Ir para conteúdo

judeyamakawa

Colaboradores
  • Total de itens

    179
  • Registro em

  • Última visita

Posts postados por judeyamakawa

  1. Oi Leandro!

    Bom, também acho que seu roteiro ficou um pouco corrido, mas entendo a vontade de conhecer várias cidades de uma só vez.

    Quanto ao dinheiro/ cartão/ VTM, nessa minha última viagem foi a primeira vez que não levei VTM e não me arrependi, já que o valor do IOF no VTM é beem alto. É só arranjar uma doleira confortável e procurar lugares com armário/ cofre pra deixar outra parte da grana, mas levar cartão (ou cartões) de crédito para uma emergência.

    Lugares pra ficar:

    Lisboa: fiquei no Rossio e gostei bastante, mas Chiado e Bairro Alto são boas opções.

    Madrid: recomendo locais próximos a Puerta del Sol.

    Barcelona: acho que quanto mais próximo da Plaça Catalunya melhor.

    Londres, Paris e Berlim são cidades bem grande, então o melhor é ficar próximo a estações de metrô.

    Amsterdam, Praga, Veneza e Florença são cidades pequenas (pelo menos na parte turística), então vale a dica de tentar ficar próximo a estação de trem principal, na região mais central.

    Em Roma fiquei em Termini. A noite pode dar uma má impressão, mas achei de boa, gostei de ficar por lá.

  2. Oi Andrey!

    Então, na minha opinião, se a ideia é economizar e poder aproveitar as cidades, eu tiraria tanto Madrid quanto Londres do roteiro.

    São duas cidades incríveis, sendo que para Madrid o ideal seria reservar pelo menos 3 dias e para Londres, 4 ou 5. Acho que mantê-las no roteiro vai só aumentar os gastos, pois ao final vão perceber que precisam voltar pra aproveitar as cidades de verdade.

    Ou daria para manter Madrid, tirando um ou dois dias de Lisboa.

    Além disso, acho 3 dias pouco para Paris, de modo que excluir Londres melhoraria o tempo para Paris.

    Enfim, sugiro que deem uma pesquisada nas atrações de Madrid e Londres, além de calcular os gastos extras, para ver se realmente vale a pena continuar com os planos de bate e volta.

  3. Oi João, muito obrigada mesmo!

     

    Fora o festivalzinho que eu quero ir, não tem algo muito atrativo em Bialystok não, mas não vou conseguir não ir haha

     

    Quando fui fazer meu roteiro, fiquei na dúvida entre Wroclaw e Gdansk, mas como Wroclaw é beeem mais fácil de eu conseguir ir depois, partindo de outros países, acabei optando por Gdansk (e também porque o voo de Londres pra lá é mais barato).

    Warsaw realmente eu fiquei na dúvida, pq vi gente dizendo que não tem muita coisa por lá, e vi gente falando que tem, mas que é mais "espalhado" pela cidade. Vou considerar a possibilidade de acrescentar mais dias pra Warsaw excluindo Gdansk do roteiro. Se não der, vou ver se encontro trens noturnos pra chegar e sair de lá, pra aproveitar bem os quase dois dias que tenho.

  4. Oi gente! Bom, já li bastante, pensei bastante, mas ainda estou insegura então gostaria de opiniões. Tenho 6 dias completos para passar na Polônia, além do dia que chego pela manhã e o da volta, pela noite. Estou pensando no seguinte roteiro:

     

    24/06/2016: Londres - Gdánsk (pela manhã)

    25/06/2016: Gdánsk

    26/06/2016: Gdánsk - Bialystok (pela manhã)

    27/06/2016: Bialystok - Warsaw (pela manhã)

    28/06/2016: Warsaw - Krakow (pela noite)

    29/06/2016: Krakow

    30/06/2016: Krakow (possivelmente Auschwitz)

    01/07/2016: Krakow - Porto (pela noite)

     

    Tenho só esses dias mesmo porque no dia 23/06 vou a um show em Londres e dia 02/07/2016 já volto para o Brasil. Além disso, gostaria muuuito de estar em Bialystok no dia 26 para um outro show, mesmo sabendo que não é a mais turística das cidades (tanto que não me preocupei em passar outro dia por lá).

     

    O que acham da distribuição? Valeria a pena tirar um dia de Krakow e colocar em outra cidade? Excluir uma cidade do roteiro?

    Sei que tá meio corrido e pode ser cansativo, mas vou estar vindo de uma semana de boa em Londres, então esse fator não me preocupa, desde que eu consiga conhecer o essencial de cada cidade.

     

    No mais, fui simular a compra de uma passagem de trem e vi que não tá rolando. Não consegui no bahn.de e intercity.pl. Alguém sabe me dizer como/onde eu compro? Será que eu não consegui pq as vendas pra junho ainda não estão disponíveis?

