Ir para conteúdo

daniibarcelos

Membros
  • Total de itens

    4
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutra
  1. Pessoal, este tópico me ajudou bastante! Fiz uma viagem inesquecível para lá no final de semana passado. Deixo aqui o relato com informações que possam ser úteis! final-de-semana-em-carolina-e-riachao-maranhao-t100963.html#p996153
  2. CAROLINA Não deu tempo de visitar a cidade, apenas fomos em Pedra Caída. PEDRA CAÍDA: Fica entre Estreito e Carolina, sendo mais perto da última, +- 30min de Carolina (e a 1:30h-2h de Riachão). Pegamos um ônibus em Riachão às 7h da manhã até Pedra Caída por R$20, e chegamos pouco antes das 9h. Este mesmo ônibus passa pela rodoviária de Carolina. A entrada do complexo de Pedra Caída fica às margem da rodovia, de fácil acesso até pra quem não tem carro, pois o ponto é bem na porta. O preço de entrada aos finais de semana e feriado é de R$15 (durante a semana cobram R$10). Dentro do complexo existem guias que te recebem e explicam sobre os passeios. Fomos ao Santuário da Pedra Caída por R$15 reais. Este passeio sai de hora em hora, e dura 2h. Vale a pena, pois nos levam a uma cachoeira dentro de um cânion que é mto bonita. Existem outros passeios por diferentes preços, e até tirolesas (por 70 reais). Pelo menos aceitam cartão! Lá também possui um restaurante self-service com churrasco, banheiros, piscinas naturais, chalés e até lojinha (mto cara). Ainda não possuem guarda-volumes, o que foi um problema, pois estávamos já com as mochilas para voltar. Insistimos e guardaram pra gente na lojinha. Mas este complexo está sendo ampliado e em Outubro vai ser inaugurada outra parte com infraestrutura maior, inclusive um teleférico para chegar às tirolesas, e nos garantiram que terá guarda-volumes. VOLTA: A volta foi muito mais tranquila. Ônibus de Riachão a Pedra Caída (R$20). Conseugimos carona de Pedra Caída até Estreito. Van de Estreito a Imperatriz (RS20) e de Imperatriz até Açailândia (R$.
  3. Riachão – MA PONTOS TURÍSTICOS VISITADOS: Poço Azul, Cachoeira de Santa Bárbara e Encanto Azul. Fica a uns 34km da cidade, em estrada de terra (e muita areia). POÇO AZUL E A CACHOEIRA DE SANTA BÁRBARA fazem parte de um complexo com mais atrativos em uma propriedade particular, em que se paga R$20 para entrar (caro, mas vale a pena). Lá dentro existe uma estrutura com restaurante (self-service), guias, guarda-volumes, banheiros, e chalés para quem quiser passar a noite. O ENCANTO AZUL fica a 6km, não cobram entrada, mas é preciso de um carro 4x4 para chegar. Se for até Poço Azul de carro, é possível conseguir um carro 4x4 para ir até lá. O ‘Pequeno’, guia que faz este passeio, cobra geralmente R$20 para ir e voltar, saindo do Poço Azul. A melhor hora para visitar é de 10 às 13h, quando o sol bate na água e ela fica daquela cor azul maravilhosa! Vale MUITO a pena!! É bom chegar cedo nestes lugares para aproveitar ao máximo e sossegado. Levar lanche também é uma boa, porque dentro dos balneários o preço é maior. GUIAS: Como estávamos sem carro na cidade, conseguimos o contato de dois guias turísticos, o Dorivan (099 8848-3361) e o ‘Pequeno’ (099 8813-3198). Quem nos ajudou a ligar para eles foram a dona da Pousada Universal e a Sra. Rosa, da lanchonete Raio de Sol da rodoviária. Então, se chegar na rodoviária e perguntar à Rosa sobre os guias, ela pode te ajudar a falar com eles! O Pequeno foi nosso guia, um cara gente fina e falador, que nos deu um desconto camarada para sair da Pousada até o Poço Azul, ao Encanto Azul e voltar para a Pousada no fim do dia (de 7 às 16h). Enquanto passeamos no local, ele trabalha levando outros turistas ao Encanto Azul. POUSADAS: Em riachão existem 2 pousadas ao lado da rodoviária, à margem da BR: Hotel Pousada Universal e Pousada Elson. As duas cobram aproximadamente o mesmo preço de quartos, oferecem café da manhã, são bem arrumadinhas e os quartos são novos e possuem ar condicionado. Ficamos no Universal porque tinha frigobar no quarto disponível (não são todos que possuem). Pagamos a diária de R$50 por um quarto de casal. Estas duas não aceitam cartão, mas negociamos com a dona da pousada Universal e ela deixou passar o cartão no Posto Universal com o valor das diárias (um alívio porque estávamos um pouco despreparadas). Na cidade nos indicaram também a pousada Chapada das Mesas. RESTAURANTES etc: Por indicação do guia ‘Pequeno’, jantamos um dia num ótimo restaurante: Casa de Palha. Excelente atendimento e comida boa. Eles têm vários sabores de pizza num preço legal. O caldo de feijão também é uma delícia. E aceitam cartão! A atendente super simpática foi quem nos indicou a pousada Chapada das Mesas. A melhor maneira de economizar é levar lanches e água para os passeios. No centro da cidade que existem pelo menos 2 supermercados grandes.
  4. Os relatos deste fórum me ajudaram muito a planejar essa viagem, por isso aí vai minha contribuição com informações importantes e atualizadas! Eu e uma amiga (Laura) decidimos fazer uma viagem de final de semana até Carolina para conhecer a região da Chapada das Mesas e suas cachoeiras, além do famoso Poço Azul. TRANSPORTE: Sem carro, o jeito foi ir e voltar de Van e ônibus. IDA: Partimos de Açailândia até Imperatriz às 9:00h de VAN (70km, R$ 8). As vans saem de 20 em 20 minutos. Chegando em Imperatriz às 10:30h descemos na rodoviária velha. Lá mesmo havia empresas de vans que faziam o trajeto até Carolina (R$30 a R$35). OBS: as vans que passam por Carolina e Riachão partem de Imperatriz com destino à cidade de Balsas. Porém, estas vans não saem com tanta frequência, e a próxima iria demorar 1h. Decidimos pegar outra van um pouco mais longe e descer no caminho - em Estreito (R$20), pois fomos informadas de que lá seria mais fácil pegar uma van para Carolina. NADA DISSO! Os veículos que vão de Estreito até Carolina (Balsas) são os mesmos que saem de Imperatriz. Ou seja, seria melhor ter esperado, pois nossa van quebrou no início da cidade e tivemos que ir a pé até a rodoviária de Estreito (uns 5km) com o sol a pino (eram 13h! ). Com esse tempo perdido, chegamos na rodoviária e tivemos que esperar 2h para a próxima van (15h). Fica a lição! A ideia era descer 35km antes de Carolina, no complexo da Pedra Caída, passar a tarde visitando as cachoeiras de lá e dormir em Carolina. Como ficou tarde, resolvemos ir direto para Riachão, 100km depois de Carolina, e no dia seguinte visitar o Poço Azul bem cedo (van Estreito – Riachão: R$25).
×
×
  • Criar Novo...