Ir para conteúdo

luizh91

Colaboradores
  • Total de itens

    281
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    7

luizh91 venceu a última vez em Outubro 15

luizh91 tinha o conteúdo mais apreciado!

Reputação

240 Excelente

7 Seguidores

Sobre luizh91

  • Data de Nascimento 17-09-1991

Outras informações

Últimos Visitantes

2.933 visualizações
  1. kkkkkkkk pois é. Mas na verdade, acaba ficando "elas por elas", porque os passeios são bem caros. Em Santiago, sim, eu recomendo o Airbnb, lá faziamos compras nos mercados e cozinhavamos no apartamento. Algumas vezes comemos fora para experimentar a culinária local, mas sempre optando pelo "menu del dia" que é a entrada+prato principal+sobremesa por um preço legal. No Atacama, por ficarmos muito tempo em passeios, não acho que valha a pena esse esquema de cozinhar.
  2. Oi Rhayanne! Então, o Atacama no geral é um local caro, em todos os aspectos. Mas respondendo a sua pergunta, existem mercadinhos para o básico, nada de "rede" como temos no Brasil no estilo Extra ou Pão de Açucar kkkkkkk Sinceramente, acho que um hostel com café da manhã é suficiente, pois a maioria dos passeios começam muito cedo (exceto um ou outro) e muitos duram o dia todo, com o café e o almoço já incluso no pacote. Então, só sobraria a janta, que vale a pena ir aos restaurantes da cidade que são ótimos e alguns com preços bem razóaveis. O Hostel Mamatierra que fiquei possui qu
  3. Assino embaixo. Quem precisa trabalhar é uma situação completamente diferente de quem está indo para a praia. O trabalhador (que não tem como fazer home-office) é obrigado a se expor ao risco de pegar covid justamente por falta de suporte de um Estado que não dá alternativas: ou sai pra trabalhar e arrisca pegar covid ou morre de fome. Eu acho que não é a hora certa de viajar, e por mais que todos aqui tenham esse hobbie, é algo que dá para segurar e esperar um pouco mais, a pandemia não está e nunca esteve controlada no Brasil.
  4. @FCRO Olá! Então, para o tour astronômico eu fui com a Time Travel Atacama, excelente, grupos pequenos, fazem tours em inglês e espanhol. Para os demais passeios fiz com a 123 Andes, que também me atendeu muito bem. Pontual, bons guias, preços justos e não deixou a desejar. Recomendo as duas!
  5. @Anderson-Andy Obrigado pelo comentário Anderson! Se puder ir, só vá! Os lugares realmente são belissimos e valem cada centavo gasto.
  6. Acho que dois se enquadram nisso, para mim: Deserto de Atacama e Praia do Espelho/BA. Maravilhosos!
  7. Lendo seu relato deu uma saudade do Chile...Parabéns pela viagem. Também não curti Viña e Valparaiso, se eu fosse fazer a viagem hoje, cortaria este passeio. Mas há quem curta, acho que é questão de gosto mesmo.
  8. A Aerolíneas deu a opção de reembolso (dentro do prazo de 12 meses) ou remarcação, que seria minha opção, mas estou revendo isso e cogitando o reembolso, porque não sei para quando remarcar diante do cenário atual. Até pouco tempo, janeiro me parecia uma época em que as coisas estariam normais, mas agora já não sei mais.
  9. @rafa_con Olá! Eu tinha férias marcadas para o final de junho e viagem para a Argentina com passagens compradas e hospedagens reservadas. Cancelei, pois muito provavelmente até lá a situação não terá melhorado muito e ainda há o risco de uma segunda onda de contágio. Desmarquei as férias também. Ainda não sei quando tirarei minhas férias. Vou esperar surgir alguma luz no fim do túnel sobre esta pandemia para ter alguma segurança de marcar alguma coisa. Por enquanto, eu só pretendo ficar no planejamento de roteiros futuros e não reservar nem comprar nada, pois o cenário ainda é d
  10. @Fabiana Okagawa Oi Fabiana, obrigado por ler meu relato! Vou te mandar o contato dele por mensagem. Eu vi que alguma vinicolas tinham restaurante no local, como a Concha Y Toro, mas não sei se está incluso no valor do tour. A Undurraga eu achei ótima, mas não havia restaurante no local, somente uma loja de vinhos e souvenir. Eu comprei o tour aqui no Brasil mesmo através do site da vinícola. Daí imprimi o voucher e só apresentei no dia da visita, achei que foi bem pratico.
  11. @Tito Wolney Entre em contato diretamente com quem vendeu as passagens o mais rápido possível (Max Milhas e Sky Tours), para assim garantir o reembolso ou remarcação. Explique sobre o fechamento das fronteiras, o vírus e afins, acho que as agências de viagens e companhias aéreas tendem a flexibilizar cancelamentos e remarcações. Mas não espere eles entrarem em contato, já corra atrás disso, visto que já tem a noticia do fechamento das fronteiras.
  12. @ediwish olá! Então, no aeroporto de Santiago tem free WiFi, mas se quiser comprar um chip local, é só ir na loja FOTOKINKA que fica no terceiro piso do aeroporto. Eles mesmo fazem a instalação pra você e o chip vem com um pacote "x" de internet.
  13. @Hugo.Farias existe a trilha da raiz da serra, que sai de Paranapiacaba e vai até Cubatão. Mas até onde eu sei, precisa de guia. Dá uma pesquisada em "AMA Paranapiacaba", que são os guias e monitores da vila e vê se alguém está fazendo este trajeto.
  14. luizh91

    Preços - Atacama

    @rodolfolemos Olá, segue as respostas: 1) Eu não arriscaria sair do aeroporto. O trajeto até o centro leva de 20 minutos a meia hora, ainda tem a imigração, alfândega... Não é viável. Leve dólares e troque tudo em San Pedro de Atacama. 2) Fiquei no Hostal Mamatierra, fica a cerca de 10 min do centrinho em uma caminhada super tranquila e agradável. Eles possuiam tanto quartos privados quanto coletivos e o hostal é ótimo! 3) Tem alguns barzinhos sim, mas não são muitos, restaurantes e pizzarias são mais comuns por lá. 4) Tem sim, os transfers geralmente passam no hostal de du
×
×
  • Criar Novo...