     

    Além disso, também aceito sugestão de hospedagem nessas cidades haha

    Muito obrigada!

  5. Bom, eu não pretendia voltar a Barcelona tão cedo, já que passei por lá duas vezes e ainda tenho muuuitos outros lugares para conhecer. Mas aí saiu o line up de um festival e não resisti: tive que inserir Barcelona no roteiro do meu mochilão de junho.

    Como eu já conheço a cidade e vou ficar lá por 5 dias, quero ver se consigo fazer duas ou três pequenas viagens, saindo cedinho e voltando pela tarde para a noite ir pro Festival. O que vocês recomendam? Sei de Montserrat e Girona, mas ainda tô um pouco perdida.

  6. Vitor, também gostei do seu planejamento! Um dia vou conseguir ser planejada assim rs

     

    Quanto à sua questão do ônibus no trajeto Bruxelas - Amsterdam, é bem de boa sim ir de ônibus. Fiz o caminho inverso, também no inverno, e foi ótimo. Lembro que o ônibus foi direto e rápido, em torno de 2 horas. As rodoviárias nas duas cidades são de fácil acesso e compramos as passagens na hora (não digo que recomendo, mas só que também é algo que dá pra fazer rs). Enfim, considerando que você vai ter bastante tempo em Amsterdam, acho que vale a pena economizar nesse trajeto.

  7. Oi Pedro! Olha, não conheço a Croácia, mas esse roteiro me parece bem melhor. O que eu mudaria é o horário do trem de Bratislava para Budapeste. Bratislava é uma cidade pequena, sem muitas atrações (a maioria das pessoas faz só um bate-volta lá, a partir de Viena), ao contrário de Budapeste. No mais, se o foco é festa, acredito que valha a pena sair de Bratislava mais cedo para pegar um role em Budapeste no dia 10, já que a noite lá é muuito boa!

  8. Eu também prefiro Madrid, apesar de gostar muito de Barcelona. Madrid é uma cidade muito linda, com ótimos museus. Mas é isso que já disseram: vai muito do perfil de quem visita, já que o "espírito" dessas cidades é beem diferente.

     

    Se vocês tiverem 16 dias completos na Europa, dá pra fazer esse roteiro, apesar de um pouquinho apertado.

    Na minha opinião, 5 dias completos são suficientes para Paris (mas dá pra pensar em 4 se precisar apertar um pouco), 3 dias para Madrid ou Barcelona, 1 ou 2 para Veneza (mais do que isso e vocês podem ficar um pouco entediados), 4 para Roma. O restante ficaria para os tempos perdidos em deslocamentos.

  9. Oi Fernando! Só pra te deixar um pouco mais tranquilo: uma vez voltei de Londres pela TAP, com conexão em Lisboa e pouco tempo de conexão, como o seu caso. O voo de Londres atrasou mais do que o tempo da conexão, mas quando chegamos em Lisboa o avião que viria pro Brasil estava esperando a gente. Foi uma correria e meio desagradável entrar no avião com todo mundo olhando, mas só para avisar que se o atraso na conexão for pequeno, eles te esperam.

  10. Oi Leo! Mas vocês já compraram essas passagens ryanair? Porque continua não fazendo sentido...

    Vocês vão viajar 15 dias e dá pra fazer uma mala padrão ryanair de boa, no máximo vão pagar por uma lavagem das roupas no meio do caminho e tá beleza. Ainda que não dê, acredito que vale mais a pena pagar para despachar uma mala tamanho normal do que ficar voltando pra Porto. Esse vai e volta acaba desperdiçando bastante tempo e dinheiro, o que nunca é uma boa pra um mochileiro com orçamento apertado.

  11. Oi José Pedro!

    Concordo com o João, seria bom dar uma repensada no seu roteiro.

    Em Barcelona eu já fiquei no Sant Jordi, que é uma rede que tem alguns hostels por lá. Gostei bastante, principalmente do Rock Palace. Pra quem quer festa é ótimo, toda noite eles tem um pub crawl pra quem tá hospedado, e também tem uma ótima localização. Pode ser meio ruim porque você acaba em festa que pode ser que não seja muito a sua cara, mas é bom pra quem tá meio perdido no role e quer conhecer gente.

  12. Oi Fernando!

    Sim, realmente tá corrido, mesmo não entrando em museus, mas dá pra fazer (apesar de eu achar uma pena você perder museus excelentes de Londres e Paris rs). Pessoalmente, eu tiraria um dia de Amsterdam e acrescentaria a Londres ou Paris, dependendo de qual cidade te interessar mais.

