Ir para conteúdo

suianni

Membros
  • Total de itens

    26
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. suianni

    Praia do Forte

    Oi Alexandra! Tbm tenho essa dúvidas... Chego em SSA dia 14 (quase q bate nossas datas eim rsrsrs) e vou direto pra PF. Tava querendo alugar carro, mas sozinho pesa demais Vc tá sabendo dos pré-ensaios de carnaval? Sab c na PF vai ter o ensaio geral do camaleão esse ano??? E aí galera.. respondendo aos dois: O jeito mais barato de chegar até PF é pegar ônibus ou Van. Se estiver no centro de Salvador vá até o Shop. Iguatemi, ponto de ônibus do Centro Empresarial Iguatemi, lá é de onde saem as Vans e tbm passam os ônibus que vão para o litoral norte. Se estiver no Aeroporto peg
  2. 5˚ Parada: Tabuleiro Depois da longa subida para Tapera, decidimos tentar sair mais cedo dos hotéis, (negociar um café da manhã mais cedo...), para evitar chegar nos lugares para um almoço tardio, pois em algumas cidades e distritos era complicado encontrar lugar para comer, e principalmente, para evitarmos o sol em seu pior horário. Saímos bem cedo de Córregos, mas ainda assim não muito antes das 7h, pois o pão de queijo demorou um pouquinho... rs. O responsável pelo hotel nos disse que para o Tabuleiro haveria um caminho que não precisaríamos passar por Conceição, e que passaria por Ouro Fi
  3. 4˚ parada: Córregos Saímos do Serro em direção a Córregos. O primeiro trecho até Itapanhoacanga decidimos seguir as indicações do guia de Olinto, ao invés de seguir os marcos do Instituto da Estrada Real, que passaria por Alvorada de Minas. O caminho indicado pelo guia segue a MG 010, que segundo ele (o guia é de 2013) estava prevista de ser asfaltada, mas até hoje ainda é uma estrada de chão! Antônio Olinto e Rafaela Asprino fizeram várias pesquisas históricas, e indicam que parece que nem a mg 010 nem o caminho do instituto seriam exatamente o traçado original, mas a eles pareceu estranho
  4. 3˚ parada: Serro Saímos do hotel as 8h15, uma hora mais tarde do que no dia anterior, pois o pão de queijo do café da manhã demorou um pouquinho a mais para ficar pronto!! O plano original era seguir até Tapera, fazendo o que seria um dos maiores trechos (62 km). Faríamos esse trecho, para ficarmos mais próximos da entrada da estrada que vai até Tabuleiro (nos sobrariam para o dia seguinte 54 km até lá). O trecho que vai de Milho Verde até o Serro está todo asfaltado, mas não tem tráfego intenso de carros e caminhões. Seguimos tranquilos e chegamos as 11h no Serro. Fazia muitos anos a última
  5. 2˚ parada: Milho Verde Saímos na terça-feira, em direção a Milho Verde, primeiro dia oficial da pedalada! As 07h15 saímos da pousada, que ficava pertinho da Igreja do Rosário, ainda tivemos a oportunidade de dar uma espiada no interior da igreja (que estava fechada no domingo). Não somos ciclistas super preparados, então planejamos fazer em média 40 a 50 km por dia, as vezes menos, pois condicionamos algumas paradas aos lugares que queríamos conhecer melhor. Além disso, nosso objetivo não era melhorar nossa performance esportista melhorando nosso rendimento como ciclistas; para nós a biciclet
  6. Nossa saída foi desde São Carlos, SP, até Diamantina de ônibus. O objetivo era chegar até Ouro Preto mas por conta do rompimento da barragem de Bento Rodrigues (Mariana) decidimos fazer o trecho do Caminho dos Diamantes até a Vila de Cocais (distrito de Barão de Cocais) e de lá seguir em direção a Caeté, iniciando assim o caminho de Sabarabuçu. Assim não fizemos o trecho oficial do caminho dos Diamantes completo. Como comentários geral diria o seguinte, a estrada é muito bem sinalizada, os marcos indicam bem o caminho o que evita que tomemos uma bifurcação errada. Ao longo de todo o caminho en
  7. suianni

    La Paz

    Também andei de teleférico e super recomendo. No horário que fui nem havia muita gente (tipo 3h da tarde); É bem organizado e a vista da cidade é incrível.
  8. E de Sucre para Santa Cruz paguei 150 Bs; mas havia outras empresas com um preço mais em conta, algo tipo 130, mas como a "trans oruro" era a única que dizia "bus cama" acreditamos que mesmo não sendo três filas ia ser um ônibus melhozinho... doce ilusão...
  9. Tem ônibus direto de Sucre a Uyuni, caso não queira parar em Potosi... Fiz o trajeto ao contrário: Uyuni - Sucre e paguei 80 Bs, bus senti-cama pois para o dia que pretendia não tinha bus cama. Não saberei te informar o horário, mas a empresa 6 de octubro; Abç
  10. Paguei 700,00 Bs saindo de Uyuni e voltando para Uyuni; Pela mesma agência, aqueles que foram para SPA pagaram mais 40 ou 50 Bs pela conexão.
  11. Tem um terminal de ônibus, não fica muito longe da estação de trem. Chegando lá é bem fácil, só perguntar; quanto aos horários, tem mais de uma empresa; mas normalmente os horários não variam muito entre elas; passei por lá perto do Natal, tinha ônibus saindo as 8h, as 11h e as 19h. O preço: 150 Bs.
  12. Olá Guilherme, não sei se você pretende ficar um pouco em Oruro... mas caso não: tem ônibus direto de La Paz para Uyuni; fomos pela Trans Omar, e foi o melhor ônibus de toda a viagem! (mas talvez tenhamos dado sorte, pois as vezes a mesma empresa tem ônibus novos e caquéticos...) Pagamos 200 bs, bus cama. (tem outras duas ou três empresas que fazem o trajeto) Conhecemos uns bolivianos de La Paz no salar que chegaram lá de trem, foram até oruro, e de lá trem até Uyuni. Alguém já postou aqui o site da empresa com os horários... não sei se tem opção de chegar lá de manhã, pois o horário que v
  13. Oi Ane, não sei se chego tarde com a informação: a empresa é a 6 de octubre que falou o russo145, e o horário que conseguimos Uyuni-Sucre era 22h, e custou 80 bs, (ônibus direto); vimos uma outra empresa, mas não era uma linha direta, eles vendem a passagem até Sucre, mas tem que trocar de ônibus em Potosí, o horário se não me engano era as 21h.
  14. Olá! então, se você pretende ficar no lado sul, acho que a melhor opção é mesmo não fazer a reserva. Chegando lá, já na saída do barco tem várias pessoas oferecendo hospedagem. Acabo de voltar de lá, ficamos no Inca Palace (acho que era assim o nome...) pagamos 140 bolivianos, quarto com banheiro privativo e café da manhã... o café da manhã não era grande coisa, e acho que talvez dê para negociar um preço mais baixo sem o café, e ir comer em outro lugar... Mas tinhamos uma vista incrível do nosso quarto! O hotel tinha água quente, mas no dia seguinte faltou água... rs
  15. Poxa Alectus, obrigada pela disponibilidade em ajudar! e agradeça aos seu primo também! Vamos arriscar mesmo chegar no domingo... quem sabe não damos sorte!
×
×
  • Criar Novo...