não rola na Europa, nessas cidades mais antigas principalmente. A visita dessa cervejaria exige um sobe e desce de escadas que tu nem acredita..
  13. Segundo dia em Bruxelas o dia começou frio e muito lindo.. o sol nos acompanhou em quase toda a viagem. Almoçamos os tradicionais Moulles, eu não encarei e o Juriê comeu, mas não curtiu. Entramos em um restaurante próximo à Gran Place, um baratinho e com lareira.. gastamos 25 euros com bebida. A tarde fomos no supermercado, comprar água e lanchinhos. Batendo perna pela cidade encontramos brasileiros que conhecemos na noite anterior e com eles passamos o dia. Visitamos o menino fazendo pipi (coisa sem graça) e fizemos o que mais gostamos: comemos e bebemos. Fomos de crepe (desculpem, não tenho o nome do lugar) por 11 euros, batata frita de 4 euros ( o que dizer? era bom, só.) e mais uma vez avacalhamos nos bares. Fomos no famoso A La Mort Subite, tudo ali pertinho da praça.. Era lindo, antigo, com zero turistas. Tomamos uma deliciosa cerveja da casa e fomos felizes gastando pouco.. uns 11 euros mais ou menos. De lá fomos para outro bar da nossa lista, uns minutinhos de caminhada de onde estávamos, mas nada que o Here não nos ajudasse a chegar.
  14. Agora vamos falar sobre o melhor dia ever... O bar dos bares, o paraíso para os cervejeiros.. DELIRIUM CAFÉ. Fica ali, nos arredores da praça, quase passa despercebido. Era uma quarta feira e o lugar estava cheio. São três andares de bar.. fomos para o porão e lá ficamos. Nessa noite tomamos todas, não sabemos quantas. Sabe aquela cerveja que custa 30 reais aqui no Brasil? lá custa uns 2, 3 euros.. converte e seja feliz. Como o mundo é um ovo, aqui no Delirium encontramos os amigos que fizemos lá na Heineken Experience em Amstedam.. detalhe que nada foi combinado. Também fizemos mais amigos do Brasil, que nos acompanharam nos dias seguintes da viagem. Ainda sobre essa noite, tomamos muita coisa boa por algo em torno de 40 euros.. isso que demos muita gorjeta, cada cerveja boa que nos indicavam rolava um troco para os garçons amigos..
×
×
  • Criar Novo...