    Algum motivo especial para você ter escolhido a rota Amsterdam - Londres - Paris? Caso não haja, acredito que o melhor seria Amsterdam - Paris - Londres de trem, e Londres - Barcelona de avião, até porque assim você economiza o tempo perdido em 1 viagem de avião.

  13. Oi Kleber!

    Sim, é bem tranquilo fazer mochilão por lá. Lógico que é necessário ficar atento, pois tem gente tentando passar turista pra trás em todo lugar do mundo, mas pode ir tranquilo.

    Quanto à distribuição de dias, depende do que você quer dizer por "Holanda, Bélgica e Espanha". Se for só o básico, dá sim pra fazer. 3 dias completos para Amsterdam, 1 para Bruxelas, 3 para Barcelona e 3 para Madrid, sugiro (e repare que digo completo, sem considerar os dias para deslocamentos). Se quiser colocar mais dias, dá pra acrescentar cidades pequenas da Bélgica, como Ghent e Bruges, ou em Barcelona e Madrid, já que são cidades de vida noturna intensa e vocês pretendem aproveitar a noite (isso geralmente significa acordar tarde e aproveitar menos o dia, que já vai ser relativamente curto em razão da época em que vocês vão viajar).

    A melhor forma de transporte entre Holanda e Bélgica é trem. Dá também pra fazer de ônibus, se precisar economizar. Dentro da Espanha também, trem é recomendável. Os demais trajetos seria melhor fazer de avião. Pesquise no skyscanner.com.br para encontrar as melhores tarifas (400 a 600 reais não é barato não).

    Como vocês querem sair a noite, recomendo que fiquem em um dos hostels da rede St Jordi em Barcelona. Todo dia eles oferecem jantar + bebida por um preço honesto aos hóspedes, e logo em seguida um pub crawl, que é gratuito. Já fiquei duas vezes com eles e gostei bastante, recomendo o St Jordi Rock Palace (que também tem uma ótima localização).

  14. Oi Ana Livia!

     

    Então, eu gostei da sua distribuição de dias, muito bom já ter deixado os dias para deslocamento! Pessoalmente, eu colocaria um dia a mais em Berlim e um a menos em Bruxelas, mas isso é pessoal mesmo. Caso acredite que 3 dias seja suficiente para você em Berlim, você poderia usar esse dia a mais na Bélgica para conhecer Bruges.

    Não sei direito como funciona stopover, mas não sei não se vale a pena (até porque, se não me engano, as companhias aéreas cobram taxas para autorizar o stopover). Falo isso porque o seu roteiro é super simples e prático de fazer (Berlim, Amsterdam, Bruxelas, Paris) e sair dessa ordem deve acabar deixando tudo mais caro e complicado.

    De Berlim para Amsterdam você pode ir de trem ou avião - avião é um pouco mais rápido. Nos demais deslocamentos na Holanda, Bélgica e França, você pode usar o trem ou até mesmo ônibus.

  15. Oi Ludmila!

    Quanto à distribuição de dias, além da sugestão do Adriano, acho que seria interessante acrescentar mais um dia em Praga, já que você deixou apenas um dia completo para lá. Como eu acredito que 4 dias são suficientes para Roma, eu tiraria um dia de lá e passaria para Praga que, ainda que pequena, é uma cidade com um número considerável de atrações.

    Caso você resolva manter essa distribuição, certifique-se de chegar pela manhã e sair pelo no final de tarde/ noite, para, assim, tentar ganhar mais um dia em Praga.

  16. Olá!

    Bom, acho que a distribuição de dias está ok, dá pra fazer todas as cidades com calma. Única ressalva é quanto a Barcelona: 4 dias são suficientes para conhecer a cidade com calma, então, caso queiram, dá pra pegar 2 dias de lá e redistribuir para outras cidades do seu roteiro, ou acrescentar mais uma cidade, como Madri e Amsterdam (nesses casos, além dos dois dias de Barcelona, seria interessante pegar mais um dia de Londres ou Roma, que também já possuem dias suficientes).

    Eu já fui para Barcelona em duas ocasiões durante o inverno e adorei! A não ser que você realmente faça questão de aproveitar a praia (que é bem mais ou menos pros parâmetros brasileiros), acredito que não faça muita diferença não, até porque lá não faz muito frio. Aliás, no meu primeiro mochilão, depois de dias e mais dias de temperaturas negativas, chegar em Barcelona e aproveitar um "calor" de 15 graus foi ótimo, serviu como uma injeção de ânimo.

    Quanto aos hostels, procure por locais com boas indicações em sites como o booking.com e hostelworld.com, assim você garante que não terá nenhum problema com o frio dentro do estabelecimento. Em geral, os europeus costumam ser muito preparados para o frio, então você não deve ter problemas com isso.

    Espero ter ajudado!

  17. Pra entrar/ sair da Irlanda a melhor opção mesmo é de avião. Dublin é a sede da Ryanair e Aer Lingus, então acredito que em uma dessas companhias você deve conseguir bons preços, seja para Amsterdam, Roma ou Berlim.

    Dentro do país, vale a pena rodar de trem ou ônibus. Já entre os países que você escolheu, eu faria todos os trajetos de avião (a não ser que você adicione outro destino da Alemanha mais próximo da Holanda, mas caso fique só em Berlim acho que vale a pena avião).

  18. Oi Ramon! Não sei se entendi direito suas dúvidas, mas vou tentar ajudar.

     

    Acredito que o ideal seria chegar e sair pela Itália e Irlanda, que ficam nos extremos do seu roteiro. Porém, caso fique muito caro, não vejo prejuízo muuito grande em chegar ou sair dos outros países. Busque passagens pela opção "Múltiplos destinos", chegando por um lugar e voltando por outro, assim você economiza uma viagem.

     

    Quanto à distribuição, vai depender muito do que mais vocês querem visitar. Em 4 semanas dá pra colocar muuita coisa aí no meio, sendo que em menos de 15 dias vocês conseguem fazer as cidades que mencionou, já que 4 dias completos para Berlim e Roma são suficientes, 2/3 para Amsterdam e 2 para Dublin. Dá pra visitar outras cidades da Itália e da Alemanha, ou até incluir destinos de outros países com fácil locomoção (Bélgica e França, por exemplo, são destinos bastante simples de chegar se você já estiver na Holanda).

  19. Acredito que sim, Mauricio. Não vai dar pra esbanjar muito, mas dá.

    Vocês vão ficar com mais de 40 libras para cada por dia e com 20-30 por dia dá pra se alimentar com uma refeição legal na rua e algumas cervejas.

    Se sua amiga morar em uma região próxima ao Thames, perto da estação de Southwark mesmo, melhor, porque assim vocês vão poder ir a pé em grande parte das principais atrações de Londres e economizar com o transporte. Com o que eventualmente sobrar, vocês conseguem bancar algumas das atrações pagas de Londres.

  20. Se não me engano tem voo de Dublin para Londres para quase todos os aeroportos pela Ryanair.

    Fiz esse trajeto ano passado mais ou menos na mesma época que você vai fazer esse ano e desci no Stansted. Sei que é longe, mas não vejo taanta diferença de Gatwick, por exemplo - especialmente porque costumo viajar morta e capoto nos ônibus hahah Sempre tem bastante ônibus pra te deixar em uns 3 pontos da região central de Londres.

    Meu único perrengue foi: comprei o shuttle de uma empresa que chama Terravision (é a mais barata do Stansted). Não recomendo pra ninguém! Enquanto a gente ficou mais de 1 hora esperando em uma fila gigantesca e mal organizada, saiu um monte de National Express sem lotação total - e tudo isso por uma diferença de 2 - 3 libras.

  21. Olá, Julia!

    Bom, o tempo é sim suficiente! Considerando que você vai ter uma quantidade de dias razoável para a viagem, aconselho a deixar pelo menos 5 dias completos para Londres, 3 para Amsterdam, 2 para Dublin e 2 para Bruxelas e Bruges. Sobra, então, 2 dias para deslocamentos e para você alocar nas cidades em que passará Natal e Ano Novo, já que são datas em que muitas das atrações estarão fechadas, dias quase "perdidos".

    Olha, considerando que Paris está bem no meio do seu roteiro, não tem nenhuma logística que ficaria redondinha não. Eu faria Paris - Londres de trem, depois um voo para Dublin, voo para Amsterdam, trem para Bruges e Bruxelas e depois trem novamente para Paris. Ou o contrário (Paris - Bruges - Bruxelas - Amsterdam - Dublin - Londres - Paris).

    Mas vê certinho onde você gostaria de passar as datas comemorativas e planeje a partir daí, já que por estar em Paris você vai ter certa facilidade de se locomover para os seus destinos (fora Dublin). Em Londres, por exemplo, o Natal é uma boa alternativa pra quem tem paciência para enfrentar multidões nas compras, porque no dia 26 tem Boxing Day. O Ano Novo eu também achei ótimo e recomendo bastante! Fiquei em Dublin até o dia 24 e me pareceu uma cidade morta para o Natal, mas em compensação me parece uma boa cidade para a virada do ano.

    Sugiro que pesquise os eventos de final de ano dessas cidades, bem como o funcionamento das principais atrações nos dias 24 e 25, 31 e 01. Isso pode ajudar bastante no seu planejamento.

×
×
  • Criar Novo...